WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: 28/maio/2021 . 15:00

A ANTIGA E VIGOROSA ‘BOCA DA BARRA’ EM ILHÉUS.

Isso era antes da construção do Porto do Malhado, quando foi represada a corrente marinha norte/sul de toda a costa brasileira, jogando a destruição para o litoral norte da cidade.

Hoje, temos que lamentar o que inevitavelmente acontece.

Perder a orla central da cidade, e ver que a ‘boca da barra’ se transformou num riachinho.

Estado atual.

 

Interatividade e 5G podem atrair jovem de volta ao campo, diz ministra

Tereza Cristina estima que 60% dos produtores rurais estão conectados

Publicado em 28/05/2021 – 07:30 Por Agência Brasil – Brasília

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, participa do programa A Voz do Brasil

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, disse que a chegada da interatividade e do 5G pode fazer com que o jovem volte a se interessar pelo trabalho no campo. Para ela, o agricultor conectado traz grandes benefícios não apenas na área da produção, mas também na social.

“[Com a interatividade] ele [o agricultor] vai poder interagir com as áreas urbanas. Tenho muita esperança de que o jovem se interesse em voltar para o campo para trabalhar com seus pais. A nossa população rural está envelhecida e precisamos de mais jovens trabalhando no campo. Com essa ferramenta [o 5G], tenho uma esperança muito grande de trazer esse jovem para o campo novamente”, afirmou.

A ministra estima que 60% dos produtores rurais estão conectados e, com o 5G, ela acredita que a situação vai melhorar e se democratizar mais rapidamente.

Cadastro Ambiental Rural

Em entrevista à Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Tereza Cristina também falou sobre a ferramenta de análise dinamizada que vai agilizar a verificação de dados do Cadastro Ambiental Rural (CAR), lançada pelo governo federal no início do mês. A análise dos dados declarados no CAR é fundamental para a implantação efetiva do Código Florestal Brasileiro. O estado do Amapá será o primeiro a usar a ferramenta, mas outras unidades da Federação também já assinaram o termo para a utilização.

A ministra explicou que atualmente os estados fazem o processo de forma manual por meio de seus técnicos, o que demanda uma equipe muito grande.

“[O produtor] já recebe o seu CAR, o seu certificado, ou se ele não estiver conforme [as normas], vai para o Programa de Recuperação Ambiental fazer então o que é necessário e o que está no Código Florestal que precisa implementar. Isso vai dar uma agilidade e uma segurança jurídica a todos aqueles que participarem desse programa.”

l

Febre aftosa

Durante participação no programa A Voz do Brasil, Tereza Cristina destacou o reconhecimento de seis estados brasileiros como áreas livres de febre aftosa sem vacinação, concedido nessa quinta-feira (27) pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE). 

“Nós temos até 2026 para cobrir todo o Brasil, e a gente espera que realmente todos os outros estados agora fiquem mais animados porque vão ver o que temos de vantagem com esse reconhecimento para a produção, para exportação a mercados mais exigentes, que pagam melhor. Na parte da suinocultura, é fundamental ser livre de aftosa com vacinação”, disse. “Nós temos aí um longo caminho, ainda é um desafio para os outros estados brasileiros porque temos mais 21 que precisam estar também nesse cronograma e atingir esse status”.

Ouça na Radioagência Nacional:

Edição: Fábio Massali

GEOGRAFICAMENTE ILHÉUS É UMA ILHA.

Mas nem tanto mestre, nem tanto…

Ilha das ‘fantasias’.

História de chinês que Dória mandou ser “levado pelo pescoço” intriga CPI

Senador Marcos Rogério, gentil, achou que se referia a um lobista, mas a maioria acredita que o alvo era o próprio embaixador da China

A exibição de gravação em que o governador João Doria, muito irritado, manda “trazer o chinês pelo pescoço”, a fim de atender a seus interesses político sobre a vacina, foi um dos momentos mais intrigantes na CPI da Pandemia, nesta quinta, durante o depoimento do diretor do Butantan, Dimas Covas. O senador Marcos Rogério (Rep-RO), gentil, achou que Doria se referia a um lobista chinês, mas na CPI todos disseram depois que o alvo do pretendido “mata-leão” era o próprio embaixador da China. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Governistas acham que Doria deveria ser convocado para contar, afinal, quem é o chinês que pretendia levar à sua presença “pelo pescoço”.

A irritada conversa foi gravada acidentalmente a partir de um microfone aberto sobre a mesa de Doria, após gravações para um documentário.

Na CPI, Dimas Covas não conseguiu articular uma explicação razoável sobre a identidade do chinês a ser levado “pelo pescoço” a Dória.

contador free


Webtiva.com // webdesign da Bahia

maio 2021
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia