WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: 7/dez/2012 . 18:51

FEBEAIL – FEstival de BEsteiras que Assolam ILhéus !

Ilhéus é uma cidade engraçada, sui generis, quase folclórica.

Uma sociedade dita organizada, que não tem um voto para dizer que seu, tenta pautar um governo eleito.

Vereadores terminando um mandato, iníquo, improdutivo, querendo legislar para uma nova legislatura, onde não vão estar presentes.

Mas é cada uma… 

REFORMA ADMINISTRATIVA PARA 2013.

HOSPITAL SÃO JOSÉ – ELEIÇÃO.

TODA CRISE TEM O SEU COMEÇO.

É, A VIDA É ASSIM MESMO !!!!

Na fila do supermercado, o caixa diz a uma senhora idosa:
– A senhora deveria trazer suas próprias sacolas para as compras, uma vez que
sacos de plástico não …

são amigáveis com o ambiente.
A senhora pediu desculpas e disse: – Não havia essa onda verde no meu tempo.
O empregado respondeu: – Esse é exatamente o nosso problema hoje,
minha senhora.
Sua geração não se preocupou o suficiente com o nosso ambiente.

– Você está certo – responde a velha senhora – nossa geração não se
preocupou adequadamente com o ambiente.

> Naquela época, as garrafas de leite, garrafas de refrigerante e cerveja eram devolvidos à loja. A loja mandava de volta para a fábrica, onde eram lavadas e esterilizadas antes de cada reuso, e eles, os fabricantes de bebidas, usavam as garrafas, umas tantas outras vezes.

> Realmente não nos preocupamos com o ambiente no nosso tempo. Subíamos as escadas, porque não havia escadas rolantes nas lojas e nos escritórios. Caminhávamos até o comércio, ao invés de usar o nosso carro de 300 cavalos de potência a cada vez que precisamos ir a dois quarteirões.

> Nós não nos preocupávamos com o ambiente. Até então, as fraldas de bebês eram lavadas, porque não havia fraldas descartáveis. Roupas secas: :: LEIA MAIS »

ALERTA RADICAL. (publicado originalmente em 02/12/2009)

dengue2791

Foto capturada no Google

A mais de um ano que os alertas estão sendo feitos, e as providências tem sido pífias e na base do ‘enrolation’. Desculpem a imagem forte, mas é assim que morre um doente com dengue hemorrágica.

Acho que a responsabilidade deva ser criminal, em caso de epidemia, tanto em Ilhéus quanto em Itabuna..

RECURSOS PARA O PORTO SUL E PORTO DE ILHÉUS SÃO DE R$ 1,1 BI

Antigo Porto de Ilhéus.

O ministro Leônidas Cristino, da Secretaria de Portos (SEP), anunciou, durante no lançamento do plano portuário, no Palácio do Planalto que serão feitas concessões de 5 portos públicos. Em Manaus (AM), Porto Sul (Bahia) e Águas Profundas (ES), a concessão prevê a construção de novos portos.

Em Ilhéus (BA) e Imbituba (SC), os portos já existem. De acordo com Cristino, o processo para concessão desses portos começa em 2013. A construção do Porto Sul vai custar R$ 1 bilhão e R$ 2,9 bilhões, e para o Porto de Ilhéus está previsto cerca de R$ 100 milhões em investimentos.
 
Esse portos, inclusive o de Ilhéus se tornarão portos privados. Hoje, apenas um porto público é administrado pela iniciativa privada, o de Imbituba, em Santa Catarina, cuja concessão vence em dezembro de 2012.

Os portos da região Nordeste,  Cabedelo, Itaqui, Pecém, Suape, Aratu e Porto Sul/Ilhéus, vão receber R$ 11,92 bilhões, mas não foi definido o montante reservado para o Porto de Aratu. Dos R$ 54,2 bilhões em investimentos previstos pelo plano, a região Sudeste ficou com 54% dos investimentos previstos.
 
Uma linha de crédito será criada para financiar os investimentos nos portos. O crédito será oferecido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (Bndes), com juros de TJLP mais 2,5% ao ano, com carência de três anos e amortização em 20 anos.

Veja também: Governo lança pacote de R$ 54 bi para o setor portuário 
Pacote portuário muda o marco regulatório, mas mantém setor centralizado

AGENCIA BRASIL – NOVA REGULAMENTAÇÃO SOBRE PORTOS.

Governo anuncia investimentos de R$ 56,8 bilhões para aumentar competitividade dos portos

06/12/2012 – 13h19

Pedro Peduzzi, Danilo Macedo e Daniel Lima
Repórteres da Agência Brasil

Brasília – O governo federal anunciou hoje (6) R$ 54,2 bilhões a serem investidos no setor portuário brasileiro e mais R$ 2,6 bilhões para acessos hidroviários, ferroviários e rodoviários, além de pátios de regularização de tráfego. Dezoito portos serão beneficiados pelo programa de incentivo ao setor.
 
“Esse conjunto de medidas do setor portuário tem o objetivo de promover a competitividade da economia brasileira, pondo fim aos entraves do setor”, resumiu o ministro da Secretaria de Portos, Leônidas Cristino, em cerimônia no Palácio do Planalto. Para ampliar a movimentação de cargas e diminuir os custos no sistema portuário, o governo pretende estimular a participação do setor privado nos investimentos e modernizar a gestão dos portos.

O plano anunciado prevê o fim da outorga como critério de licitação, para eliminar custos. “Não haverá cobrança de outorgas porque o objetivo não é aumentar a arrecadação da Fazenda”, disse a presidenta Dilma Rousseff, ao anunciar o programa.

Além disso, o governo pretende criar um marco regulatório para os portos, a fim de permitir a regulação do serviço de praticagem (manobras de alto custo feitas para posicionar as embarcações nos portos), a eliminação de barreiras, a abertura de chamadas públicas para terminais de Uso Privativo (TUP) e agilização de processos de arrendamentos e de licenciamentos ambientais.

“Vamos criar a Comissão Nacional para Assuntos de Praticagem, com a Marinha, para saber quanto vale uma manobra e quantas são necessárias [fazer]. Isso será importante para o transporte de cabotagem, porque ele entra diversas vezes por ano no porto”, disse Leônidas Cristino.

Está previsto o aumento do número de práticos para dar celeridade aos procedimentos nos portos. “Para isso, vamos anunciar, no dia 5 de janeiro, a realização de concursos para 206 vagas”, acrescentou o ministro.

A Região Norte :: LEIA MAIS »

contador free


Webtiva.com // webdesign da Bahia

dezembro 2012
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia