Em todas as eleições, o eleitor é ludibriado com um bombardeio de propaganda enganosa.

São recursos ‘lombardi’.

Investimentos ‘fantasmas’.

Requalificação ‘mão de tinta’.

Silvio Santos e seu ajudante que ninguém via.