WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Universidades’

Governo anunciará programa para autonomia financeira de universidades

Painel de universidades

Os Reitores receberam convocação para uma reunião com o Ministro da Educação na próxima semana, a fim de tomarem conhecimento da Reforma Administrativa que será implementada pelo atual governo. Com relação às Universidades Públicas, estas deixarão de ser Autarquias. 

Ou seja, não estarão mais subordinadas ao regime jurídico de direito público.  Com isso, uma política de cobrança de mensalidades será implantada, e as contratações passarão a ocorrer pelo regime celetista ou de contratos temporários. 

“Governo anunciará programa para autonomia financeira de universidades

O governo federal lançará na quinta-feira da próxima semana um novo programa voltado ao ensino superior, chamado de Future-se, disse ao Valor o secretário de Educação Superior do Ministério da Educação, Arnaldo Barbosa de Lima Júnior.

O programa terá como objetivo o “fortalecimento da autonomia financeira das universidades e dos institutos federais”, afirmou nesta quarta-feira o secretário, durante participação na Conferência Internacional sobre Financiamento Vinculado à Renda. O evento é promovido em parceria entre o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), a Universidade Nacional Australiana (ANU) e a Embaixada da Austrália no Brasil.

Em curta apresentação, ao mencionar o programa pela primeira vez, o secretário afirmou apenas que um dos eixos será a “internacionalização” do ensino superior. “Então, vamos ter muitas conferências como essa”, disse.

O tema central do evento é um programa implantado pelo governo australiano no fim dos anos 80, quando o modelo de ensino superior do país deixou de ser totalmente gratuito para se tornar híbrido, com o estudante arcando por parte dos custos de sua formação ao longo da vida.

Lima Júnior mostrou simpatia pela ideia durante o discurso. “Não há cursos gratuitos, os pagadores de impostos pagam por esses cursos”, afirmou”

Link:
https://www.valor.com.br/brasil/6338187/governo-anunciara-programa-para-autonomia-financeira-de-universidades

Nenhuma novidade. Paulo Guedes em Junho de 2018 declarou que as Universidades deixariam de ser gratuitas e cada uma deveria ter receita própria oriunda do pagamento de mensalidades.

ESTE É O MOTIVO DA CHIADEIRA

‘A balbúrdia vai continuar’, diz núcleo de pesquisa em cultura e sexualidade da Ufba

'A balbúrdia vai continuar', diz núcleo de pesquisa em cultura e sexualidade da Ufba

Foto: Divulgação / Ufba

O Núcleo de Pesquisa e Extensão em Culturas, Gêneros e Sexualidades da Universidade Federal da Bahia (Ufba) rebateu o Ministério da Educação (MEC) e afirmou ao jornal Folha de S.Paulo que “a balbúrdia vai continuar”. 

A resposta faz referência ao motivo dado pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, para contingenciar 30% do orçamento da universidade. Após repercussão negativa, o governo decidiu ampliar o corte para todas as instituições de ensino superior do Brasil (veja aqui). 

“Somos um dos grupos pioneiros em pesquisas no campo das culturas e sexualidades, fomos inclusive responsáveis por trazer a filósofa americana Judith Butler pela primeira vez ao Brasil em 2015”, diz Marcelo de Troi, assessor do núcleo. 

De acordo com a reportagem, mais de 40 pessoas fazem parte do grupo, entre mestres, doutores e ativistas. Neste mês também será realizado 3º Encontro do Núcleo de Pesquisa e Extensão em Culturas, Gêneros e Sexualidades. Antes de ter esse nome, o núcleo era chamado pela alcunha de “grupo de pesquisa em Cultura e Sexualidade” ou, para os íntimos, “CuS”.

Bolsonaro: dinheiro retirado de universidades será investido na base

Publicado em 02/05/2019 – 23:49

Por Marcelo Brandão – Repórter da Agência Brasil  Brasília

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (2) que o dinheiro retirado das universidades federais será investido na educação básica. Ele disse que a educação no Brasil é como uma casa com um “excelente telhado e paredes podres”. Na última terça-feira (30), o Ministério da Educação (MEC) anunciou um corte de 30% do orçamento das universidades federais.

“A gente não vai cortar recurso por cortar. A ideia é investir na educação básica. Ouso dizer até que um número considerável não sabe sequer a tabuada. Sete vezes oito? Não vai saber responder. Então pretendemos investir na base. Não adianta ter um excelente telhado na casa se as paredes estão podres. É o que acontece atualmente”, disse Bolsonaro em entrevista ao SBT.

A informação do corte orçamentário foi dada à TV Globo pelo Secretário de Educação Superior do MEC, Arnaldo Barbosa de Lima Júnior. O corte, inicialmente, seria restrito a três universidades, Universidade de Brasília (UnB), Universidade Federal Fluminense (UFF) e Universidade Federal da Bahia (UFBA). Em seguida, foi ampliado a todas as instituições federais do país.

A informação sobre o corte na verba das universidades federais surge ao mesmo tempo em que abre o período para as instituições públicas de ensino superior aderirem ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu) . O Sisu é um sistema informatizado do Ministério da Educação pelo qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas a candidatos participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Edição: Fábio Massalli

Prefeitura de Una entrega ônibus executivos para transporte de universitários

 

Dois anos depois da retomada do transporte universitário gratuito, os estudantes de Una comemoram mais uma grande conquista. Esta semana, a Prefeitura de Una entregou os novos ônibus executivos para o transporte dos alunos do município que estudam em Ilhéus e Itabuna. São três veículos confortáveis, com ar-condicionado e que juntos têm a capacidade para transportar cerca de 200 pessoas diariamente.

 

Para o prefeito Tiago de Dejair, o transporte gratuito para os universitários é um fator gerador de oportunidades e demonstra o cuidado da gestão com quem busca qualificação. “Sem o transporte, muitos estudantes não teriam sequer condição de cursar o ensino superior. Por isso, além de manter o transporte gratuito, investimos na qualidade dele para que estes estudantes tenham tranquilidade de se dedicar apenas às questões acadêmicas”, comemorou o prefeito, responsável pelo resgate do transporte gratuito já nos primeiros dias da sua gestão.

 

Vale destacar que a Prefeitura de Una e a Associação de Estudantes Universitários de Una estão entregando a nova carteirinha de acesso aos estudantes e os motoristas dos ônibus passaram a trabalhar uniformizados.

 

Candidato Cacá Colchões apresenta projeto de Cotas Regionais para vestibulandos do Curso Galileu, em Itabuna

Cacá Colchões falando aos estudantes, futuros vestibulandos.

Cacá Colchões e Professor Dorival Filho

Na manhã desta quarta-feira, 29, o candidato a deputado estadual Cacá Colchões apresentou o projeto de Cotas Regionais para os vestibulandos do curso Galileu, em Itabuna. O projeto prevê o bônus de 20% sobre a nota do ENEM na Universidade Estadual de Santa Cruz e na Universidade Federal do Sul da Bahia, para candidatos que cursaram o ensino médio em escolas com até 150km de distância das Instituições, sendo escola pública ou privada. 

O professor de cursos preparatórios, Dorival Filho, destacou a importância da implantação do sistema em nossas Universidades. “O acesso às Universidades não é tão simples. Muitos professores acham que elas têm que estar abertas para o país inteiro, mas não foi por isso que elas vieram para o interior. Vieram para atender a população daqui”. O professor declarou apoio a Cacá e ressaltou a importância de ter um candidato que “represente a nossa região e lute por uma causa que irá beneficiar nossos alunos”, finalizou Dorival.

A estudante Larissa Xavier, que disputará por uma vaga no curso de medicina, aprovou a proposta. Para Larissa, com a adoção do sistema de cotas, os alunos da região terão mais chances de aprovação, já que hoje o curso de medicina da UESC é concorrido por estudantes de todo o Brasil.

Além da valorização do estudante da região, o projeto busca reduzir o índice de evasão dos cursos, já que a maioria dos estudantes não conseguem se manter em outra cidade devido ao alto custo com habitação, transporte, alimentação e material estudantil. Cacá ainda destacou que o sistema já foi implantado em outras sete universidades do Brasil e, como representante do povo, irá lutar para que a UESC e a UFSB adotem o sistema no sul da Bahia.

Cacá Colchões propõe mudanças no sistema de ingresso  para UESC e UFSB

 

Cacá Colchões

O pré-candidato a deputado estadual, Cacá Colchões, definiu algumas de suas propostas como representante da região na Assembleia Legislativa. A modificação na forma de ingresso nas universidades públicas do sistema vestibular para o Exame Nacional do Ensino Médio – Enem, fez com que a concorrência aumentasse e, com isso, estudantes de diversas partes do Brasil concorram às vagas ofertadas por nossas universidades.

Somente como exemplo, no curso de medicina da UESC, no último ano, ingressaram 40 alunos, sendo que apenas três são oriundos da região. “Os alunos se formam numa universidade de excelência, mas ao receber o diploma voltam para sua região de origem” – destacou Cacá. Vale salientar que a maior parte das universidades federais e estaduais do país já usam o Enem como único processo seletivo.

Nesse sentido, o pré-candidato pretende propor à UESC – Universidade Estadual de Santa Cruz – e a UFSB – Universidade Federal do Sul da Bahia – a implantação do Sistema de Cotas Regionais, em que o aluno receberá bônus de “20%” sobre a nota do ENEM. Dessa forma, candidatos que cursaram o ensino médio em escolas com distância de até 150 km do Campus da UESC e UFSB, possuirão uma “vantagem” em relação aos demais.   “Esta é uma forma das universidades regionais atuarem decisivamente na formação dos nossos jovens e consequentemente da nossa região”, acrescentou o candidato, lembrando que esse sistema proposto “já é uma realidade em muitas universidades do país”.

UESC EM MEDICINA – 1ª NA BAHIA, 13ª NO BRASIL!

UESC – Universidade Estadual de Santa Cruz – Eixo Ilhéus/Itabuna Bahia.

Medicina, avaliação Enade para Bahia.

Medicina, avaliação Enade para o Brasil

UESC recebe um dos maiores especialistas do Brasil em patentes e informação tecnológica

Henry Suzuki fará palestra gratuita para comunidade acadêmica, em mais uma edição do Programa Ideação e Empreendedorismo, dia 14 de junho, às 14h no auditório do pavilhão DCET.

 

“Inovação, Patentes & Informações Tecnológicas: O que todo mundo deveria saber”. Este é o tema de mais uma edição do Programa Ideação e Empreendedorismo, promovido pelo Núcleo de Inovação Tecnológica da UESC, em parceria com a Broto Incubadora de Biotecnologia.

Nosso convidado é um dos maiores especialistas brasileiros nesse assunto, o Dr. Henry Suzuki, que promoverá palestra gratuita para a comunidade acadêmica, nesta quarta-feira, 14 de junho, às 14h no auditório do pavilhão DCET.

Com 90 minutos de duração,a palestra tem como objetivo disseminar conhecimentos sobre propriedade intelectual e esclarecera os participantes sobre a utilização de informações contidas em patentes de forma estratégica em projetos de pesquisa, inovação e em negócios. Para além de um mero registro, as bases de patentes são importantes ferramentas de prospecção tecnológica usadas na identificação de oportunidades e setores tecnológicos emergentes.

Conteúdo da palestra:

– Revisão de fundamentos sobre propriedade intelectual e sua aplicação prática em negócios, com destaque a patentes.

– Uso estratégico de patentes e informações patentarias, com foco no mapeamento de segmentos tecnológicos e invenção estratégica.

Sobre o palestrante:

Henry Suzuki é Sócio Diretor da Axonal Consultoria Tecnológica. Consultor Colaborador da Questel Consulting (FR). Especialista em bases de dados técnicas, patentarias e científicas. Graduado em Farmácia e Bioquímica pela Universidade de São Paulo e pós-graduado em administração de empresas pela Escola Superior de Propaganda e Marketing. Colaborador sobre inovação e propriedade intelectual em diversos programas de capacitação empresarial e mentoria. Empresário, Co-inventor das Clever Caps (www.clevercaps.com.br).

Local e Horário:Auditório do Pavilhão DCET, às 14h00.

** Inscrições no local

A UESC NÃO É SÓ GREVE, EXCELÊNCIA É UMA DAS CARACTERÍSTICAS!

Abertas inscrições para minicursos do Laboratório de Ecologia

Escalando o topo das árvores: técnicas de acesso

Ensinando as técnicas.

Estão abertas as inscrições para o Minicurso “Escalando o topo das árvores: técnicas de acesso”, que será promovido pelo Laboratório de Ecologia, do Departamento de Ciências Biológicas (DCB), da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). De acordo com a professora de Ecologia, Talita Fontoura, só serão aceitas inscrições para os dois dias do minicurso. Dia 25 de maio, (segunda feira), com inicio às 8h30min e termino às 16h30min e no dia 30 de maio, (terça-feira), das 8 às 11 horas. Basta o interessado escrever para: < lab_ecologia@uesc.br >, até o dia 24-maio, indicando “minicurso de maio”, idade, escolaridade e se é aluno da UESC. Estão disponíveis vagas para 12 alunos.

A professora Talita explica que “o Laboratório de Ecologia (EcoLab) continua a oferecer minicursos com o objetivo de mostrar como o trabalho do biólogo pode ser encontrado em vários lugares além da atividade mais conhecida que é a sala de aula. Nesta segunda edição, o LabEco vai mostrar como biólogos podem subir no topo das árvores para coletar sementes, observar outras plantas que só sobrevivem no topo das árvores e observar pássaros e insetos.”

“O mais incrível é que as técnicas que são utilizadas para chegar ao topo das árvores, são quase as mesmas técnicas usadas no alpinismo. É uma experiência única conquistar o topo das árvores, tocar orquídeas e gravatás que sobrevivem somente lá em cima,” frisa Talita Fontoura.

Os minicursos serão ministrados por professores da UESC, um mestrando do EcoLab e um técnico, tem como alvo estudantes e o público em geral para ver as diferentes aplicações das atividades do biólogo. “Além disso, poderão experimentar como pode ser um dia de trabalho do biólogo,” conclui a professora.

No alto da árvore.

O sistema universitário medieval: o oposto do conhecimento fragmentado hodierno


Luis Dufaur (*)

Universidade de Cambridge, Inglaterra, fundada em 1209 pelo rei Henrique II. Hoje é uma das mais prestigiosas do planeta. A Universidade de Bolonha, Itália, criada em 1088, é tida como a mais antiga do mundo

A criação das universidades é uma das grandes realizações medievais e foi poderosamente estimulada pelos Papas e pelos Reis.

Especialmente os Papas trabalharam com afinco nessa obra, e grande número de universidades ainda hoje existentes foi fundado por decretos pontifícios.

Independente das polêmicas, a mais antiga é a de Bolonha na Itália instituída em 1088. O Imperador Federico I pela “Constitutio Habita” (lei orgânica da universidade) transformou-a praticamente numa Cidade Estado.

A mais antiga da Inglaterra é a celebérrima Universidade de Cambridge fundada em 1209 pelo rei Henrique II. Mas a primeira que ganhou o nome de “Universidade” foi a de Salamanca, fundada em Espanha em 1218, a mais antiga do país.

As universidades deram à cultura medieval a magnífica unidade que a caracterizou.

O conceito de “universitas” que gerou o termo Universidade é o oposto da atual formação universitária altamente especializada e por isso também altamente fragmentada.

A “Universitas” medieval foi concebida como uma instituição universal com poderes autônomos, até de governo e policia, a serviço de uma Ciência também universal, em função da qual as diversas ciências estão hierarquicamente organizadas e harmonizadas.

Na decadência atual do espírito universitário, por exemplo, muitos advogados ou juristas elaboram suas concepções com bases filosóficas que eles não aplicam ou aceitam no terreno de suas convicções íntimas ou pessoais.

Entrada da Universidade de Salamanca, Espanha, fundada em 1218. Foi a primeira a receber o nome de Universidade. Mas “só” é a terceira mais antiga da Europa católica e do mundo.

O espírito universitário medieval visava o encaixe das ciências na ordem universal.

Não havia princípios reputados verídicos em Direito e tidos como falsos em Medicina, como por exemplo a respeito do aborto ou da ideologia de gênero.

Uma cultura universal unida por uma filosofia comum reunia os sufrágios de todas as inteligências e as ciências visando um bem comum superior.

Essa filosofia era a escolástica, aristotélica-tomista, que na Idade Média reunia os espíritos e os levava a sempre maiores construções do saber com uma maravilhosa adequação às mais pequenas realidades da vida quotidiana.

          ( * ) Luis Dufaur é escritor, jornalista, conferencista de política internacional e colaborador da ABIM

Fonte: Agência Boa Imprensa – (ABIM)

SOLENIDADE MARCARÁ DOAÇÃO DE TERRENO DA CEPLAC PARA UFSB.

RELEASE

01/06/2015

Assunto: Solenidade marcará doação de terreno da CEPLAC para a UFSB

No dia 09 de junho, a Universidade Federal do Sul da Bahia terá seu marco histórico: a Solenidade de assinatura do Termo de Cessão de terreno da CEPLAC destinado à implantação do campus Jorge Amado.

O terreno será de grande valia para a Universidade que poderá dar início às construções dos prédios que abrigarão laboratórios, sala de aulas e demais estruturas acadêmica-administrativas para o Instituto de Humanidades, Artes e Ciências, para o Centro de Formação em Tecno-Ciências e Inovação e para o Centro de Formação em Ciências e Tecnologias Agro-Florestais.

A área cedida possui 37 hectares de superfície. Para a continuidade do projeto, a Prefeitura Municipal de Itabuna fará a desapropriação de 40 hectares destinados à construção da reitoria. Uma área equivalente é esperada da Prefeitura Municipal de Ilhéus, finalizando então toda a área do campus Jorge Amado, que abrangerá as cidades de Itabuna e Ilhéus.

Foram convidados para o evento o Governador do Estado, Rui Costa; a Ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Kátia Regina de Abreu; o Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, José Aldo Rebelo Figueiredo; Parlamentares Federais e Estaduais; Prefeitos de Itabuna, Ilhéus, Coaraci, Itajuípe, Ibicaraí, Porto Seguro e Teixeira de Freitas; Câmaras de Vereadores dos referidos municípios; Reitores das Universidades Públicas do Estado da Bahia; representantes da Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, entidades e ONG’s da Região Sul do Estado da Bahia.

A solenidade ocorrerá no dia 09 de junho, às 11 horas no Auditório do Centro de Pesquisas do Cacau na CEPLAC, localizado no Km 22 da BR 415, Rodovia Ilhéus/Itabuna, Ilhéus-BA.

ASC-UFSB

UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL DA BAHIA

CAMPUS JORGE AMADO

Campus Jorge Amado, Rua Itabuna, s/n, Rod. Ilhéus-Vitória da Conquista, km 39, BR 415,

Ferradas, Itabuna, Bahia. Fones: 73 3616-3180 / 3380 

anuncie aqui

Carregando...

Tabela do Brasileirão

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia