WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Blogosfera’

Contador ligado a Lula é suspeito de lavar milhões para o PCC e outros bandidos

55 VEZES NA LOTERIA

Muniz trabalhou como contador de Lula entre os anos de 2013 a 2016

 Segundo as investigações, ele e a esposa ganharam 55 vezes em loterias federais durante o ano de 2021 Foto: Facebook

João Muniz Leite, que foi contador do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, está sendo investigado por lavagem de dinheiro do crime organizado, sobretudo do “PCC”, considerada a maior quadrilha criminosa do continente.

Muniz trabalhou como contador de Lula entre os anos de 2013 a 2016. A polícia pediu o sequestro de bens dele à justiça e ao Ministério Público estadual. A informação é do Estadão.

De acordo com o Departamento Estadual de Investigações sobre Narcóticos (Denarc), ele e a esposa ganharam 55 vezes em loterias federais durante o ano de 2021, sendo que um dos prêmios foi dividido com um traficante.

Os documentos, que o jornal teve acesso, demonstram que Muniz dividiu o prêmio da Mega-Sena, no valor de R$ 16 milhões, com Anselmo Becheli Santa Fausta, conhecido como “Cara Preta”. Ele era um dos principais fornecedores de drogas de um grupo do crime organizado, com origem em São Paulo e que atua no mundo todo.

Nesse caso, o esquema teria ocorrido assim: os R$ 16 milhões foram divididos em cinco partes, sendo que Muniz ficou com duas parcelas, Santa Fausta com três. “Os policiais do Denarc desconfiam que foi com esse dinheiro, esquentado por meio do prêmio pago pela Caixa Econômica Federal, que Santa Fausta comprou a empresa de transporte UPBus em parceria com cinco integrantes do PCC e 18 de seus familiares. A empresa mantém contrato de R$ 600 milhões com a Prefeitura de São Paulo e opera 13 linhas de ônibus na zona leste”, diz a reportagem.

Ainda de acordo com as investigações, Muniz ganhou outras vezes, um montante de R$ 34,1 milhões e a esposa ganhou outras 49 vezes na loteria, um total de R$ 2,16 milhões em prêmios.

Os policiais do Denarc constataram que diversas vezes o casal apostava um valor maior do que recebiam de volta e, por isso, a suspeita que os jogos serviam para esquentar dinheiro ilícito. Também é investigada a lavagem de dinheiro dos valores para abrir empresas com nomes falsos.

A 1ª Vara de Crimes Tributários, Organização Criminosa e Lavagem de Dinheiro da Capital é a responsável pelo caso.

PÉSSIMA NOTÍCIA PARA PREFEITOS TREITEIROS!

Ressaca junina

O Palácio de Ondina já está comprando milhares de comprimidos de Engov para combater a ressaca junina. É que depois do São João, os governos estaduais estão proibidos de liberar recursos para as prefeituras e fazer publicidade. Pelo jeito, o governador Rui Costa (PT) vai ter de pular fogueira, mas só depois do São João.

Clique aqui

MALHA FINA – RECHEADA E REGIONAL


7.Maio.2022

Nem manipulando dá certo

Mesmo usando métodos “não ortodoxos” para turbinar os números de seu candidato Fulano de Tal, o PT entrou em depressão quando a pesquisa que encomendou mostrou João Roma já empatado com ele e com toda a cara de que vai passar e abrir vantagem.

Nervosinho e irritado

O resultado só contribui para as patadas que o governador vem distribuindo ultimamente, raivoso até com os aliados. Ruim fica ainda mais irritado quando lembram que a Bahia tem a pior Educação do Brasil apesar do (alegado) “maior investimento da história”.

Na zona do rebaixamento

Já tem gente deprimida, vendo a possibilidade de João Roma passar Fulano e encostar em Neto, apoiado na popularidade de Bolsonaro, que lota as ruas por onde passa, inclusive na Bahia. Um segundo turno sem o PT ou Neto vencendo no primeiro é o pesadelo petista.

O fim das “tainhas” políticas

morte na praiaSe na época não tivesse coligação, nenhum deputado de Itabuna ou Ilhéus teria sido eleito, nem Augusto, nem Ângela, nem ninguém, porque não bastam os votos locais. Agora, que não tem coligação, todo dia aparece um deslumbrado achando que pode se eleger só com votos da própria cidade.

Morte na praia ou na lagoa

Tirando quem têm voto de verdade, como Augusto, Jabes e o próprio Marão, os outros todos estão condenados a morrer na praia. Menos o cururu Wense, que vai morrer na beira da lagoa. Mas ele tem que tentar, porque a tetinha da Bahiagás termina em dezembro.

Vida fácil e descansada

A vida é fácil demais para os candidatos a governador ACM Neto e João Roma. Basta repetir que a Bahia tem os piores índices de Educação de todo o país e lembrar que o candidato do PT, Fulado de Tal, era justamente o secretário que comandava essa Educação peba da Bahia.

Uma gestão de dar inveja

Se não quiser falar da tragédia na Educação, arruinada depois de 16 anos de PT, Neto e Roma podem discutir a (in)segurança na Bahia, estado que é recordista e líder em homicídios no país. Dá inveja ao PCC, ao Comando Vermelho e a qualquer facção de fora.

Universidade Petista do Crime

O ditador Ruim Costa perdeu uma grande oportunidade de aumentar o turismo na Bahia. Podia ter oferecido cursos de pós-graduação e doutorado em bandidagem, atraindo os grandes traficantes do Rio e São Paulo para aprender como se faz…

Rio cheio de traíras

A convicção de que o apoio de prefeitos do PP a Fulano de Tal é de verdade é a mesma de alguém que está com diarréia, sabe que vai espirrar, mas acha que nada vai acontecer. O mesmo vale para o outro lado. O que não falta na Bahia são peixes do tipo traíra.

Foto não vota na urna

Todo dia divulgam fotos de prefeitos apoiando Neto, Roma ou Fulano. Mas na reta final eles vão pesar de um lado o governo que sai, com um ou dois meses de benefício, e um que entra, que pode garantir benesses por quatro anos. A decisão será fácil…

Expectativa no limbo

Entra semana, sai semana, e o finado Gelado Limões não anuncia se vai passar vexame para deputado estadual ou federal. Diz ele que vai consultar “o partido”. Se depender de Rui Costa, que detesta o cara, Gelado não sai candidato nem a bedel de puteiro.

Viajante de mala rasa

Para defender o candidato de sua coligação, Fulano de Tal, o vice de Ilhéus, Bebeto Vambora, afirmou que o cara tem “trânsito internacional”. Deve estar se confundindo. Viagens com a família para passear em Buenos Aires não contam como “trânsito internacional”.

A Bahia resumida

Também afirmou que Fulano de Tal “conhece a Bahia como ninguém”. Só se for pelo Google Maps, porque passou os últimos 16 anos circulando entre Feira de Santana e a capital. Se bem que, para o PT, a Bahia sempre se resumiu à Região Metropolitana de Salvador.

Só esqueceram um detalhe

A Emasa apresentou um grande plano de investimento no abastecimento de Itabuna, com rede de distribuição, adutoras e tanques. Tudo muito bacana, mas só se a água chegar neles. Faltou abordar o principal problema: os apagões da Coelba na captação, que deixam a cidade sem água toda hora.

A balela petista da vez

rui mentiraDepois de passar dois mandatos assinando ordem de serviço falsa para estradas, tapando buracos e chamando de “requalificação”, ignorando a buraqueira da BA-001 de Valença até Canavieiras, de repente Ruim Costa diz que vai fazer 655 km de estradas neste ano.

Prometer não é fazer

A gente se contenta se ele recuperar a BA-001, como anunciou há mais de um ano. Anunciar obra é o modus operandi de Costa. Fazer é outra coisa. Só neste ano, enquanto ele só falava, o ex-minitro Tarcisio duplicou parte da BR-101 na Bahia e outro tanto da BR-116.

Não se comunica

Um protesto dos alunos mostrou o descaso do governo do estado com a Uesc. O curso de Comunicação só viu alguma matéria sobre internet a partir de 2019, 23 anos depois dela se tornar realidade. Faltam professores e instrutores da parte de audiovisual.

Mais problema do que cabe

O drama dos estudantes é se formar sem nenhuma condição de brigar por uma vaga no mercado de trabalho, saindo sem saber editar um video, produzir um podcast. Um aluno resumiu na cartolina: “é tanta coisa errada que não cabe no cartaz”. É vero…

Afrontando o visitante

Durante uma entrevista chapa-branca com o prefeito Zé Marão numa rádio de Ilhéus, o apresentador criticava o vice-governador João Leão por abrir mão da vaga ao Senado para emplacar o filho Cacá Leão. “É só um projeto de política familiar”, afirmou de boca cheia.

A desfaçatez do prefeito

Do lado dele estava o cara que “banca” o programa com mídia, o prefeito Marão, que tenta emplacar a esposa Soane como deputada, num projeto prá lá de familiar. Sonso como sempre foi, Marão fez cara de paisagem e fingiu que não ouviu a gafe do radialista.

Uma tradição da Bahia

O engraçado é que este mesmo radialista nunca enxergou “projeto familiar” na candidatura dos filhos de Otto Alencar, Paulo Souto, Fernando Cuma, Gelado Limões ou Valderico Reis, para ficar em alguns. Política de pai pra filho é uma antiga tradição na Bahia.

No reino da Uescada

O Governo do Estado revogou a obrigação de usar máscara em local fechado, Itabuna e Ilhéus estão há várias semanas sem casos de Covid, mas a reitoria da Uesc mantém a máscara como obrigatória “até baixarem os casos”. Abaixo de zero, só se o número de casos for negativo…

Demorou, mas foi embora

Precisou muita denúncia aqui na Malha Fina para a Prefeitura retirar Mané 100 de dentro do Hospital de Base, onde mantinha uma lanchonete usando luz, água e segurança do hospital. Até o carro ele guardava debaixo de um toldo, como se o HBLem fosse garagem. Ele saiu, mas…

Virou casa de noca?

O pessoal que vende lanches perto do Hospital de Base não pode fazer isso dentro da área dele. Mas uma mulher parece ter “protetor íntimo”, porque entra, abre o fundo do carro e passa o dia vendendo o que quer, às vezes estacionada na porta da emergência.

Uma Nãonozes sem utilidade

Dois vereadores querem a volta da castração de animais em Itabuna, que está parada desde o ano passado. Mas não é só isso. A divisão de zoonozes está tão apagada que ninguém sabe se ela ainda existe. Dá saudade da boa gestão de Waldemar da Fonseca.

A cidade do “já teve”

A Zoonozes de Itabuna já teve Castramóvel, vacinação intinerante, tratamento digno para animais apreendidos, controle de natalidade. Hoje, cães e gatos se reproduzem sem controle, invadem casas, ficam doentes e levam doenças por não estar vacinados.

Fotos e texto do site do Jornal A REGIÃO

A Personalidade do ano

A Personalidade do ano

Jair Messias Bolsonaro foi apontado como Personalidade do Ano de 2021 pelos leitores da revista “Time”. Numa votação que contou com a participação de mais de 9 milhões de pessoas, Bolsonaro ultrapassou a marca dos 24% dos votos e foi escolhido como o líder que influenciou os acontecimentos mundiais no ano que ora se finda. O ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ficou com 9% na pesquisa popular de caráter universal. Por sua vez, os profissionais da saúde que atuaram na linha de frente combatendo a pandemia formatada em Wuhan, na China, ficaram em 3º lugar com 6,3% dos votos.

A lista de candidatos indicados para a distinção incluía, entre outros, os presidentes da Rússia, Vladimir Putin, e o da China, Xi Xinping, e os primeiros-ministros da Índia, Narendra Modi, e da Nova Zelândia, Jacinda Ardern.

Abro parêntesis: a “Time”, editada em New York, é considerada uma das maiores revistas semanais do planeta. Além da edição americana, circula a “Time European”, a “Time Asiática”, a Canadense e a edição da América Latina. Com 26 milhões de leitores, 60% dos quais norte-americanos, a “Time” é hoje a revista noticiosa de maior circulação no mundo.

Fundada em 1923, ela está a caminho de completar um século. No entanto, foi só a partir de 1927 que a revista alavancou de vez, quando o seu lendário editor-chefe, Henry Luce, inventou a nomeação da “Person of The Year”, tornando-a uma publicação obrigatória.

Só para ilustrar, entre as “personalidades do ano” eleitas pela revista citam-se, entre outras, figuras como Albert Einstein, Churchill, Stalin, Hitler, De Gaulle, Mikhail Gorbachov, John Kennedy e Bill Clinton. No Brasil, além de Getúlio Vargas, foram distinguidos, por exemplo, Oswaldo Aranha e Juscelino Kubitschek.

O atual editor-chefe da “Time”, Edward Felsenthal, notório globalista de primeira linha, teve de se curvar ante a escolha dos milhões de votantes. Mas é provável que o “petit comitê” editorial da revista pense diferente dos votantes. Assim, ao noticiar a vitória de Bolsonaro, o site da revista tergiversa e adianta que o presidente brasileiro é um “líder polêmico”, que enfrenta “desaprovação crescente” sobre a maneira como lida com a pandemia e a gestão econômica. Na mesma linha, “Time” discorre sobre as “investigações que o STF promove para apurar a conduta de Bolsonaro” com relação a fake news em torno do uso da vacina contra o covid-19. “Time”, todavia, não menciona que o Supremo, politizado no seu ativismo judicial, encaminha 1 processo de investigação contra Bolsonaro por semana, cerca de 4 processos por mês, totalizando, até agora, mais de 120 ações judiciais.

(De fato, como é perceptível, a sistemática abertura de inquéritos investigativos contra Bolsonaro, faz parte da virulenta estratégia política /ideológica traçada pela oposição das esquerdas que objetiva não apenas impedi-lo de governar, mas, sobretudo, inviabilizar sua reeleição no pleito que se aproxima).

Mesmo assim, em que pese o intenso bombardeio oposisionista, o governo Bolsonaro segue em frente. Recentemente, enfrentando todo tipo de dificuldade, conseguiu aprovar a indicação do evangélico André Mendonça para integrar o adverso STF; além de ter validado no Congresso o Marco Regulatório do Saneamento. Ademais, obteve a aprovação da problemática PEC dos precatórios que possibilitou ao ministro Paulo Guedes ampliar para R$ 415,00 o Auxílio Brasil destinado a população carente. Melhor: conseguiu, por maioria esmagadora, a aprovação da almejada prisão em 2ª Instância na CCJ do Congresso. Na mesma linha, obteve no STF a suspensão do julgamento sobre a demissão dos não vacinados – e, melhor ainda, garantiu a presença de especialista do Exército na verificação final dos testes de segurança das questionadas urnas eletrônicas.

Já no plano econômico, o País deve chegar ao equilíbrio orçamentário pela primeira vez em 8 anos. De certo modo, tudo graças a uma bem sucedida política de privatização que arrola rodovias, ferrovias, portos e aeroportos, retirando das mãos sujas do Estado Patrimonialista o poder de parasitar no cangote da nação.

No Agronegócio, o Brasil consolida de vez sua condição de Celeiro do Mundo, com a exportação de toneladas de grãos que abastece de soja, milho, arroz, feijão, trigo, farelo de algodão etc. atingindo em 2021 um montante de R$ 110,900 bilhões, a consolidar um crescimento de 9,37% em 2021. Aqui, vale informar que o Brasil, na tarefa ingente de alimentar mais de 1 bilhão pessoas, ajuda a aplacar a fome planetária!

No combate ao desemprego crescente em todo mundo a partir da crise econômica detonada pela pandemia chinesa, o IBGE assinala que o País registrou o crescimento de mais de 2,9 milhões de novos empregos com carteira assinada, a partir de 324 mil novos empregos formais registrados em novembro passado.

Como a mídia amestrada esconde tal índice de queda de desemprego, é natural que a DataFolha – conhecida intramuros como DataFoice e Martelo – anuncie semanalmente, nas suas pesquisas de intenções de votos, a vitória de Lula já no primeiro turno, nas eleições presidenciais de 2022, adotando comportamento idêntico ao assumindo nas eleições de 2018, quando registrava vitória folgada do “poste” de Lula para presidente.

O fato concreto, no plano instável das pesquisas eleitorais, é que o Instituto Brasmarket apontou, no Diário do Poder, Jair Bolsonaro como o favorito para vencer em 2022. O atual presidente liderava as pesquisas de intenções com 34,8% contra 19% do ex-presidiário Lula.

De minha parte, concordo com os leitores da “Time” e acredito plenamente nas palavras de Bolsonaro pronunciadas online na recente Cúpula da Democracia que reuniu líderes de 100 paises. Ele disse: “Esta é uma oportunidade para renovar, no mais alto nível, nosso compromisso comum em defesa da democracia, o combate a corrupção e a proteção dos diretos humanos e das liberdades fundamentais”.

“O nosso governo trabalha com determinação para forjar uma cultura de diálogo, liberdade e inclusão social. Estamos empenhados em assegurar as liberdades de pensamento, associação e expressão, inclusive na internet, algo fundamental para o bom funcionamento de uma democracia saudável”.

Bem, são compromissos assim assumidos, pronunciados alto e bom som, que não apenas justificam para os votantes da “Time” a escolha da Personalidade do Ano de 2021, mas que legitimam – hoje mais que nunca – o próprio sentido da vida.

Deus o tenha!

 

PS – Em tempo: quem escolheu Bolsonaro Personalidade do Ano 2021, foram os leitores da “Time” .

E quem nomeou o controverso Elon Musk foi o petite comitê que forma o conselho editorial da revista, que, de resto traiu os votantes.

Cobrança por bagagem virou ‘passagem da mala’

COLUNA CH/4 DE JANEIRO

04/01/2022 0:00 | Atualizado 03/01/2022 20:53

O que se paga pela mala não é mais “taxa extra” e nem muito menos tem valor fixo. Agora vigora uma vigarice denominada “passagem da mala”, com direito até a “tarifa dinâmica”

Liberdade de explorar

A obediente Anac lavou as mãos e instituiu a liberdade de exploração das empresas, para definir as tarifas de pessoas e malas.

Quase uma passagem

Levantamento Melhores Destinos no 2º semestre de 2021 mostra que o preço varia de R$40 a R$120 na Azul e de R$60 a R$ 120 na Gol.

Confusão vira lucro

A Latam tem as regras mais confusas e acaba cobrando mais caro. Vai de R$75 a R$175 dependendo da antecedência e do canal de compra.

Para que simplificar

A Latam ainda tem bagagem até 15kg cobrada avulsa, a ser entregue no balcão ou haverá cobrança extra. O preço é uma surpresa na hora.

Apesar de ter vacinas e a imprensa ao seu lado, o governo de Joe Biden mostra que o grande culpado sempre foi o vírus

Covid: Biden passa Trump no número de mortes

Presidente americano, Joe Biden ainda não completou um ano no cargo, mas já ultrapassou o número de mortes por covid durante o governo Donald Trump (424.791), segundo o Worldometer. Críticas ao enfrentamento da pandemia foram o maior trunfo para derrotar Trump nas eleições, mas, apesar de ter vacinas e a imprensa ao seu lado, o governo do democrata mostra que o grande culpado sempre foi o vírus.

Decisão fundamental

Trump retirou burocracia e acelerou a criação das vacinas, mas não se beneficiou. Ficaram prontas no último mês de governo, após a eleição.

Média parecida

A média de mortes por covid durante o governo de Trump foi de 1.303. Mesmo com ajuda de vacinas, a média de Biden é bem próxima: 1.214.

Perspectiva

No Brasil, o enfrentamento da pandemia deve ser a grande aposta dos adversários de Jair Bolsonaro, cuja média diária de mortes é de 959.

Poder sem Pudor

Profissão: genro

O governador Plácido Castelo perfilou o secretariado no aeroporto, ao receber o marechal Castello Branco na primeira visita a Fortaleza após o golpe de 64. Castello parou diante do chefe da Casa Civil, de 21 anos: – Você é muito jovem. E a sua profissão? – Jornalista. – …muito jovem, muito jovem… – balbuciou o presidente, impressionado. – …e genro, presidente!… – completou o secretário, esclarecedor. Castelo Branco deu uma sonora gargalhada. Estava diante de Dário Macedo, jornalista que depois faria uma carreira de sucesso em Brasília.

Nó nas tripas

Os sintomas do presidente Jair Bolsonaro, ao ser hospitalizado, confundem-se com o popular nó nas tripas, obstrução intestinal, que impede a passagem de conteúdo e até do fluxo sanguíneo para o local.

Dentista no caminho

Teve gente imaginando ligação da obstrução intestinal de Bolsonaro com a ida dele ao Serviço Médico do Planalto, há duas semanas. Lorota. Em 16 de dezembro, ele apenas foi ao dentista.

Muito ódio no coração

Ativista do gabinete do ódio em que se transformou o Twitter, o ator José Abreu afirmou nesta segunda-feira (3) que sentiu prazer quando soube que Bolsonaro passava mal.

Justiça é cega

Com o presidente Jair Bolsonaro internado, ataques e desejos de morte levaram o deputado Marco Feliciano a indagar se o STF vai agir contra donos dos perfis. “Ou só é crime quando atacam vossas excelências?”

Frase do dia

É a segunda internação com os mesmos sintomas

Presidente Jair Bolsonaro ao comentar as consequências da facada recebida em 2018

Progresso aguardado

A Ponte do Xambioá, sobre o Rio Araguaia ligando o Pará e Tocantins, será uma grande obra entregue em 2022, diz o ministro Tarcísio Freitas (Infraestrutura). “Libertar a população de mais uma travessia por balsa”.

Quase racismo

O aeroporto de Brasília há anos trata mal quem paga caras passagens caras para o Nordeste, fazendo-os embarcar em locais remotos da pista, conduzindo-os em ônibus lotados. A prioridade para finger (ponte de embarque) é dos passageiros com destino ao Sudeste e Sul.

Balanço do ano

O governador do DF, Ibaneis Rocha, comemorou os investimentos de R$3,5 bilhões ao longo do ano de 2021, que foram transformados em 1,4 mil obras no DF entre unidades de saúde, escolas e infraestrutura.

Mantra

A deputada Janaina Paschoal acha no mínimo “curioso” o momento atual e tratar a vacinação como única salvação. “Pessoas vacinadas, com todas as doses, pegam covid e recomendam a vacinação”, disse.

Pensando bem…

… 2022 começou bem… bem parecido com 2021.

PROJETO PRESIDENTE QUE FAZ

http://presidentequefaz.com.br/

RECORTE DA COLUNA O CARRASCO – JORNAL A TARDE

https://atarde.uol.com.br/ocarrasco/noticias/2197498-o-carrasco-premium

Agência Brasil é finalista de prêmio para imprensa em economia

Votação se encerra em 28 de outubro

Publicado em 15/10/2021 – 21:55 Por EBC – Brasília

Acessibilidade no site da Agência Brasil. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Agência Brasil é finalista do Prêmio +Admirados da Imprensa de Economia, Negócios e Finanças, na categoria “Agência de Notícias”. O veículo da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) concorre com mais seis participantes, que serão escolhidos como TOP 3 da categoria. A votação on line está aberta ao público até 28 de outubro. Para votar, clique aqui.

Para a gerente executiva da Agência Brasil, Juliana Andrade, a indicação, além de ser um reconhecimento do trabalho desempenhado, mostra que a Agência Brasil está no caminho certo ao fazer um jornalismo sério e comprometido: “A cobertura de Economia é um dos destaques do nosso noticiário e uma das prioridades é levar aos cidadãos as informações que terão impacto no seu dia a dia, de uma forma clara e simplificada. É um trabalho conjunto, que envolve repórteres, editores e fotógrafos.”

A Agência Brasil produz diariamente conteúdo de interesse público, com precisão e clareza. Além dos sites e jornais pequenos, a Agência Brasil é fonte de referência e confiança para grandes veículos de comunicação do país. Muitos acessam e republicam, gratuitamente, o conteúdo produzido pela Agência. De janeiro a agosto, as matérias da Agência Brasil republicadas em outros sites alcançaram 83.659.112 visitas.

Em sua sexta edição, o prêmio indicou 139 jornalistas (82 mulheres e 57 homens) e 56 veículos de imprensa e programas. Outro conteúdo da EBC indicado ao Prêmio +Admirados da Imprensa de Economia, Negócios e Finanças foi o programa Cenário Econômico, na categoria Programa de TV. O Cenário Econômico foi ao ar de 2017 a março de 2020 e tem cinco concorrentes, na premiação.

Como votar

Qualquer pessoa pode participar da votação. Para isso, basta fazer um breve cadastro no site https://pesquisa.portaldosjornalistas.com.br.

A seguir, o interessado deve escolher a categoria desejada e selecionar até cinco profissionais, veículos ou programas concorrentes na ordem preferida. Caso não queira avaliar as opções de todas as categorias, é só apertar o botão “próximo” até aparecer a alternativa “concluir” e terminar a votação. A votação se encerra em 28 de outubro. 

Sobre o prêmio

O Prêmio +Admirados da Imprensa de Economia, Negócios e Finanças é promovido pelo Jornalistas&Cia e Portal dos Jornalistas com patrocínio de BTG, Captalys, Deloitte, Gerdau e Telefônica|Vivo, apoio de divulgação do I´MAX e apoio institucional do IBRI.

A eleição, que neste ano tem como principal novidade a criação de categorias regionais, apontará os jornalistas e publicações especializadas +Admiradas em 14 categorias: Agência de Notícias, Canal Digital, Podcast, Programa de TV, Programa de Rádio, Site/Blog, Veículo Impresso, Veículo Impresso Especializado, Jornalistas Nacional (TOP 50) e Jornalistas Regional (Centro-Oeste, Nordeste, Norte, Sudeste e Sul).

A cerimônia de premiação será em 30 de novembro. O evento terá formato híbrido, com almoço presencial no Hotel Renaissance, em São Paulo, e transmissão ao vivo no canal do Portal dos Jornalistas, no Youtube.

 

MALHA FINA DO JORNAL A REGIÃO

2.Outubro.2021

Amiguinho dos bandidos

O secretário de (In)segurança da Bahia, Mandarino, parece viver na lua. Ele diz que não vai adotar “uma política de confronto” com os bandidos e comemorou a redução de 33% nas mortes de bandidos por policiais. A dúvida é se ele defende milicianos ou traficantes…

Antecessor era alugado

Não seria novidade. O antecessor, Maurício Barbosa, saiu depois de indiciado por vender serviços para bandidos. Era homem de estrita confiança de Jaques Wagner, que o nomeou, e de Rui Costa, que o manteve. Depois de 16 anos, a Bahia lidera em homicídios no país.

Educação afogada

A falta de escola pode afetar até sua luta por melhores condições de trabalho. Uma faixa dos salva-vidas de Ilhéus denunciava o “maior risco de salvamento aquático”. Ou seja, o risco de alguém ser salvo por eles. A gente acha que não era bem isso que queriam denunciar…

O arrocho de Augusto

augusto castroOs empresários de Itabuna estão retados com o prefeito Augusto Castro. Eleito em cima de uma plataforma de “nova maneira de governar”, de “ouvir os segmentos da sociedade” e “facilitar a atração de empresas”, o prefeito aumentou o ISS de 10 segmentos em 50% sem ouvir ninguém.

Nova velha política

Pior. Na quinta-feira se comprometeu a não sancionar a lei que aumenta os impostos até conversar com os empresários na segunda-feira. Era enganação, Na sexta-feira a lei já estava não só sancionada como publicada no Diário Oficial. Se essa é a “nova maneira de governar”…

Arrochando quem paga

Alguns empresários defendem que, ao invés de aumentar o imposto de quem já paga, o prefeito deveria cobrar de quem sonega. “Já experimentou pedir nota fiscal para um médico ou um dentista? Nunca dão, ou seja, não pagam imposto. Devia ir atrás deles”, diz um lojista.

Ruim só para o PT

As conversas dentro do PP indicam a aprovação da filiação do presidente Jair Bolsonaro ao partido. Se acontecer, tem tudo para balançar a eleição na Bahia. Por um lado, facilita uma chapa de João Leão com o ministro João Roma. Por outro, faz o PP se dividir em 2022.

Inimigo da cultura

É muita incompetência do Estado e descaso com Itabuna que o Centro de Cultura Adonias Filho esteja fechado há 5 anos, desde 2016. O tiranete da Bahia, Rui B. não pode nem culpar a pandemia pelo desprezo à cultura em Itabuna. Teve 4 anos antes da Covid e não bateu um prego.

Salgando feridas abertas

O ex-prefeito de Salvador, que será o secretário-geral do União Brasil, novo partido formado pelo casamento do DEM com PSL, não teve dificuldade em eleger os temas de campanha: a segurança, a educação e o emprego na Bahia, fracassos retumbantes dos governos petistas.

Acabou o tempo deles

A farra dos servidores contratados como temporários em Itabuna acabou. Ela fez a festa de agregados e cabos eleitorais nas (indi)gestões de Capitão Azêdo e de Cuma. Tinha até especialista em informática que não sabia ligar um computador. Agora vão todos para a rua.

Farra para os amigos

Daqui a 60 dias a Prefeitura terá que demitir todos e contratar os que precisar substituir (a minoria que realmente trabalha) através de concurso público. Na época de Azêdo e Cuma, a folha chegou a ter 1.500 temporários custando R$ 2 milhões por mês. E a gente pagando…

Lábia bem calibrada

O prefeito Augusto Castro, que em 9 meses não tinha anunciado nenhum concurso, soube transformar a ordem do MP em mérito da Prefeitura. Ele soltou um press-release dizendo que a obrigação de fazer concurso “é mais um passo para a modernização da nossa gestão”.

Não dá para confiar

Quando a barragem do Rio Colônia foi anunciada, prometeram que com ela Itabuna nunca mais sofreria com falta de água nem enchentes. Quando inauguraram, repetiram a promessa. Aí vem a Emasa hoje e diz que o nível está baixo e podemos ficar de torneira seca.

Tara por emergências…

O que os prefeitos de Ilhéus Valderico Reis, Newton Lima e Marão têm em comum? Todos eles fecharam contratos milionários para a coleta de lixo sem licitação, alegando “emergência”. Marão conseguiu fazer dois, com o desta semana, que substitui o da CTA.

Emergência falsificada

O da CTA, que já tinha contrato para administrar a usina de asfalto, foi feito em cima de uma “situação de emergência” falsificada pelo prefeito Mário Alexandre depois que acabou o contrato da Solar. E quem diz isso é o procurador do município, PV Catarino, em parecer de 2019.

A culpa é do Vaticano

Nos corredores da Prefeitura, o comentário dos servidores é de que tudo foi orquestrado pelo Papa Bento, desde os atrasos de pagamento para sufocar a Solar e obrigá-la a “pedir pra sair”, até a falsa situação de emergência para fechar com a CTA. Será que passaram a sacolinha?

Muita grana pra dividir

Ilhéus pagava R$ 960 mil por mês à Solar, passou a pagar R$ 1,2 milhão à CTA e agora vai pagar R$ 2,6 milhões à FG Soluções Ambientais, de Lauro de Freitas. Lembra muito o esquema do lixo em Itabuna, que foi de R$ 670 mil a R$ 3,5 milhões com contratos sem licitação.

O nazismo à baiana

A Bahia aguarda o avanço da aplicação da segunda dose para passar a exigir o “passaporte da vacina”. Medida digna da estrela que Hitler obrigava os judeus a usar no peito para controlar onde podiam andar, o “passaporte” vai transformar parte da população em pária.

Sem senso nem sentido

Afronta às liberdades garantidas na Constituição, o “passaporte” também é inútil. Com mais de 80% da população vacinada (logo imune), não faz diferença se meia dúzia de pessoas num show não tomaram a vacina. Além disso, não será exigida nos ônibus lotados. Já em bar…

Petistas nada companheiros

O Ministro Tarcísio de Freitas, ao entregar mais uma duplicação de estradas federais na Bahia, lembrou quantos quilômetros tinham sido duplicados na Bahia pelos “cumpanhêros” de Wagner e Rui, Lula e Dilma: zero. E ainda enfiou o dedo na ferida da Itabuna/Ilhéus.

Desenrolando a promessa

Tarcisio anunciou que o trecho da BR-415 entre Barro Preto e Ilhéus, passando por Itabuna, vai ser duplicado e já publicou o edital para isso. Lembrou das promessa feitas pelo PT durante 16 anos: “Enrolaram a população por muito tempo, mas nós vamos fazer”.

Factoide não convenceu

Enquanto Bolsonaro toma as rédeas da duplicação, a licitação de Rui Costa para fazer uma “duplicação” de 18km – que não duplica os 32km atuais – fracassou de novo. Nenhuma empreiteira quer perder tempo com uma obra que elas não acreditam que será feita.

Raposa imitando cordeiro

O secretário-geral do PP, Jabes Ribeiro, soltou uma nuvem de fumaça para valorizar o passe de João Leão, declarando que ao partido só interessa ter ele como candidato a governador “na chapa da base aliada”. Seria sério se Jabes não fosse tão experiente na área.

Não há futuro com PT

Ele sabe que o PT só aceita Wagner para governador. Sabe que Wagner quer Otto para o senado (até o ex-detento Lula já anunciou essa chapa). Também sabe que a única maneira de Leão sair para o governo é fora da base aliada, talvez atraindo Otto para o senado.

A chapa Jão Jão

Jabes também conhece as outras portas que estão abertas. A de compor uma chapa “Jão Jão” com João Roma, um dos dois para o senado, tirando eleitores tanto de Neto quanto de Wagner e surfando na popularidade de Bolsonaro (a das ruas, não a das pesquisas malandras).

A chapa Neto de Leão

A outra opção é compor com ACM Neto, saindo na chapa dele para o Senado. Neto não tem nenhum nome entre os partidos que o apoiam com chance de se eleger para o Senado. Jabes sabe que, em política, nenhum acordo é descartado. Depende da necessidade.

GOVERNO MALÃO É RECONHECIDO PELO GOVERNADOR RUI COSTA. ===>>> 07/07/2021

Pelo menos na sua incapacidade de gerir o novo Hospital Materno Infantil, construído pelo Governo da Bahia.

Foto colhida no Blog do Gusmão

contador free


Webtiva.com // webdesign da Bahia

julho 2022
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia