WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia



A FÁBULA DO CACHORRO VELHO !

Uma velha senhora foi para um safári na África e levou seu velho vira-lata com ela.cachorro_de_oculos2

Um dia, caçando borboletas, o velho cão, de repente, deu-se conta de que estava perdido.

Vagando a esmo, procurando o caminho de volta, o velho cão percebe que um jovem leopardo o viu e caminha em sua direção, com intenção de conseguir um bom almoço…

O cachorro velho pensa:

-‘Oh, oh! Estou mesmo enrascado ! Olhou à volta e viu ossos espalhados no chão por perto. Em vez de apavorar-se mais ainda, o velho cão ajeita-se junto ao osso mais próximo, e começa a roê-lo, dando as costas ao predador …

Quando o leopardo estava a ponto de dar o bote, o velho cachorro exclama bem alto:

-Cara, este leopardo estava delicioso ! Será que há outros por aí ?

Ouvindo isso, o jovem leopardo, com um arrepio de terror, suspende seu ataque, já quase começado, e se esgueirar na direção das árvores.

-Caramba! pensa o leopardo, essa foi por pouco ! O velho vira-lata quase me pega!

Um macaco, numa árvore ali perto, viu toda a cena e logo imaginou como fazer bom uso do que vira: em troca de proteção para si, informaria ao predador que o vira-lata não havia comido leopardo algum.. .

E assim foi, rápido, em direção ao leopardo. Mas o velho cachorro o vê correndo na direção do predador em grande velocidade, e pensa :

-Aí tem coisa!

O macaco logo alcança o felino, cochicha-lhe o que interessa e faz um acordo com o leopardo. O jovem leopardo fica furioso por ter sido feito de bobo, e diz: -‘Aí, macaco! Suba nas minhas costas para você ver o que acontece com aquele cachorro abusado!’

Agora, o velho cachorro vê um leopardo furioso, vindo em sua direção, com um macaco nas costas, e pensa:

-E agora, o que é que eu posso fazer ?

Mas, em vez de correr (sabe que suas pernas doloridas não o levariam longe…) o cachorro senta, mais uma vez dando costas aos agressores, e fazendo de conta que ainda não os viu, e quando estavam perto o bastante para ouvi-lo, o velho cão diz :

-‘Cadê o filho da puta daquele macaco? Tô morrendo de fome!

Ele disse que ia trazer outro leopardo para mim e não chega nunca! Imediatamente o leopardo se esquiva, sai para longe do cachorro e devora o macaco.

Moral da história: não mexa com cachorro velho… idade e habilidade se sobrepõem à juventude e intriga.

Sabedoria só vem com idade e experiência.

 

CHUVAS PELO BRASIL

A PIADA DO BILAU CHINÊS

Um brasileiro sapeca, foi na China e queria dar uma sapecada num bordel chinês.og_penis_de_japones

Satisfeita a sua vontade, voltou ao Brasil.

Porém seu bilau começou a ficar verde, murchando, e afinando.

Desesperado consultou os melhores urologista, proctologistas e nada de um diagnóstico. Aconselhado, voltou à China para exames.

E o médico chinês após examiná-lo, diagnosticou tranquilamente:

‘Se preocupa non, cai sozinho’!

Qualquer semelhança, é mera coincidência.

COMO AGUENTAR ISTO?

Matematicamente insustentável

1 Presidente da República

Via WhatsApp

1 Vice-presidente da República
1 Presidente Câmara federal
1 Presidente Senado Federal
81 Senadores
513 Deputados federais
27 Governadores
27 Vice-Governadores
27 Câmaras estaduais
1.049 Deputados estaduais
5.568 Prefeitos
5.568 Vice-prefeitos
5.568 Câmaras municipais
57.931 Vereadores

Total: 70.794 políticos (não estamos falando de nenhum partido de forma específica)

12.825 – Assessores parlamentares Câmara Federal (sem concurso)
4.455 – Assessores parlamentares Senado (sem concurso)
27.000 – Assessores parlamentares Câmaras Estaduais (sem concurso – estimado/por falta de transparência)
600.000 – Assessores parlamentares Câmaras Municipais (sem concurso – estimado/por falta de transparência)

Total Geral: 715.074 funcionários não concursados

Gasto

248 mil por minuto;
14,9 milhões por hora;
357,5 milhões por dia;
10,7 bilhões por mês;

Gasto Total: acima de 128 BILHÕES por ano + 6 BILHÕES do FUNDO PARTIDÁRIO para 2018. Além disso, deve-se computar o rombo na previdência social com suas aposentadorias alienígenas.

35 Partidos registrados no TSE + 73 partidos em formação.

E o pior, mas muito pior: Governança zero, zero, zero!!!

As perguntas que cabíveis diante dessa situação são as seguintes:

– Como é que nós deixamos chegar a esse ponto?

– E até quando?
– Favor repassar a todos os brasileiros, especialmente aos eleitores.

O VENENO DA NOITE!

O mensalinho pode virar mensalão.

Já está dando cria, como também pode dar cadeia…

GRAMPINHO DANDO CHILIQUINHO.

O Presidente eleito, Jair Messias Bolsonaro, está indicando o seu Ministério independente de cor Partidária.

Está sendo feita pela competência e aceitação do indicado, nada passando pelas mãos dos caciques dos partidos.

Só do DEM já foram 3, e isso deixa a cacicada pirada. ACM Neto, Presidente do partido quer pegar um vácuo, mas só pegou ar…

Neto-sai-escoltado-por-seguranças-durante-confusão-FOTO-Bocão-News

A OPERAÇÃO ‘CITRUS’ PODE MUDAR DE NOME ===>>> 28-09-2018

Depois do ‘baculejo’ feito pelo Ministério Público, com apoio da Polícia Militar, na Câmara de Vereadores de Ilhéus.

Juntando a isto, as apurações feitas a partir de 2009.

É de se supor, pela ampliação dos fatos, que um novo nome deva ser trocado para a operação.

Baculejo

PERTENCIMENTO, CONURBAÇÃO E QUINQUILHARIAS ! ===>>>17-02-2016

guyvalerio (1)

As duas primeiras existem, quinquilharias é o querem fazer com elas.

Cachorro velho quando vê macaco traquino e serelepe se movimentando, é só esperar que aparece o serviço.

No excelente trabalho feito por José Rezende Mendonça, vários raciocínios que estavam em aberto, fecharam.

Pessoas ‘doutas’ em Leis e Decretos, falando pelos cotovelos induziam a um raciocínio precavido.

O caso de Uruçuca foi gritante, políticos ilheenses estiveram envolvidos até o talo. Clique nos links abaixo:

ILHÉUS/ITABUNA – O ABSURDO DA UFSB. (UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL DA BAHIA) TUDO POR CONTA DA POLITICAGEM. 

https://www.facebook.com/joserezendemendonca/posts/978165582248543

MARIOLISTAS EM PÉ DE GUERRA.

Alguns não aceitam a acusação de fazerem corpo mole na candidatura da Deputada Ângela Sousa.

Breve teremos retaliações…

Minhocas ou lombrigas?

PARABÉNS AOS MÉDICOS BRASILEIROS POR ESTA CONQUISTA!

Com um salário decente, eles agora podem se dedicar com amor e afinco, a profissão pela qual lutaram tantos anos de estudo na faculdade.

Médicos brasileiros em protesto. Imagem Google.

UM ELEFANTE MULTICOLORIDO.

Ao fundo desta bela foto, podemos ver o Moinho desativado.

Foi impedida a sua reativação, pelo aumento extorsivo do aluguel, articulado por um inescrupuloso político inimigo de Ilhéus.

Foto Mauricio Maron

OTTO ALENCAR SONHANDO EM GOVERNAR A BAHIA.

Carlista enrustido das antigas, foi resgatado de sua vitaliciedade no Tribunal de Contas, pelo ex-Governador Jaques Wagner.

Para seu intento, deve começar a usar os métodos do seu saudoso mestre.

Foram procurar, paciência, agora aguentem…

Otto e carlistas. Foto Google

BLOQUEADO O FPM DE ILHÉUS

Já resolveram esse bloqueio?

Pagina do SIAFI

 

A INSINUANTE EM ILHÉUS FECHANDO

A Ricardo Eletro vai substituir?

A maior loja da rede em Ilhéus

A REALIDADE DA MEDICINA CUBANA. ====>>>> 13-11-2014

 – Dr Eduardo Adnet – Médico (Publicado pelo Conselho Federal de Medicina)

cubano2

Carimbos receituário.  Amplie

=> http://medico-psiquiatra.com/principal2/A_Realidade_da_Medicina_Cubana.htm

“Na antiga União Soviética (URSS) existia uma figura no serviço público de saúde denominada “Feldsher”, ou Feldscher em alemão, cujo significado literal era “aparador do campo”. Os Feldsher soviéticos eram profissionais da saúde, formados em “saúde básica”, que intermediavam o acesso do povo à medicina oficial, em especial nas áreas remotas, rurais e periferias soviéticas, sendo uma espécie de práticos de saúde, ou paramédicos como são chamados hoje em dia, e exerciam cuidados básicos em clínica, obstetrícia e cirurgia às populações dessas regiões. 
Sua inspiração e nome derivavam dos Feldscher alemães que surgiram no século XV como operadores de saúde (cirurgiões barbeiros) e com o tempo se espalharam ao longo do que foi o império prussiano e territórios eslavos, compondo a linha de frente também nas forças militares, sendo uma espécie de força militar médica nesses exércitos eslavos e saxões. Em vários países foram adotados como profissionais da linha de frente, atuando sempre nos cuidados básicos e em alguns casos chegando a se especializar em alguma prática específica, como optometria, dentista e otorrinolaringologia. Na Rússia começaram a se popularizar a partir do século XVIII.” (4)

“O sistema cubano de ensino médico reproduziu, a partir do encampamento da Revolução Cubana pela URSS em 1961, esse sistema de formação em saúde. Os médicos cubanos, de verdade, ficam lá em Cuba, em sua maioria. O que Cuba “fabrica” aos milhares, todos os anos, com projetos como a ELAM e demais faculdades, em cursos de 4 anos, não são nada além da versão cubana dos “Feldsher” soviéticos. São paramédicos treinados para atuar em linha de guerra, campos remotos e áreas desprovidas em geral. A diferença é que Cuba “chama” esses Feldsher de “médicos”, inflando artificialmente a sua população de médicos. Com essa jogada, Cuba possui um dos maiores índices de médicos por habitante do planeta. E isso permitiu outra coisa ao regime cubano: Usar esses Feldsher como agentes de propaganda de sua revolução e seus interesses não apenas dentro, mas fora cubano1de seu território. Ao longo de décadas o regime cubano vem fazendo uso do empréstimo de mão-de-obra técnica, paramédica, porém “vendida” como médica, para centenas de países a um custo bilionário que fica todo com o regime cubano. Literalmente, como na URSS, os Feldsher são “servos do povo” (no caso, leia-se “povo” como Partido Comunista de Cuba).” 

Recentemente a presidente Dilma lançou um demagógico e absurdo projeto de “resgate da saúde” do povo brasileiro às custas apenas da presença de “médicos” em locais desprovidos do mesmo, aliás, por culpa do próprio governo.

Ao invés de pegar os médicos nacionais, recém-formados ou interessados, e criar uma carreira pública no SUS e solidificar a presença do médico nesses povoados, ela resolveu importar feldsher cubanos a um preço caríssimo, travestidos de médicos, ao que seu marketing chamou de “Mais Médicos”. Diante da recusa inicial, simulou-se uma seleção de nacionais, dificultada ao extremo pelo governo, para depois chamar os feldsher.

O objetivo aqui é claro: O alinhamento ideológico entre os regimes, o uso de “servos do povo” para fazer propaganda do governo, encher o bolso dos amigos cubanos de dinheiro e evitar a criação de uma carreira pública que poderia ser crítica e demandadora de recursos. Como não podiam se assumir como fedlsher, jogaram um jaleco, os chamaram de médicos e os colocaram para atuar como médicos de verdade.

Por isso as cubanadas não param de crescer. Por isso os erros bizarros, os pânicos diante de pacientes sintomáticos. Os cubanos não são médicos, são feldsher – agentes políticos com treinamento prático em saúde – que vieram ao Brasil cumprir uma agenda política e, segundo alguns, eventualmente até mesmo militar.
São paramédicos. Isso explica as “cubanadas”. Se houvesse decência no Ministério do senhor Padilha, ele retiraria o termo “médico” desse programa, e seria mais honesto. Mas honesto não ganha eleição nesse país.”
Reenvie imediatamente esta mensagem para toda a sua lista, o Brasil agradece.

Fabiane Durão
Enviado via iPhone 



anuncie aqui

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
dezembro 2018
D S T Q Q S S
« nov    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia