WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


ESPAÇO DO LEITOR – DESABAFO DE UMA MÃE. (a pedidos)

Olá,

Sou mulher, mãe, professora, tenho 48 anos e três filhos maiores de idade, dois deles desempregados. Sou também ilheense e católica… Frequentei durante muito tempo a igreja São José, da Avenida Itabuna, até a morte do Padre Getúlio. Depois disso, perdi um pouco a vontade de ir às missas porque não é mais como antes. Infelizmente, vejo uma igreja que se afasta cada vez mais dos objetivos que deveria ter, ignora as necessidades dos fiéis, não pisa no chão nem se inclina para ouvir o povo.

Um dos meus filhos desempregados é justamente o que concluiu o curso de Administração de Empresas na Uesc. Ele tem 25 anos e sua experiência profissional não passa de estágios do tempo da faculdade, nada além disso. Nós o queremos perto da gente, mas está difícil segurar um jovem de boa formação acadêmica e familiar, que vê seus sonhos cada vez mais se transformando em frustração. É duro!

Mas em Ilhéus está assim. Faltam oportunidades, as empresas fecham, assim como se fecham as portas para quem procura emprego. Por isso, é difícil para mim, como mãe e católica, entender a posição do bispo Dom Mauro, que resolveu combater o Porto Sul. Com que argumentos? Propondo o que em troca?

Não consigo entender uma suposta defesa do meio ambiente que não entende o ser humano como parte de todo esse contexto. Também não compreendo toda essa confusão em torno do assentamento Bom Gosto, já que – em trabalhos sociais dos quais já participei ali, descobri a miséria absurda em que vive a maioria das famílias. Existem áreas de 1 hectare onde 16 famílias tentam sobreviver, num verdadeiro processo de favelização rural. Muitos sequer vivem da terra, apenas moram nela e buscam seu sustento como trabalhadores informais em Ilhéus. Para mim, não tem nada melhor para essas pessoas do que negociar um reassentamento em boas condições, apoio financeiro e assistência técnica. O que não dá para entender é ser contra tudo e, em troca, oferecer nada. Aliás, o que se oferece é a manutenção de centenas de pessoas na miséria, no isolamento, longe dos serviços e distante de qualquer perspectiva.

É assim que muitos preferem viver em Ilhéus: na estagnação, na cegueira, de costas para as oportunidades. Ilhéus já perdeu várias chances de dar um futuro melhor ao seu povo. Muitos sonhos, como o de meus filhos, viraram frustração porque há gente com espírito de porco e mentalidade atrasada, que prefere ser contra… Para mim, na verdade, eles são contra Ilhéus.

Gostaria que essa carta fosse divulgada em todos os meios de comunicação, como um desabafo de uma mãe que está cansada de ver um filho formado, cada vez mais triste e decepcionado por não poder colocar em prática o que aprendeu na universidade. Sei que minha tristeza não é só minha. Há muitos na mesma situação, infelizmente.

Olga Ferreira

17 respostas para “ESPAÇO DO LEITOR – DESABAFO DE UMA MÃE. (a pedidos)”

  • isabela says:

    Uma situação absolutamente triste, mas terrivelmente verdadeira. É isso o que ocorre em Ilhéus.

  • Carlos Mascarenhas says:

    Guy:

    Fiquei muito comovido com o relato da Sra. Olga Ferreira, e como cristão sinto-me na obrigação de procurar ajudá-la.
    Tenho uma Empresa de Consultoria e presto serviços para alguns empresas da nossa região. Coloco-me, especificamente, à disposição da Sra. Olga para tentar conseguir uma colocação para o filho dela, aquele de 25 anos formado em Administração de Empresas pela UESC.
    Peça que ela mande o currículo do filho para carlos.consultic@gmail.com e eu procurarei uma colocação para ele.
    Desde já agradeço-lhe.

    Carlos da Silva Mascarenhas

  • fudunço says:

    Fala-se muito no esvaziamento que acontece na Igreja Católica, o povo continua carente e está cada vez mais buscando amparo espiritual onde pode. O crescimento dos evangélicos ou também conhecidos como “crentes” está acontecendo devido ao posicionamento de parte dos sacerdotes e seus comandantes (bispos), quando o $$$ falam mais alto. O medo do sacerdote em contrair família e ter que rachar a devolução (Dízimo) com os futuros herdeiros em caso de falecimento, faz com que o clero tenha como opção os namorados ou namoradas às escondidas, deixando de lado o exercício pleno do sacerdócio, sem uma preocupação maior com as famílias, células mater de uma sociedade. A miséria que campeia na região não esta no plano da Diocese de Ilhéus, pois seus dirigentes e alguns sacerdotes não sentem na pele o que os necessitados passam. D. Mauro está em Ilhéus de passagem, quando não der mais ele pegas sua mala e vai embora, deixando para traz seu rastro de destruição, vai vendendo o que pode e se locupletando das receitas. Ele agora pretende vender a área em torno da Igreja Santa Rita (Conquista), a muito tempo adquirida pelos Capuchinhos. Os que estão na miséria que se dane, quando não der mais… FUI!

  • Paulo Francisco says:

    Também fui criado com formação católica, mas hoje faço minhas orações e converso com nosso SUPERIOR somente eu e ELE.
    É triste ver o Bispo defendendo os interesses de grandes latifundiários e empresários que não tem nada a ver com nossa realidade, eles tem suas casa de veraneio em nossa região simplesmente para seu lazer, nada gastam aqui, pois quando aqui vem trazem o que vão consumir e deixam o LIXO, alem de pagarem mal a quem lhes prestam serviço.
    Qual o interesse do Bispo participar desta manifestação?
    Paulo

  • Soninha says:

    Minha querida mãe, você está coberta de razões ao desabafar essa cruel realidade em que encontra-se nossa cidade, sem emprego, sem esperanças de dias melhores, sem futuro, onde impera o caos, a desordem, o infortunio de jovens que querem contribuir com seus conhecimentos mas não encontra apoio, nem do poder público e nem da iniciativa privada. Passei pela mesma situação em que você está passando e graças a Deus meus filhos buscaram em outras cidades longe, muito longe daqui um emprego, e que hoje estão trabalhando e estudando, pois não pode deixar de estudar. São bachareis e fizeram pós graduação e agora estão fazendo mestrado. Encentive seu filho a continuar estudando, mesmo com dificuldades e buscando na internet onde fazer um concurso para sua área e tenho fé em Deus que ele irá conseguir. Quanto às pessoas que são contra o complexo intermodal, Deus os recompensará conforme seus interesses. Não se afaste de sua FÉ CRISTÃ, pelo contrário busque a DEUS que tudo pode e tudo dá conforme às necessidades de cada um. DEUS te abençoe.

  • JAime says:

    Sra. Olga,
    A Sra. tem toda razão. infelizmente é isso que tem acontecido em nossa cidade. O meu filho de 18 anos esta fazendo um curso de Turismo em uma escola daqui de Ilhéus, e estamos com dificuldades de conseguir para ele um estagio aqui. Agora imaginem uma cidade como Ilhéus que dizem esta virada para o Turismo, e agente não consegui nem um estagio na área de Turismo. Infelizmente a verdade é que nossa cidade esta longe de ser um polo turismo. Pq. o turista quando vem e ver como é nossa cidade eles não voltam mais. Ruas Sujas, cheia de Buraco, Mau Iluminada e sem segurança. Uma Cidade aonde tem só uma ponte para uma região onde estão as praias mais frequentadas, imagine agente que mora no sul da cidade esta esse caos e quando chegar o verão. e até agora nossos governantes nãos estão nem ai com a população de Ilhéus.

  • anônimo says:

    D Olga,
    Não julgue a Igreja pela ação de uma pessoa. Deus está contigo e te dará forças para atravessar essa dura jornada.
    Ah se todos gritassem como a senhora fez… Seu apelo pode mudar muita coisa, veja que alguém já lhe ofereceu ajuda, quem sabe alguém do Ibama ler também e apressa essa licença do tal Porto Sul e os empregos aparecem de fato. A senhora espera, eu espero, minha irmã também espera…esperamos todos nós por uma mudança total nessa cidade…mudança de prefeito, câmara de vereadores, bispo diocesano, secretário de serviços urbanos, dirigentes de partidos…Mudemos todos as atitudes velhas e abracemos o novo. Boa sorte dona Olga pra senhora, seus filhos e todos os filhos desta terra que um dia foi a princesinha do sul.

  • olga ferreira says:

    Sr. Mascarenhas,
    Deus o abençoe e guarde.
    Ontem quando me dirigia a uma lan house para enviar uma mensagem ao senhor, minha vizinha veio ao meu encontro com um rapaz que anciosamente procurava por mim. Voltei para minha casa para conversar com o tal rapaz que veio convidar meu filho para fazer uma entrevista de emprego numa empresa de Itabuna. Fiquei numa felicidade tão grande, que só posso comparar a uma crinaça recebendo o presente tão sonhado na noite de natal. Espero que tudo dê certo e te peço que não feche as portas pois não sabemos o que o futuro nos trará.
    Poderia te enviar essa resposta por e-mail direto, mas prefiro agradecer ´publicamente a Deus, ao senhor e ao proprietário do Sarrafo, para que outras pessoas saibam que existem anjos na terra.
    Que nada falte ao senhor e a sua família. Desejo prosperidade, saúde e paz. Muito obrigada.

  • fudunço says:

    O blog do Gusmão só publica o que é do seu interesse o do Grupo que recebe subsidio da Natura e da Rede Globo para inviabilizar o Porto Sul. Quando posto um comentário em defesa do Porto Sul e Complexo Intermodal nunca é publicado. Sr. Gusmão Professora Olga existe, como também os necessitados e desempregados desta região, que os ecologistas nada fizeram nem fazem por elas. Deixe o nome de empresas de lado e caia na realidade em que vivemos. Passo a acreditar que vocês (ecologistas de plantão) colocaram o Bispo de Ilhéus em uma roubada, tomara que ele acorde em tempo e veja na sinuca de bico que lhe meteram.

  • Alvaro degas says:

    Em respeito aos que tem me cobrado sobre a suspeita a respeito de Dona Olga eu ponho o devido esclarecimento.

    Eu tenho o endereço de E-Mail da pessoa que assinou Olga e me enviou a mensagem. Como foi enviado de maneira privativa, não o divulgarei.

    O E-Mail é válido (não retorna erro). Mas não conheço pessoalmente quem está ali atrás.

    Já vi de tudo nessa vida. Não me surpreendo fácil com nada. E também não duvido de nada.

    Ao mesmo tempo, independente de quaisquer desconfianças, posso apontar alguns fatos a respeito das condições de emprego em Ilhéus.

    A Universidade Estadual de Santa Cruz forma centenas de profissionais todo ano. E menos de um terço deles conseguem colocações na cidade. Se formos contar os que exercem a profissão para a qual se dedicaram nos anos de graduação, este número cai dramaticamente.

    Os números de geração de empregos em Ilhéus e região são muito abaixo da média nacional e estadual. Esta é uma das poucas regiões do país que não conseguiu nenhum tipo de prosperidade concreta durante os últimos anos em que o Brasil avançou tão significativamente.

    As propostas de geração de emprego e renda que existem são baseadas em atividades como artesanato, agricultura familiar e outras similares. Ocorre que os levantamentos sobre as condições em que estas pessoas vivem não são nada animadores. A quase todos eles falta quase tudo.

    O município de Ilhéus não consegue arrecadar o suficiente para atender às suas próprias necessidades. A infra-estrutura da cidade está sendo aceleradamente sucateada, e simplesmente não há recursos para reverter isto.

    As perspectivas de futuro são bastante inquietantes. A população de Ilhéus diminui a cada aferição do IBGE, pois as pessoas simplesmente não conseguem se estabelecer na cidade. Isto explica em parte os crescentes índices de violência. Isto dá uma idéia do porque haverem tantas crianças nas ruas. Este, aliás, mais um gravíssimo problema que a cidade enfrenta. Uma verdadeira bomba-relógio.

    Não conheço Dona Olga. Mas posso afirmar que ela existe. Aliás, existem, na verdade, muitas Donas Olgas em Ilhéus. A cada dia aparecem mais. Elas podem até não ter este nome, mas com certeza vivem dramas semelhantes.

    Valeu!

  • Wagner says:

    Aqui, em Ilhéus, só existem gozadores e egoístas!

    por isso, talvez, nossas avenidas estejam cheias de lixo e urubus, esburacadas, com obras intermináveis e abandonadas, aterros e lixos são atirados as margens de nossas ruas e rodovias, nossa orla é uma imundície tanto na areia quanto no lado oposto à ela, as barracas de praia dão nojo, transito insuportável com motoristas mal educados e inacreditavelmente ignorantes, pontos turísticos e terrenos abandonados a própria sorte e mato em todas as direções, poder público omisso e inoperante, somos um burgo sem plano B e ou rota de fuga.

    Somos os descendentes da cultura dos coronéis, da monocultura, do caudilhismo do cacau, da arrogância e do desleixo, somos filhos dessa promiscua saga dos gigolôs de terra que por mais de um século exploraram o analfabetismo dos trabalhadores e os frutos de ouro sem se preocuparem com seus próprio futuro, somos tão imbecis que , nós mesmos, conseguimos matar a galinha dos ovos de ouro trazendo a vassoura de bruxa pra nossa lavoura, somos contra o porto, contra a educação, contra a saúde, contra a governabilidade, contra a limpeza, contra tudo.

    Afinal de que mesmo somos a favor???

    Alguém ai, no São Jorge dos Ilhéos, se habilitaria a me responder?

    Wagner

  • elisangela says:

    PESSOAS DE NOSSA QUERIDA ILHÉUS ,O NOSSO BISPO DOM MAURO,SÓ ESTA FAZENDO O QUE DIZ A PALAVRA DE DEUS.PROTEGENDO OS NECESSITADOS E OPRIMIDOS .É FACIL CHEGAR AQUI E CRITICA-LO,AS PESSOAS QUE MORAM NO ASSENTAMENTO DOM BOSCO ,SÃO CARENTES SIM ,E NECESSITAM DE AJUDA .NÃO DEVE SER FACIL SER EXPULSO DE SUAS CASAS DE UMA HORA PRA OUTRO.COMO CRISTÃOS TEMOS QUE SER SOLIDARIOS COM QUEM MAIS NECESSITA.DOM MAURO ESTA DE PARABENS PELA CORAGEM DE TOMAR UMA POSIÇÃO A FAVOR DA VIDA.PORQUE A VIDA TEM QUE VIR SEMPRE EM PRIMEIRO LUGAR .AO INVÉS DE CRITICA-LO VÃO CONHECER AS PESSOAS QUE MORAM LÁ .ELAS PRODUZEM E VENDEM NA FEIRA DO MALHADO PARA SOBREVIVER.VAMOS SER SOLIDARIOS.A IGREJA CATÓLICA ESTA DE PARABÉNS.

  • perla says:

    gente briguem, ofendam mas, por favor deixem o nome de DEUS para ser citado em orações..respeitem e não tomem o nome DELE em vão….afinal não é igreja não é criticas a elas que mudarão o rumo das ações…que cada um ponha a mão na sua consciencia e ore por um mundo melhor..e uma Ilheus mais digna de se morar viver e receber quem nos visita sem vergonha de tantas sujeiras muitas vezes exposta ao pé da letra pelos nossos governantes. nas nossas ruas..

  • adson says:

    é difícil , ainda existe pessoas contra o desenvolvimento de Ilhéus , sou pós graduado eu e meu colega andamos todos os dias no sine e agência de empregos, e nada , gente veja o número de pessoas desempregadas em Ilhéus , tá demais , nós jovens já estamos saindo de nossos lares em busca de outras cidades.

    como pode o blog de Gusmão ser contra o porto sul…

    Sarrafo, estou em busca de emprego em outra cidade , parece q vai dá certo , assim q tiver uma resposta vou publicar aqui pra vc.

  • funcionário says:

    OLHA A NOSSA TURMA DA POLÍTICA QUE O POVO ELEGEU E POSSIVELMENTE ESSA MÃE:
    PREFEITO, NEWTON
    VICE, MARÃO
    DEPUTADA, ANGELA
    VEREADORES, DINHO DO GÁS, BEL DO VILELA, TARCISIO, ZÉ NEGUINHO.
    COM TANTA COMPETENCIA QUER O QUE?

  • Carlos Mascarenhas says:

    Guy:

    Apesar do comentário que fiz no dia 20.09 às 7:47 horas, Dona Olga ainda não me mandou o(s) curriculo(s) do(s) filho(s) dela.
    Por favor peça que ela mande para o meu e-mail carlos.consultic@gmail.com .

    Eu farei tudo o que estiver ao meu alcance para tentar arranjar colocações para os filhos dela.

    Caso eu não receba os currículos eu vou ficar pensando que isto foi uma brincadeira irresponsável de alguém, e que Da. Olga não existe.

    Carlos da Siva Mascarenhas

  • O Sarrafo says:

    Não sou intermediário de ninguém. Apenas só fiz postar o email, como outros blogs o fizeram. Não tente transferir para meu blog, ou para minha pessoa esta responsabilidade.

Deixe seu comentário

contador free


Webtiva.com // webdesign da Bahia

setembro 2011
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia