Antigamente as Convenções Partidárias, eram eventos políticos, herméticos, protocolares, e homologatórios das coligações acordadas.

Mas o brasileiro com sua indefectível mania de imitador, vendo pela TV as festas das convenções americanas, achando que tudo que é bom para eles, é bom para o Brasil, aceitou a ideia.

Os brasileiros como sempre são exagerados, usam essas festas como instrumento de pressão, pensam que elas vão decidir as eleições, então barram coligados do direito de falar, convocam empregados com toda a família para fazer volume na festa, e até barram autoridades de comparecer.

É, cada um faz como pode ou como sabe !