WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Utilidade Pública’

ALERTA PARA ILHÉUS, LITORAL E SALVADOR.

SITUAÇÃO CLIMÁTICA DE ILHEUS.

Veja no site da CNN, inclusive com satélite clicando aqui.

AS CHUVAS DO RIO DE JANEIRO, PODEM CHEGAR AQUI.

As ‘previsões’ do CPTEC-Inpe, segundo os meteogramas mostram isto.

AS DROGAS E A DEGRADAÇÃO DA VIDA.

Em boa hora o Governo está deslanchando esta campanha contra o crack, droga vagabunda que está destruindo rapidamente o tecido social mais carente das comunidades.

Outra droga que precisa ser combatida, esta mais elitista, são as da classe dos analgésicos potentes, sendo o carro chefe a Dolantina, popularmente conhecida como DOLA.

Este analgésico, vicia uma classe social mais esclarecida. (Michel Jackson).

Há poucos dias um rapaz da nossa sociedade, viciado em grau elevado, foi encontrado caido com a seringa ainda espetada na veia. Levado a uma clinica conseguiu se restabelecer e por conta própria saiu do tratamento.

Alucinado com a abstinência, chegou em casa agrediu a esposa, que coitada agora se refugia em casa de parentes e amigos, com medo do viciado alucinado.

Esse é um quadro triste de como as drogas estão degradando as vidas das pessoas, sem distinguir classes sociais.

PORTO PESQUEIRO – EXCLUSIVO.

Baía do Pontal - Ilhéus.

Foi assinado hoje o contrato para a construção e instalação do Porto Pesqueiro de Ilhéus.

A vencedora da licitação foi a empresa MULTISUL, do Rio Grande do Sul, que concorreu com a BELOV ENGENHARIA.

A Bahiapesca fica somente no aguardo da licença ambiental para o começo das obras.

É mais uma válvula que se abre para o desenvolvimento de Ilhéus.

AS PROVIDÊNCIAS FORAM TOMADAS.

O Secretário  Carlos Freitas mandou imediatamente retirar o entulho da foto.

Precisa que seus auxiliares e fiscais exerçam as suas atividades da mesma forma que o Secretário, chegando junto, e multando os infratores.

O ABANDONO DAS VIAS PÚBLICAS.

O mato crescendo na escadaria.

Os moradores fizeram 'vaquinha' para limpar o mato.

Mas pagar para tirar lixo e entulho alheio, é demais !!!

NÃO É SÓ MINÉRIO DE FERRO COMO APREGOAM OS DESINFORMADOS.

FINALIDADE DA OESTE-LESTE

A Ferrovia de Integração Oeste-Leste se constituirá num eixo ferroviário que dinamizará o escoamento da produção do Estado da Bahia e servirá de elo para interligar aquela região aos outros pólos do país, através da conexão que terá com a Ferrovia Norte-Sul, em Figueirópolis (TO), e com a nova opção comercial que se agregará ao projeto com reestruturação do sistema portuário de Ilhéus.

Incluída entre as prioridades do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), a Ferrovia de Integração Oeste-Leste terá entre Figueirópolis (TO) e Ilhéus (BA) 1.490 km de extensão e demandará investimentos na ordem de R$ 6 bilhões. As obras deverão ter início até meados deste ano, com previsão de conclusão para 2013.

A ferrovia formará um corredor de transporte que otimizará a operação do Porto de Ponta da Tulha e ainda abrirá nova alternativa de logística para portos no norte do país atendidos pela Ferrovia Norte-Sul e Estrada de Ferro Carajás. A execução do projeto está sob a responsabilidade da VALEC Engenharia, empresa vinculada ao Ministério dos Transportes.

A Ferrovia de Integração Oeste-Leste terá sua implantação dividida em três trechos:

• Ilhéus/Caetité (BA)

São 530km, cuja construção deverá ser concluída em 2011.

• Caetité/Barreiras/São Desidério (BA)

São 413km, cuja construção deverá ser concluída em 2012.

• Barreiras/São Desidério (BA)/Figueirópolis (TO)

São 547km, cuja construção deverá ser concluída em 2012.

VANTAGENS SOCIAIS E ECONÔMICAS

Entre as vantagens previstas com a construção da Ferrovia Oeste-Leste para o Estado da Bahia estão a redução de custos sociais e privados dos transporte de insumos e produtos diversos, o aumento da competitividade dos produtos do agronegócio com possibilidade de implantação de novos pólos agroindustriais e de exploração de minérios. Por outro lado, a ferrovia dinamização das economias locais, alavancando novos empreendimentos na região, com aumento da arrecadação de impostos, conexão com a malha ferroviária nacional, além de geração de cerca de 30 mil empregos diretos .

A ferrovia deve fomentar ainda mais o desenvolvimento agrícola da região oeste do estado, cuja previsão é de uma produção de 6,7 milhões de toneladas em 2015. Os principais produtos a serem transportados são soja, farelo de soja e milho, além de fertilizantes, combustíveis e minério de ferro.

FONTE: VALEC

REGIONALIZAÇÃO DO SAMU.

Apesar de bem intencionado, e visar o interesse da população, o projeto de Regionalização do SAMU não contempla o fim.

Todo projeto tem que ter começo, meio e fim. Este para no meio.

Para onde serão levados os pacientes transportados?

Com certeza para o Hospital Regional Luiz Viana Filho.

As entidades conveniadas pelo SUS, vão atender os pacientes ou continuar fingindo que atendem?

Uma UPA-Unidade de Pronto Atendimento resolve?

A UPA da Zona Sul, já vamos para o 3º ano de aprovada e até agora nada. O que falta para ser construída e implantada?

Os problemas de Saúde Pública não se resolvem com aumento de demanda, e sim com resolutibilidade, usando um termo muito comum na área médica.

Para entender melhor, clique aqui.

TEXTO QUE SAIU DOS COMENTÁRIOS PARA A HOME DO BLOG.

Souza Neto
netojas@bol.com.br

É preciso rasgar o véu que ainda embaça a visão de alguns conterrâneos nossos.

Uma questão fundamental é esclarecer a diferença entre o capitalismo neoliberal (grupo FHC/Serra) e o capitalismo do bem-estar social (Lula/PT), inspirado pelo pensamento keynesiano (John Maynard Keynes).

A proposta neoliberal estabelece um Estado mínimo, quase inexistente, e sem poder de intervenção na economia e no mercado. Todos os serviços prestados por estatais são transferidos para o setor privado. Com isso, o patrimônio estatal dos brasileiros que sobreviveu à onda privatista dos anos 90, seria agora entregue ao empresariado privado nacional e/ou internacional.

O neoliberalismo é uma retomada dos princípios do capitalismo liberal do século XIX. Reage veementemente contra o Estado Intervencionista e de Bem Estar Social instalado no pós-guerra e hoje praticado, com modificações, pelo governo Lula, devidamente assessorado por pensadores petistas da Fundação Perseu Abramo.

Os neoliberais acreditam que, por num determinismo histórico, as pessoas que nasceram pobres assim devem permanecer até o fim de suas vidas. Dessa forma, desigualdade social é tida como geradora e mantenedora do avanço econômico. Por esse motivo, a implantação do Estado Mínimo é sugerida como alternativa ao Estado Previdência. É, por isso, uma proposta descompromissada com as políticas públicas econômicas e sociais. Politicamente falando, prega um Estado Social Democrata (Social Democracia), hoje fonte de inspiração no Brasil para as idéias norteadoras do PSDB e do DEM.

Já, a proposta do Bem-Estar Social é sustentada por um conjunto de idéias que propõem a intervenção do Estado na vida econômica com o objetivo de conduzir a um regime de pleno emprego.

No passado, as teorias de John Maynard Keynes tiveram enorme influência na renovação das teorias clássicas e na reformulação da política de livre mercado. Keynes acreditava que a economia seguiria o caminho do pleno emprego, sendo o desemprego uma situação temporária que desapareceria graças às forças do mercado.

O grande desafio da proposta era manter o crescimento da demanda em paridade com o aumento da capacidade produtiva da economia, de forma suficiente para garantir o pleno emprego,o controle da inflação e as negociações dos sindicatos com os empresários em um equilíbro que pudesse favorecer a todas as partes envolvidas.

O governo Lula conseguiu esse ponto de equilíbrio por intermédio das políticas sociais – distribuição direta de subsídios financeiros temporários, oportunidades de educação técnica e superior às classes menos favorecidas, dentre outras. Promoveu a abertura de novos mercados compradores no exterior; resgatou a capacidade do Estado de realizar investimentos em infra-estrutura capaz de gerar empregos e oferecer condições para que o capital privado também pudesse expandir seus negócios; criou as Parcerias Público-Privadas (PPP; fortaleceu a intervenção do Estado por meio das Agências Reguladoras Nacionais que atuam em diversas áreas da economia.

Note-se que a atração de empresas para nossa região tem sido estimulada por investimentos estatais em infra-estrutura local.

O Gasene, o Complexo Intermodal Porto Sul, a Ferrovia Oeste-Leste, os investimentos na malha rodoviária, além dos benefícios fiscais a serem proporcionados pela Zona de Processamento de Exportação (ZPE), em fase de aprovação pelo Congresso Nacional, representam o chamariz para que empresas nacionais e internacionais manifestem interesse em se instalarem em nossas cidades.

Outros projetos estão sendo pensados na forma de PPP. Um exemplo é a ligação Salvador-Itaparica e a duplicação da BA-001 no Baixo Sul.

Na proposta neoliberal, com o Estado é mínimo e não intervencionista, todas as ações supracitadas previstas para a nossa região, teriam que ficar por conta do capital privado que aqui tivesse a intenção de investir.

Esse mesmo capital e mercado estaria apto (sic) para resolver todas as questões sociais, como as desigualdades, a miséria, etc.

Tivemos essa proposta colocada em prática nos oito anos do governo PSDB/DEM e experimentamos o resultado. Milhares de médios, pequenos e micro empresários quebraram Brasil afora; as populações carentes continuaram miseráveis; o País não atuava como protagonista no cenário internacional; sua economia era subjugada aos interesses do FMI/EUA.

Quando os analistas políticos citam a possibilidade de uma eleição plebiscitária este ano, refere-se ao comparativo que o eleitor poderá fazer entre essas duas propostas. Uma analogia dos resultados de um e de outro governo.

Eu já fiz a minha escolha.

AINDA A CELEUMA COM OS TAXISTA.

dcreto o32!! um tormento para o sindtaxi.

Quarta-feira, 31 de Março de 2010 23:48:26

De:
waldemir CORREIA <demyrcorreia@hotmail.com> 
Para: sarrafonamadrugada@yahoo.com.br

Corpo da mensagem:
Não quero acreditar que o Prefeito de Ilhéus Newton Lima, o Procurador de Transito Dr. Mozart, o Diretor de Transito Jorge Farias, O Secretário de Serviços Urbanos Transorte e Trânsito Carlos Freitas, perderam seus preciosos tempos para ouvir os lamentos do presidente do SINDTAXI Nelson Oliveira acerca do parecer do senhor Procurador que livra das algemas do SINDTAXI os taxistas de Ilhéus através de uma exigência que só EXISTIA em Ilhéus, quero lembrar que EXISTIA não existe mais de antes de ser taxista o pretendente a ser taxista ir a sede do SINDTAXI se lascar em mais de dois salários mínimos para ser taxista nunca ouvir falar em uma falta de vergonha dessas que o Procurador DR. MOZART suspendeu esse procedimento conforme foi amplamente divulgado no blog de Israel Nunes. Bem, agora vem o nobre presidente chorar nos pés do caboclo atrás de ano de táxi, parará, parará…
o que ele quer mesmo é voltar aquela coisa de visto de NELSON, autorização de Nelson, carta de Nelson, vou cassar seu alvará para com isso minha gente, vamos deixar de infantilidade se esse Parecer do Procurador mudar uma vírgula EM QUEM E QUANDO IREMOS ACREDITAR EM MAIS PARECERES DE PROCURADORES? Se o alvará é de propriedade do Poder Público como pode uma entidade de motoristas autônomos nem de táxi é se auto intitular representante dos taxistas? para com isso. Senhores dr. Mozart e Jorge Farias nós taxistas nos sentimos orgulhosos dos senhores e de suas posturas. Parabéns!!!

A CONDER ABRE A CAIXA DE BONDADES.

CONDER firma convênios com 30 prefeituras.

O presidente da CONDER, Milton Villas-Bôas, assinou, hoje à tarde, convênios com 30 prefeituras, para execução de obras de pavimentação, drenagem, construção e reforma de praças, cobertura de feiras livres e reforma e ampliação de mercados.

Participaram da solenidade, realizada no auditório da sede da empresa, em Narandiba, os prefeitos de Banzaê, Barra da Estiva, Bom Jesus da Serra, Campo Alegre de Lourdes, Capela do Alto Alegre, Chorrochó, Conceição do Coité, Érico Cardoso, Fátima, Gandu, Ilhéus, Irajuba, Iraquara, Irará, Itamari, Itaquara, Itiruçu, Macajuba, Macaúbas, Macururê, Matina, Mortugaba, Mulungu do Morro, Olindina, Palmeiras, Pedro Alexandre, Santo Amaro, Serrinha, Teofilândia e Wanderley.

Ângela e Newton.

A Deputada Ângela Sousa, levou o Prefeito Newton Lima para receber a fatiazinha do bolo, e faturar politicamente gerando um factóide.

contador free


Webtiva.com // webdesign da Bahia

maio 2022
D S T Q Q S S
« abr    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia