No primeiro programa de TV do segundo turno, exibido nesta sexta-feira (8), o candidato do PSDB, Zé Chirico, declarou-se, com a modéstia que lhe é peculiar, “o melhor deputado da Constituinte de 1988“. Uma empulhação sem tamanho.
Conforme pesquisou o deputado federal Dr. Rosinha (PT-PR), naquela ocasião o DIAP (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar) atribuiu ao tucano a pífia nota 3,75,  em uma escala de zero a 10.  Sabe por quê?
.

– Serra votou contra a redução da jornada de trabalho para 40 horas

– Serra votou contra mais garantias ao trabalhador de estabilidade no emprego
– Serra negou seu voto pelo direito de greve (isso explica a forma ditatorial e violenta com que ele trata o funcionalismo quando recorre à greve)
– Serra negou seu voto pelo abono de férias de 1/3 do salário
– Serra negou seu voto pelo aviso prévio proporcional
– Serra negou seu voto pela estabilidade do dirigente sindical
– Serra negou seu voto para garantir 30 dias de aviso prévio
– Serra negou seu voto pela garantia do salário mínimo real
– Serra votou contra a implantação de Comissão de Fábrica nas indústrias
– Serra votou contra o monopólio nacional da distribuição do petróleo

.(clique na imagem para ampliá-la)

Fonte: Diap, “Quem foi quem na