Dr. Luiz Ovando diz que a “torcida da Covid” em parte da oposição e da imprensa tenta gerar pânico

Ele argumenta que enquanto em vários países o conjunto da sociedade se une para combater a Covid, o inimigo comum do século XXI, “aqui parte da oposição ao presidente da República, setores da imprensa e militantes da esquerda se juntam ao coronavírus.”

Em seu artigo Torcida fúnebre: a Covid-19 e seus aliados no Brasil, Luiz Ovando avalia que esses setores têm levado pânico diário à população.

“A torcida da Covid-19 faz pior: esconde os fatos, como deixar de anunciar que a Europa vive situação idêntica, com o sistema de saúde entrando em colapso. Aumento lá e cá de novos casos. As mortes igualmente”, afirma.

O experiente médico e deputado diz em seu artigo que, “quanto mais mortes, mais se potencializa o discurso fúnebre daqueles que esperam o vírus derrotar o país para — “se Deus quiser” (no linguajar de muitos) — derrubar Jair Bolsonaro.”

“Acredite!”, diz o parlamentar, “há quem torça pela doença, que ela destroce nosso povo e leve nossa economia à bancarrota.”