WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: 13/set/2013 . 19:46

VENENO DA NOITE !

Guy Valério Barros

A politicagem nanica, começa a ceder lugar ao trabalho.

Aliás, como deve ser !

MISSÃO CUMPRIDA NA MERENDA ESCOLAR.

Todas as escolas municipais de Ilhéus já estão aptas a receberem a merenda escolar, assim como todas as crianças do município têm direito a ela.

O problema maior será quando as merendeiras voltarem da greve. 

Como cozinhar? Se a maioria do panelaço de 30 mil reais ‘adquiridas’ no desgoverno passado, não chegou às escolas.

Tem como explicar?

Panelaço de 30 mil reais, onde andas?

Panelaço de 30 mil reais, onde andas?

Participação da Marinha, Corpo de Bombeiros e do Nepsi dinamiza mutirão no Salobrinho.

Além dos serviços de saúde e assistência social, moradores do Salobrinho tiveram acesso às informações sobre as corporações da Marinha e dos Bombeiros, bem como orientações sobre prevenção às DSTs.

 

Mutirão da Cidadania no Salobrinho - Foto Roberto Santos (3)

Mutirão da Cidadania no Salobrinho – Foto Roberto Santos (3)

O Bairro do Salobrinho foi contemplado nesta sexta-feira, dia 13, com o Mutirão da Cidadania, que entre vários serviços ofertados pelassecretariasmunicipais de Desenvolvimento Social (SDS) e de Saúde (Sesau), contou com a presença de novos parceiros como o 5º Grupamento de Bombeiros, a Marinha do Brasil e da organização não governamental Núcleo de Educação e Promoção à Saúde de Ilhéus (Nepsi). O evento ocorreu na sede do Cri’Art no período das 8às 14horas e contou com a participação do prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, dos secretários Jamil Ocké (SDS) e Antônio Ocké (Sesau) e dos vereadores Tarcísio Paixão e James Costa.

Para o prefeito Jabes Ribeiro, a concentração de serviços públicos nos bairros do município promove uma maior interação entre cidadão e poder público, ampliando as práticas democráticas. “Faz parte da nossa gestão ampliar a participação popular em todas as esferas, por isso criamos mecanismos de levar aos bairros os nosso serviços e criamos o Pacto por Ilhéus, onde a sociedade organizada pode avaliar, opinar, elogiar e sugerir formas de melhor atendermos às necessidades dos cidadãos”, frisou. 

Mutirão da Cidadania no Salobrinho - Foto Roberto Santos (5)

Mutirão da Cidadania no Salobrinho – Foto Roberto Santos (5)

Pela primeira vez no mutirão promovido pela Prefeitura de Ilhéus, a equipe da Marinha do Brasil levou à população informações sobre a forma de ingressar na corporação bem como sobre as atividades desenvolvidas, especialmente,o trabalho de combate à poluição das águas e de vigilância das navegações. Outra inovação deste mutirão foi a participação da equipe da Central de Regulação, realizando o cadastramento da população no Cartão Nacional de Saúde do Sistema Único de Saúde (SUS).

O 5º grupamento de Bombeiros de Ilhéus participou do evento, orientando as crianças sobre as regras de trânsito para o pedestre, com a entrega de panfletos informativos. Os agentes também explicaram sobre a corporação e suas funções na sociedade. A equipe do Nepsi participou do evento com a entrega de preservativos, explicando a importância para a prevenção dedoenças sexualmente transmissíveis (DSTs).

Para o vereador James Costa, “o mutirão é fundamental no bairro para que a população possa usufruir dos serviços e ter acesso aos atendimentos básicos como Bolsa Família, consultas com pediatras, vacinação e pesagem”. O vereador Tarcísio Paixão ressaltou que “o atendimento prestado pelo mutirão tem a função de assistir momentaneamente a população do bairro e serve também para acelerar a implantação e execução dos serviços sociais na comunidade”.

Próximos eventos – Os próximos eventos deste mês serão realizados no Bairro do Nelson Costa (20/09) e no vilarejo de Mamoan (27/09). A população de cada localidade irá contar com cadastramento, recadastramento e desbloqueio de cartões do Bolsa Família, inscrições no Balcão de Emprego, informações sobre o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), além do atendimento do CrediBahia.

Mutirão da Cidadania no Salobrinho - Foto Roberto Santos (2)

Mutirão da Cidadania no Salobrinho – Foto Roberto Santos (2)

Também serão realizadas inscrições para o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (antigos Peti e Projovem).  A população também receberá orientações sobre programas de habitação e sobre o requerimento da Carteira do Idoso. Outros serviços prestados à população serão corte de cabelo, informações sobre serviços do SAC, como RG, CPF, Carteira de Trabalho e Junta do Serviço Militar, bem como a participação do Conselho Tutelar para a notificação de denúncias.

A Sesau irá promover palestras e pesagem de crianças e de mulheres para o Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional (Sisvan). Também serão realizados atendimentos ginecológico, pediátrico, psicológico e psiquiátrico, além de vacinação, aferição de pressão arterial, medição da glicemia e orientações nutricionais. Através do odontomóvel, a secretaria fará a limpeza dentária e aplicação de flúor nos cidadãos que comparecerem ao mutirão.

Mutirão da Cidadania no Salobrinho - Foto Roberto Santos (4)

Mutirão da Cidadania no Salobrinho – Foto Roberto Santos (4)

Secretaria de Comunicação Social (Secom)

Ilhéus – 13.09.2013

O império da anarquia decreta o fim do Estado.

WALMIR-ROSÁRIO-FOTO-WALDYR-GOMES1-150x150 (1)
Walmir Rosário

A guerra civil está perto de nós que nem notamos. Ou fazemos questão de não notar. O sentimento de sofrimento e a apreensão por que passa a população dos municípios de Ilhéus, Una e Buerarema não tem chegado aos conterrâneos vizinhos, que assistem, de camarote, a maior ação de banditismo já praticada no Sul da Bahia. Essas invasões e agressões praticadas por pseudos índios aos produtores rurais fariam corar os coronéis do cacau e seus jagunços, transformando-os em anjos de candura e bondade.

A crescente desmoralização do Estado nos traz a necessidade iminente de uma reflexão sobre tão importante tema na vida da sociedade moderna.Gerido por pessoas, o Estado, como uma instituição, deve estar acima do interesse de grupos ou partidos políticos, sob pena de ingressamos no poço sem fundo da anarquia. Mas, infelizmente, esse cuidado não tem sido objeto de preocupação do governo atual, ao contrário, é instado a servir como ferramenta para a consecução dos seus interesses.

Por uma questão de economicidade e de “não chover no molhado”, como diz o ditado popular, não entraremos no mérito de questões várias da apropriação de valores e materiais do patrimônio do Estado, como sobejamente vêm sendo divulgado na mídia. Isto porque já se encontram sob a tutela policial (investigação), Ministério Público (denúncia) e do judiciário (julgamento), como é o caso do Mensalão e de outros casos.

Aqui trataremos, apenas da atrocidade que vem sendo cometida pelos que estão à frente das instituições basilares responsáveis pela sustentação de qualquer país democrático: Executivo, Legislativo e Judiciário. No caso em questão, os agentes do Executivo cometem erros históricos, mascarando situações, elaboram relatórios mentirosos, transformando regiões produtivas em reservas indígenas, para quem não possui referência Tupinambá. Um simples exame de DNA comprovaria. E o Legislativo não está nem aí, sob os olhares complacentes do Judiciário. Uma farsa! :: LEIA MAIS »

O PRÉ-SAL É UMA FARSA !

 

REDIRECIONO UM ARTIGO MUITO CONTUNDENTE SOBRE A SITUAÇÃO DAS RESERVAS DO PRE-SAL, PARA NOSSA FUTURA REFERÊNCIA! O EIKE BATISTA ACREDITOU NAS FABULOSAS RESERVAS E SE FERROU!! O FUTURO SERÁ O SENHOR DA RAZÃO!!  

Senhor Senador! / Senhora Senadora!
Senhor Deputado! / Senhora Deputada!

Todos os Senhores e Senhoras, “os de boa fé”, estão sendo enganados pela PETROBRAS e pelos seus geólogos com “A FARSA DO PRÉ-SAL BRASILEIRO”, e afirmo isso enquanto ex-geólogo de petróleo, que por cerca de 20 anos, trabalhou na Empresa na Bacia Sedimentar de Sergipe e de Alagoas, a mais completa das bacias brasileiras em termos de registros sedimentares, uma verdadeira bacia escola.

Em 1989, através de um relatório técnico afirmei que na parte terrestre da Bacia de Sergipe, de Alagoas, de Pernambuco e da Paraíba (Exploração Petrolífera SEAL e PEPB) não havia mais petróleo novo por descobrir e isso me custou a primeira demissão da Petrobras. Infelizmente eu estava certo. Nenhuma descoberta ocorreu mais na Bacia de Sergipe e de Alagoas, na parte terrestre, em que pese todo o aparato tecnológico empregado na sua exploração, desde então.

Denunciei em 2005 ao MPF/SE e pedi providências contra o caixa2 na construção da plataforma de casco redondo para o Campo de Piranema, um projeto com contrato de aluguel por 11 anos da plataforma de casco redondo, a primeira do mundo, ao custo de U$ 1 bilhão de dólares. Mostrei a farsa, mas o Gerente Geral da Petrobras em Sergipe Geólogo Eugênio Dezen apresentou um relatório elaborado pela empresa de consultoria DeGOLEYR and MacNAUGHTON atestando a economicidade do Campo de Piranema, tendo solicitado ao MPF/SE para que eu não tivesse acesso ao mesmo, o que de fato aconteceu, ou seja, o MPF/SE não permitiu que a parte denunciante envolvida tivesse acesso a documentação, o que torna o caso mais suspeito ainda, porque tal decisão fere frontalmente a CF/88. O que levou então o MPF/SE a cometer essa ilegalidade? (Lula e Déda inauguram Piranema e O custo do fracasso de Piranema) Infelizmente eu estava certo novamente (Os projetos da Petrobras para Sergipe)   :: LEIA MAIS »

Força-tarefa vai fiscalizar os protestos em rodovias. (Não custa lembrar, 05/09/2013)

Luana Almeida

| Ag. A TARDE
  • Manifestação realizada no dia 2 durou 8h e gerou engarrafamento de cerca de 20 km na BR-324

Um dia após manifestação na BR-324 que causou um congestionamento de cerca de 20 km, o Ministério Público da Bahia (MP-BA) anunciou a criação de uma força-tarefa para intervir em protestos que travem rodovias e impeçam a circulação de pessoas na capital e entorno.

O MP-BA vai atuar em articulação com o Ministério Público Federal (MPF), a Secretaria Estadual de Infraestrutura (Seinfra), a Secretaria da Segurança Pública (SSP) e polícias rodoviárias federal (PRF) e estadual (PRE).

O grupo de trabalho foi instituído para discutir providências em caso de desrespeito ao direito de ir e vir dos cidadãos (Art. 5º da Constituição Federal).

Na última segunda-feira, 2, por exemplo, o protesto de moradores do povoado de Menino Jesus, no km-594 – contra o bloqueio de acesso ao viaduto de Candeias, na BA-522 -, interditou a BR-324 durante 8 horas.

Segundo o procurador-geral de Justiça, Wellington Lima e Silva, o objetivo da operação é garantir  um direito constitucional, preservando a legitimidade dos movimentos.

“Somos a favor da livre manifestação das pessoas. Por outro lado, há casos em que é preciso  intervir  para que tudo seja feito da melhor forma possível, reduzindo os prejuízos à população e os transtornos na cidade”, afirmou.

Mediação – Segundo o procurador, o grupo usará o diálogo como principal forma de intermediação. “Vamos tentar consolidar iniciativas para localizar os autores do protesto sem inibir. Tentaremos manter  o diálogo como forma de mediação e viabilizar que as pessoas envolvidas não fiquem desassistidas”, disse.

O pedido para tal intervenção partiu do secretário da Infraestrutura e vice-governador da Bahia, Otto Alencar, que solicitou ao órgão que tomasse providências acerca das manifestações.

No documento encaminhado ao MP-BA, Alencar definiu a onda de manifestações como uma “epidemia” e informou que, no congestionamento gerado pelo último protesto, uma ambulância, que tentava prestar socorros médicos a um paciente, ficou impossibilitada de prosseguir pela via.

O secretário lembrou ainda que, há cerca de um mês, um homem morreu dentro de outra ambulância durante congestionamento de seis horas, sem ao menos conseguir atendimento.

“Não sou contra as manifestações, mas o direito de ir e vir das pessoas deve ser respeitado”, disse Alencar.

MORADORES DO SÃO FRANCISCO DECIDEM INTERDITAR A RODOVIA ILHÉUS-OLIVENÇA.

SONY DSC 

Na manhã da última quinta-feira (12), moradores das ruas Portugal, Santa Felicidade e Jacarandá (bairro São Francisco) decidiram interditar a qualquer momento o Km zero da Rodovia Ilhéus-Olivença. A decisão foi comunicada ao Vereador Fabio Magal (PSC) durante reunião.

O ato vai significar um sinal de protesto contra a Prefeitura de Ilhéus que há mais de 8 anos condena os moradores a constantes alagamentos em dias de chuvas.

O problema já deveria ter sido resolvido com as obras do Projeto Orla, financiadas pela União via Ministério do Turismo e Caixa Econômica Federal. Entretanto, várias paralisações no serviço prolongam ainda mais o sofrimento da comunidade.

Os alagamentos causam prejuízos aos comerciantes e colocam em risco a saúde dos moradores. Uma senhora, ao andar na água empoçada, furou um dos pés num prego afixado numa estaca de madeira.

Um proprietário de restaurante, para não amargar prejuízos maiores, é obrigado a transportar seus clientes no próprio carro, já que o seu estabelecimento fica rodeado de água em tempos chuvosos.

Fabio Magal ofereceu assessoria jurídica para que a comunidade ingresse com uma ação civil contra o município e se dispôs a ajudar nos atos de protesto.

Na próxima terça-feira, 17, o vereador vai apresentar um requerimento para que três moradores possam expor o problema na tribuna da câmara.

Se os trabalhos legislativos ocorrerem normalmente, na sessão posterior (quarta-feira, 18) os representantes da comunidade farão o “uso da palavra”.

Ascom Fabio Magal 13/09/2013             E.G.

 

SUSPENSA MESMO A ELEIÇÃO DO SINSEPI.

PARECE QUE MELOU A ELEIÇÃO NO SINSEPI.

No momento desta foto, tinha acabado de adentrar ao recinto de votação no Sinsepi, um Oficial de Justiça com um mandado a cumprir.

Maiores informações dentro de instantes.

DSC03772

contador free


Webtiva.com // webdesign da Bahia

setembro 2013
D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia