Presidente do Paraná Pesquisa explica por que avaliação do presidente terá impacto na eleição deste ano

Murilo Hidalgo, presidente do Paraná Pesquisa..

O crescimento da avaliação positiva do governo Jair Bolsonaro e a queda brusca no número dos que o rejeitam acontecem a apenas 90 dias das eleições municipais deste ano, por esse motivo “o momento político não poderia ser melhor para o presidente”, segundo um dos maiores especialistas do País, Murilo Hidalgo, presidente do Paraná Pesquisas, primeiro instituto a detectar esse salto de avaliação positiva. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

As pesquisas indicam que, com prestígio em alta durante a campanha, Bolsonaro deve favorecer um desempenho histórico dos seus aliados.

Para Hidalgo, Bolsonaro pode passar dos 40% de aprovação, mas só será o “maior eleitor” mantendo o que o faz recuperar a popularidade.

 

O desafio do presidente é fazer os mais pobres se sentirem amparados, nos programas sociais, seguir viajando pelo País e evitar crises políticas.

As pesquisas têm mostrado que Bolsonaro mantém o apoio de quem o elegeu e avança no eleitorado lulista nas classes C, D e E e no Nordeste.