Valderico Luis, Newton Lima e agora Mário Alexandre.

São exemplos de má gestão.