WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Tecnologia’

POSTE DE LUZ SEM FIO, PRA QUANDO O APAGÃO CHEGAR.

apagao1

Sensacional invenção, diretamente do Ceará.apagao2

Clique aqui, e veja.

Brasil faz placa solar mais eficiente a custos menores

placasolar

As placas têm eficiência acima da média

Pesquisadores da PUC do Rio Grande do Sul desenvolveram placas de captação de energia solar mais eficientes que a média mundial, a custos menores, mas ainda não conseguiram ganhar escala no mercado brasileiro.
“Usamos a mesma matéria-prima do exterior com uma receita brasileira de forma mais econômica”, diz Adriano Moehlecke um dos responsáveis pela pesquisa. Moehlecke afirma que foram feitas estimativas mostrando redução de gastos na fabricação em comparação com os padrões internacionais, mas que ainda não pode divulgar esses números. Sobre a eficiência, a célula nacional converte 15,4% da energia solar em elétrica. Pode parecer pouco, mas a média mundial é de 14%. As melhores placas solares comercializadas do mundo convertem cerca de 16%.

Atualmente, a tentativa de produzir de forma viável as placas fotovoltaicas é feita em uma mini fábrica dentro da PUC. A ideia dos pesquisadores, que trabalham há 10 anos no projeto, é desenvolver um meio de gerar este tipo de energia e comercializá-lo no país, com materiais encontrados no mercado nacional.

O setor tem acumulado crescimento. “A industria de módulos fotovoltaicos cresce a uma média de 80 % ao ano no mundo”, diz Moehlecke . Foram produzidos 7.900 megawatts entre 2007 e 2008. A energia gerada é equivalente a metade da geração da Usina Hidrelétrica de Itaipu. “A cada dois anos, saem das fábricas, uma Itaipu solar, mas o Brasil está fora de tudo isso, as aplicações são muito tímidas ainda, a maioria em sistemas isolados da rede elétrica”, diz.

Moehlecke estuda a produção de energia solar desde 1997 em parceria com a pesquisadora Izete Zanesco. O trabalho foi iniciado na Universidade Federal do Rio Grande do Sul e ganhou notoriedade em 2002 quando os pesquisadores venceram o Prêmio Jovem Cientista.

Eles já receberam cerca de R$ 6 milhões em investimento do Governo Federal, Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), Petrobrás, Eletrosul e Companhia Nacional de Energia Elétrica (CNEE). Isso tudo, no entanto, ainda é insuficiente para que essas placas sejam produzidas em grande escala. Foram entregues 200 unidades aos patrocinadores do projeto, Petrobrás, Eletrosul e outras empresas. Os módulos serão instalados e testados em março.

Por que não temos
:: LEIA MAIS »

Adeus às empresas de telefonia?

 WhatsApp testa chamadas por voz pelo app, diz site.

A NASA LANÇA SATÉLITE METEOROLÓGICO ULTRA SENSÍVEL !

A intenção com isso, é descobrir a terrível coincidência, que toda vez que chove forte na Bacia do Rio Cachoeira, as praias de Ilhéus se enchem de baronesas e lixo.

Spionetion1

Spionetion1

Bahia terá nove cidades digitais funcionando em abril.(19-03-2014 – Cadê?)

foto de André Corrêa

Nove municípios baianos foram selecionados pelo Ministério das Comunicações (MiniCom) para a primeira etapa do programa Cidades Digitais. A informação é do senador Walter Pinheiro (PT-BA), cujo mandato está envolvido na implantação do programa.

 “O ministério instalou as redes de fibra óptica que interligam os órgãos públicos locais, capacitou os servidores municipais e vai disponibilizar aplicativos de governo eletrônico para as prefeituras, nas áreas financeira, tributária, de saúde e educação”, disse Pinheiro. Ainda de acordo com o parlamentar, a Bahia será o primeiro estado a inaugurar o programa no Brasil.

O objetivo do Cidades Digitais é modernizar a gestão, ampliar o acesso aos serviços públicos e promover o desenvolvimento dos municípios brasileiros por meio da tecnologia. Também serão ofertados pontos de acesso à internet para uso livre e gratuito em espaços públicos de grande circulação, como praças, parques e rodoviárias.

 Os nove municípios baianos onde o programa será inaugurado são: Guanambi, Itaberaba, Itabuna, Juazeiro, Nilo Peçanha, Piraí do Norte, Uruçuca e Vitória da Conquista. As cidades foram selecionadas por meio de edital. Em 2012, o Ministério das Comunicações abriu a primeira seleção para o projeto-piloto, em que 80 municípios foram contemplados.

Em 2013, o Cidades Digitais foi incluído no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo Federal, selecionando 262 municípios com população de até 50 mil habitantes, sendo 20 deles na Bahia, que serão contemplados na segunda etapa do programa. O Cidades Digitais conta, entre outros, com a parceria do Ministério do Planejamento, da Telebras, do Inmetro e do BNDES.

Por que evitar salvar arquivos diretamente na Área de Trabalho do Windows?

A recuperação de dados por mecanismos de backup pode não restaurar dados armazenados em seu Desktop. É possível, porém, fazer com que sua Área de Trabalho fique mais segura; descubra como

Por Ramon Voltolini em 12 de Abril de 2014

Por que evitar salvar arquivos diretamente na Área de Trabalho do Windows?Utilize pastas de categorias para salvar arquivos específicos. (Fonte da imagem: Reprodução/I.imgur)

“Em qual local você deseja salvar seu arquivo?”, perguntam as mensagens doWindows assim que uma nova extensão está prestes a ser adicionada ao computador. E o lugar mais convidativo parece ser sempre aÁrea de Trabalho: ela está ali, ao alcance de um ou dois rápidos cliques. Saiba, porém, que optar pelo Desktop como local de armazenamento de arquivos não é a forma mais adequada de se guardar alguns dados.

Arquivos de imagem, de música, documentos do pacote Office e até mesmo instaladores de programas são geralmente “hospedados” pela Área de Trabalho quando se está com pressa, é verdade. Mas e se algum tipo de problema acometer o funcionamento do PC e for preciso restaurá-lo? Se dados importantes estiverem em seu Desktop, a recuperação das extensões pode simplesmente não acontecer. Além deste risco, outros motivos podem lhe inspirar a encontrar outros locais para armazenar seus arquivos. Confira:

Falta de organização    :: LEIA MAIS »

Novos dados mostram que iPhone 5C não está fazendo muito sucesso.

Aparentemente, o modelo mais básico do smartphone da Apple não foi muito bem aceito na China.

Por Fabio Jordão em 13 de Março de 2014

Novos dados mostram que iPhone 5C não está fazendo muito sucesso(Fonte da imagem: Reprodução/Blog Benedict Evans)

Segundo um gráfico divulgado pela Umeng, uma empresa chinesa de análises (especializada no setor de telefonia móvel), o aparelho mais simples da Apple tem uma participação de mercado bem pequena por lá.

Mesmo sem entender o idioma chinês, é possível compreender que desde o lançamento no território asiático, o iPhone 5C é utilizado apenas por 2% da base de clientes da operado. Em compensação, o iPhone 5S chega muito próximo dos 12%, mantendo números semelhantes ao modelo anterior (o iPhone 5). Vale notar que os dois aparelhos foram lançados juntos.

Você talvez pense que isso não significa grande coisa, considerando que estamos tratando de um único país do outro lado do mundo. Acontece que, conforme a informação do TechCrunch, a Umeng divulgou estatísticas recentemente mostrando que a China tem mais de 700 milhões de usuários dos serviços de telefonia móvel (dá quase 10% da população mundial), portanto seus dados são relevantes.

Só para esclarecer, conforme um comentário no blog Benedict Evans, o balão vermelho informa que o iPhone 5S e o iPhone 5C chegaram simultaneamente aos Estados Unidos e à China. O balão azul revela que o iPhone 5 foi lançado com um atraso de quatro meses na China.

Resta saber agora se a Apple vai continuar insistindo nessa ideia de iPhone barato (que aqui custa muito caro) ou se ela vai manter apenas o iPhone 5S e lançar um phablet. Façam suas apostas.

Leia mais em: http://www.tecmundo.com.br/iphone-5c/52350-novos-dados-mostram-que-iphone-5c-nao-esta-fazendo-muito-sucesso.htm#ixzz2vvtpWhBa

Câmeras de smartphones: novidades

Câmeras de smartphones: novidades podem fazer mais diferença que megapixels

Esqueça o número de megapixels de uma câmera digital! Os smartphones têm muito mais do que isso para oferecer
Por Renan Hamann em 12 de Março de 2014

Câmeras de smartphones: novidades podem fazer mais diferença que megapixels(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Pensar que a quantidade de megapixels de uma câmera digital é o que mais importa para a qualidade das imagens é um erro muito comum entre os usuários de tecnologia. A constante busca por maiores resoluções — tanto por consumidores quanto por fabricantes — é um dos fatores que mais contribui para isso. Mas o que será que faz mais diferença na hora de fotografar algo com um celular?

Assim como nas câmeras digitais dedicadas — ou seja, não as de smartphones —, as câmeras de celulares contam com diversas estruturas separadas que se somam para formar equipamentos de alta qualidade. E isso envolve sensores, lentes, processadores mais avançados e recursos adicionais de alta tecnologia. Quer conhecer algumas dessas possibilidades?

Muito além do megapixel

Você já deve ter entendido que a busca por melhores câmeras para smartphones está indo bem além dos megapixels que cada uma oferece para os consumidores. Atualmente, as fabricantes estão trabalhando com outros recursos para continuar conquistando o coração dos consumidores, pois sabem que a busca por câmeras de alta qualidade é algo bem frequente.   :: LEIA MAIS »

Estudo aponta que usar celular pré-pago pode sair até 130% mais caro.

Pesquisa feita pelo Idec concluiu que minuto cobrado de chamadas em contas pós-pagas é de 35 a 130% mais barato nas principais operadoras brasileiras

Por Paulo Guilherme em 11 de Março de 2014

Estudo aponta que usar celular pré-pago pode sair até 130% mais caro(Fonte da imagem: iStock)

A pesquisa avaliou os planos mais baratos pré-pagos e pós-pagos das quatro principais operadoras brasileiras. No caso da Oi, que possui a menor diferença entre os preços, o minuto cobrado sai em torno de 35% mais caro para quem usa créditos. Para a TIM, ter uma conta pós-paga sai 55,8% mais barato, enquanto a Vivo mostrou uma diferença de 58% no mesmo caso. Já a Claro é quem ficou com a maior distância – os supracitados 130%.

É importante notar que a diferença, de fato, é ainda maior se levarmos em conta outros fatores. “Na verdade, o valor [do minuto pós-pago] seria ainda menor, porque dentro desses pacotes têm ligações ilimitadas dentro da rede, SMS para a mesma operadora”, explicou a advogada do Idec Veridiana Alimonti.

Leia mais em: http://www.tecmundo.com.br/telefonia/52203-estudo-aponta-que-usar-celular-pre-pago-pode-sair-ate-130-mais-caro.htm#ixzz2vk7K7MWZ

De novo: Facebook começa a repaginar o seu Feed de Notícias.

Novidade está sendo disponibilizada aos poucos, sendo que o design preza pelo básico e também pela praticidade

De acordo com o que foi divulgado por fontes internacionais, o Facebook está realizando essa repaginação do Feed de Notícias para prezar pelo básico. Isso é o resultado de uma pesquisa feita pela empresa, o qual apontou que as mudanças feitas em um teste há um ano tornaram a página mais difícil de ser usada e um tanto quanto confusa — nessa ocasião, apenas algumas pessoas receberam a atualização.

Deixando tudo mais limpo

Sendo assim, o objetivo do Facebook é o de fazer com que você não tenha problemas ao navegar pelo seu Feed de Notícias. Dessa maneira, diversas melhorias foram colocadas em ação, como a utilização da fonte Arial para quem usa o sistema Windows e Helvetica para quem é adepto dos Macs (e isso não é algo que deva saltar aos olhos).

A coluna da esquerda, que atualmente é separada por diversas linhas e ícones, vai ficar com um visual mais limpo e leve. Além disso, os comentários feitos em postagens não vão mais aparecer com recuos, mas de maneira separada da fotografia ou update de status, impedido que o Feed fique muito confuso ou repetitivo.

É como se fosse uma “plástica”

De novo: Facebook começa a repaginar o seu Feed de Notícias(Fonte da imagem: Reprodução/TheVerge)

Outra mudança que também está sendo destacada é o fato de que as fotografias únicas vão aparecer ocupando toda a largura do Feed de Notícias, o que deve facilitar a sua visualização. Enquanto isso, várias fotos que forem postadas de uma vez só vão ser organizadas como se fossem uma colagem (ou seja, algumas imagens maiores do que as outras).

Contudo, levando em consideração tudo o que foi divulgado sobre a atualização, as mudanças devem ser apenas visuais. Sendo assim, a maneira como o Facebook rankeia histórias para o seu Feed de Notícias não vai mudar. Caso você esteja curioso, é necessário esperar um pouco para avaliar as alterações, já que deve levar semanas para que elas cheguem ao mundo todo.

Leia mais em:http://www.tecmundo.com.br/facebook/52109-de-novo-facebook-comeca-a-repaginar-o-seu-feed-de-noticias.htm#ixzz2vGrouRZe

Xperia Z2 ou Galaxy S5? – Benchmark.

Xperia Z2 ou Galaxy S5? Benchmark combate principais smartphones da MWC

Site especializado em benchmarks mostra quais são os aparelhos mais poderosos que foram apresentados no evento de Barcelona

Xperia Z2 ou Galaxy S5? Benchmark combate principais smartphones da MWC(Fonte da imagem: Reprodução/AnTuTu)

Segundo o AnTuTu (um site especializado em benchmarks), o título deste ano vai para o Japão, pois o aparelho da Sony se saiu melhor do que o modelo da Samsung nos testes realizados durante a própria MWC. Os resultados ficaram bem próximos, mas o modelo da Sony superou o rival e chegou à marca de 34.986 pontos (contra 34.628 do Galaxy). O motivo pode ser o fato de o Xperia ter 3 GB de memória RAM, enquanto o Galaxy S5 possui apenas 2 GB.

Logo atrás deles ainda aparece o LG G Pro 2, mas este entra no segmento de phablets. Outras empresas não anunciaram seus flagships no evento de Barcelona, mas também foram citadas nos testes do AnTuTu. O Nokia X1 aparece na quarta posição do ranking, mas com mais de 10 mil pontos a menos do que os principais competidores — assim como acontece com os modelos intermediários da HTC, que foram revelados na feira.

Vale dizer que essa briga ainda vai muito longe. Apesar de o modelo da Sony ter 1 GB a mais de memória RAM, a Samsung já anunciou que em breve vai lançar uma versão mais potente do Galaxy S5, que chegará ao mercado com processador octa-core. Do outro lado, a empresa japonesa também pode estar com uma carta na manga — o que será que vem no Z3?

Leia mais em: http://www.tecmundo.com.br/celular/51977-xperia-z2-ou-galaxy-s5-benchmark-combate-principais-smartphones-da-mwc.htm#ixzz2unw1IBrR

Por que o Facebook comprou o WhatsApp?

Publicada em 

Facebook e Whatsapp juntosO Facebook comprou nesta semana o aplicativo de mensagens por dispositivos móveis WhatsApp por US$ 19 bilhões. O pagamento foi fatiado assim:

  • US$ 4 bilhões em dinheiro;

  • US$ 12 bilhões em ações do Facebook;

  • US$ 3 bilhões para serem divididos por fundadores e funcionários do WhatsApp pelos próximos quatro anos.

  • Crescimento das plataformas de comunicação interpessoal

O investimento, que corresponde a 11% do valor de mercado do Facebook, supera de longe a maior aquisição já feita pelos seus grandes rivais. O Google causou espanto quando comprou a Motorola Mobility por US$ 12,5 bilhões. A Microsoft, numa jogada mais modesta, mas igualmente bilionária, pagou US$ 8,5 bi pelo Skype.Para se ter uma ideia do tamanho da aposta, há pouco menos de dois anos o Facebook havia comprado o Instagram por apenas US$ 1 bilhão.Para entender o que o levou a comprar o WhatsApp, usei um mix de artigos e matérias de diversos sites, além do acervo da própria Tracto. Vamos à análise.

Mobile       :: LEIA MAIS »

contador free
nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia

marmita mensal
setembro 2021
D S T Q Q S S
« ago    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia