WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: 29/abr/2014 . 21:06

JANTAR DA CDL DE ILHÉUS.

Convite   CDL.

Convite CDL.


Sindicalistas tentam impedir trabalha da Defesa Civil em momento de chuva.

 

A Defesa Civil de Salvador (Codesal) informa que um grupo de sindicalistas está tentando inviabilizar, de forma irresponsável e leviana, o trabalho do órgão num momento em que as chuvas estão se intensificando na cidade. Esse grupo de sindicalistas tenta impedir o acesso dos servidores aos postos de trabalho, inclusive dos atendentes da central 199, que recebem as ligações referentes a riscos ocasionados pelas chuvas.  

 

“Estão tentando também inviabilizar a saída de veículos oficiais, dificultando o abastecimento da frota. Isso é de uma falta de humanidade tremenda. É uma atitude criminosa e que não vamos aceitar”, afirmou o chefe do órgão, Álvaro Filho. Ele lembrou que desde o último dia 1º a Codesal está atuando sob o regime da Operação Chuva e o objetivo é atender à demanda com mais celeridade. “Nossa tarefa é preservar as vidas das pessoas. Estão tentando impedir, por questões eleitoreiras, que a gente faça isso”.

Visite e baixe fotos na nossa Agência de Imagens: www.agenciadeimagens.salvador.ba.gov.br.

Queda na popularidade de Dilma comprova que população está alerta aos malfeitos

29 de abril de 2014

Dilma Foto George Gianni PSDB

Brasília (DF) – A incompetência de Dilma Rousseff como gestora provocou uma acentuada queda na popularidade da presidente, como aferiu pesquisa divulgada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT). A avaliação feita pelo líder do PSDB na Câmara, deputado Antonio Imbassahy (BA), tem como base resultado do levantamento divulgado nesta terça-feira (29).

De acordo com a pesquisa, o percentual dos que consideram o governo da petista ótimo ou bom caiu de 36,4% – em fevereiro deste ano – para 32,9%. A avaliação negativa aumentou de 24,8% para 30,6% e a regular diminuiu de 37,9% para 35,9%. A aprovação do desempenho pessoal da presidente também caiu de 55% para 47,9%, enquanto o número de entrevistados que desaprovam a administração de Dilma aumentou de 41% para 46,1%. Esta é a terceira queda consecutiva na avaliação do governo federal, segundo os levantamentos da CNT – em novembro de 2013, o índice de aprovação era de 58,8% e, de reprovação, 38,9%.

Imbassahy acredita que a percepção dos brasileiros de que Dilma não tem sido uma boa gestora vem crescendo ao longo do tempo e, por isso, a aprovação a seu governo tem caído. O tucano afirma que os recentes escândalos que envolvem a Petrobras, como a compra da refinaria de Pasadena, contribuíram para que os brasileiros ficassem ainda mais insatisfeitos com a petista.

“Tem um pouco a ver com a participação dela na compra da refinaria, mas também com os serviços públicos em geral, tal como o PAC, que não funciona, a segurança, que não vai bem, a saúde, que é um drama para a população, ou seja, é o conjunto da obra. Afinal, uma presidente que foi apresentada nas eleições de 2010 como grande gestora se revelou incompetente. Foi uma grande fraude eleitoral e a população começou a perceber”, explicou o parlamentar.

Números

66,5%
Avaliam o governo como regular ou negativo.

46,1%
Dos entrevistados desaprovam o desempenho de Dilma à frente do governo.

46,2%
Acreditam que a inflação vai subir muito em 2014.

45,9%
Concordam com a instalação da CPI para investigar a Petrobras.

Do Portal do PSDB na Câmara

Prefeito de Ilhéus autoriza pagamento da folha de pessoal no 1° de Maio.

Para viabilizar o pagamento antecipado dos salários, o prefeito determinou a suspensão do pagamento de fornecedores e o uso de recursos do tesouro municipal para complementação da folha dos professores.

 

O prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, autorizou o pagamento da folha salarial dos servidores municipais, referente ao mês de abril, no dia 1° de maio, data comemorativa do Dia do Trabalho. A informação foi confirmada pelo secretário de Fazenda, Raimundo Souza, após reunião mantida com o secretário de Administração, Ricardo Machado. “Apesar do valor da folha corresponder a mais de 60 por cento da arrecadação do município, o prefeito priorizou o pagamento do funcionalismo”, destacou Ricardo Machado.

Segundo o secretário de Fazenda, os valores correspondentes aos salários estarão disponíveis a partir do primeiro minuto do mês de maio nas respectivas contas bancárias, de todo o quadro funcional, incluindo os professores da rede municipal de ensino, já que houve, até o dia de hoje (29 de abril), uma considerável redução no repasse dos recursos federais do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação), em torno de R$ 1 milhão.

O secretário informou que o prefeito Jabes Ribeiro autorizou o uso de recursos do tesouro municipal para a complementação dos salários dos professores, no sentido de garantir o pagamento total da folha do funcionalismo antes mesmo do prazo definido por lei. Ele enfatizou que o prefeito determinou a suspensão do pagamento dos fornecedores para priorizar o salário dos servidores. Conforme o secretário de Fazenda, a folha de abril consumiu R$ 10.329.619,74 milhões da receita municipal.

Secretaria de Comunicação (Secom) Ilhéus – 29.04.14

ESPAÇO DO LEITOR – ÔNIBUS AVACALHANDO.

olá seu Guy, Bom dia, estou aqui pra te pedir um favor, e fazer uma denuncia, está ocorrendo um descaso com pessoal que mora no malhado, Basílio, avenida esperança e entre outras redondezas ( principalmente os estudantes da Faculdade de Ilhéus) que utilizam de ônibus para se locomoverem. A Empresa de ônibus da Viametro que roda sentido Ilhéus 2/ Basílio está tirando nossa paciência, principalmente no horário que nós estudantes precisamos deste ônibus para irmos para faculdade. o horário certo do ônibus passar seria as 17:50 saindo do Basílio em direção ao Ilhéus 2 sendo que ele está passando as 18:30 em diante. Outra coisa é sobre o trajeto dele, que o correto seria descer pelo o bairro do Basílio e passar pela rua da horta, porem quando eles não querem, eles mudam o trajeto descendo pelo Basílio e indo direto pela avenida Ubaitaba, deixando TODOS nós que moramos na rua da horta e na avenida esperança desse meio na mão. ONTEM OCORREU UM FATO, que nos deixou ( nós estudantes da faculdade de Ilhéus) bastantes irritados, com toda aquela confusão que ocorreu na ponte, o Onibus da da Viametro que é um dos últimos a passar dessa mesma linha ILHÉUS 2 / BASÍLIO, NÃO PASSOU, não sabemos ate agora o que ocorreu, se ele subiu para o ILHÉUS 2 e quebrou e não voltou ou se ele nem sequer subiu, lembrando que essa linha passa as 22:20 na porta da FACULDADE DE ILHÉUS, com toda essa confusao tiveos q esperar o ultimo onibus arrisacando nossas vidas, para aventurar descer em outro local bastante ariscado, mas enfim pelo meu ver não ocorre nenhum tipo de fiscalização, varias denuncias ja foram feitas sobre todos esses problemas, ja fomos para as emissoras de radio e nada funciona, gostaria q o senhor publicasse isso no seu blogger para que alguma providencia fosse tomada, pois estamos cansados de pagar caro na utilização de um ônibus que só nos prejudica

A INCOMPETÊNCIA MARCADA A FERRO E FOGO!

‘O MODO PETISTA DE GOVERNAR’, esse é o slogan, tô fora…..

Nem vou falar de corrupção, pula essa parte.

Quais as realizações? Nenhuma

Muita propaganda.

Muito assistencialismo, aparelhamento e desmandos.

Pajelanças, mentiras e promessas.

E para fechar com chave de ouro, o lulopetismo quer a volta de seu ícone, responsável direto por toda essa baderna.

Já deu, tô fora...

Já deu, tô fora…

Souto destaca necessidade de restabelecer a confiança entre governo e polícia.

foto_ps_mk 

“É preciso restabelecer a confiança entre o governo e a polícia”, afirmou o pré-candidato oposicionista a governador, Paulo Souto (DEM), em entrevista a Mário Kertész, na Rádio Metrópole, na manhã desta terça-feira (29). Para ele, essa falta de confiança seria um dos fatores para o problema da segurança pública na Bahia, que já vitimou 34 mil baianos nos últimos sete anos.

Além de rediscutir a relação do governo com a polícia, no caso de eleito, Paulo Souto pretende melhorar a distribuição do contingente de policiais, fazer investimentos em tecnologia e estratégias de prevenção ao crime. “A segurança é uma questão emergencial”, disse, lembrando que o combate à criminalidade exige também a participação ativa do governo federal, pois o contrabando de armas e o crime organizado atuam em escala nacional.

Para ele, a segurança pública é um dos itens das chamadas seguranças sociais, que abrangem ainda saúde, educação e programas de transferência de renda, como o Bolsa Família. “Foi a insatisfação com a má qualidade desses serviços públicos essenciais, que motivaram as manifestações de 2013. Vamos focar na melhoria deles na Bahia”.

Quando questionado sobre a possibilidade de comparação adversária dos números do atual governo com o seu, Souto, depois de ressaltar a necessidade de que esses números fossem auditados por não baterem com pesquisas oficiais, disse não temer comparativos até porque os resultados reais de comprar mais viaturas ou coletes, por exemplo, não evitaram a crescente e alarmante violência na Bahia.  :: LEIA MAIS »

VAI SER DEMOLIDA, OU AINDA PODE SER SALVA?

Ex Maternidade Santa Isabel.

DSC04167-001

DSC04166-001

DSC04165-001

contador free


Webtiva.com // webdesign da Bahia

abril 2014
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia