WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia



ELIANA CALMON FAZ UMA CONVOCAÇÃO.

Amigos.
Temos de ter calma e firmeza amigos, para vencer as armadilhas preparadas pelos que estão em desespero ao perderem o poder e estão sendo descobertos pela Justiça séria que comanda a Lava Jato.
Nada há de suspeito ou ilegal nos diálogos haqueados criminosamente.
Essa foi a técnica usada na Operação Mãos Limpas na Itália para desmoralizar os investigadores, depois de uma grande limpeza feita pela força tarefa.
Como resultado de tudo a corrupção continuou na Itália, surgindo como lider o Berlusconi que dispensa comentãrios.
Não se iludam, temos de vencer essa petralha ou nos entregamos á realidade vivida hoje pela Venezuela.
Não podemos cometer o erro dos italianos e acreditar na campanha que começa a nascer, com um propósito definido: minar a Lava Jato.
Vamos reagir com firmeza.
Eliana Calmon

“Foi Assim: Memórias de 20 estudantes que passaram pela EMARC no período de 1969/1971”.

Os ex-alunos da EMARC, Fernando Berti Sanjuan e José Rezende Mendonça, lançarão o livro “Foi Assim: Memórias de 20 estudantes que passaram pela EMARC no período de 1969/1971”.

No livro constarão depoimentos de ex-diretores, ex-professores, de ex-alunos, memórias e relatos do dia-a-dia da EMARC com fotografias de acervo.

A ATEFFA participou do patrocínio para a edição do livro, que já está no prelo, aos cuidados da Via Litterarum Editora.

O livro será lançado na reunião de comemoração dos 50 anos de ingresso da turma de técnicos agrícolas da EMARC/1969-1971, que ocorrerá nos dias 6 e 7 de setembro, em São Jorge dos Ilhéus.

Fernando Sanjuan e José Rezende

O GOVERNO FEDERAL NÃO VAI EMITIR MOEDA PARA GERAR INFLAÇÃO, E NEM DAR PEDALADAS FISCAIS.

O VENENO DA NOITE!

Quem ganha mais, um Vereador ou um Secretário Municipal?

Curioso em saber…

MUITO CUIDADO COM ARAPUCAS

Muito mais cuidado ainda, com loteamentos mambembes.

Exija a documentação atualizada do empreendimento (Licenciamento, Certidões, Impostos Pagos).

Dinheiro perdido, é irrecuperável e com enormes dores de cabeça.

As autoridades devem ficar vigilantes.

Imagem linda e ilustrativa, colhida no Google.

Santa Casa de Itabuna leva três prêmios no Benchmarking  2019 

Medalhas Benchmarking

A noite do IX Prêmio Benchmarking Saúde Bahia 2019, ocorrido no último dia (06) no Solar Cunha Guedes em Salvador, destacou  a Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, com três prêmios. Considerada a maior premiação do mercado de saúde do Nordeste, o evento elege quem foi mais inovador, competente em práticas de gestão e quem se dispôs a divulgar suas estratégias para o mercado – o verdadeiro benchmarking.

A nossa instituição levou o primeiro lugar na Categoria Santas Casas (Interior do Estado), primeiro lugar na categoria de melhor executivo do ano (Interior do Estado), André Wermann, e segundo lugar na Categoria Ação Social, especialmente pelo projeto Santa Casa nos Bairros, ficando atrás apenas da Santa Casa de Misericórdia da Bahia.

Representando a instituição, o 2º Tesoureiro, Peter Devires Lemos subiu ao palco para receber os prêmios de melhor Santa Casa (Interior do Estado) e o Diretor executivo José Saturnino Rodrigues para receber o prêmio de segundo lugar na Categoria Ação Social. O provedor Eric Júnior, que não pôde estar presente no evento declarou: “Estou muito feliz com todas as premiações. Quero parabenizar a André Wermann pelo trabalho que realiza em nossa instituição, e agradecer a todos que se empenham em fazer uma Santa Casa cada vez melhor”. 

Para Wermann, ter sido contemplado com o prêmio foi de suma importância. Satisfeito com a premiação, ele agradeceu em nome de todos os executivos do interior do estado. “Para nós é muito importante esse prêmio. Agradeço a todos vocês que se dedicaram à missão de ler os cases e dedicar o seu voto, isso faz uma grande diferença. Agradeço à minha família, que é o meu esteio e à Santa Casa de Itabuna onde a gente exerce nossa atividade. É uma casa acolhedora,  que me recebeu. Dedico a essa instituição toda minha gratidão, representada aqui por alguns de nossos colaboradores e ao nosso dinâmico e corajoso provedor, Eric Júnior, a quem tenho toda honra de prestar o melhor serviço. Se a gente consegue ser diferenciado de alguma maneira, é porque temos toda uma equipe e um conjunto de executivos que são tão merecedores e qualificados quanto eu. Por eles eu mantenho essa labuta e por eles quero dividir a alegria de estar aqui hoje”, declarou.

GRILAGENS, CAXIXES E INVASÕES.

Litoral e zona norte, vão pegar fogo.

Grilagem de terras

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Saltar para a navegaçãoSaltar para a pesquisa

No Brasil, grilagem de terras é a falsificação de documentos para, ilegalmente, tomar posse de terras devolutas ou de terceiros, bem como de prédios ou prédios indivisos.[1] O termo também designa a venda de terras pertencentes ao poder público ou de propriedade particular mediante falsificação de documentos de propriedade da área. O agente de tal atividade é chamado grileiro.

O termo “grilagem” provém de uma técnica usada para o efeito de envelhecimento forçado de papéis, que consiste em colocar escrituras falsas dentro de uma caixa com grilos, de modo a deixar os documentos amarelados (devido aos excrementos dos insetos) e roídos, dando-lhes uma aparência antiga e, por consequência, mais verossímil.[2]

O VENENO DA NOITE!

MUTIRÃO é a maneira sórdida de ludibriar o cidadão mais carente.

Levando-lhe o mínimo, evita-se que venha cobrar o que tem direito.

Sepulcros caiados.

ESTE É O MOTIVO DA CHIADEIRA

INVASÕES NA ÁREA DETERMINADA PARA UM NOVO AEROPORTO EM ILHÉUS.

Informações chegadas ao nosso conhecimento, dão conta de invasões na referida área.

Em sendo verdade, ou não, fica o alerta para o Governo do Estado da Bahia, bem como a quem de direito, para procederem as devidas investigações.

09.03 Infraero inicia_estudos para o novo Aeroporto de Ilhéus

O VENENO DA NOITE!

O CONDEMA está cheio de ‘infiltrados’ opositores ao Porto Sul.

Misericórdia e paciência..

Decisão sobre venda de subsidiárias agrada a presidente da Petrobras

Ministro de Minas e Energia também elogia decisão do STF

Publicado em 07/06/2019 – 14:18

Por Akemi Nitahara – Repórter da Agência Brasil  Rio de Janeiro

O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, considerou “esplêndida” a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de liberar a venda do controle acionário de subsidiárias de empresas públicas e sociedades de economia mista, sem necessidade de aval legislativo ou processo de licitação.

O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, durante coletiva de imprensa comenta resultado da empresa no primeiro trimestre de 2019.

 
O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco – Reuters/Sergio Moraes/Direitos Reservados

Castello Branco disse que a decisão, tomada pelo STF nesta quinta-feira (6), mostra que as instituições do país são fortes e funcionam para garantir o cumprimento da lei. “O STF aprovou ontem o que era esperado, e isso, sem dúvida nenhuma, é uma vitória do Brasil, não apenas da Petrobras. Mostra que o Brasil tem ambiente amigável para a realização de investimento, seja por parte de investidores brasileiros ou de outros países.”

Ele enfatizou que a decisão é muito importante para a Petrobras, porque os recursos obtidos com a venda de ativos serão usados para a redução de dívidas e para fortalecer os investimentos em petróleo e gás.

Castello Branco ressaltou que a produção de petróleo na Petrobras estagnou nos 10 últimos anos, embora a empresa tenha capital humano altamente qualificado, tecnologia e ativos de classe mundial. “No lugar de investirmos na expansão da produção de petróleo e gás, desperdiçamos recursos com projetos bilionários que nada acrescentaram, além de prejuízos, vendendo ilusões da criação de milhares de empregos, que acabaram sendo temporários, causando enorme prejuízo ao país”, afirmou.

De acordo com o presidente da Petrobras, as vendas de subsidiárias não significam privatizações, nem desmonte da companhia. “Não estamos promovendo nenhum desmonte da Petrobras. Pelo contrário, estamos fortalecendo-a na sua função principal, que é a produção de petróleo e gás, aproveitando o que temos de melhor, aproveitando uma riqueza natural muito importante de nosso país.”Ele adiantou que já está anunciada a venda da Liquigás, que atua na distribuição de gás liquefeito de petróleo.O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, também considerou a decisão do STF importantíssima para o país. “Em outras oportunidades, eu disse que estávamos aguardando com tranquilidade essa decisão do STF, que vai ser fundamental para o desenvolvimento do país. Mais do que isso, é a segurança jurídica para os investidores. E também a previsibilidade, uma coisa que temos trabalhado muito no ministério, organizando os leilões”, disse o ministro.

Com isso, a Petrobras e outras empresas poderão fazer os seus desinvestimentos e os reinvestimentos para atuar naquilo que acham que é melhor para a sua carteira de negócios, acrescentou Albuquerque.O ministro destacou que o país está abrindo o mercado de combustíveis e de gás e adiantou que o modelo para o novo mercado de gás será apresentado na Câmara dos Deputados no fim deste mês. “O CNPE [Conselho Nacional de Política Energética] deu prazo de 60 dias para o grupo de trabalho. Esse trabalho já está sendo finalizado e deve ser apresentado no fim de junho na Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados e depois na Comissão de Infraestrutura do Senado.”Nesta sexta-feira (7), o ministro Bento Albuquerque e o presidente da Petrobras conversaram com a imprensa após participarem da cerimônia de lançamento do Programa Integrado de Proteção de Dutos (Pró-Dutos), para prevenir furto de combustíveis na malha de oleodutos da Transpetro. A cerimônia foi realizada de manhã no edifício-sede da Petrobras, no centro do Rio de Janeiro.

Edição: Nádia Franco

anuncie aqui

Carregando...

Tabela do Brasileirão

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
junho 2019
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia