WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: 14/abr/2014 . 21:51

UMA NAÇÃO CORROMPIDA.

04:21    

CARLOS CHAGAS – 

 

A história merece ser lembrada. Paris estava entregue a todo tipo de ladrões, assaltantes  e salteadores. O rei Carlos IX, talvez desejando aprender, quis saber como os batedores de carteira praticavam tão bem a sua arte. Assim, instruiu a polícia para convidar os dez maiores “artistas” para o próximo baile real, onde a recém-recomposta aristocracia e a alta burguesia  estariam presentes.

 Terminado o baile os dez larápios foram aprisionados, verificando-se que em dinheiro e jóias, haviam recolhido milhares de francos. O rei quase morreu de rir e permitiu que os bandidos  conservassem o fruto de suas coletas, mas, por cautela, determinou que fossem todos alistados no exército. Com a França em guerra, era mais fácil tê-los mortos do que vivos…

 Com todo o respeito, a presidente Dilma  Rousseff deveria preparar imediatamente um grande baile da República, tanto faz se no Alvorada ou no Itamaraty, convidando a classe política, o Congresso, o ministério, os altos funcionários, os dirigentes de empresas estatais, os lobistas, o empresariado e demais integrantes das elites. Ficaria difícil selecionar apenas dez dos participantes, talvez fosse melhor desconfiar e revistar todos os convidados.

 Sem a menor dúvida, através dos métodos eletrônicos de prospecção de mal-feitos,  pelo menos a metade dos convidados se veria obrigada a alistar-se, senão nas forças armadas, já que não estamos em guerra externa, quem sabe nas UPPs,  nas  unidades de ocupação das favelas e periferias ou nas delegacias.

 Porque jamais, em tempo algum, a corrupção registrou níveis tão elevados quanto nas últimas décadas, no Brasil.  Não há quem não procure levar vantagem em tudo, com sinceras desculpas ao grande craque do passado. Lemos nos jornais do fim de semana que o tal Yosseff, doleiro preferido das elites, ameaça divulgar o nome de pelo menos 47 parlamentares com os quais mantém perigosas relações.

 Caso Marcos Valério se disponha a abrir a boca, só o Maracanã abrigará o número de novos mensaleiros condenados. Nos partidos, em massa haveria defecções forçadas,  sem esquecer tribunais, corporações, empreiteiras, prefeituras, governos estaduais, a mídia, igrejas  e até clubes de futebol.

 Somos uma nação corrompida à espera do convite para o grande baile da República,  onde  seria possível identificar os modernos batedores da carteira nacional. A duvida é saber se a presidente iria rir, como Carlos IX,  e permitir que cada ladrão conservasse o produto de seu roubo…

 A ORDEM E O CAOS

 Durante milênios a Humanidade olhava para as estrelas e tirava delas mais uma certeza da existência de Deus, pois só um ser superior teria criado tanta ordem e tanta  harmonia. Com a invenção do telescópio dos tempos de Galileu e, agora, dessa fantástica parafernália eletrônica, chegamos à conclusão de que o Universo é o caos, com galáxias colidindo, estrelas virando poeira, buracos negros engolindo a luz e sóis explodindo para se apagar em seguida. Qualquer dia aparecerá um astrônomo para perguntar: “E Deus, como é que fica?”

HGLVF – sobre a reforma sanitaria na saude mental

Prezado blogueiro:

A assistência a saúde mental no âmbito hospitalar está em reforma sob o guarda-chuva jurídico/assistencial da Reforma Sanitária em Saúde Mental concebida para o SUS. Saliento que esta reforma é fruto do amplo debate e o desejo histórico de profissionais envolvidos que procuram tirar o estigma do paciente psiquatirico já retratado na telona com o filme Bicho de 7 cabeças. O  HGLV, junto a coordenação do cuidado da Superintendência da Assistência Integral à Saúde da SESAB, a Coordenação Regional de Saúde Mental e a Coordenação Municipal de Saúde Mental, está inserido, junto a outras instituições do Estado nesse processo de mudança de paradigma. Certo que toda mudança gera além de desafios, primárias incompreensões e resistências. Porem temos como finalidade garantir de uma assistência integral aos usuários a nível ambulatorial com a participação ativa e interdisciplinar das equipes e familiares no cenário do CAPES. Assim acolhidos nas suas necessidades de cuidado à saúde fomentar a garantia de acesso às consultas/avaliações e medicamentos específicos como também avaliação em clínica geral, pois muitos dos pacientes que apresentam alguma necessidade em saúde mental apresentam também outros problemas de saúde. Nesse sentido a assistência ambulatorial descentralizada se configura como o espaço ideal para o cuidado. Entretanto vivemos, embora tentamos promover a mudança, uma assistência não integrada aos moldes de manicômio no município onde pacientes não encontram portas de acesso na rede assistencial ambulatorial e são obrigados a procurar o hospital até para questões simples como avaliação clinica, solicitar exames clínicos e reproduzir receituário médicos. Os pacientes ditos “psiquiátricos”, mesmo aqueles compensados ou com doença mental não psicótica não encontram espaço de atendimento em PSFs e consultas médicas nos postos de saúde. Desta forma eles não tem acesso regular a medicação e as famílias, em desespero, diante a impossibilidade de cuida-los no domicilio os abandonam em hospitais. Reflexo disso é que no momento na enfermaria psiquiátrica encontram-se três pacientes-moradores já de alta da psiquiatria há vários anos, porem com dificuldades para se ré-inserir na comunidade. Esta situação está sendo coordenada junto a  DAIS-SESAB, Defensoria e Ministério Público e devemos ter avanços nos próximos meses. A saída seria a implementação dos CAPES adulto, infantil e drogas e a residência terapêutica como equipamentos de assistência. Descentralização da assistência em saúde mental com garantias de cuidado integral ao paciente na rede ambulatorial. O HGLVF continua e continuará a atender os pacientes, mas somente em processo de surto agudo devolvendo-os à família, uma vez compensados, para a continuidade do cuidado. O anexo será reformado ou uma enfermaria será montada para este fim com somente 06 leitos (considerados na quantidade necessária se aplicados corretamente). O dinheiro para o município equipar a assistência mental está sendo repassado fundo a fundo desde julho/2013 com repasse mensal de 73.906,59 reais totalizando até o momento mais de 500.000 reais, sem retorno para a assistência [ver http://www.fns.saude.gov.br/visao/consultarPagamento/pesquisaDetalhadaPagamento.jsf ]. Abertos para o debate estamos e este tema já foi objeto de discussão na CIB, CIR, MP, Defensoria Publica e CMS. Agora com a sua ajuda na Blogosfera.
abs, Julio Guzman

Chapa histórica.

Chapa com Aécio 2

A oposição baiana apresentou hoje de manhã (14) a chapa majoritária para as eleições de 2014 durante um evento bastante concorrido no Hotel Sheraton, em Salvador. Os pré-candidatos Geddel Vieira Lima, ao Senado da República, Paulo Souto, a governador da Bahia, e Joaci Góes, a vice, foram recepcionados pelos prefeitos de Salvador, ACM Neto, e de Feira de Santana, Zé Ronaldo, sendo recebidos por centenas de pessoas, entre autoridades, lideranças políticas, correligionários e a população da capital e do interior do Estado, que fizeram questão de prestigiar e revelar o seu apoio à chapa mais forte da história da Bahia. O presidenciável Aécio Neves também compareceu ao evento, onde recebeu o carinho de todos, e levou o seu apoio a Geddel e aos demais candidatos.

O líder peemedebista falou sobre a sua decisão em compor a chapa como um ato em prol da unidade da oposição. “Durante momentos de reflexão resolvi seguir os ensinamentos do meu pai, Afrísio Vieira Lima, que me disse: olha pra frente e segue”, disse Geddel, emocionado e honrado em se tornar a voz da Bahia no Brasil no Senado com o apoio da população e dos aliados do DEM e PSDB para encarar essa nova caminhada, onde pretende ajudar a Bahia a reverter os problemas que enfrenta nas áreas de saúde, educação e segurança pública, por exemplo. “Conto com vocês e digo que com honra, orgulho e convicção eu sou o candidato ao Senado e quero que vocês me deem a oportunidade de ser a voz da Bahia no Brasil, para que esta terra e o semiárido baiano voltem a ser ouvidos”, enfatizou.

O senador Aécio Neves, pré-candidato à presidência da República, assim como Paulo Souto e Joaci Góes, os prefeitos ACM Neto e Zé Ronaldo, bem como o presidente do DEM, Paulo Azi, fizeram questão de enaltecer em seus discursos a atitude de Geddel pelo seu desprendimento em viabilizar uma chapa única da oposição para construir a Bahia do futuro. “Sou um homem contemporâneo, quero ajudar a fazer uma Bahia melhor para nossos filhos”, explicou o presidente do PMDB da Bahia. 

O VENENO DA NOITE !

guyvalerio (1)

Quando o coxo está vazio, e não tem batida da mandioca.

A porcada beeeerrrraa que é uma beleza…

Aulas da rede municipal de Ilhéus iniciaram nesta segunda-feira.

Todos os profissionais contratados, através do processo seletivo realizado em 2013 para suprir a demanda de profissionais do município, e alguns efetivos estão atuando nas unidades educacionais. 

Secretaria de educação convoca estudantes informa que está tendo aulas nas unidades educacionais – Foto Gidelzo Silva

Secretaria de educação convoca estudantes informa que está tendo aulas nas unidades educacionais – Foto Gidelzo Silva

 

A Secretaria Municipal de Educação (Seduc) deu início nesta segunda-feira, dia 14, ao ano letivo 2014, cumprindo o cronograma estabelecido no ano passado, após a greve parcial dos professores que atrasaram as atividades de algumas turmas. Todos os educadores contratados, através do processo seletivo realizado em 2013 para suprir a demanda de profissionais do município, estão atuando nas unidades educacionais.

Conforme informa a secretária de Educação, Marlúcia Rocha, além dos educadores contratados, também estão atuando alguns profissionais efetivos do município que não aderiram à paralisação promovida pela Associação dos Profissionais Professores de Ilhéus (APPI). Marlúcia convoca os alunos para irem às unidades educacionais e diz que o executivo, após a avaliação do 1º quadrimestre, deverá convocar o sindicato para discutir a pauta da paralisação parcial.

Secretaria de Comunicação (Secom) Ilhéus – 14.04.14

Curso de cacauicultor do Pronatec contempla jovens de Ilhéus.


O curso é destinado a jovens maiores de 16 anos que tenham, no mínimo, ensino fundamental incompleto. A inscrição será realizada somente na próxima quinta-feira, 17, no setor do Pronatec, na sede da SDS, localizada na Rua Mário Alfredo, s/n, Conquista, das 8 ás 14 horas.

 

A Secretaria de Desenvolvimento Social de Ilhéus (SDS) liberou 29 vagas para o curso de cacauicultor, destinado a jovens maiores de 16 anos que tenham, no mínimo, ensino fundamental incompleto. Com carga horária de 160 horas, o curso é uma iniciativa conjunta do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e do Programa Nacional de Acesso ao ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

Para realizar a pré-matrícula no curso, é necessário que o candidato apresente cópia da Identidade, CPF, comprovantes de residência e de escolaridade. Também é requisitada cópia do comprovante da abertura de  conta e extrato demonstrativo de depósito no Banco do Brasil ou banco postal.  A inscrição será realizada somente na próxima quinta-feira, 17, no setor do Pronatec, na sede da SDS, localizada na Rua Mário Alfredo, s/n, Conquista, das 8 ás 14 horas.

O curso tem duração de três meses e será ministrado em duas turmas, com 15 alunos por sala. Os alunos receberão material didático e Equipamento de Proteção individual (EPI), bem como ajuda de custo no valor de R$ 8,00 por aula teórica e R$ 20,00 por aula técnica.

O curso é voltado para pessoas que já possuem experiência na área rural e que preferencialmente vivam na zona rural. De acordo com o secretário da pasta, Jamil Ocké, esta iniciativa é pioneira em Ilhéus. “As pessoas que já se encontram trabalhando com técnicas agrícolas podem melhorar o seu trabalho e aprender novas técnicas”, enfatiza o secretário.

Secretaria de Comunicação (Secom) Ilhéus – 14.04.14

GANHADOR DA MEGA-SENA ACUMULADA.

A ENQUETE ESTÁ NO AR, PODE DAR SUA OPINIÃO.

 

GANHANDO NA MEGA-SENA ACUMULADA, VOCÊ INVESTIRIA EM ILHÉUS? NO QUÊ?

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

PRIMEIRO LUGAR NO HIT-PAREDE NACIONAL !!!!

Por que o brasileiro gosta tanto de coisas piratas?

Procuramos alguns argumentos para entender e justificar a escolha de muitos consumidores pela aquisição de cópias de produtos originais

Por Fernando Daquino em 11 de Abril de 2014

Por que o brasileiro gosta tanto de coisas piratas? [opinião](Fonte da imagem: Shutterstock)

Em 2012 surgiu o projeto do Sistema Integrado de Gestão de Aparelhos (Siga), uma ferramenta para que a Agência Nacional de Telecomunicações possa bloquear aparelhos eletrônicos piratas.

Os argumentos da Anatel para a criação desse mecanismo — custeado por um grupo de operadoras — se baseiam no cuidado com a saúde das pessoas (já que dispositivos não aferidos podem emitir radiações em níveis prejudiciais) e a exclusão de aparelhos que, devido ao uso de componentes desqualificados, acabam interferindo na qualidade das chamadas.

Desde que foi anunciada, a proposta tem gerado bastante polêmica. As discussões sobre o Siga se intensificaram nos últimos dias após ele ter entrado em vigor — embora, por enquanto, ele deva ser usado apenas para criar um banco de dados sobre os dispositivos em uso no país, somente após setembro deste ano novos gadgets ilegais que tentarem ser ativados serão desativados.

Com a grande quantidade e a forte intensidade das críticas sobre o sistema da Anatel, nos surgiu uma dúvida: por que nós, os brasileiros, gostamos tanto de produtos piratas? Neste artigo opinativo — ou seja, é a nossa opinião sobre o assunto — tentaremos responder a esse questionamento. Você pode concordar ou não.

Alta carga tributária   :: LEIA MAIS »

contador free


Webtiva.com // webdesign da Bahia

abril 2014
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia