WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: 5/set/2013 . 22:19

VENENO DA NOITE !

Guy Valério Barros

Chateado, não fui convidado para a formatura de Fabio Barreto em jornalismo.

Que falta de consideração !

I Encontro Técnico Porto Sul, com iniciativa do MP Estadual.

Sem a presença de ambientalistas, neo-ambientalistas, ecochatos e gueto do atraso.

PORTOSUL

Prefeito de Ilhéus autoriza pagamento de agosto para servidores.

Em respeito ao dinheiro público, às leis vigentes e ao povo ilheense, o prefeito Jabes Ribeiro também determinou às secretarias acompanhar a frequência dos trabalhadores neste mês de setembro.

 

Mesmo diante da omissão dos sindicatos no que se refere ao atendimento da decisão judicial que determina a presença de 50% dos servidores para garantir os serviços essenciais de saúde e educação e de 30% nos demais setores, durante o movimento grevista, o Prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, anunciou nesta quarta-feira, dia 4, autorização para o pagamento dos salários referentes ao mês de agosto, sem prejuízo de reposição da jornada através de eventual regime de compensação.  “A nossa decisão foi pautada pelo respeito à família dos servidores e no sentido de evitar mais prejuízos ao comércio de Ilhéus”, afirmou ele durante entrevista no programa Fatos em Detalhes, apresentado pelo radialista Maltez de Athayde, da rádio Cultura AM, nesta quinta-feira, dia 5.   

Ainda durante a entrevista, o prefeito Jabes Ribeiro comentou que a decisão também levou em conta o fato de que ele não havia anunciado o corte de ponto no início do mês de agosto. Mas, por outro lado, determinou a todas as secretarias municipais que acompanhem a frequência dos servidores neste mês de setembro. “Vamos descontar os dias não trabalhados na folha de pagamento em respeito ao dinheiro público, às leis vigentes e ao povo ilheense”, frisou.

A greve dos servidores já duram cerca de 45 dias, com sérios prejuízos para a população do município. O prefeito ressaltou que continua aberto ao diálogo com os sindicatos representativos da categoria e que continua apelando aos servidores que garantam os serviços públicos essenciais enquanto se conclui o entendimento quanto à reivindicação dos sindicatos e a necessidade de adequação das contas da Prefeitura à Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).   

Determinação judicial – Em meados de agosto, a desembargadora Silvia Zariff, relatora da ação proposta pela Procuradoria Geral do Município de Ilhéus junto ao Tribunal de Justiça da Bahia, concedeu liminar determinando que os sindicatos das diversas categorias dos servidores da Prefeitura, em greve desde o dia 17 de julho, mantenham 50% do efetivo trabalhando nas áreas da Educação e da Saúde e pelo menos 30% nas demais áreas da administração municipal. 

No entanto, até esta quinta-feira, dia 5, a determinação judicial não foi atendida pelos lideres do movimento grevista, o que tem causado prejuízos incalculáveis a toda população, inclusive com a redução de receita do Município de Ilhéus.  Antes mesmo dos sindicatos deflagrarem greve, a prefeitura, através da Comissão Permanente de Negociação, vem dialogando com os líderes das categorias, no sentido de atender ao pleito e, ao mesmo tempo, manter o equilíbrio fiscal com relação ao limite orçamentário de despesa com pessoal conforme a LRF.

Secretaria de Comunicação Social (Secom) Ilhéus – 05.09.2013

ESPAÇO DO LEITOR – FOTOS ENVIADAS PELO LEITOR.

Flagramos o pessoal do Reúne Ilhéus pichando o Muro do Estádio Mario Pessoa, conforme fotos em anexo.

Se ampliar as fotos você verá a líder do Movimento passando orientações.

IMG_1505IMG_1506IMG_1508IMG_1509IMG_1510

 

NÃO DIVULGA POR QUE?

tcm

Não entendo tantos melindres da Prefeitura de Ilhéus em não divulgar o resultado da consulta feita ao TCM, que confirmam os seus cálculos como corretos em relação aos itens que compõem a Folha de Pagamento, para fazer conformidade a Lei de Responsabilidade Fiscal?

Arranca logo a máscara desse sindicalismo mambembe e presepeiro.

Está esperando uma publicação oficial? Não precisa, a cidade toda já sabe, inclusive eles.

Presidente do TCM confirma preocupações do Prefeito de Ilhéus.

 “Está havendo movimento grevista para ele (o prefeito Jabes Ribeiro) fazer isso para fazer aquilo. Se ele fizer, ele vai enfrentar a lei e ser punido”, afirmou Paulo Maracajá.

Presidente do TCM Paulo Maracajá - Imagem Internet

Em entrevista ao jornal Tribuna da Bahia, o presidente do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), Paulo Maracajá, confirmou as preocupações do prefeito Jabes Ribeiro, reveladas diversas vezes em contatos com sindicalistas e com a sociedade civil organizada, quanto à necessidade do ajuste das contas do município de Ilhéus de forma simultânea à possibilidade de concessão de qualquer revisão salarial dos servidores. Na entrevista, o presidente do TCM reconhece que a rigidez da legislação cria sérios problemas para os gestores municipais e chega a defender que o Congresso Nacional introduza alterações nos critérios da Lei de Responsabilidade Fiscal, mas observa que ao tribunal cabe fazer com que as leis sejam obedecidas.

            Referindo-se ao problema, ele citou a situação do município de Ilhéus como exemplo, deixando claro que existe a possibilidade real de punição ao gestor, caso ele não obedeça ao pé da letra o teor da lei: “Por exemplo, teve aqui o prefeito Jabes Ribeiro. Está com uma porção de problemas em Ilhéus. Mas os problemas dele não podem passar a ser nossos. Porque ele pegou a Prefeitura de Ilhéus, segundo informações dele, em situação calamitosa. Tanto que está havendo movimento grevista para ele fazer isso para fazer aquilo. Se ele fizer, ele vai enfrentar a lei e ser punido”.

            Em outro ponto da entrevista, publicada na última segunda-feira, dia 2, o conselheiro Paulo Maracajá reconhece que, devido à rigidez da legislação, os prefeitos encontram grandes dificuldades e voltou a citar o caso de Ilhéus como exemplo: “Há dificuldades que nós vemos latentes, como a que eu falei há pouco, do prefeito Jabes Ribeiro, em Ilhéus. A situação dele é caótica. Dele não, ele como prefeito está com dificuldade tremenda para resolver. E outros municípios também têm sérias dificuldades.”

 PACTOS – :: LEIA MAIS »

PREFEITURA MUNICIPAL DE ILHÉUS.

PREFEITURA MUNICIPAL DE ILHÉUS

 

NOTA PÚBLICA

 

Considerando a situação de greve dos servidores municipais de Ilhéus, o Prefeito Jabes Ribeiro torna público que vem envidando esforços, ao longo das negociações com as entidades sindicais que representam a categoria, no sentido de atender ao pleito dos sindicatos e, ao mesmo tempo, cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) para manter a despesa com pessoal compatível ao limite previsto na referida norma. Ocorre que a greve dos servidores já ultrapassa quarenta dias.

Mesmo assim, ao longo das reuniões, o Governo solicitou aos sindicatos que cumprissem os limites mínimos de pessoal para manter os serviços públicos essenciais. No entanto, até o presente momento, a determinação judicial não foi atendida, em que pese todas as entidades serem formalmente intimadas pela Justiça para cumprir o percentual de 50% dos servidores da Saúde e da Educação, e 30% nas demais secretarias. Tal omissão tem causado prejuízos incalculáveis à toda população, inclusive com a redução de receita do Município de Ilhéus.

Por outro lado, mesmo diante da situação de omissão dos sindicatos no que se refere ao atendimento da decisão judicial, mas em respeito à família dos servidores e no sentido de evitar maiores prejuízos ao comércio de Ilhéus, o Prefeito Jabes Ribeiro autorizou, na data de ontem (4), o pagamento dos salários referentes ao mês de agosto, a todos os servidores. Porém, determinou, de imediato, que todas as secretarias acompanhem diariamente a freqüência dos servidores no mês de setembro de 2013, autorizando, desde já, o desconto na folha de pagamento dos dias não trabalhados no referido mês, em respeito ao dinheiro público, às leis vigentes e ao povo ilheense.

O Prefeito Jabes Ribeiro solicita, mais uma vez, que as entidades sindicais cumpram o que determinou a decisão judicial, com o retorno dos servidores aos postos de trabalho.   

Ilhéus, 05 de setembro de 2013.

 

EXCLUSIVO: UM CURSO DE ALTO INTERESSE POLÍTICO.

O professor doutor Epistolizo Inocêncio, vai estar em Ilhéus ministrando um curso inédito para as lideranças políticas.

Professor Doutor Epistolizo Inocêncio.

Professor Doutor Epistolizo Inocêncio.

Público alvo: Vereadores e assessores.

Conteúdo: Ensinar a fazer projetos, indicações e requerimentos.

Objetivo: Mesmo sabendo que não vai dar em nada, engorda o currículo para uma  próxima campanha.

Investimento: R$15.000,00 em 2x no cartão.

Local: Câmara de Vereadores de Ilhéus.

Data: Dependendo da disponibilidade.

PREFEITURA DE ILHÉUS TAMBÉM PROCESSA O REÚNE ILHÉUS.

 

Processo:
0303983-47.2013.8.05.0103
Classe:
Reintegração / Manutenção de Posse
Área: Cível
Assunto:
Posse
Distribuição:
Sorteio – 17/07/2013 às 08:13
2ª Vara de Feitos de Rel de Cons. Cível e Comerciais – Ilhéus
Controle:
2013/000398
Valor da ação:
R$ 10.000,00
Exibindo Somente as principais partes.   >>Exibir todas as partes.
Partes do Processo
Autor: MUNICIPIO DE ILHEUS
Advogado: MARCO AURÉLIO LELIS DE SOUZA
Réu: MOVIMENTO REUNE ILHEUS
Exibindo 5 últimas.   >>Listar todas as movimentações.
Movimentações
Data Movimento
04/09/2013 Expedição de Certidão 
Certidão do Oficial de Justiça
04/09/2013 Juntada de documento
04/09/2013 Expedição de Certidão 
Certidão do Oficial de Justiça
04/09/2013 Expedido mandado 
Mandado nº: 103.2013/012569-3 Situação: Aguardando Cumprimento em 04/09/2013 Local: Ilhéus / CM Ilhéus
04/09/2013 Expedido mandado 
Mandado nº: 103.2013/012568-5 Situação: Aguardando Cumprimento em 04/09/2013 Local: Ilhéus / CM Ilhéus
Petições diversas
Data Tipo
26/07/2013 Pedido Citação
23/08/2013 Outros
03/09/2013 Petição
Incidentes, ações incidentais, recursos e execuções de sentenças
Não há incidentes, ações incidentais, recursos ou execuções de sentenças vinculados a este processo.
Audiências
Não há Audiências futuras vinculadas a este processo.

PARACETAMOL (TYLENOL) – VERDADE !

Pessoal… Dêem uma lida na Enciclopédia Wikipédia e confirmarão esta notícia

Segundo o Prof. Dr. RENAN MARINO, professor de Pediatria na FAMERP (FACULDADE DE MEDICINA DE S. J. RIO PRETO-SP), a dengue é uma doença virótica, parente da hepatite C, e sempre foi benigna, isto é, nunca matou. E NÃO MATA!

Isso até 1957, quando surgiu no mercado a droga chamada PARACETAMOL (TYLENOL).

Foi imediatamente indicada como tratamento para dengue pelo Ministério da Saúde Brasileiro, embora não exista nenhum trabalho NO MUNDO TODO que comprove a eficácia deste veneno no tratamento da dengue.

A partir de 1957, a dengue começou a matar.

O PARACETAMOL é uma droga que destroi o fígado do paciente.

O virus da hepatite C já detona o fígado e, com o veneno do PARACETAMOL, esse fígado é destruído, o que leva o paciente à morte.

A dengue hemorrágica nada mais é que a reação do organismo, quando o fígado, destruído pelo PARACETAMOL, provoca a morte do doente.

Segundo ainda o Professor Doutor Renan, se o paciente NÃO TOMAR PARACETAMOL, ele terá todos os sintomas da dengue: mal estar, febre, dores nas juntas, vômitos, coceiras e dor nos fundos dos olhos, mas, após uma ou no máximo duas semanas, estaráVIVO e bem.

MAS, SE TOMAR PARACETAMOL, corre o risco de morrer.

Nos Estados Unidos e na Grã-Bretanha, esse veneno é proíbido.

Na Grã-Bretenha, é usado como forma de suicídio.

Tomando 10 comprimidos do veneno chamado PARACETAMOL, em cinco dias seu fígado é destruído e se, não fizer transplante,morre.

Por isso, se você ama alguém, informe-o disso.

Segundo o médico Prof. Dr. RENAN MARINO,

pode-se tomar dipirona e seus derivados,

pois não são metabolizados no fígado.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Paracetamol_

contador free


Webtiva.com // webdesign da Bahia

setembro 2013
D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia