WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: 7/abr/2014 . 20:22

ESPAÇO REDES SOCIAIS – FACEBOOK.

Tudo que é postado na área pública das redes sociais, pode e deve ser compartilhado por quem quiser:

AMANHÃ tem reuniao do conselho municipal de saude.

É de extrema importância que a populacao esteja presente, pois precisa ver os pensamentos e opiniões daqueles que os representam.

Principalmente daqueles ligados a partidos políticos!

Vou dar um exemplo de um fato que ocorreu e que muitos nao sabem:

Governo Newton Lima (apoiado pelo PT) desviou mais de 1 milhao de reais da conta da farmacia municipal para pagamento de folha salarial…

O DENASUS detectou e determinou a devolucao, com recursos próprios, para os cofres de BRASILIA… Como devolver para Brasilia uma verba que ja era nossa???

A plenária decidiu que a verba deveria ser devolvida, porém, PARA A FARMACIA MUNICIPAL, pois se devolvêssemos para BRASILIA nunca mais veríamos a cor desse recurso!

Teve uma turma la que fez a maior confusão pq queriam devolver para BRASILIA.

Se mandássemos esse recurso pra Brasilia, certamente seria usado para financiar algum porto cubano… ou ajudar a perdoar a dívida de alguma ditadura africana!!!

Aumenta a procura por vagas para 2014 nas escolas municipais de Ilhéus

Escola Perpétua Marques, uma das unidades reformadas pela Prefeitura - foto Gidelzo Silva.Secom-Ilhéus  (4753)

Escola Perpétua Marques, uma das unidades reformadas pela Prefeitura – foto Gidelzo Silva.Secom-Ilhéus (4753)

Reservas indígenas, instrumento bolivarianista no Brasil

07/04/2014

O Titanic e a safra agrícola de 2013 (V)

Índios e trabalho escravo:

a quem aproveita?

Helio Brambilla

Retornemos à sede da fazenda produtora de chá. A 10 km da sede, no meio da mata e às margens de um lago, há uma construção confortável, toda ela revestida de costaneiras para as famílias e os funcionários fazerem piquenique. A pequena distância da “Casa do Tarzan” – como é chamada – se encontra o alojamento para os funcionários da fazenda, os cortadores de erva mate e os protetores da floresta.

 

       Certa manhã, com a fúria de uma KGB ou de uma Gestapo, fiscais do Ministério do Trabalho lá chegaram para fazer uma devassa à procura de trabalhadores escravos, e encontraram “provas mais que suficientes” que de fato eles existiam. Eis um elenco delas:

1)   Num chuveiro havia dois centímetros do fio desencapado. Não se sabe se foi falha do eletricista ou sabotagem de alguém mal intencionado… Mas para o Ministério do Trabalho aquilo representava um crime, pois colocava em risco a vida dos funcionários! “Prova” de trabalho escravo.

2)   Foi constatado também que as lâmpadas eram de filamento e não as de LED, portanto outra “prova” de que os funcionários se encontravam em condições análogas à de escravos. Pobre Thomas Edison…

3)   Outro crime descoberto – pasmem – foi a existência de um fogão de lenha para aquecer água para o chimarrão ou para um cafezinho. Olhe que fogão a lenha vem sendo utilizado pelos homens desde que o mundo é mundo. Mas agora, os fiscais veem nele um grande perigo, a poluição ambiental! A propósito, os “escravos” prestes a ser alforriados protestaram, alegando que a região no inverno é muito fria, e que ano passado chegou a cair 10 cm de neve, com sensação térmica de -10°… Alegaram ainda que só conseguiram tomar banho em razão da água ser aquecida no fogão de lenha. Ademais, o fogão lhes servia de lareira… Mas nenhum argumento demoveu a empáfia dos fiscais do governo! Quanto aos médicos cubanos…

4)   Outro grave “crime” encontrado e que caracterizava “trabalho escravo” foi o fato de os colchões medirem apenas sete centímetros de espessura, quando o Ministério exige colchão a partir de 10 centímetros…

    

Na divisa com o Paraná, um grande produtor de grãos e também transportador teve sua fazenda invadida por índios há algum anos. Cheio de boa vontade – e talvez com outro tanto de ingenuidade – foi ao local dialogar com eles, pois segundo se comenta, tinha disposição de deixar parte de suas terras para os invasores. Tinha, pois foi alvejado por tiros e morreu no local. Para as autoridades, o crime não passou de notícia de jornal. Mas o grupo liderado pelo empreendedor morto que gerava centenas de empregos se encontra agora em situação pré-falimentar…

Ali próximo se encontra a antiga cidade de Palmas, já no Paraná. Houve em outros tempos redutos de escravos libertos que, à maneira tribal, passaram a viver às margens de um rio, semelhante à vida que levavam na África. Lá eles faziam o que queriam e queriam o que faziam. Encontravam-se livres!

Mas agora a Fundação Palmares e o INCRA os induziram, como de costume, a se autodeclarar quilombolas! Apesar de os laudos antropológicos comprovarem o contrário, as instituições oficiais passaram a reivindicar por eles e para eles uma terça parte das terras do município!

      Ressalto mais uma vez que tanto em Santa Catarina como no Paraná as rodovias federais se acham em péssimas condições, o provoca filas intermináveis de caminhões, acidentes fatais, apesar das infindáveis placas “Obras do PAC”!  São mais algumas ocorrências que a título de amostragem consigno para que o leitor faça ideia do que vem ocorrendo entre nós.

(*) Helio Brambilla é jornalista e colaborador da ABIM.


Fonte: Agência Boa Imprensa – (ABIM)

LEIAM E PASMEM – EMAIL REPASSADO COM TODOS OS LINKS PARA PROVAS.

EM BUSCA DO DEDO PERDIDO !

O temor e a luta para a não implantação da CPI sobre a Petrobras, é que simplesmente implodiria o plano B do volta Lula, explico:

Quando vieram a tona ou começaram, ou ainda escandalizaram-se as lambanças na Petrobras, o Presidente da República era ele, Luiz Inácio Lula da Silva.

A Ministra Chefe da Casa Civil e Presidente do Conselho Administrativo da Petrobras, era Dilma Vana Rousseff, indicada por Lula para o suceder. Como de fato aconteceu.

O Presidente da Petrobras era José Sérgio Gabrielli, indicado por Lula, a contra gosto do mercado.

Então tudo começou com Lula Presidente.

Ele é o cara....

Ele é o cara….

É UM EX-ASSENTADO DO MST QUEM ESTÁ FALANDO !

MUDANÇAS NECESSÁRIAS NA CABOTAGEM.

Newsletter Interface Engenharia

Empresa Certificada conforme NBR ISO 9001:2008
Laboratório Têxtil para Ensaios Químicos Acreditados pela Coordenação Geral de Acreditação do INMETRO

 

04
ABR

 

Mudanças necessárias na cabotagem

escrito por Samir Keedi, professor de MBA, autor de vários livros em comércio exterior, transporte e logística, tradutor do Incoterms 2000 e membro da CCI-Paris na revisão do Incoterms® 2010

É cHá 17 anos, num seminário na hoje maior feira de comércio exterior do país, fizemos uma intervenção. Dissemos que da maneira como “o barco era conduzido”, fatalmente desapareceríamos do transporte marítimo internacional. Que no futuro seríamos jogados para a cabotagem. É claro que essa colocação irritou os armadores. Mas, o que vemos, desde final da década de 90, é justamente isso.

Com os armadores existentes no mundo hoje, vários com capacidade de realizar todo o comércio exterior brasileiro de container – de entrada e saída, do Oiapoque ao Chuí, de leste a oeste, unidades cheias e vazias – utilizando apenas metade da sua frota, devemos aproveitar esta vantagem internacional. :: LEIA MAIS »

CONVOCAÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE DE ILHÉUS.

contador free


Webtiva.com // webdesign da Bahia

abril 2014
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia