WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: 11/maio/2021 . 15:49

Pesquisa: Forças Armadas são campeãs em confiança; Senado e Câmara estão na lanterna

Índice mais baixo de confiança do Senado é na região Sul (1,7%); no caso da Câmara, nas regiões Norte e Centro Oeste (1,6%)

O Paraná Pesquisas verificou que o Supremo Tribunal Federal (STF) está em segundo lugar, com 18,2%, entre as instituições mais confiáveis enquanto a  Presidência da República está em terceiro, com 14,8%. O Ministério público Federal (MPF) se situa em 4º lugar na confiança dos brasileiros.

O levantamento indicou que é muito baixo o conceito que os brasileiros fazem do Congresso Nacional, colocando-o na “lanterna” ou “zona de rebaixamento”, como se diz na linguagem do futebol.

Notícias Relacionadas

Na região Sul, por exemplo, apenas 1,7% consideram o Senado confiável, enquanto no caso da Câmara o conceito e ainda mais baixo nas regiões Norte e Centro Oeste, com 1,6% das referências.

O Paraná Pesquisas entrevistou 2.030 pessoas em 200 municípios de todos os Estados e do Distrito Federal, entre os dias 30 de abril e 4 de maio.

Veja o nível de confiança dos brasileiros nas instituições:

CPI: Anvisa explica entraves na aprovação da vacina Sputink V

Diretor-presidente da agência está sendo ouvido na CPI da Pandemia

Publicado em 11/05/2021 – 14:39 Por Karine Melo – Repórter da Agência Brasil – Brasília

EDILSON RODRIGUES/AGENCIA SENADO

Em depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia nesta terça-feira (11), o diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antonio Barra Torres, disse que, de 58 países listados pela Rússia como utilizadores da Sputnik V, 24 não adotavam o vacina à época da análise do pedido de uso emergencial do imunizante, em 26 de abril, pela agência brasileira.

Aos senadores, Barra Torres explicou, que dos países que aprovaram o uso do produto, com exceção de México e Argentina, nenhum outro tem órgãos sanitários nos moldes da Anvisa. O diretor-presidente ressaltou que a Sputnik V foi a primeira vacina aprovada no mundo, por seu país de origem, sem a apresentação de estudos clínicos de Fase 3, última etapa necessária para o pedido de registro. Segundo ele, documentos publicitários do imunizante davam conta de que o Brasil estava entre os países na última fase de estudos quando sequer estavam sendo feitos testes no país.

Liberação

Especificamente sobre a situação atual do processo para aprovação da Sputnik V, Barra Torres explicou que o pedido de autorização da vacina está parado na Anvisa, aguardando informações da União Química. Apesar das observações, ele pediu que,  caso o imunizante seja aprovado, a população não desconfie da segurança. “Não pegamos vacina e colocamos no microscópio. A análise é feita a partir dos documentos apresentados”, disse. “O que conclamo àqueles que nos assistem é que, tão logo essa situação seja resolvida – e esperamos que seja resolvida –, não se credite a essa marca, a esse nome, a essa vacina [Sputnik V] nenhuma característica ruim”, completou.

Antônio Barra Torres justificou que a última negativa do pedido de autorização excepcional para a importação do imunizante russo se deu, entre outros pontos, ao fato de a Anvisa não ter recebido um relatório técnico capaz de comprovar que a Sputnik V atende a padrões de qualidade e que o adenovírus usado para carregar o material genético do coronavírus é capaz de se reproduzir. O Fundo Soberano Russo, responsável pela Sputnik V, enviou à Anvisa documento em que nega a presença de adenovírus replicante em amostras da vacina. Apesar disso, Barra Torres disse que o documento “afirma, mas não comprova” a alegação.

O diretor-presidente disse que não conhece representante diplomático dos Estados Unidos. Também negou que o Ministério da Saúde esteja trabalhando ou interferindo no processo de análise de autorização da Sputnik V.

Covaxin

Sobre a rejeição da importação da vacina da Índia, Covaxin, Antonio Barra Torres disse que a motivação foi uma série de falhas apresentadas nos estudos do imunizante. O Brasil receberia 20 milhões de doses da Índia após contrato assinado pelo Ministério da Saúde. Também em março, a agência havia negado o Certificado de Boas Práticas de Fabricação ao laboratório indiano Bharat Biotech, responsável pela produção.

“A Índia tem uma tradição de responder rápido a esses apontamentos, e o Ministério da Saúde tem feito reuniões com a Anvisa a respeito desse novo pedido de importação, para que essas discrepâncias sejam sanadas. E acreditamos que nos próximos dias pode haver novo pedido por parte do ministério”, adiantou.

Judicialização

Ao responder sobre judicialização da pandemia, Torres afirmou que, no caso da aprovação de vacinas, a análise deve ser científica. “Na questão dos prazos, ela [a Justiça] gera a situação de que a análise científica [das vacinas] tem de ser feita num determinado prazo temporal. Somos legalistas, cumprimos o que a lei determina”, disse. Por outro lado, o diretor-presidente avaliou que em casos de constatação de que há histórico de deslizes, de condutas inadequadas de uma agência reguladora, a ação judicial é positiva para corrigir distorções.

Edição: Juliana Andrade

TV Brasil amplia sinal e atinge patamar recorde de audiência em SP

Ajustes de programação e novos produtos aumentaram audiência

Publicado em 11/05/2021 – 06:45 Por Agência Brasil – Brasília

TV BRASIL nova programação

A TV Brasil atingiu novo patamar de audiência em São Paulo. A primeira semana de maio, entre os dias 3 e 9, teve 14.095 domicílios sintonizados* por minuto na programação da emissora. Em relação ao mesmo período de 2020, o aumento de audiência foi de 137%. Considerada a média de todo o ano anterior, o número significa aumento de 118%. Na soma parcial de 2021, 7,2 milhões de telespectadores* assistiram à TV Brasil.

Segundo o gerente executivo de Programação da TV Brasil, Vancarlos de Oliveira Alves, a ampliação do sinal no estado e a veiculação de novos produtos, como a novela Os Dez Mandamentos foram estratégicos para atingir o novo patamar de audiência. “O lançamento de grandes produções da Nova Programação e o reforço de sinal na Grande São Paulo contribuíram para o desempenho histórico da praça, em uma linha claramente crescente de audiência. Cada dia que passa há mais pessoas conectadas na TV Brasil”, afirmou.

Para Alves, um esforço técnico de ampliação do sinal possibilitou o acesso a um público de cerca de 4,1 milhões de pessoas. “Em busca de apresentar um sinal com maior qualidade em São Paulo, as equipes técnicas envolvidas no projeto viabilizaram a retransmissão nas localidades Pico do Jaraguá, Mauá, Mogi da Cruzes e Itaquera, alcançando residências que até então não podiam acessar a TV Brasil”, explicou.

Confira os horários dos programas jornalísticos diários da TV Brasil:

07h30 Repórter Nacional

08h00 Brasil em Dia

12h00 Repórter DF / Repórter Rio / Repórter São Paulo

12h15 Repórter Brasil Tarde

19h00 Repórter Brasil

19h40 Stadium 

 

Ao vivo e on demand

 

Acompanhe a programação da TV Brasil pelo canal aberto, TV por assinatura e parabólica. Sintonize: https://tvbrasil.ebc.com.br/comosintonizar 

Seus programas favoritos estão no TV Brasil Play. O aplicativo está disponível para as plataformas Android, iOS e no site http://play.ebc.com.br. O app pode ser baixado gratuitamente.

Assista também pela WebTV: https://tvbrasil.ebc.com.br/webtv

 

*Fonte: Kantar IBOPE Media | Instar Analytics | Praça: GSP | Variável: Rat% Domiciliar / Rat# Domiciliar / Cov# Individual | Período: 11/2012 a 05/2021.

Edição: Graça Adjuto

contador free


Webtiva.com // webdesign da Bahia

maio 2021
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia