WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: 17/jul/2014 . 22:52

Paulo Souto propõe ações de prevenção à violência em debate na Ufba

 

17_07_14_Paulo Souto_debate UFBA_foto Valter Pontes_

17_07_14_Paulo Souto_debate UFBA_foto Valter Pontes_

O candidato ao governo, Paulo Souto, da coligação “Unidos pela Bahia”, destacou a necessidade de melhorar a qualidade dos gastos em segurança pública, já que os investimentos anunciados pelo atual governo não resultaram na queda dos índices de violência no estado. “São mais de 36 mil baianos assassinados em sete anos e meio. Uma verdadeira epidemia de violência tomou conta da Bahia. Isso não vem acontecendo em todo o Brasil. Em outros estados houve queda nas taxas de homicídio”, disse o democrata no debate sobre segurança pública, realizado no salão nobre da Reitoria da Ufba, na noite desta quinta-feira (17).

Para Souto, a situação é grave e precisa ser enfrentada. A média anual de assassinatos cresceu 96%, passando de 2,6 mil, até 2006, para 5,1 mil homicídios por ano, na gestão de Jaques Wagner. No debate, o candidato oposicionista defendeu a ampliação do programa de prevenção e contenção da criminalidade, estabelecendo mudanças no atual modelo de segurança pública, e o fortalecimento dos serviços policiais nas delegacias de bairros populosos e nas cidades com mais de 100 mil habitantes.

Paulo Souto destacou ainda a necessidade de manter um diálogo sincero e resgatar a relação de confiança entre o governo e a polícia. “Para prevenir a violência, é preciso também investir em melhorias urbanísticas em territórios com altos índices de criminalidade, ampliar a permanência de estudantes nas escolas e formar uma rede de proteção, envolvendo assistentes sociais, polícias e conselhos tutelares”.

O debate na Reitoria da Ufba foi mediado pelo professor Dr. Júlio Rocha. Participaram do evento os candidatos ao governo Lídice da Mata (PSB), Rogério Da Luz (PRTB), Marcos Mendes (PSOL) e Renata Mallet (PSTU). O postulante petista não compareceu para discutir a segurança pública, grave problema que aflige a Bahia, estado governado pelo seu partido.

DATA: 17/07/2014

ASCOM: (71) 9994-4411 / 9695-8501

JANTAR CDL – DIA DOS PAIS

DiaDosPais_convite10x15cm

Prefeito Jabes Ribeiro autoriza depósito da penúltima parcela dos salários de 2012

 Para quitar mais esta parcela com os servidores, a Prefeitura de Ilhéus está disponibilizando  o total de R$ 521.339,85. Neste lote, também estão inclusos os professores.

O prefeito Jabes Ribeiro autorizou nesta quinta-feira, dia 17, o depósito da penúltima parcela dos salários atrasados de dezembro de 2012, o que representa mais uma despesa de R$ 521.339,85, com a dívida herdada com os servidores. “Estamos fazendo o possível para quitar mais esse débito que encontramos em 2013, finalmente falta apenas uma parcela para honrar o nosso compromisso com os servidores”, observa Jabes Ribeiro. “Mesmo com todas as dificuldades, entendemos a importância dos trabalhadores municipais para Ilhéus e, por isso estamos somando todos os esforços no sentido de valorizarmos nossos trabalhadores, evidentemente, seguindo as possibilidades legais”, atesta.

 O secretário municipal da Fazenda, Raimundo Ferreira, informa que todos os servidores vinculados à Secretaria Municipal da Administração (Sead), e os professores foram contemplados; os salários estarão disponíveis nas contas correntes nesta sexta-feira, dia 18. Ainda, o secretário ressalta que os salários não pagos pela gestão passada estão sendo quitados com recursos próprios, inclusive os dos professores. “Temos que pagar os professores com recursos do tesouro porque o dinheiro do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) não pode ser utilizado para pagamento de salários atrasados”, explica Ferreira. 

Secretaria de Comunicação Social – Secom-Ilhéus – 17.07.14

Ilhéus começa reverter situação de caos encontrada na educação

Conforme atesta o prefeito Jabes Ribeiro, a gestão está atuando na recuperação de unidades, regularização e manutenção de serviços, contratação de profissionais, renovação do mobiliário, entre outras ações que estão modificando o cenário deixado pela gestão anterior.

 

O prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, reagiu com indignação às acusações feitas pela presidente da APPI (Associação Profissional dos Professores de Ilhéus), publicadas na edição de ontem, de que a educação na rede municipal de ensino está em situação de abandono. Segundo informou, o atual governo está trabalhando para recuperar a situação de caos no setor herdada da gestão anterior, durante a qual muitos membros da entidade tinham efetiva cumplicidade. “Podemos comprovar o descalabro que eles fizeram no setor de educação, que causaram dificuldades para serviços como transporte e merenda escolares que estão sendo agora regularizadas”, afirmou.

Conforme dados da Secretaria de Educação, o segundo semestre letivo teve início na última segunda-feira, com 20.767 alunos matriculados em 2014, sendo 14.854 na sede e 5.258 no campo, distribuídos em 38 unidades escolares na sede urbana, 13 nucleações no campo e cinco conveniadas. “Isso atesta nosso compromisso e responsabilidade com setor, que vem sendo prejudicado por sucessivas paralisações que prejudicam diretamente os estudantes e suas famílias”, disse.

Para o prefeito, o que está ocorrendo é que a APPI vem tentando manipular pais e alunos em relação à questão da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). “Quero falar aos pais que todos nós estamos preocupados em melhorar a educação em Ilhéus. A própria APPI assinou um documento e sabe que a Prefeitura está ilegal. Nós temos esse documento e isso define claramente que é preciso colocar o município dentro da lei, porque senão, não poderemos receber os recursos que temos conseguido em Brasília, a exemplo dos R$ 5 milhões parados no Ministério das Cidades, para o programa Viva o Morro, além de uma série de outras verbas que poderíamos trazer para melhorar nossa cidade, não estamos captando porque estamos acima do limite prudencial em relação à folha de pagamento”, disse.

“O município não pode gastar mais de 54% com despesa de pessoal. Entreguei a Prefeitura em 2004 com índice de 45%  e recebi agora com 78%, o que deixou o municipal em situação de quase ingovernabilidade. Isso é inviável para Ilhéus. Enquanto não nos adequarmos não podemos fazer nada. Estou proibido legalmente. A única saída é demitir trabalhadores, mas isso eu não quero fazer. Defendo uma solução alternativa, uma medida de consenso para garantir os postos de trabalho, mas a posição radical dos sindicatos não contribui e empurra o governo em direção às demissões”, desabafou Jabes Ribeiro.  

Reformas – A Prefeitura está promovendo a recuperação física de diversas escolas. Além do Crie (Centro de Referência à Inclusão Escolar), espaço voltado para a educação especial, os serviços de conservação já foram concluídos em várias unidades, como Perpétua Marques, Heitor Dias, Creche Dom Eduardo, Basílio, Nucleadas de Inema, Retiro, Urucutuca, Barão de Macaúbas, IME Pontal, IME Princesa Isabel e Dom Valfredo Tepe, Paulo Freire, Gisélia Soares, Themístocles Andrade, São José (Aritaguá I) e Pinóquio, entre outras.

Além disso, o prefeito já autorizou a licitação para construção da Escola Municipal da Vila Lídia e para a conclusão das obras de construção da Escola Municipal Pequeno Príncipe, no Bairro da Conquista. Além disso, foi assinada ordem de serviço para reforma das escolas municipais do Iguape, Nelson Costa, Pequeno David, Osvaldo Ramos, Dom Eduardo, Caic (Hernani Sá), além das unidades de Couto, Santo Antônio, Salobrinho, Areia Branca, Banco Central, Banco do Pedro e Castelo Novo. Também serão reformadas as escolas de Pimenteira, Japu, Olivença, Sambaituba e de Banco da Vitoria.

Secretaria de Comunicação Social (Secom)-Ilhéus – 17.07.2014

REUNIÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO.

Guy Valério Barros

Assisti do começo ao fim a Reunião do Conselho Municipal de Educação, realizada hoje na Associação Comercial de Ilhéus.

Tenho algumas considerações para fazer:

– Achei a pauta muito longa e cansativa, assuntos que deviam ser intensamente debatidos, vão continuar em uma reunião extraordinária.

– Assuntos que requeriam um encaminhamento rápido, gastou tempo em debates.

– Muito fraca a explanação do FUNDEB, apenas leitura de transcrição de extratos bancários.

Ao final, o Presidente agradeceu a presença desse blogueiro, o que retribuo. Ao passo que no mesmo momento coloquei o espaço do blog para todo e qualquer esclarecimento, notícia, ou informação que seja de interesse da população.

Aliás estendo a todos os Conselhos, sem ônus,  o espaço para informações do interesse da população.

Prefeitura discute com sindicatos situação financeira do município de Ilhéus

Foto: Alfredo Filho

Foto: Alfredo Filho


AFINAL, DE QUEM É A RESPONSABILIDADE?

Esta caixa, não sei se telefônica ou de eletricidade?

O fato é que os fios estão derretendo, o poste fica na altura do número 170, da Rua Dom Manoel de Paiva, Ilhéus – Ba.

DSC04259

O RETORNO, O RECONHECIMENTO E O INVESTIMENTO POLÍTICO.

Após receber herança milionária, hospedado nababescamente numa das suítes do Morro dos Navegantes. Eis que Baianinho ressurge como uma Fênix, agitando Ilhéus.

Reconhece a paternidade de Liquinha, e ‘fecha’ com a candidatura de Saldanha.

Liquinha posa com o Papi, de olho na herança.

Liquinha posa com o Papi, de olho na herança.

Baianinho 'fecha' com Saldanha, sob olhar de testemunhas.

Baianinho ‘fecha’ com Saldanha, sob olhar de testemunhas.

contador free


Webtiva.com // webdesign da Bahia

julho 2014
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia