O secretário geral dos Progressistas na Bahia e ex-prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, participou do programa Alerta Geral da Rádio Santa Cruz. Durante a entrevista, o progressista analisou o cenário político atual e os rumos das eleições 2018.

 

Para o ex-prefeito, os Progressistas conseguiram uma boa performance nas urnas elegendo quatro deputados federais e sete estaduais. Além do fortalecimento do partido através da reeleição de Rui Costa e do vice-governador , João Leão.  Outro fato importante foi  a eleição dos senadores  Jaques Wagner e Ângelo Coronel que apoiará as lutas da Bahia no Senado Federal.  Jabes  garantiu que a cidade não ficará sem representantes. Ele destacou a quantidade expressiva de votos que o deputado federal Cacá Leão obteve em Ilhéus e  o compromisso do deputado estadual Eduardo Salles que se prontificou a continuar representando Ilhéus na Assembleia Legislativa .

 

Analisando o cenário local, o ex-prefeito elogiou a postura do candidato Cacá Colchões . “O trabalho de Cacá foi fantástico. Ele  foi um bravo, um  guerreiro. Ele fez uma campanha inteligente, com respeito e humildade. Conseguiu ser campeão de votos na cidade, sem máquina, sem dinheiro, sem nada.  Só com trabalho e solidariedade”.  Para o ex-prefeito, Cacá  saiu fortalecido e respeitado do pleito e se habilitou, por méritos próprios, para a sucessão municipal em 2020.

 

Com relação a derrota da deputada Ângela Sousa,  Jabes  limitou a dizer que foi reflexo da má administração do prefeito Mário Alexandre. “Nós não temos que festejar a derrota de ninguém. Cada um faz sua análise, mas não dá para dissociar Ângela de seu filho Mário”, conclui o ex-prefeito.