WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘ZPE’

Temer assina pessoalmente ZPE do Açu e Antaq revisa norma sobre TUPs

Michel Temer, Presidente do Brasil.

Temer assina pessoalmente ZPE do Açu e Antaq revisa norma sobre TUPs

Olá ,

Confira nesta edição da Radar Global:

– Temer assina pessoalmente o decreto presidencial que cria a ZPE do Açu. O empreendimento será o primeiro instalado na região Norte Fluminense e terá administração da iniciativa privada

– A Antaq está finalizando o aprimoramento da norma que dispõe sobre a autorização para a construção e exploração de TUPs. Os interessados podem enviar suas contribuições até o dia 29 de dezembro de 2017

– A União Europeia não importará mais pescados com origem no Brasil a partir do próximo dia de 3 de janeiro de 2018. O Mapa solicitou a interrupção da venda para evitar uma futura suspensão unilateral

– A Argentina comemora um recorde de exportações de trigo no ciclo comercial 2016/2017. O Brasil segue sendo o seu principal comprador, concentrando cerca de 40% do volume total exportado

Veja a matéria completa !

Boa leitura!

Equipe Portogente

ZPE BAHIA – ILHÉUS!


VICE-GOVERNADOR CONVIDA ALBAGLI PARA INTEGRAR COMITIVA QUE VAI À CHINA

O Vice-Governador e Secretário de Planejamento do Estado, João Leão, convidou o presidente do PR de Ilhéus, Isaac Albagli, a integrar a comitiva que irá à China participar de um Fórum Internacional a se realizar entre os dias 6 e 8 de dezembro na cidade/estado de Tianjin. O tema do encontro versará sobre conectividade terrestre e marítima para o desenvolvimento, objetivando a oportunidade de fortalecer a cooperação em curso entre a Bahia e Tianjin, sobretudo nos setores portuário e de logística. Paralelo a esse encontro, haverá uma rodada de negócios em torno da ZPE de Ilhéus, onde estarão presentes vários empresários interessados no projeto.

O presidente da Associação Brasileira de Zonas de Processamento de Exportação – ABRAZPE, Helson Braga, em correspondência enviada ao Vice Governador, manifestou satisfação com o convite feito a Albagli, destacando que o mesmo “foi um dos pioneiros na luta pela implantação das Zonas de Processamento de Exportação no Brasil, ainda no final dos anos 80, e foi o grande responsável pelas tratativas que levaram à criação da ZPE de Ilhéus.” Braga destacou ainda que Albagli “poderá dar uma contribuição significativa nas conversações a serem mantidas com as autoridades e empresários chineses”.

Atrair indústrias e promover a geração de emprego e renda para Ilhéus e região é o principal objetivo da ZPE (Zona de Processamento de Exportação) no município. Vale ressaltar que a Zona de Processamento foi instituída em 1987, durante a primeira gestão do ex-prefeito de Ilheus, Jabes Ribeiro.

ZONA DE EXPORTAÇÃO É APOSTA PARA RETOMADA DO CRESCIMENTO DA ECONOMIA E GERAÇÃO DE EMPREGOS EM ILHÉUS. ===>>>13-07-2017

Deputado Estadual Eduardo Salles com um olhar para o futuro.

 – Atrair indústrias e promover a geração de emprego e renda para Ilhéus e região é o principal objetivo para implantação da ZPE (Zona de Processamento de Exportação) no município. Vale ressaltar que a Zona de Processamento foi instituída em 1987, durante a primeira gestão do ex-prefeito de Ilheus, Jabes Ribeiro.

Ontem me reuni com o gestor da ZPE Bahia, Otávio Pimentel e o vice-governador João Leão, para discutir os investimentos que serão feitos e a parceria com empresários chineses, que poderá incrementar a industrialização na região. A perspectiva é que investimentos privados, na ordem de R$ 650 milhões, sejam efetivados para melhorar a infraestrutura do Porto do Malhado, ampliando a viabilidade da instalação da ZPE.

Amanhã, a convite do vice-governador e secretário estadual de Planejamento, João Leão, farei parte da comitiva, que integra os empresários chineses e autoridades estaduais e municipais, para acompanhar a visita ao Porto de Malhado, a área da ZPE de Ilhéus, na rodovia Ilhéus-Uruçuca, e a assinatura do memorando de entendimentos entre a Free Trade Zone de Tianjin e a ZPE do município. À noite, no Palácio de Ondina, em Salvador, o governador Rui Costa assina o Termo de Cooperação entre a Província de Tianjin e o estado para se tornarem estados-irmãos. O acordo vai viabilizar a atração de novos negócios e a consequente geração de empregos à região de Ilhéus. Sou deputado eleito com os votos da população de Ilhéus e tenho grupo político, mas quero deixar claro que meu mandato está à disposição do atual prefeito Mario Alexandre para ajudar, no que for preciso, para levarmos melhorias ao município.

Além da instalação da ZPE Ilhéus, outros grandes investimentos estão sendo realizados pelo governo do estado, na região, para promover a geração de emprego e renda, fazendo com que a economia do município retome o caminho para o crescimento. Ao lado de todo nosso grupo político em Ilhéus, continuarei trabalhando por mais investimentos, projetos estruturantes e empregos para os jovens e a população economicamente ativa que sofre com o desemprego.

Leia mais informações em nosso site: https://goo.gl/kXZzvP

DEPUTADO ESTADUAL EDUARDO SALLES

O QUE É UMA ZPE – Zona de Processamento de Exportação?

Zona de Processamento de Exportação

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Uma Zona de Processamento de Exportação (ZPE) é um distrito industrial onde empresas nele localizada operam com suspensão de impostos, liberdade cambial (não são obrigadas a converter em reais as divisas obtidas nas exportações) e gozam de procedimentos administrativos simplificados. Atualmente existem no Brasil 24 Zonas de Processamento de Exportações autorizadas pelo Governo Federal que se encontram em distintas fases pré- operacionais.

ZPEs autorizadas com fundamento na Lei nº 11.508, de 2007: ZPE do Acre, em Senador Guiomard – AC / ZPE de Aracruz, em Aracruz – ES / ZPE de Bataguassu, em Bataguassu – MS / ZPE de Barra dos Coqueiros, em Barra dos Coqueiros – SE / ZPE de Boa Vista, em Boa Vista – RR / ZPE de Fernandópolis, em Fernandópolis – SP / ZPE de Macaíba, em Macaíba – RN / ZPE de Parnaíba, em Parnaíba – PI / ZPE de Pecém, em São Gonçalo do Amarante – CE / ZPE do Sertão, em Assu – RN / ZPE de Suape, em Jaboatão dos Guararapes – PE / ZPE de Uberaba, em Uberaba – MG.

ZPEs autorizadas até 1994: ZPE de Araguaína, em Araguaína – TO / ZPE de Barcarena, em Barcarena – PA / ZPE de Cáceres, em Cáceres – MT / ZPE de Corumbá, em Corumbá – MS / ZPE de Ilhéus, em Ilhéus – BA / ZPE de Imbituba, em Imbituba – SC / ZPE de Itaguaí, em Itaguaí – RJ / ZPE de João Pessoa, em João Pessoa – PB / ZPE de Rio Grande, em Rio Grande – RS / ZPE de São Luís, em São Luís – MA / ZPE de Teófilo Otoni, em Teófilo Otoni – MG / ZPE de Vila Velha, em Vila Velha

ALBAGLI: ZPE É TÃO IMPORTANTE QUANTO O PORTO SUL

Secretário Vivaldo, Isaac, Eduardo Sales e Jairo Vaz da Sudic no evento com os chineses.

Foi o que afirmou o ex-secretário municipal, Isaac Albagli, em entrevista ao comunicador Vila Nova, nesta sexta-feira, 14, sobre a vinda de empresários chineses a Ilhéus para assinar termo de interesse em investimentos na Zona de Processamento de Exportações (ZPE) de Ilhéus.

O protocolo foi assinado em cerimônia no Teatro Municipal e retoma o interesse comercial pela ZPE de Ilhéus, que começou a ser discutida há trinta anos, no primeiro governo de Jabes Ribeiro com a participação de Albagli, idealizador do projeto.

Na entrevista, Isaac salientou a expertise que os chineses têm no ramo de ZPEs, por ser um dos países que mais exporta no mundo. “São mais de mil zonas especiais desse tipo no território da China, o que demonstra a experiência deles no setor, e nos da uma esperança maior de que esse sonho de 30 anos vire realidade”.

Albagli argumentou ainda que, mesmo sofrendo fortes interferências, sobretudo de políticos de São Paulo, a autorização pra continuidade da ZPE de Ilhéus foi mantida, graças à persistência da representação política local, sobretudo do ex-prefeito Jabes Ribeiro. “É um projeto desacreditado, mas que até mesmo em sua última gestão, Jabes vinha tratando, sem muitos holofotes. Mas que agora mostra o resultado, com o interesse concreto dos empresários chineses, o que vai gerar empregos e movimentar nossa economia”. Albagli concluiu dizendo que o Porto Sul é o equipamento que atrairá os investidores, e a ZPE é quem efetivamente gerará os postos de trabalho.

FATOS QUE EXACERBAM NOSSAS EMOÇÕES!

 Fui assistir a assinatura dos protocolos de intenções entre a China e Ilhéus, para ativação da ZPE.

Não vou mentir, fui também ver a atuação do ‘Gueto do atraso’, aquele pessoalzinho que é contra ZPE, Porto Sul, Ferrovia e de tudo que fuja a seus dogmas.

Mas a surpresa foi enorme, emocionante a adesão deles aos fatos.

Fiquei tão emocionado que esqueci de tirar fotos. Imagine…

PRIVATIZADA ZPE POTIGUAR NÃO ANDOU.

ILHÉUS E SUA BENDITA ZPE !!

zpe

Ilhéus tem uma ZPE municipal, que ainda não foi instalada.

No desgoverno Newton Lima, junto com a turma do PT, era esperado que nada fosse feito, ninguém ali gosta de trabalhar, além de não trabalharem são mestres em jogar conversa fora.

Mas agora não, a Secretária de Planejamento tem técnicos gabaritados que podem alavancar o projeto.

Só precisa de ações proativas.

primeira etapa da zpe de ilhéus ficará pronta em 2012.

Sessão que discutiu ZPE - Foto Alfredo Filho.

Na última sexta-feira (1), a Câmara Municipal de Ilhéus realizou Sessão Especial que discutiu as obras da Zona de Processamento de Exportação (ZPE) de Ilhéus. A vereadora Carmelita Ângela (PT) foi à autora do requerimento para realização do debate. Os edis Marcos Flávio (PPS) e Paulo Carqueija (PT) compareceram e participaram da discussão.

Elson Braga, Izaías Mascarenhas e Otávio Pimentel, representaram a ZPE e no Plenário da Câmara falaram sobre a real situação das obras. Atualmente no Brasil existem 22 ZPE´s algumas autorizadas, porém nenhuma recebeu autorização para operar, como relatou Braga.

A ZPE que instalada em Ilhéus será um instrumento de políticas publicas voltada pro exclusivamente desenvolvimento da região. “As empresas instaladas terão isenção de alguns impostos e obrigadas a vender 20% do produzido no mercado interno”, lembrou Mascarenhas.

Apesar de algumas criticas em relação a demora na implantação, Pimentel garantiu que o cronograma está rigorosamente em dia e que em 2012 a primeira etapa estará pronta. “O projeto de alfândega e segurança estão quase prontos, estamos entusiasmados e temos expectativas de que no futuro próximo a ZPE Ilhéus trará grandes investimentos para região”, garantiu.

A ZPE PRECISA SAIR DO PAPEL.

Professora Carmelita preocupada com a situação da ZPE de Ilhéus e pede Sessão Especial sobre o tema.

As obras de instalação da ZPE de Ilhéus estão paralisadas e Professora Carmelita está preocupada com esta situação, por isso ela solicitou à mesa da Câmara a realização de uma Sessão Espacial pra tratar do assunto. Para a sessão ela convocou o Presidente da empresa ZPE da Bahia LTDA, alem do gerente do Escritório de Ilhéus desta mesma empresa que é a concecionária que administra a instalação da Zona de Processamento de Exportação em nossa cidade. A vereadora convidou também o Secretario Municipal de Industria e Comercio bem como um representante do Ministério da Industria e Comercio e o Deputado Federal Josias Gomes.
Professora Carmelita quer saber dos administradores da ZPE de Ilheus por que as obras estão paralisadas, por que o escritório local da empresa que a administraria foi fechado e a maioria dos funcionarioconclamar os políticos convidados a desenvolverem ações conjuntas que possam ser feitas no sentido de evitar mais uma vez que este importante vetor de desenvolvimento fique novamente adormecido, como havia ficado nos últimos 20 anos.
A Sessão Especial da ZPE de Ilhéus está marcada para o dia 18 de março e com isso a Vereadora professora Carmelita pretende iniciar um movimento para nossa ZPE saia do papel e traga para Ilhéus todo progresso e desenvolvimento que nossa cidade precisa.

FALANDO DE ZPE.

Viva Ilhéus

Isaac Albagli (*)

O combativo Guy Valério é dessas pessoas que não se acomodam com o passar dos tempos. Às vezes fico intrigado com a quantidade de assunto que ele trata no seu famoso blog “O Sarrafo”. Além de tudo ele é provocativo. Cutuca a notícia, ou melhor, a “fonte” da notícia, e o resultado é uma postagem dinâmica e interativa, o que faz do Sarrafo um dos blogs mais lidos da Bahia.

E lá vem Guy me cutucando, pedindo que me pronuncie sobre a ZPE. Cutuca, dando a impressão de que estou omisso no assunto. Não estou e nunca estive. O que eu tinha que fazer, fiz. Mas não parei aí. Todo processo em curso, inclusive o acatamento pela prefeitura do contrato dos concessionários teve a minha participação, pois entendo que Ilhéus está acima de tudo. Quando se instalou a polêmica da dúvida se o atual contrato teria ainda validade ou se seria necessária nova licitação, fiz ver ao Alcides Neto que não era prudente abrir nova licitação, pois perderíamos mais tempo. Se por qualquer descuido a licitação patinasse, iria por terra a chance de termos a ZPE.

O prazo para início das obras era de um ano após a publicação da nova lei, e se a prefeitura não tivesse o bom senso de reconhecer o contrato em vigor, teríamos efetivamente perdido a grande oportunidade. Não faço política mesquinha. A mim não importa se a ZPE está saindo no governo de A ou B. O que importa é que ela está saindo do papel. O então prefeito Jabes Ribeiro fez a reivindicação ao governo federal, executou o projeto, fez as primeiras desapropriações e licitou a concessão, e agora o atual governo dá seqüência ao empreendimento. Quando Lula sancionou a lei que consolidou o programa das ZPEs, eu estava lá em Montes Claros (MG) aplaudindo o presidente. Durante esses 22 anos de espera, sempre estive ao lado dos poucos que acreditavam no programa, especialmente Helson Braga, presidente da Associação Brasileira de Zonas de Processamento.

Lembro-me que muitos sorriam de minha cara quando eu falava em ZPE. Alguns por questões políticas e outros por ceticismo mesmo. Não faço a linha do “visionário”, mas tenho a modéstia capacidade de saber o que é bom para nossa cidade, e luto por isso. Em 2003 fiz uma série de artigos publicados simultaneamente nos jornais Diário de Ilhéus e Agora de Itabuna. Em um dos artigos alertei sobre a necessidade de reestruturação do Porto do Malhado com a ligação de Ilhéus com a malha ferroviária nacional. Entendia que só dessa forma poderíamos sair do isolamento econômico. Escrevi, na ocasião, que não se surpreendessem se “dentro de cinco anos a soja estivesse sendo exportada por Salvador”. Exatamente em 2008 esse fato lamentável aconteceu.

Por sorte grande da cidade o Governador Jaques Wagner teve a sensibilidade de propor ao governo federal a construção da ferrovia Oeste-Leste que, atrelada ao Porto Sul e à ZPE dará o impulso econômico que tanto reclamávamos. A construção do Terminal Pesqueiro, uma luta de 15 anos, atrairá indústrias de pescados para nossa cidade. Algumas delas estarão voltadas para exportação de atuns e meca. Sabem aonde elas irão se instalar? Isso mesmo, na ZPE. Viva Ilhéus.

(*) Engenheiro Agrônomo, Pós-Graduando em Gestão Pública e atual presidente da Bahia Pesca S.A.

Na foto, Isaac Albagli, recebendo o convênio para a construção do Terminal Pesqueiro de Ilhéus das mãos do Ministro da Pesca, Altemir Gregolin.

Assinatura da Ordem de Serviço do Terminal Pesqueiro.

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia