WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: 12/mar/2021 . 16:04

AS UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE E A CÂMARA DE VEREADORES DE ILHÉUS.

Como preconizado pelo Ministério da Saúde, clique aqui, as UBS com Médicos, é a primeira estratégia para enfrentamento do Covid-19.

Então torna-se urgente uma ação ostensiva dos Vereadores de Ilhéus, para uma atitude nesse sentido.

Afinal todos os Vereadores foram eleitos para defender a população.

FISCALIZAR é um dos seus Múnus Público…

BNDES anuncia lucro recorde de R$ 20,7 bilhões em 2020

Valor significa alta de 17% em relação a 2019: R$ 17,7 bi                                      

Publicado em 12/03/2021 – 12:14 Por Cristina Índio do Brasil – Repórter da Agência Brasil – Rio de Janeiro

O presidente do BNDES, Gustavo Montezano, participa do programa A Voz do Brasil

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) registrou lucro líquido de R$ 20,7 bilhões em 2020, resultante da oferta pública de ações da Petrobras, realizada em fevereiro, da venda de ações da Vale e da Suzano, e das receitas com dividendos de empresas que receberam investimentos. O valor representa uma alta de 17% em relação ao lucro de 2019: R$ 17,7 bilhões. Os dados foram apresentados hoje (12), no Rio de Janeiro, pela diretoria do banco, em entrevista com transmissão virtual.

No quarto trimestre de 2020, o BNDES teve lucro líquido de R$ 7,0 bilhões, que, de acordo com a instituição, é um desempenho fortemente influenciado pelo resultado de participações societárias, principalmente as alienações de ações de Suzano e Vale, cada uma contribuindo com um lucro líquido de R$ 2,4 bilhões.

Para o presidente do BNDES, Gustavo Montezano, “o banco teve um desempenho bem robusto” e um papel crucial em ações para o enfrentamento da pandemia que atinge a economia brasileira. “Quando uso esse adjetivo me refiro a robusto em várias perspectivas, tanto no aspecto de execução de ações anticíclicas e entregas à sociedade que o banco fez no ano passado, como robusto também na performance e na execução da estratégia do banco, que, desde o início dessa gestão, a gente tem deixando clara, e o ano passado foi um ano de amadurecimento relevante dessa estratégia, e robusto também sob a ótica financeira”, disse.

Saúde

Montezano destacou a atuação do BNDES na área de saúde, considerada por ele como inovadora, com medidas emergenciais que permitiram a compra de equipamentos, luvas, álcool em gel e, mais recentemente, de oxigênio para atender às necessidades das unidades de atendimento a pacientes com a covid-19.

“O banco conseguiu puxar e trazer de volta mais do que nunca o seu S de social. Ter suas ações, decisões e operações vinculadas e direcionadas ao impacto da sociedade. O banco conseguiu, numa situação delicada e em um momento desafiador em termos sanitários, econômicos e psicológicos, uma bela entrega para o Brasil”, externou.

A ação total do BNDES – desde a linha de frente de combate à covid-19 até a saúde financeira de empresas do setor – somou R$ 155,4 bilhões. Com esse valor atualizado até março, foi possível ter 1,7 mil equipamentos médicos, 2,9 mil leitos dedicados à pandemia e quatro milhões de testes diagnósticos para a covid-19.

“Essa linha continua aberta e, para cada real doado por terceiros, o BNDES coloca mais um. Foi uma parceria do BNDES com a sociedade brasileira com mais de 30 empresas atuando focadas no impacto do propósito”, revelou.

Pequenas e médias empresas

Outra área de destaque, segundo o presidente do BNDES, foi o apoio do banco às pequenas e médias empresas, que, pela primeira vez na sua história, ofereceu em 2020 mais recursos para pequenas e médias empresas do que para as grandes.

Do total de desembolsos, 52% foram destinados a essas empresas. Esses desembolsos a micro, pequenas e médias empresas atingiram R$ 34,1 milhões no ano passado, representando uma elevação de 27% em relação a 2019.

“O banco conseguiu apoiar, como nunca antes na sua história, de forma relevante direta e indireta, os pequenos e médios empresários brasileiros. O total dessas ações para as pequenas empresas e pessoas físicas, através do repagamento do PIS/Pasep [Programa de Integração Social e Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público] atingiu R$ 155 bilhões, número histórico na marca do banco na atuação neste segmento econômico”, afirmou, acrescentando que o total de empresas impactadas por esses produtos superou a 460 mil, com mais de dez milhões de empregos beneficiados. “Temos muito ainda a entregar para a sociedade”, completou.

Desembolsos

Também em 2020, os desembolsos do banco totalizaram R$ 64,9 bilhões, o que significa um aumento de 17% frente a 2019. O financiamento a comércio e serviços subiu 66% na comparação com o ano anterior e atingiu R$ 10,3 bilhões, puxado pelas medidas anticíclicas de combate à crise da covid-19.

A infraestrutura também teve destaque com R$ 24,8 bilhões em desembolsos, sendo R$ 15,8 bilhões para os subsetores de energia e R$ 5,9 bilhões para os transportes rodoviário e ferroviário. Os dois lideraram os volumes de operações.

Em 31 de dezembro de 2020, o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) foi responsável por 40,5% das fontes de recursos do BNDES e o Tesouro Nacional por 25,1%. Na mesma data, o valor devido pelo banco ao Tesouro Nacional alcançou R$ 195,3 bilhões. Em 2020, ingressaram R$ 17,8 bilhões do FAT e o volume de recursos do fundo com o banco somou R$ 315,0 bilhões em 31 de dezembro.

Patrimônio líquido

O patrimônio líquido do BNDES aumentou de R$ 104,8 bilhões ao fim de 2019, indo para R$ 113,0 bilhões em 31 de dezembro de 2020. O lucro líquido de R$ 20,7 bilhões foi atenuado pelo ajuste negativo de avaliação patrimonial, particularmente de participações societárias em não coligadas e pelo registro dos dividendos mínimos obrigatórios de R$ 4,9 bilhões.

Inadimplência

No fechamento do ano, a inadimplência acima de 90 dias recuou de 0,84% para 0,01%, desconsideradas as operações com honra da União. Com isso, retornou ao patamar de 2013, ficando abaixo da inadimplência média do Sistema Financeiro Nacional que atingiu 2,12% em 31 de dezembro de 2020.

O índice de renegociação chegou a 51,26% dos créditos naquela data, e, conforme a instituição, foi fortemente impactado pela suspensão temporária, no segundo trimestre, por prazo de até seis meses de amortizações de empréstimos contratados junto ao BNDES, nas modalidades direta e indireta, às empresas afetadas pela crise, medida conhecida no mercado como standstill, que alcançou 43% da carteira total.

“Essa medida foi tomada logo no início da pandemia no Brasil, quando ainda eram imprevisíveis os impactos da covid-19 no caixa das empresas. Apenas com essa suspensão de pagamentos, o BNDES beneficiou empresas que empregavam cerca de 2,5 milhões de pessoas”, informou o banco.

As despesas com pessoal em 2020 ficaram no mesmo patamar de 2019 e terminaram o ano em R$ 2 bilhões, o que inclui saúde e previdência.

Edição: Kleber Sampaio

Anvisa libera registro de vacina e de medicamento contra covid-19

Acompanhe o anúncio sobre a vacina e o medicamento

Publicado em 12/03/2021 – 10:06 Por Agência Brasil – Brasília

Vacinação drive thru na Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), zona norte do Rio. A cidade do Rio de Janeiro retoma hoje (25) sua campanha de aplicação da primeira dose da vacina contra a covid-19 em idosos da população em geral. Hoje serão vacinados os idosos com 82 anos.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) anuncia, neste momento, o registro definitivo da vacina Oxford/AstraZeneca e de medicamento contra covid-19.

O antiviral Rendesivir terá, em bula, a indicação de uso para tratamento da covid-19, em pacientes hospitalizados.

A vacina Oxford/AstraZeneca tinha registro para uso emergencial.

Acompanhe, ao vivo, o anúncio:

Desenvolvimento de vacinas

Para ser aprovada, a vacina precisa passar por estágios de desenvolvimento. O estágio inicial é feito em laboratório, com análise do vírus e de moléculas para definição da melhor composição do produto, explica a Anvisa.

Depois, a vacina é testada em animais, que são expostos ao agente causador da doença. Na etapa de estudos clínicos com três fases, são feitos testes em humanos desde que se tenha dados preliminares de segurança e possível eficácia.

Para liberar o registro do imunizante, técnicos especializados da Anvisa revisam todos os documentos para validar a segurança da vacina.

Edição: Kelly Oliveira

WAM Hotéis e Resorts lança campanha promocional para hospedagem em Campos do Jordão (SP)

Para quem deseja conhecer a cidade considerada a suíça brasileira, este é o momento de aproveitar para adquirir pacotes com excelentes preços, que poderão ser utilizados até 31 de maio

A WAM Hotéis e Resorts preparou uma promoção imperdível para quem deseja conhecer a cidade de Campos do Jordão, localizada no interior de São Paulo e conhecida como a suíça brasileira. As condições de especiais contemplam opções de hospedagem nos hotéis Blue Mountain Resort & Spa e Pousada Là-Bas e são válidas para compras realizadas até o dia 31 de maio, data limite para utilização do pacote. Para que os momentos de descanso sejam cercados de segurança, ambos os hotéis seguem o Protocolo de Segurança WAM Clean & Safe contra a COVID-19.

 

Para quem prefere acomodações mais luxuosas, a dica é se hospedar no Blue Mountain Resort & Spa, que conta com classificação cinco estrelas. O resort está promovendo a campanha “Campos do Jordão no azul”, onde reservando quatro noites, os clientes pagarão pelas três primeiras noites e receberão a quarta como cortesia. A promoção conta com pacotes a partir de 10 x de R$ 48 (valor para o casal) sem juros, além de cortesia para duas crianças de até 12 anos e café da manhã.

Outra opção de hospedagem na cidade, com um excelente custo-benefício, é a Pousada Là-Bas, que também está oferecendo um desconto especial. Com pacotes de hospedagem a partir de 10 x de R$ 30,90 (valor para o casal) sem juros, a promoção ainda contempla cortesia para duas crianças de até 12 anos e café da manhã.
Todos os flats da Pousada Là-Bas contam com vista para um vale repleto de natureza a ser contemplado a qualquer hora do dia. Além disso, as acomodações possuem sala, quarto, banheiro e cozinha completa, com fogão, geladeira, micro-ondas e utensílios. A localização fica a cerca de 800 metros do centro turístico de Campos do Jordão (SP).
  
O Blue Mountain Resort & Spa é uma opção de estadia para quem gosta de muito luxo e do clima ameno da cidade de Campos do Jordão. A sacada desse empreendimento é de tirar o fôlego tanto pela vista, de pontos altos da cidade, como a Pedra do Baú, vilas Capivari, Jaguaribe e Abernéssia e a linda região do Horto Florestal. No quesito ambientação, a sacada oferece sofisticação e amplitude em apartamentos com espaços que variam de 44 metros quadrados até 258 metros quadrados de área. Destaque para as suítes com lareira e banheira de hidromassagem, além de apartamentos duplex para receber toda a família.  Entre os recursos comuns a todos os apartamentos estão portas com vedação acústica, TVs de LCD que variam de 32 até 52 polegadas, wi-fi, ar-condicionado, frigobar, toalheiro térmico, telefone, secador de cabelo, espelho pantográfico, cofre e muitos outros.

 

Sobre a WAM

:: LEIA MAIS »

contador free


Webtiva.com // webdesign da Bahia

março 2021
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia