WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Transporte’

Emenda pode causar paralisia e danos à regulação de transportes

Emenda à Medida Provisória nº 882/2019, apresentada e protocolizada pelo deputado federal Hugo Leal (PSD/RJ), está entre os maiores absurdos cometidos por um parlamentar contra o sistema de transportes do Brasil nos últimos anos. Não se sabe o que de fato o motivou a fazer isso, mas, certamente, interesse público não foi, até porque, nos seus sucessivos mandatos como deputado federal, não temos notícias dele ou dos diversos partidos pelos quais passou, questionando eficiência das agências reguladoras, pedindo abertura de audiências públicas por meios das Comissões de Viação e Transportes ou de Infraestrutura da Câmara, de forma a garantir regulação eficiente para sociedade.

A proposta de emenda do parlamentar inclui no art. 3º da MP a alteração da Lei nº 10.233/2001 e de diversos dispositivos, basicamente criando a Agência Nacional de Transportes (ANT), determinando o fim das operações da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) e da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Deputado Hugo Leal, então no PSB - Foto: Lúcio Bernardo Junior/Câmara dos Deputados
Deputado Hugo Leal, então no PSB – Foto: Lúcio Bernardo Junior/Câmara dos Deputados

Leia também
Pense num absurdo: a imodicidade da demurrage no Brasil
Companhias Docas deixaram de investir R$15,7 bilhões entre 1995 e 2018

:: LEIA MAIS »

Startups para driblar gargalos do transporte de carga no País

O PIB (Produto Interno Bruto) do setor de transporte e armazenagem cresceu 2,2% em 2018, chegando a R$ 256,08 bilhões. O índice é o dobro do crescimento do PIB total da economia, que avançou 1,1% no ano passado, atingindo R$ 6,83 trilhões, segundo dados do Boletim Economia em Foco, divulgado pela Confederação Nacional do Transporte (CNT). As deficiências do setor começam a ser supridas por modelos com base tecnológica, startups que oferecem soluções para lidar com problemas que envolvem desde altos custos, armazenagem, até falta de transparência no processo de entregas.

transporte de cargas 640x427

Apesar do movimento de inovação ser grande, os gargalos da logística ainda geram perdas no setor, devido à problemas como a infraestrutura rodoviária, segurança, alta taxa de tributação, falta de cuidados durante o transporte, dificuldade de transportar produtos com medidas maiores que as padrões e até, a sazonalidade das próprias empresas, que gera complicações corriqueiras como o atraso das entregas. Nesse cenário, esferas com falhas usuais na logística recebem novas iniciativas, que modernizam os modelos antigos, geram mais qualidade à todas às etapas do processo de entrega e impulsionam o setor à necessária adaptação à era tecnológica.

A Movetogo – plataforma de serviços de coleta e entrega – é uma das empresas que está contribuindo para essa mudança no setor. A empresa atua em 88 cidades brasileiras e também de São Paulo e Grande São Paulo para São Paulo e Grande São Paulo que vem para ser uma opção para quem precisa contratar um transporte com segurança substituindo o tradicional “carreto”. Conta com uma proposta diferenciada de entrega de produtos com medidas e pesos não convencionais, além de contar com um modelo de contratação totalmente online, com processo de acompanhamento da entrega em tempo real, além de pesagem e aferição das medidas do produto no local da retirada. “Investimos em tecnologia e outras soluções, com o objetivo de tornar a entrega mais transparente e reduzir as despesas dos contratantes”, conta Cláudio Alvadjian, CEO e founder da empresa.

O presidente Movetogo esclarece que para uma boa gestão de logística na era tecnológica, é necessário que as empresas realizem um planejamento direcionado à otimização do processo de entrega e cumpram os prazos do consumidor milleniun. “Em nosso modelo de negócio, todas as informações são abertas ao cliente, e na própria plataforma é possível acompanhar o valor e o prazo de entrega em tempo real e escolher o período de coleta manhã ou à tarde em São Paulo e Grande São Paulo, com o intuito de não gerar uma experiência negativa para ao consumidor”, diz Alvadjian.

As expectativas para o setor logístico em 2019 são positivas, pois as projeções para a expansão do PIB são de 2,5%, segundo os dados da CNT. De acordo com o presidente da Movetogo, entender a relevância da tecnologia na gestão dos procedimentos é vital para a sobrevivência de empresas que mantêm o modelo logístico comum. “Ficar atento às movimentações no segmento, como o crescimento dos marketplaces, e desenvolver soluções específicas para as necessidades dele é essencial”, comenta Alvadjian. Para se ter ideia da dimensão desse mercado, somente neste ano, o Mercado Livre anunciou um investimento de R$ 3 bilhões dedicados às suas operações no Brasil, a fim de incrementar a área logística e acelerar a velocidade de entregas das mercadorias.

A Movetogo presta serviços tanto para o consumidor final, quanto para empresas. Segundo Alvadjian, com o crescimento do mercado de marketplaces como OLX e Mercado Livre, a expectativa é que nos próximos 12 meses, o volume de entregas para pessoas físicas represente 22% das contratações da startup. Já os serviços para pessoas jurídicas devem alcançar 38% das solicitações na plataforma. A empresa também investe na segurança dos produtos transportados, a fim de assegurar as mercadorias em até R$ 35 mil por nota fiscal, pela Porto Seguro.

ATRACADOUROS FLUTUANTES E TRANSPORTE NÁUTICO.

O Satélite Remo, entre todas as atividades náuticas a que se propõe, pode muito bem executar o transporte náutico nas águas abrigadas da Bacia do Pontal, da Sapetinga, e dos afluentes que circundam Ilhéus. Alavancando o turismo combalido da cidade.

A facilidade dos diversos tipos de atracadouros flutuantes, facilitam bastante esse ramo de atividade.

Não é uma concessão pública, só depende de licença da ANTAQ e Marinha do Brasil.

PROCEDIMENTOS DE SEGURANÇA NO TRANSPORTE REFRIGERADO.

interface

artigo escrito por Mauro Lourenço Dias (*), publicado no site @comexblog

O transporte refrigerado de medicamentos é hoje um segmento especializado no ramo de transportes. Exige cuidados e procedimentos de segurança para que o produto não corra riscos, especialmente se for posto sob temperatura inadequada, o que pode levá-lo a se deteriorar, colocando em situação de perigo possíveis pacientes que possam usá-lo inadvertidamente.

Para tanto, esse tipo de produto deve sempre ser transportado em embalagens térmicas bem qualificadas, que disponham de alta capacidade de resistência, de maneira que possam garantir a manutenção das propriedades do produto por um pré-determinado tempo. Para tanto, deve-se observar rigorosamente as recomendações contidas nos dizeres da embalagem do produto sobre a temperatura e os cuidados de conservação.

É de se lembrar que Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) obriga os distribuidores a assegurar que os produtos farmacêuticos ou farmoquímicos não sofram deterioração física ou decomposição química durante seu transporte para garantir a saúde pública. Como estabelece a Anvisa, é proibido o transporte de medicamentos, drogas e insumos com produtos radioativos ou tóxicos, como inseticidas, detergentes, lubrificantes e agrotóxicos.

Além disso, antes de chegar às prateleiras das farmácias, drogarias, clínicas e hospitais, os medicamentos precisam percorrer um itinerário previamente escolhido, evitando-se acidentes que possam afetar sua integridade, de modo que permaneçam inalteradas suas características intrínsecas.  De fato, essa preocupação deve ser ainda mais acentuada num país como o nosso em que a infraestrutura logística é deficiente e contribui decisivamente para colocar em risco a integridade do produto.

Afinal, em qualquer trajeto, há a possibilidade de ocorrência de imprevistos como congestionamentos em rodovias ou em vias de acesso a portos ou aeroportos que obrigam a mercadoria sensível a suportar longos de períodos de temperaturas altas. Sem contar que, muitas vezes, esses congestionamentos ocorrem em áreas de risco, ficando o veículo sujeito a roubo, pilhagem ou ataque de vândalos. Por isso, é fundamental que o transportador, antes de tudo, avalie a rota, escolhendo sempre aquela que possa vir a oferecer menos complicações logísticas.

Há outros aspectos que devem também ser avaliados durante as etapas de operacionalização da carga, pois podem exercer influência sobre a eficácia do produto.  Um deles, sem dúvida, é a forma de acondicionamento. Outro é a condição do veículo de transporte bem como dos equipamentos utilizados. É de se assinalar que baús refrigerados, por exemplo, são dotados de equipamentos que precisam passar periodicamente por manutenção. Por fim, é de se ressaltar que a entrega deve ser feita sempre na presença de uma pessoa devidamente qualificada para o recebimento do produto.

* Mauro Lourenço Dias é engenheiro eletrônico, é vice-presidente da Fiorde Logística Internacional, de São Paulo-SP, e professor de pós-graduação em Transportes e Logística no Departamento de Engenharia Civil da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

O SONHO DO AUTOMOVEL ACABOU EM SÃO PAULO

  • Trânsito na avenida 23 de Maio, em São Paulo: o visual é bonito, mas a sensação é insuportável Trânsito na avenida 23 de Maio, em São Paulo: o visual é bonito, mas a sensação é insuportável

O transporte público deve ser um dos principais temas das eleições municipais deste ano. Em São Paulo, os recordes de congestionamentos se sucedem e os postulantes de PT e PSDB — Fernando Haddad e José Serra — já trocam farpas, acirradas depois do incidente com dois trens do metrô, em 16 de maio.

Aliado do prefeito Gilberto Kassab (PSD), Serra defendeu, durante debate organizado em maio pelo Insper (Instituto de Ensino e Pesquisa) sobre o livro Triumph of the City, de Edward Glaeser (economista da Universidade de Harvard que defende a cidade como geradora de riqueza e qualidade de vida), que a solução para a mobilidade em São Paulo são obras viárias que desafoguem o trânsito do centro e investimentos no Metrô e na CPTM (trens urbanos). Gastar mais com o sistema de ônibus só ajudaria a engarrafar a cidade.

No papel de pedra para atingir eventuais vidraças da gestão Kassab, Haddad e os petistas têm apontado um “apagão nos transportes” em São Paulo.

:: LEIA MAIS »

PRIMEIRA REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE TRANSPORTES 2012.

Agradecemos a todos pelo comparecimento à reunião anterior e em especial pela demonstração de maturidade e compromisso de todos os que participaram da eleição do nosso conselho. Sinto-me extremamente honrado em fazer parte deste colegiado e de poder presidi-lo, ao lado de tão valorosos colegas, além de ajudar nossa cidade com um pouco da experiência acumulada na minha área de atuação que é exatamente transporte e trânsito. O desafio é enorme, mas, contamos com TODOS para solucionarmos senão todos, mas, a maioria dos problemas enfrentados na mobilidade urbana em nossa cidade, fazendo o nosso papel que é de PROPÔR aos governantes políticas e ações pontuais neste setor, além de FISCALIZAR suas ações.

Convidamos a todos, conselheiros e conselheiras para a primeira reunião ordinária do Conselho Municipal de Transportes, que  acontecerá na sede da Secretaria de Transportes e Trânsito, na Avenida Governador Roberto Santos no bairro da Avenida Esperança ao lado da Rota Transportes.

Data: 06/03/2012 (terça feira)
Horário: 08:00 (manhã)
Local:Avenida Governador Roberto Santos no bairro da Avenida Esperança ao lado da Rota Transportes

PAUTA.

Apresentação e abertura de prazo para emendas  ao regimento interno do COMUTRANS.

Apresentação de propostas à lei de criação e composição do COMUTRANS.

Apresentação  e abertura de prazo para propostas que farão parte do Plano de Ações e Metas do COMUTRANS para o Biênio 2012/2013.

O que ocorrer.

Agradecido.

Valério Bomfim
Presidente COMTRANS
.

VAMOS TER PROBLEMAS COM TRANSPORTE DE TURISTAS DOS TRANSATLANTICOS.

Ariel Figueroa - Coluna de Turismo.

 

anuncie aqui

Carregando...

Tabela do Brasileirão

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia