Encalhados, lado a lado, na praia de Aliaga, na Turquia, diante de um dos maiores estaleiros de desmanche de navios do mundo – e misturados com velhos e enferrujados cargueiros -, cinco branquíssimos transatlânticos, ainda com piscinas, tobogãs e quadras esportivas à mostra, aguardam o momento em que começarão a ser desmanchados, cortados e picotados, até que desapareçam por completo, o que não levará mais do que seis meses para acontecer. E este chocante cenário, que retrata bem a crise mundial gerada pela pandemia da covid-19 no mercado de cruzeiros marítimos, não está acontecendo só ali…. – Veja mais em https://historiasdomar.blogosfera.uol.com.br/2021/01/09/gigantes-dos-mares-fazem-sua-ultima-viagem-destino-a-destruicao/?cmpid=copiaecola