WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: jun/2014

Prefeito anuncia cerca de R$ 12 milhões em obras no aniversário de Ilhéus

Os investimentos beneficiam as áreas de saúde, educação, desenvolvimento urbano, cultura, esportes, além da aquisição de uma usina asfáltica, de fardamentos para garis e agentes de trânsito, e de 10 motocicletas para a Sutran.

 

Prefeito de Ilhéus Jabes Ribeiro e o vice e secretário de Indústria e Comércio Carlos Machado (Cacá) - Foto Gidelzo Silva (Secom Ilhéus)

Prefeito de Ilhéus Jabes Ribeiro e o vice e secretário de Indústria e Comércio Carlos Machado (Cacá) – Foto Gidelzo Silva (Secom Ilhéus)

O prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, acompanhado do vice e secretário de Indústria e Comércio, Carlos Machado (Cacá), de secretários municipais e outras autoridades, anunciou o investimento de cerca de R$ 12 milhões em obras durante a solenidade realizada no foyer do Teatro Municipal de Ilhéus, no dia 28 de junho, em comemoração ao aniversário de 480 anos de fundação da cidade e 133 anos de emancipação político-administrativa.  Os recursos, que em muitos setores são provenientes de convênios com os governos Federal e Estadual, serão aplicados na reforma do teatro, recuperação e construção de unidades educacionais, de saúde e de centros esportivos, em ações de infraestrutura urbana, além de projetos culturais e na aquisição de uma usina de asfalto.

Conforme observou o prefeito, todos os atos assinados no evento consolidam um novo momento no município, que colocam o governo na situação de avanço, no sentido de resgate da infraestrutura urbana e social de Ilhéus. “Após vencermos vários problemas e mesmo com dificuldades ainda não resolvidas, como a adequação à Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), esses atos assinados hoje nos dão força para continuar trabalhando e resolvendo todas as questões”, considerou Jabes Ribeiro. “Estamos dando a grande arrancada para resgatar Ilhéus, mostrando nossa capacidade técnica e política”, atestou.

A solenidade ocorreu após a missa solene, na Catedral de São Sebastião, e a entrega do ônibus totalmente reformado para a retomada do projeto Águia da Cultura, na Praça Dom Eduardo. Participaram do ato, secretários municipais, o presidente da Câmara Municipal, Josevaldo Machado, entre outros legisladores e membros da sociedade civil. Também estavam presentes o deputado estadual Mário Negromonte Junior, o ex-presidente da Bahiagás, Davidson Magalhaes, e o ex-secretário de Agricultura e Pesca da Bahia, Eduardo Sales.

Pacote de Obras – Ao todo, foram assinados 17 atos administrativos que vão potencializar a prestação de serviços públicos, dando nova dinâmica social e econômica à ilhéus.  O primeiro autorizou a reforma do Teatro Municipal de Ilhéus, orçado em R$ 254,710 mil, cujos recursos provêm de emenda parlamentar do deputado federal Mário Negromonte. Em seguida, o prefeito autorizou a licitação para a construção da sede da prefeitura no Bairro da Conquista, já que o Palácio Paranaguá, atual sede, será transformado em um museu.
:: LEIA MAIS »

O VENENO DA NOITE !

guyvalerio (1)

Muitas lebres serão levantadas.

Elas pensavam que estavam ‘intocadas’… 

TRAQUINAGENS NO TERMINAL URBANO E SHOPPING POPULAR.

Recebemos denúncia, e vamos preservar a fonte, que boxes do Shopping Popular e Barracas do Terminal Urbano estão sendo sub-locados de maneira irregular.

Que é coisa antiga e ninguém que meter a mão nessa cumbuca. Será que tem rato escondido?

shopping-popular-de-ilhéus

terminal-urbano-3

VAI FALTAR DINHEIRO E SOBRAR CADEIA – PIRAMIDES FINANCEIRAS EM GUERRA!

CONVENÇÃO HOMOLOGA CANDIDATURA DA DEPUTADA ÂNGELA SOUSA.

Conv 1

CADA VEZ MAIS DESACREDITADO O FACEBOOK……

Facebook manipula emoções de usuários com experimento secreto e causa revolta

Facebook manipula emoções de usuários com experimento secreto e causa revolta

Um experimento realizado pelo Facebook causou a revolta de usuários depois de ser propagado pela revista online Slate and The Atlantic neste sábado (28). Durante uma semana de 2012, a rede social teria manipulado o algoritmo usado para distribuir publicações nos feeds de notícias. Conduzido por pesquisadores das universidades de Cornell e da Califórnia associados à empresa, o estudo avaliou como a quantidade de palavras positivas ou negativas nas mensagens lidas afetavam o humor dos usuários. “Estados emocionais podem ser transferidos para os outros por meio do contágio emocional, levando as pessoas a experimentarem as mesmas emoções de modo inconsciente”, afirmam os autores da pesquisa.”Estes resultados provam que as emoções expressas pelos outros no Facebook influenciam nossas próprias emoções, o que evidencia o contágio em larga escala via redes sociais”, concluem. Com a propagação da pesquisa, publicada em junho na 17ª edição dos Anais da Academia Nacional de Ciência, diversos usuários se irritaram com o “experimento psicológico”, que também foi classificado como “super perturbador”, “assustador” e “mau”. Susan Fiske, professora da Universidade de Princeton que editou o artigo para publicação, disse a The Atlantic que ela ficou preocupada com a pesquisa e entrou em contato com os autores. Os cientistas disseram que o conselho institucional aprovou o estudo, já que “o Facebook manipula a atualização do feed dos usuários o tempo todo”. O Facebook disse a The Atlantic que “considera cuidadosamente” a pesquisa e que há “um processo de avaliação interna”. Informações do G1.

FAZER O CERTO, NÃO INTERESSA A ‘TODOS NÓS’…

“Demitir professores ineficientes é uma decisão correta”

Entrevista: John Deasy

O responsável pela rede pública de educação de Los Angeles conta por que apoiou a ação judicial que quebrou a estabilidade dos docentes da Califórnia: “A questão é garantir ensino de qualidade às crianças. É um direito constitucional”

Bianca Bibiano
John Deasy, superintendente de educação do distrito de Los Angeles, testemunha na Justiça durante o julgamento do caso "Vergara versus Califórnia"

John Deasy, superintendente de educação do distrito de Los Angeles, testemunha na Justiça durante o julgamento do caso “Vergara versus Califórnia” (Monica Almeida/AP)

Saiba mais sobre o caso A batalha judicial conhecida comVergara versus Califórnia começou em 2012 com uma ação movida por nove estudantes do Estado — entre eles, as irmãs Beatriz e Elizabeth Vergara, alunas de Los Angeles que acabaram cedendo o sobrenome ao caso. Durante o processo, os estudantes foram apoiados pela ONG Student Matter, criada em 2010 pelo magnata das telecomunicações David Welch, que contratou seis advogados de um dos mais renomados escritórios de advocacia dos Estados Unidos para assumir a causa. Antes de proferir o veredicto, a Justiça ouviu depoimento de mais de 30 pessoas.

Em 2012, nove estudantes da Califórnia pediram na Justiça a revogação da lei que dificultava a demissão de professores de escolas públicas do Estado. O objetivo era impedir que maus docentes continuassem atuando em sala de aula. Há três semanas, veio o veredito favorável — e inédito — da Suprema Corte da Califórnia, elogiado pelo Departamento de Educação dos Estados Unidos e criticado pelos sindicatos. “A questão central não é demitir ou não maus professores, mas garantir ensino de qualidade às crianças. É um direito constitucional”, diz John Deasy, superintendente de Educação de Los Angeles, que testemunhou no processo em favor dos estudantes. Deasy chefia a maior rede de escolas públicas da Califórnia e segunda maior dos Estados Unidos, com 1.300 escolas, 27.800 professores e mais de 900.000 alunos (a cidade de São Paulo tem 3.154 escolas, cerca de 59.856 professores e 932.174 estudantes). Apesar da decisão judicial, vai demorar até que o primeiro professor seja demitido por mau desempenho. Antes, sindicatos devem recorrer da decisão e legisladores precisam pavimentar a via legal até a demissão. Isso não diminiu a importância do veredicto, diz Deasy. “Essa é a maior decisão já tomada na área de educação na Califórnia. Faremos o possível para levá-la adiante.” Na entrevista a seguir, ele conta por que abraçou a causa e como devem ser avaliados os professores, uma tarefa necessária para apontar quem sabe ou não ensinar.

Por que o senhor testemunhou na Justiça em defesa dos estudantes?  :: LEIA MAIS »

CIRO GOMES, O LÍNGUA SOLTA – SEGURA MALANDRAGEM……

Em Irecê, Geddel questiona gastos do atual governo com propaganda

Em Irecê, Geddel questiona gastos do atual governo com propaganda (2)

Durante visita na manhã deste domingo (29) a Irecê, o candidato ao Senado da República pela chapa da oposição, Geddel Vieira Lima (PMDB), disse estar indignado com as propagandas do atual governo da Bahia, em como elas não mostram a realidade, e também questionou a falta de grandes obras.

“É um absurdo o que esse governo tem gasto em propaganda e não na melhoria de vida da população. A propaganda só tem efeito quando as pessoas sentem na pele que as coisas realmente estão sendo feitas. Cadê a Ferrovia Oeste-Leste? Cadê o Porto Sul?”, indagou.

 Geddel esteve em Irecê ao lado de Paulo Souto, candidato ao Governo, e Joaci Góes, a Vice, onde participou de um grande encontro com a população e lideranças da região, como o prefeito do município, Luizinho Sobral, e Militão, de Lapão.

 O presidente do PMDB da Bahia também abordou outras questões que têm preocupado a população, como a falta de tranquilidade na Bahia por conta da falta de segurança pública. Geddel citou dados do Mapa da Violência, como o assassinato de 37 mil baianos nos últimos sete anos, e comentou sobre as greves realizadas pela polícia militar. “O atual governador é um homem de sindicato, deixou acontecer, num período de dois anos, duas greves da polícia e agora vem dizer que tá tudo bem”, avaliou.

:: LEIA MAIS »

contador free


Webtiva.com // webdesign da Bahia

junho 2014
D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia