Prezado Jabes Ribeiro, recebemos aqui no Pontal seu panfleto com a relação das obras realizadas, durante seus governos, nele constatei que faltaram relatar o seu apoio total ao Triátlon a nível internacional, as Festas Populares de Iemanjá e a Canoagem Rumo ao Mato Virgem, além da arborização da Av. Lomanto Júnior com coqueiros, e todo isso levou (Pontal) Ilhéus ao cenário nacional e internacional. Permita, já que estou aproveitando este espaço para sugerir, esta pequena contribuição para seu futuro mandato. 

PONTAL E SUAS NECESSIDADES

1º Momento (Curto Prazo) – Av. Lomanto Júnior
A) Desobstruir os “bueiros” da Av. Lomanto Júnior, pois é a causa do acúmulo de águas pluviais em quase toda orla, principalmente no trecho entre o Pontal Praia Hotel e a entrada da Sapetinga. Serviço que só demanda o próprio pessoal da prefeitura, pois a saída das águas é para a Baía do Pontal. Com isso, acaba com aquela imundice no passeio da orla.

B) Eliminar os coqueiros, que foi plantado na sua gestão, mas que hoje eles já cresceram demais e tem trazido sérios inconvenientes como: sombreamento na iluminação, devido à projeção da luz ficar retida na copa dos coqueiros; queda de frutos e palhas na calçada, inclusive com pequenos acidentes pessoais. No seu lugar plantar árvores de menor porte, de fácil aquisição na Ceplac.

C) Recompor as “Pedras-Portuguesas” e lavar toda calçada com carro-pipa, como é feito na orla de Salvador, e por último pintar o “meio-fio” de branco. (isto dá um aspecto de limpeza, dentre outras coisas)

D) Recuperação da pavimentação asfáltica das Ruas Eustáquio Bastos e Benjamin Constant, entrada e saída respectivamente, para o Aeroporto Jorge Amado.

E) Colocar algumas placas de sinalização vertical nas ruas mais movimentadas.

2º Momento (Médio Prazo) – Ruas do Pontal

A) Recompor manilhas quebradas da rede pluvial em quase todas as ruas, pois há afundamentos devido a esta situação.

B) Limpeza e pintura de branco dos “meios-fios” de todo o bairro. Nota: A pintura dá outro aspecto de limpeza, além da facilitar a dirigibilidade à noite.

C) Recuperação da Praça São João Batista. Nota: Ouvir a população se a quadra poliesportiva continua ou não. Existe uma pesquisa feita pela Faculdade de Ilhéus sobre isso, é só solicitar.

D) Reforma do Posto Médico Herval Soledade.

3º Momento (Longo Prazo) – Saneamento Básico (Esgoto)

A) Esgoto: Neste caso, solicitar ao Governo Estadual que o projeto saia do papel.

B) Complementação da Orla Sul até o Opaba Praia Hotel, se isto não for incluso como acesso do projeto da nova ponte.

IMPORTANTE: O Clube Social do Pontal, através de sua Diretoria, já colocou a disposição da prefeitura aquele espaço, para quaisquer utilizações na área social, mas o prefeito nem respondeu.

Seria ao nosso ver um bom local, para futura MARAMATA, caso o projeto da nova ponte tenha que eliminá-la daquele local, ou ainda com uma Unidade de Pronto Atendimento – UPA (24 horas), ou quem sabe como área recreativa para os jovens do bairro, onde então se construiria a nova Quadra Poliesportiva, lembrando os velhos tempo do Clube. Neste caso estaria resolvido o problema da “Quadra” na Praça São João Batista. E em última hipótese local para funcionamento do Colégio Padre Palmeiras, pois também nos parece que com o acesso a nova ponte, este prédio terá que ser destruído.

Estou escrevendo-te como um admirador de tuas administrações e por tudo que realizastes em Ilhéus e pela região, quando fostes Deputado Federal. Não tenho nenhuma pretensão em cargos públicos, nem posso participar diretamente nas suas andanças, e os motivos já são do teu conhecimento, mas pode ter certeza que do meu jeito de ser, farei o que puder para vê-lo de volta ao Palácio Paranaguá.

Rezende