WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: 18/mar/2014 . 23:03

MÉRITO LOJISTA DA CDL – ILHÉUS.

Mérito Logista.

Mérito Lojista.

 

FORJANDO E LAPIDANDO OS CRAQUES DO FUTURO.

Com a eminência para o torneio de futebol amador do município nos próximos meses, os atletas da Escolinha de Futebol Os Meninos de Ilhéus treinam firme para a competição, onde muitos aproveitam para mostrar talento. Ao ano, saem de Ilhéus até 15 jovens para avaliação e convocação em clubes reconhecidos, dentre eles, alunos do projeto, que hoje conta com um goleiro em avaliação no São Caetano, em São Paulo. 
Paixão nacional, o futebol sempre encantou e inspirou a muitos a encontrar no esporte a sua filosofia de vida, seja no potencial de desenvolvimento humano, seja profissionalmente, para a conquista de um futuro promissor de oportunidades.  E não seria diferente na Escolinha de Futebol Os Meninos de Ilhéus, um projeto social que há mais de 14 anos agrega crianças e jovens do município, associando a prática do esporte ao desempenho escolar. Neste ano, os alunos do projeto se preparam para o torneio de futebol amador nas categorias sub 15 e sub 17, assim como torneios de quadra, promovidos pela Secretaria de Esportes de Ilhéus, previstos para acontecer entre os meses de abril e maio.

 Imagem

Márcio Silva dos Santos, de 11 anos, aluno do projeto há 4 anos, diz que “treinar aqui é ótimo. No último domingo participamos de um jogo amistoso em Itajuípe e minha categoria, a mirim, foi campeã. O professor Luís passa os treinos para sermos um bom time”. O garoto, estudante da 4ª série, afirma que é bom aluno, tem vontade de viajar e ser jogador profissional, “porque sempre tem olheiro”, disse.

 Imagem

São 200 alunos entre 8 a 16 anos no projeto, nas categorias pré-mirim, mirim, infantil e juvenil. De acordo com o coordenador do Projeto, seu Luís, “aqui, nós agregamos os meninos para eles desenvolverem seu potencial técnico, em que 90% aprendem a desenvolver as partes esportiva e social, e 95% não vão se envolver com a marginalidade e drogas. Para as competições, selecionamos 15 garotos para cada categoria e todas elas participam de amistosos”.  As aulas do projeto ocorrem sempre as terças e quintas-feiras das 7:30h às 11h e das 14hs às 17:30h, no bairro do Malhado, e aos sábados, das 7:30h as 11hs, na quadra da Barra.

No último campeonato municipal, de 2013, o time da Escolinha de Futebol os Meninos de Ilhéus ficou em 3º lugar, e, nos destaques do evento, foram eleitos um artilheiro e um goleiro, que foi convocado e está em avaliação no Clube do São Caetano, em São Paulo. 

Para o professor Luís “é uma grande alegria ver nossos alunos convocados para treinarem em clubes reconhecidos. Este é o reflexo de um trabalho de anos. Também tivemos jogadores do Colo Colo, time da cidade, que saíram daqui de nossas bases, entre outros jogadores que saem, e quando eu fico sabendo estão em diversos clubes. Agradecemos a Ong Human Network do Brasil (HNB), de Ilhéus, que subsidia o projeto, sem este apoio, esta não seria uma realidade”, destacou o professor.

De acordo com o Coordenador Administrativo da HNB, Overland Santana, “quando a criança ou adolescente se formam no meio esportivo, terão que desenvolver uma série de disciplinas para fazer parte do grupo, a começar pelos estudos, depois o treinamento, assiduidade, vontade, motivação, técnica, e, sobretudo, o respeito. Ou seja, uma série de valores humanos formam um atleta e cidadão, ao mesmo tempo em que os afasta das influências negativas. Por isso, a Human Network do Brasil enxerga no esporte um viés da educação como fonte de cidadania e transformação social”.

Olheiros – Segundo o Secretário de Esportes do Município de Ilhéus, Roberto de Andrade, anualmente, aparecem olheiros que convocam, em média, 10 a 15 alunos ilheenses, para testes em clubes reconhecidos. “Em 2013, recebemos três empresários paulistas japoneses, que ficaram durante três dias para observar e selecionar os meninos de Ilhéus para diversos times como São José, Santo André, Barueri etc. A peneira do Flamengo durou com observação de cinco dias, assim como recebemos olheiros do Vasco. Os empresários contatam a Secretaria de Esportes, através da coordenação de Marcos Garcia, e havendo a peneira, entram em contato direto com os tutores legais para os jovens irem morar e estudar fora. Porque baseamos tudo no estudo, com apresentação do boletim, requisito para continuação em outras cidades”, explicou o Secretário.

 Imagem

Alunos do projeto.

Bolsa Família pode deixar de ser trunfo eleitoral de Dilma, diz especialista.

Marcos Coimbra, presidente do Instituto Vox Populi, avalia que nova classe C não se identifica mais com programa, o que reduz impacto eleitoral

Elizabeth Lopes

São Paulo – Uma das grandes vitrines do PT nas campanhas eleitorais que elegeram Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff para a Presidência da República, o Programa Bolsa Família, poderá deixar de ser um patrimônio político nas eleições gerais deste ano e se tornar um problema a ser administrado pelos petistas. A análise é do presidente do Instituto Vox Populi, Marcos Coimbra, em entrevista exclusiva ao Broadcast Político, com base em recentes pesquisas qualitativas realizadas por seu instituto.

Veja também:
link Bolsa Família tem ‘boom’ em São Paulo, mas índice de cobertura ainda é baixo
link Para pesquisadora, preconceito contra Bolsa Família é fruto da cultura do desprezo

O levantamentos detectaram um desgaste e o crescente aumento das críticas dos setores emergentes da classe média com relação a este programa do governo federal. “O Bolsa Família envelheceu, não pode mais ser usado como o grande carro-chefe das campanhas petistas. E as críticas não são apenas da classe média conservadora, mas estão vindo especialmente da chamada nova classe C, justamente aquela que ascendeu na gestão do PT”, destaca Coimbra.

Segundo ele, os cidadãos da chamada nova classe C, que congrega um contingente estimado em 40 milhões de pessoas – um número não muito distante do total de 47,6 milhões de votos que Dilma teve no primeiro turno das eleições gerais de 2010 -, têm demonstrado em suas críticas ao Bolsa Família que não estão mais identificados com este tipo de benefício, que se tornou um símbolo do que eles não são mais, pois ascenderam socialmente com seus próprios méritos e agora não querem mais compactuar com os que ainda se escoram nas benesses governamentais. “Esses cidadãos alegam que pagam seus impostos, enquanto outros recebem as benesses do governo, por isso não querem mais ser identificados com os que ainda dependem do programa para sobreviver”, explicou o presidente do Vox Populi. :: LEIA MAIS »

A REFORMA DO MEU VIZINHO, O GENERAL !

Foto: Gidelzo Silva

Foto: Gidelzo Silva

Reforma emergencial garante a integridade do prédio do antigo Grupo Escolar General Osório - Foto Gidelzo Silva Secom-Ilhéus 18.03.14

Reforma emergencial garante a integridade do prédio do antigo Grupo Escolar General Osório – Foto Gidelzo Silva Secom-Ilhéus 18.03.14

VEJAM E TIREM SUAS CONCLUSÕES.


POR QUE SERÁ?

Vocês já notaram que a sigla PIG, que era bastante usada por petistas, esquerdistas, socialistas e vagabundistas, de repente sumiu?

Por que será? Falaí Simone…..

 

ESPAÇO DO LEITOR- TRÂNSITO E ESTACIONAMENTOS.

Guy, gostaria de pedir-lhe que colocasse no seu blog,sobre um poste que está quase caíndo na esquina da praça josé marcelino,esquina com a rua coronel paiva. As pessoas que por alí passam,correm risco de vida. Muito perigoso.Outra coisa, e o tráfego sentido av. 2 de julho x pça josé marcelino, os veículos estacionam na porta do bataclan e na auto escola.Horrível um auto escola naquele local. A dois de julho,pça jose marcelino estar um mangue só. Esta via é rotativa,não dar para estacionar, atrapalha muito. Já falei com Setrans,e até agora os guardinhas não viram nada. Agradeço a vc ,por esta colaboração. Um abraço

contador free


Webtiva.com // webdesign da Bahia

março 2014
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia