WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia



ILHÉUS, TERRA DA SWINGUEIRA E DO REBOLATION

SAC MÓVEL EM ILHÉUS

A unidade do SAC em Ilhéus, está passando por reformas.

O SAC Móvel foi enviado pelo Governo do Estado, pois o serviço de identificação não pode parar, e prejudicar a população.

REELEIÇÕES JÁ NO CARDÁPIO POLÍTICO DE ILHÉUS

Prefeito, vereadores, e simpatizantes, traçam planos, rumos e metas para as futuras reeleições, respectivamente.

Foto enviada pelo aplicativo de rede WhatsApp.

Postagem de Bolsonaro falando da CEPLAC há pouco.

Atualmente, 90% da produção nacional do cacau está concentrada nos estados da Bahia e do Pará. O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), via Ministro Gustavo Canuto e a Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac) identificaram o potencial dessas regiões e disponibilizam apoio técnico para estruturar a cadeia produtiva local por meio do Programa Rotas de Integração Nacional.

No Brasil, o cultivo concentra-se, principalmente, em dois polos: Litoral Sul da Bahia, que abrange 26 municípios na Mata Atlântica; e Transamazônica, englobando 11 cidades paraenses na região da Floresta Amazônica. Segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, o País é o 7º maior exportador do produto no mundo. A agregação de valor do cacau supera 2.000% desde a amêndoa até o chocolate e a cadeia produtiva movimenta R$ 20 bilhões no território nacional.

O objetivo do MDR é impulsionar a produção em sistemas agroflorestais (SAFs) e contribuir com a produção de riqueza – bens e serviços – e sustentabilidade das regiões. A atividade gera emprego, especialmente na agricultura familiar e extrativista em regiões de baixa renda. As Rotas de Integração Nacional são estratégia fundamental da Política Nacional de Desenvolvimento Regional (PNDR) e contribuem com o desenvolvimento e inclusão socioeconômica de municípios menos desenvolvidos. As Rotas atuam na estruturação produtiva e na integração econômica das regiões. Com isso, ampliamos nossa participação nos mercados nacionais e internacionais de produção, consumo e investimento.

As Rotas promovem capacitações; possibilitam acordos de cooperação com universidades para difusão de conhecimento e tecnologias; contribui com a organização dos agricultores familiares, empresários e órgãos públicos e privados de fomento ao desenvolvimento. É fundamental disponibilizarmos esse planejamento e mão de obra capacitada no campo, na indústria e serviços.

O cacau paraense possui alto índice teor de manteiga e o iguala ao padrão do mercado internacional, diferencia-se, principalmente, pelo fato de o cacau amazônico estar em seu bioma de origem e na linha do Equador.

O cacau é uma grande alavanca no desenvolvimento do Pará e uma alternativa para desenvolver a Amazônia de forma sustentável, já que seu cultivo pode recuperar áreas degradadas. É uma forma, também, de reduzir o êxodo rural, uma vez que é uma cultura perene e mantém as pessoas durante bastante tempo nesta tradição.

A sustentabilidade no cultivo do fruto é graças ao sistema de plantio denominado Cabruca – 65% sol e 35% sombra das plantas, o que garante a utilização de árvores e replantio. Dessa forma, não é necessário fazer nenhum tipo de desmatamento e, ainda, promove a recuperação e reflorestamento de áreas degradadas.

COLUNA DE MARCEL LEAL NO JORNAL A REGIÃO

6.Abril.2019         |    Versão em PDF

Nazismo não era de lado algum

Na falta de algo mais importante, mais uma discussão inútil tomou conta da grande mídia, se o nazismo era de esquerda ou de direita. Besteirol. O nazismo era o nazismo, com traços de esquerda e direita. Mas elevou ao máximo as técnicas de manipulação de massas adotadas pela esquerda na América Latina. O PT segue com muita fidelidade os princípios de Goebbels.

Deputado não sabe seu papel

A feia cena da CCJ mostra que houve renovação, mas parte dos deputados da oposição não entende seu papel. Zeca Dirceu, filho do corrupto condenado, ofendeu o ministro Paulo Guedes na sessão que foi feita para tirar dúvidas sobre a reforma da Previdência. Isso é parlamentar?

A falta de noção do prefeito

O hilário prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, divulgou que “reivindicou ao governador Rui Costa prioridade para o desenvolvimento do turismo” e que pediu “mais apoio e recursos governamentais”. Assim, sem projeto algum, sem plano. Na base do “me dê uma grana aí que depois eu vejo o que faço com ela”. Isso não é ser prefeito. É ser uma piada administrativa.

Jornalismo na veia

manoel leal7 de abril é o Dia do Jornalista, por isso homenageio os colegas destacando o jornalista que mais impactou a sociedade do sul da Bahia, meu pai, Manoel Leal. Usando uma velha máquina de escrever e faro impressionante para notícias, ele defendeu o sul da Bahia com a própria vida, tirada a mando de um prefeito corrupto denunciado em A Região. Ele e Hélio Pólvora criaram o jornal mais relevante do interior baiano que eu, com orgulho, tento manter vivo apesar das tentativas de nos calar usando ações espúrias na Justiça e da falta de apoio geral.

Jornalismo com viés de bolso

A grande mídia vira e mexe fala na “crise de Bolsonaro com a imprensa”. Mas não é com a imprensa e sim com a grande midia (Globo, Estadão, Folha, etc) que recebiam de governos petistas de 10 a 30 milhões por ano e hoje não recebem nada. Não se trata de política nem jornalismo. É só dor de bolso.

Viu que não ia dar certo…

A OAB pediu ao STF que adie o julgamento da prisão em 2ª instância que ela mesma pediu com a clara intenção de soltar o criminoso Lula. Hoje alega que precisa de tempo para estudar o caso. Não precisa. O que mudou desde o pedido inicial foi que agora existe uma tendência a manter a prisão. Quer adiar para ver se essa tendência muda. Foi atendida.

Indicação tem que ter qualidade

Sempre se discutiu a troca de apoio por cargos em governo, mas o problema não é exatamente esse. Todo governo tem milhares de cargos para preencher, sem servidores suficientes. O problema não é aceitar indicações para os cargos e sim nomear sem exigir competência nem probidade. Foi assim nos governos de Sarney, Lula e Dilma. O que Bolsonaro precisa fazer, e acredito que fará, é exigir a qualidade dos nomeados e responsabilizar quem os indicar.

Um patrimônio essencial

museu do ipirangaEu dei a sorte de poder levar Kira para ver o Museu do Ipiranga antes dele fechar em 2013. O prédio e os jardins já são uma das melhores atrações do país, mas o conteúdo é inigualável. O museu tem desde roupas, móveis e utensílios usados pela corte imperial até documentos, armas, carruagens, pinturas e esculturas. É essencial que fique aberto para voce conhecer nossa história e tomar um banho de cultura. Por isso festejo o anúncio de que a EDP, empresa do setor elétrico, vai investir R$ 12 milhões em sua recuperação. Ponto para o eficiente governador João Dória.

Efeito acumulado da recessão

Quando a gente olha para o período 2015 a 2018, os da recessão causada pelo governo Dilma, acha que o pior já passou. E é verdade. Mas para muitas empresas a consequência chega hoje. Elas batalharam como puderam para sobreviver nos 3 anos, mas chegaram a um ponto em que não conseguem mais e a retomada da economia começou, mas lenta. Por isso há tantas fechando agora e a inadimplência chegou ao seu pico. Daqui para a frente melhora mas, para algumas, é tarde demais.

Desenhando para “jornalistas”

Atenção redatores de press-releases: não existe na língua portuguesa o apóstrofe no plural das palavras. O plural de UTI, por exemplo, é UTIs e não “UTI’s”. Esse “s” com apóstrofo é coisa da lingua inglesa e ainda por cima não tem nada a ver com plural. Isso significa “pertencente a”, como em Santa Casa’s UTI (UTI da Santa Casa).

Brasil retoma voos da Luftansa

Mais um bom sinal para a economia foi a volta dos voos diretos da Lufthansa entre São Paulo e Munique, que tinha cortado em 2016 por causa da recessão do PT. A rota será feita com um Airbus A350-900, a aeronave de longo curso mais moderna atualmente, com voos às terças, quintas e sábados.

Mesa com Fusca original

mesa pra doisO Mesa Pra 2 (Morena FM, toda quarta, 15h) desta semana foi fantástico. Um papo muito bom com Afonso Dantas, Teodoro Pires Jr e nosso convidao especial Louri Ferreira, dono de uma bela história de vida e de um Fusca 1970 todo original, incluindo o manual e o certificado. Como sempre, falamos de tudo e sobrou até para histórias divertidas de amigos nossos. Valeu muito.

O banco do futuro, agora

Aos poucos o Nubank vai comendo o público dos bancos tradicionais pelas beiradas. Começou com o cartão sem anuidade, muito prático e com juros mais baixos. Aí criou a NuConta, hoje completa como a dos bancos físicos. Depois o cartão ganhou função de débito e agora chegou o empréstimo pessoal com juros de no máximo 5% e até 24 meses, sem taxas surpresas.

Nessa briga, o Netflix ganha

Ao invés de combater o Netflix, as redes de cinema deviam aprender com ele e tentar parceria. Por exemplo, o cinema poderia fazer maratona de uma série do Netflix, dando aos usuários a chance de ver em tela enorme com som Dolby surround. Ou exibir filmes em parceria com o canal. Brigar com o Netflix só terá um vencedor: ele.

:: Por falar nisso… ::

* Itabuna vai perder um grande gerente, Marcus Vinícius Nascimento, super regional da Caixa na região. Marcus vai para Natal (RN), depois de 35 anos de banco, 13 como gerente e 7 como superintendente. Boa sorte, amigo.

* Sucesso como músico de games e pelo nome engraçado, Shota Nakama volta ao Brasil com a Video Game Orchestra.

* O que o brega Pablo tem a ver com São João? Não sei, mas o prefeito de Coaraci deve saber, já que contratou para a festa junina deste ano.

:: Post-it virtual ::

Acredite, em um press release da Prefeitura de Ilhéus, o “jornalista” cometeu um “foi possível “, como se fosse um iletrado… * É horrível o cenário marrom “fábrica velha” da BandNews. Azul era melhor * O In Concert deste domingo, 19h, na Morena FM, é com o som espetacular de Lulu Santos, ao vivo, também em www.morenafm.com * Keep Calm & Carpe Dien. Acima de tudo.


# Coluna do jornalista Marcel Leal, presidente de A Região.

MALHA FINA DO JORNAL A REGIÃO.

malha fina

6.Abril.2019

Alucinação petista

Todo mau perdedor acaba ficando patético. É o caso do deputado Robinson Almeida (PT). Ele diz que “Lula é vitima de orquestração da lava jato, da elite brasileira, pra tirar ele da eleição”. Só se a “zelite” tem 57 milhões de pessoas.

Mimimi, mimimi

“Se Lula solto estivesse seria o presidente do Brasil”, diz em referência ao corrupto condenado, “e não essa besta que está sentada aí”, completa, desrespeitando de forma vergonhosa o presidente eleito pelos brasileiros nas urnas.

Armou e se deu mal

Dizem que o vereador Ederson Guinho esteve em Salvador à procura do deputado Felix Jr, pedindo apoio para sua candidatura a prefeito. O pedido foi negado e o vereador “pode sair do partido se quiser”. Mas perderia o mandato.

App do busu véio

porta caidaIlhéus lançou um aplicativo que mostra quantos minutos o ônibus vai levar para chegar no seu ponto. Uma beleza. Resta saber se também vai informar quando a roda vai se soltar ou a porta vai cair, como já aconteceu várias vezes.

Faltam funções

O app do busu também podia avisar quando vai ser preciso descer para a barcaça poder subir a ladeira ou quando os passageiros vão ter que empurrar o ônibus. Outra função bacana seria avisar quantos bancos estão quebrados.

Oposição de mentirinha

Os vereadores de Itabuna não querem ser vinculados ao prefeito ficha suja Fernando Cuma. Na imprensa dizem ser “oposição”, mas fazem vários acordos para cargos e votam seguindo interesse do prefeito. Tudo por baixo do pano.

Pisou nos calos

As negociações para a venda da Emasa estão mais que adiantadas na Câmara de Itabuna. Bastou uma carta pública de Mangabeira denunciando a armação para os vereadores ameaçarem ir à justiça. O doutor não mentiu em nada.

Nenhuma novidade

O vereador Ronaldão, cão de guarda do ficha suja Fernando Cuma, bufou, esperneou e xingou o médico Antônio Mangabeira porque ele distribuiu panfleto dizendo o que todos sabem, que a Cãmara está no bolso do prefeito.

Bufa mas não nega

Ronaldão chamou Mangabeira de “desequilibrado”, de “indecente e imoral”. Falou muito, falou com ênfase, mas em nenhum momento falou o que se espera de alguém que é acusado. Não negou que a Câmara tenha sido comprada.

Tá quase vendida

Um estudo da FGV encomendado pela prefeitura já está na Câmara. A Emasa é uma caixa preta e a sociedade não sabe a verdade por trás dos bastidores. O interesse do ficha suja sempre foi ganhar dinheiro negociando a empresa.

Brincando com fogo

Os absurdos do governo de Valdenewton Marão em Ilhéus parecem não ter limite. Além de demorar para cumprir a ordem da Justiça de renomear os servidores que demitiu, ele mandou reduzir os salários de todos os reintegrados.

Esfarrapada

A desculpa de Marão é a de que o corte do salário foi “imposto” pela decisão do juiz Alex Venicius, da 1ª Vara da Fazenda Pública, de 31 de outubro (a que mandou demitir). Mas é a mesma decisão que foi derrubada pelo TJ-Ba.

Peitando a Justiça

Marão desobedece a uma ordem judicial incentivado pelo procurador-geral, que quer peitar a desembargadora e exige aval dos sindicatos para só reintegrar os demitidos demitindo os concursados que entraram em seu lugar…

Impunidade de sempre

ze enriqueiDepois que o MP deu batida no Hospital de Base afastando toda a diretoria, o médico José Enriquei, antigo aliado do ficha suja Fernando Cuma, conseguiu o retorno para o cargo e ainda assegurou uma liminar para que não seja preso.

Prosperidade suspeita

O MP solicitou à Justiça pedidos de bloqueio de bens e prisão de vários envolvidos nos desvios do HBLEM. Desde que o hospital foi fundado várias pessoas, entre médicos e diretores, tem feito riqueza com o dinheiro da unidade.

Sem credibilidade

A Câmara de Itabuna promoveu debate sobre a audiência de custodia e, na sessão, o presidente Ricardo Xavier alegou que tem dificuldade em promover ações com a população. Claro, o povo não acredita nos vereadores “bolsistas”.

Sem aceitar pressão

Intimado pelo panfleto acusando a Câmara de negociata na venda da Emasa, Antônio Mangabeira fez circular uma nota em nome do PDT afirmando que ele não vai comparecer. “Quem tem informação sobre a venda é o prefeito”.

A gente tinha avisado

Os vereadores fizeram mudanças no projeto de regime dos servidores e o prefeito ficha suja rejeitou todas. Ele devolveu o projeto e mandou que seja aprovado como era. Aí manda quem pode e obedece quem tem rabo preso.

Son quem?

Uma enquete do blog IPolitica para prefeito de Itabuna colocou 10 nomes para o visitante escolher. O que mais chamou a atenção foi a votação dada ao secretário da administração Son Gomes, sobrinho do prefeito ficha-suja.

Enquete não elege

Dizem às boas línguas da Prefeitura que os funcionários foram obrigados a parar todas as atividades para votar em massa no primeiro sobrinho do ficha suja, sob pena de punição. Vai descobrir que está fazendo um papel ridículo.

Política de inocentes

Dizem que presidentes de partido em Itabuna tentam trocar emendas parlamentares por cargos na Saúde. O prefeito ficha suja Fernando Cuma, ao saber das manobras, finge que aceita. Mas cargos, só depois da liberação da grana.

Fazendo piada

O deputado estadual Rosemberg Pinto chamou a greve dos professores de três universidades estaduais de “precipitada”. Mas o governo vem enrolando os docentes desde janeiro, se negando a conversar e ignorando a categoria.

Blá blá blá blá

Logo na primeira reunião, feita um dia depois das assembleias, tentando abortar a greve, Rosemberg prometeu “diálogo” e deitou mais enrolação, marcando uma nova reunião para o dia 10. Quando deve marcar nova reunião…

Rui faz história

Nossa curiosidade é ver até onde o governo conseguirá enrolar os professores, que não recebem aumento salarial desde o longínquo 2015. Aliás, Rui Costa é o primeiro governador a não dar aumento algum durante todo o mandato.

Enrolação eleitoral

Na inauguração do Hospítal Regional Costa do Cacau, no fim de 2017, o governador Rui Costa prometeu fazer uma reforma no antigo regional para que ele virasse Materno-Infantil. A promessa era começar as obras em março… de 2018.

Ficou pra ano eleitoral

Passou março, prometeu para o segundo semestre, que também foi embora sem nem um prego batido. Hoje, Rui promete para daqui a 90 dias não a obra, mas o “projeto executivo”, a mesma enrolação da duplicação da BR-415.

|

Pior é a omissão dos bons

O jornal A Região sempre acreditou naquela máxima de que o pior não é a ação dos maus e sim a omissão dos bons. Por isso nunca nos omitimos, nunca deixamos de denunciar um corrupto, de exigir bons governos, de criticar as coisas erradas. Mas isto tem um custo.

É um custo que começa com os políticos denunciados pressionando as empresas a não anunciar no jornal e termina com o assassinato de nosso fundador e editor, Manoel Leal, depois de denunciar um prefeito e um delegado corruptos. O custo final é o fechamento do jornal e a perda de uma voz independente e que não se omite.

Nós mantemos A Região com muito sacrifício, sem dinheiro, sem suporte. Por isso queremos sua ajuda, a ajuda dos bons, para que os maus não fiquem livres para cometer seus crimes sem ser denunciados ou importunados.

Se voce quer participar da luta para manter A Região vivo e independente, nos ajude doando quanto quiser. Basta clicar neste botão. Ou fazer transferência para Bradesco, ag 0239-9, cc 62.947-2, em nome de A Região Editora Ltda, CNPJ 96.770.516/0001-94. E vamos à luta.

morena fm

 

ILHÉUS A MERCÊ DE MARGINAIS!

Elementos camuflados com uniformes da EMBASA ou da COELBA, inventam artifícios para adentrar em residencias e cometerem assaltos.

Se desconfiarem, fotografem e coloquem nas redes sociais.

A Polícia vai agradecer a ajuda.

OBRAS DA FIOL LOTE 1 A TODO VAPOR!

Informações chegadas ao blog O SARRAFO, dão conta que o Lote 1 da Ferrovia Oeste Leste (FIOL), as obras estão a pleno vapor.

Ônibus saindo de Uruçuca e do distrito de Banco Central, levam trabalhadores para a obra.

Em breve publicaremos fotos do andamento das obras.

Foto ilustrativa colhida da FIOL

O VENENO DA NOITE!

Um Prefeito fraco, ainda assim é uma autoridade.

Se convocar para participar de pantomimas, tem que ir…

Greve de professores não vai trazer soluções, só ‘promover lideranças sindicais’, diz Rui

Petista disse que a posição se deve à situação orçamentária do Estado, que está no limite

Foto : Manu Dias/GOVBA

Por Juliana Almirante no dia 05 de Abril de 2019 ? 13:00

O governador Rui Costa (PT) criticou, durante coletiva à imprensa, neta sexta-feira (5), a greve de professores das universidades estaduais, deflagrada pela categoria em assembleia na quinta-feira (4).

“Nós não encontraremos soluções com manifestações grevistas. Você pode ter no máximo fortalecimento de liderança sindical que busca se afirmar nesse momento. A única coisa que conseguiremos com a greve, eventualmente, é promover lideranças sindicais. Fora isso, a situação, na minha opinião, só vai se agravar”, avaliou o governador, durante o lançamento do Plano Plurianual (PPA) 2020-2023.

O petista disse que a posição se deve à situação orçamentária do Estado, que está no limite, segundo ele. 

“Temos sete estados que arrecadam mais que a Bahia, seja valor absoluto, seja per capita, e estão com decreto de calamidade financeira. Outros não estão com decreto, mas estão no fio da navalha. Estamos no limite da nossa capacidade financeira no sentido de contratação e remuneração de pessoal”, disse Rui. 

Os professores, que contam com apoio de estudantes, pedem reajuste salarial e o cumprimento dos direitos trabalhistas, a exemplo das promoções na carreira, progressões e mudança de regime de trabalho.

Eduardo Salles afirma que Decreto publicado pelo governo federal decepcionou a agropecuária

DEPUTADO ESTADUAL EDUARDO SALLES

Publicado nesta quinta-feira (4) no Diário Oficial da União, o Decreto 9.744/2019 foi classificado de “decepcionante” pelo deputado estadual Eduardo Salles. O parlamentar afirma que o novo documento não resolve os problemas.

Na última quarta-feira (3) o parlamentar baiano participou na Câmara dos Deputados de audiência da Comissão de Minas e Energia e teve do governo a promessa que o problema seria solucionado.

Eduardo Salles explicou, em vídeo divulgado nas suas redes sociais, que o Decreto “só minimiza o problema neste momento, permitindo a cumulatividade somente para o grupo B (abaixo de 75 kilowatts), mas depois de cinco anos o produtor volta a perder o subsídio, o que vai inviabilizar a agropecuária brasileira com aumento de 43% na conta de energia”, explica o parlamentar.

Eduardo Salles diz que é necessário suprimir o artigo primeiro do parágrafo quatro do Decreto 9.642/2018, que retira 20% ao ano o subsídio na conta de energia até zerar o benefício em cinco anos.

“A lei que permite o horário reservado noturno oferece desconto aos grandes produtores (acima de 75 quilowatts) de 90% e aos pequenos (abaixo de 75 quilowatts) de 73%. É lei. O Decreto 9.642 acaba com a cumulatividade dos descontos, retirando 10% para os maiores (grupo A) e 30% para os pequenos (grupo B)”, esclarece Eduardo Salles.

“O que fez a equipe econômica com o Decreto 9.744: o grupo A ele não mudou nada, deixando igual ao Decreto 9.642, e o grupo B acabou com a cumulatividade e não revoga o parágrafo 4 do artigo primeiro que reduzia o desconto anual de 20% ao ano, deixando o produtor, daqui a cinco anos, com a perda de 43%”, reclama.

“Nós não aceitaremos essa situação. Queremos que o governo revogue o artigo 4 do primeiro parágrafo do Decreto 9.642/2018. Vamos lutar ao lado dos deputados federais, senadores e as entidades. Iremos às ruas e faremos pressão para revogar esse absurdo que prejudica a agropecuária brasileira”, garante Eduardo Salles.

O deputado estadual culpa exclusivamente a equipe econômica do governo federal pelo problema causado à agropecuária.

“Gostaria de ressaltar a importância do trabalho da ministra da Agricultura, Tereza Cristina. Ela sempre esteve ao lado dos produtores e se mantém na luta para derrubar esse Decreto absurdo”, finalizou.

ASCOM – Deputado Estadual Eduardo Salles

CURTA A FANPAGE – www.facebook.com/eduardosalles2014

SIGA NO INSTAGRAM – @eduardossalles

ACESSE O SITE – http://eduardosalles.com.br/

CONTATOS – (71) 3115-5543 / (71) 3115-5588

SOBRE A DEMISSÃO DOS SERVIDORES.

Alto lá !

Está mais do que na hora de uma mobilização na mídia da capital , manifesto de entidades da sociedade civil, atos na Porta da Assembleia e outros espaços.
O tempo está passando , o prefeito desrespeita o Tribunal e protela a decisão. As movimentações jurídicas do governo indicam o fim desejado, o desemprego de centenas de famílias.
As lideranças sindicais, por mais que digam ao contrário, agem de forma tímida diante da gravidade do quadro.
É só lembrar, em 2013 paralisaram a cidade em uma greve geral de quase 100 dias.
E não havia demissão de um único servidor.
O ato desumano desse governo está se consumando.
Sem forte mobilização não haverá VITÓRIA.

Jabes Ribeiro



anuncie aqui

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
abril 2019
D S T Q Q S S
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia