WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
embasa

:: ‘Vergonha’

ESTADO DEPLORÁVEL DA BIBLIOTECA MUNICIPAL NO GOVERNO MARÃO

Senado se presta a papelão ao interrogar chanceler por fazer diplomacia

Parlamento foi usado por “bancada” do ditador Nicolás Maduro, que rompeu elos com o Brasil

O Senado fez um papelão, ontem, deixando-se usar pela “bancada” do ditador Nicolás Maduro em pleno Congresso brasileiro, ignorando o apoio do País à repulsa mundial contra a tirania e desdenhando de suas atrocidades denunciadas pela ONU. Acusar o americano Mike Pompeo de “atacar nação amiga do Brasil” é de uma ignorância atroz. Venezuela não é “nação amiga”, é um país subjugado pelo ditador que rompeu com o Brasil e cujos “diplomatas” são agora persona non grata em Brasília. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

As perguntas infelizes mal disfarçavam o ranço antiamericano, tão velho quanto atrasado, agarrado aos pedaços que sobram do muro de Berlim.

Senadores se prestaram a defender uma ditadura sanguinária, acusada esta semana pela ONU de perseguir, prender e assassinar opositores.

Notícias Relacionadas

Na sessão da Comissão de Relações Exteriores, destacou-se a incrível paciência do chanceler Ernesto Araújo diante de tanta desinformação.

APERTANDO A ARRUELA DOS ROBÔS.

E em horário de serviço.

AS POPULAÇÕES DO SÃO MIGUEL E SÃO DOMINGOS, EM ALERTA PARA AS MENTIRAS DO PREFEITO DE ILHÉUS – VÍDEO

Cansados de tantas mentiras e enrolação, os moradores estão se defendendo como podem.

TURISMO E TRÂNSITO – EM ILHÉUS

Convergências de inutilidades.

Foto : WhatsApp

DO MENSALÃO AO MENSALINHO – VIVA A CORRUPÇÃO!

Do mensalão, alguns já foram extirpados da vida pública.

Do mensalinho? Operadores, beneficiários e cúmplices, continuam saltitantes e serelepes na ativa!

Mensalinho é uma atividade política?!…

Parlamentares torram R$11 milhões em propaganda própria na pandemia

Despesas se referem apenas aos últimos quatro meses, durante o surto do novo coronavírus no Brasil

O pagador de impostos não teve alívio do setor público na pandemia do coronavírus no Brasil. Nem com propaganda própria. Deputados federais e senadores torraram, nos últimos quatro meses, mais de R$11,3 milhões na “divulgação da atividade parlamentar”, segundo a ONG Operação Política Supervisionada. Essa conta faz parte do cotão parlamentar, que ressarce parlamentares em cerca de R$ 45 mil por mês por qualquer tipo de despesa, de tapiocas a “consultorias”. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Os R$ 45 mil, em média, que cada deputado e senador recebe do cotão se soma ao salário de R$ 33,7 mil que cada um recebe por mês.

A Câmara dos Deputados torrou R$ 10,7 milhões com propaganda para os deputados. No Senado, foram cerca de R$ 500 mil.

Notícias Relacionadas
O maior gastão com propaganda é Wellington Roberto (PL-PB): R$ 147,6 mil desde abril. O Airton Faleiro, do PT, é o segundo:

CINISMO E IRRESPONSABILIDADE

Manobra eleitoreira. O povo sabe…

Vistoriando o que seu governo abandonou…

FANFARRONICE MODE ON!

“SE O PACIENTE TEM TODOS OS SINTOMAS, JÁ TRATAMOS COMO COVID-19”, AFIRMA COORDENADOR DO CENTRO COVID-19 DE ILHÉUS.

“ Não criamos um protocolo. Se o paciente tiver com todos os sintomas já entra na estatística como paciente com Coronavírus”, acrescentou.

Médico André Cezário

https://www.otabuleiro.com.br/blog/se-o-paciente-tem-todos-os-sintomas-ja-tratamos-como-covid-19-afirma-coordenador-do-centro-covid-19-de-ilheus

Vergonha: 299 mil servidores receberam auxílio emergencial, atesta CGU

No total, 65,2 milhões de pessoas que já receberam o auxílio de R$600 mensais desde abril

Os 299 mil casos citados pelo ministro representam 0,45% do total de 65,2 milhões de pessoas que já receberam o auxílio desde abril. O benefício de R$ 600 é destinado a trabalhadores informais, microempreendedores individuais, autônomos e desempregados. Ele não pode ser pago a agentes públicos, mesmo que temporários.

— Realmente, a gente tem encarado uma situação de muita tentativa de fraude nos recursos do auxílio emergencial. Os cruzamentos identificaram números relevantes de servidores públicos. Iniciamos um trabalho de busca nas folhas de pagamentos estaduais e municipais. Numa parceria com estados e municípios, cruzamos e identificamos de 299 mil servidores de todos os entes recebendo recursos do auxílio emergencial. É um recurso que a gente tem que estar muito atento — disse.

Notícias Relacionadas

Wagner Rosário destacou ainda uma “análise prévia” realizada pela CGU nas aquisições realizadas pelo Ministério da Saúde por meio de dispensa de licitação. Numa amostra de contratações que somam R$ 6,4 bilhões, o órgão de controle encontrou “fragilidades” em aquisições que envolvem R$ 2 bilhões. Desde o início da pandemia, o Palácio do Planalto liberou R$ 39,59 bilhões para o Ministério da Saúde. Deste total, foram efetivamente pagos R$ 12,18 bilhões.

De acordo com o ministro, a CGU também acompanha os repasses da União para estados, Distrito Federal e municípios. O Portal da Transparência do governo federal mantém um painel específico para orientar governadores e prefeitos nas compras relacionadas à pandemia. O serviço reúne informações sobre despesas realizadas por 280 entes da Federação. Entre eles, todos os estados, todas as capitais e todos os municípios com mais de 500 mil habitantes.

— Estamos fazendo um trabalho bem braçal de busca em diários oficiais e em portais de transparência de estados e municípios. São levantamentos de preços e quantidades de aquisição para oferecer aos gestores uma média de preços praticados no momento da pandemia. Quando aumenta muito a demanda por equipamentos de proteção individual e respiradores, o preço sobe. Precisávamos buscar um preço de referencia para este momento. Não adiantava muito tentar comparar o preço atual com o anterior. Também fizemos uma análise mais detalhada das empresas que estão contratando, para tentar fazer uma análise de risco das aquisições feitas pelos diversos entes federais, inclusive a União — afirmou.

PRAÇAS ABANDONADAS, E A CIDADE SE DEGRADANDO! ===>>> 12-04-2018 (Cidade Sustentável)

Na praça Castro Alves, em frente a agora caquética Biblioteca Pública Municipal, o abandono é completo.

Arvores velhas e cheias de pragas e parasitas, um galho caiu sobre o veículo de um vereador, quebrando o para-brisas, ele preferiu “entubar o prejuízo” a chatear o parceiro alcaide. 

Canteiros carecas, alguns com despejo de óleo de frituras, vejam as fotos:

 

PARA ONDE VAI O ATENDIMENTO EM SAÚDE DE ILHÉUS?

Vai para Itabuna.

Foram disponibilizados 2 micro-ônibus para fazerem o translado de pacientes regulados, de Ilhéus para a Policlínica Regional de Itabuna.

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
outubro 2020
D S T Q Q S S
« set    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia