WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Solidariedade’

CAMPANHA QUARENTENA SOLIDÁRIA

Ajude o Abrigo São Vicente de Paulo na compra do Panetone Solidário de Natal

O Abrigo São Vicente de Paulo, de Ilhéus, neste ano de 2019 lança a 5ª edição do projeto Panetone Solidário. Com apenas doze reais, você pode adquirir um panetone para a sua ceia de natal e ainda ajudar a instituição no custeio do décimo terceiro salário dos funcionários da entidade filantrópica. É uma excelente chance de colocar os espíritos natalino e fraterno em prática.

De acordo com o gestor administrativo do Abrigo São Vicente de Paulo, Flávio Soares, a produção dos panetones será iniciada nesta quinta-feira pela chefe de cozinha voluntária Mariana Bastos da Docê, cuja meta é vender 1500 panetones em dezembro, a partir do dia 16.

“Sem dúvidas, é um gatilho de reciprocidade, de modo que além de ajudar a nossa instituição, a pessoa recebe um mimo para este Natal. Temos uma folha de 38 funcionários mês e em dezembro utilizamos esse recurso para custear o décimo terceiro. Por isso, convido a todas as pessoas de boa vontade, que abracem essa causa conosco para que possamos continuar a oferecer um serviço adequado e dignidade aos idosos”, destaca o gestor Flávio Soares.

Os panetones são tradicionais, cada um possui 400 gramas e o sabor é de frutas cristalizadas, sem nenhum conservante em sua receita. Por isso, a durabilidade é de até sete dias após a fabricação. Para adquirir, basta dirigir-se a partir do dia 16 de dezembro à loja de sapatos CS Club localizada ao lado do Banco do Brasil, e à PET Chic, que fica na Galeria Bandeirantes, ambas no comércio e centro de Ilhéus, e na Zum Casa Decor, na Cidade Nova ao lado da Policlínica.

O projeto, que é um benchmarking de Irmã Dulce, foi trazido para o Abrigo São Vicente de Paulo por meio da iniciativa do parceiro voluntário Marcos Mendonça.

Na equipe dos 38 funcionários da instituição, compõem o quadro de colaboradores enfermeiros, técnicos de enfermagem, cuidadores, portaria, higienização, assistência social, administrativo, lavanderia, refeitório, cozinha e serviços gerais.

Ajude o Abrigo São Vicente de Paulo a ter um Natal tranquilo, com o setor financeiro em ordem. Ajude na compra de um panetone. É só doze reais!

Por Anna K. MTB 4085/BA

UMA BELA CAMPANHA, VAMOS PRESTIGIAR E AJUDAR!

Gacc Sul Bahia abre contagem para Mc Dia Feliz 2019

O McDia Feliz vai acontecer no penúltimo sábado, dia 24 de agosto

Faltam 23 dias para o Mc Dia Feliz 2019 e o Grupo de Apoio à Criança com Câncer – GACC Sul Bahia participa de mais uma edição, que este ano, acontecerá no penúltimo sábado do mês de agosto. O McDia Feliz tem o intuito de despertar a atenção de toda a sociedade e sensibilizá-la para a maior causa de morte por doença entre crianças e adolescentes de zero a 19 anos: o câncer. Esta é 20ª vez em que a Instituição participa da campanha em benefício de crianças e adolescentes em tratamento contra o câncer infantojuvenil. Uma campanha coordenada nacionalmente pelo Instituto Ronald McDonald, e atualmente, é a maior mobilização no Brasil em prol da cura do câncer.

Todos os recursos arrecadados com a venda do Big Mac (exceto a Mc Oferta) nas cidades de Itabuna, Porto Seguro e Vitória da Conquista serão revertidos para o Gacc Sul Bahia. O tíquete antecipado já está sendo vendido no valor de R$17,00 cada, tanto nos pontos de apoio do Grupo (Casa de Apoio – bairro São Judas; Espaço Gacc – Centro), quanto com os voluntários. As camisas desta edição, que foi assinada, pelo designer itabunense, Henrique Ferreira, também já estão disponíveis, por R$25,00 cada. Vale destacar que, quem adquire o tíquete antecipado, não precisa pegar fila nos restaurantes Mc Donald’s, no dia 24 de agosto.

Na edição de 2018 o GACC Sul Bahia arrecadou, com a campanha, o valor de R$ R$94.586,81 (noventa e quatro mil, quinhentos e oitenta e seis reais e oitenta e um centavos) e o recurso foi utilizado na compra de Passagem de Cateter Central de Inserção Periférica (PICC) que leva mais conforto aos pacientes em tratamento, pois, o cateter, uma vez colocado, propicia uma via segura para administração de medicamentos, transfusões sanguíneas e nutrientes, evitando a necessidade de punções venosas repetitivas, que causam grande desconforto aos pacientes.

Em 2019 a intenção é arrecadar o valor de R$120.000,00 (cento e vinte mil reais) que terá como objetivo a aquisição de PICC e a realização do Programa de Diagnóstico Precoce nos municípios vizinhos, afim de que, as crianças e adolescentes tenham uma maior chance de cura.

ELES TAMBÉM ACREDITARAM

Casa Amarela arrecada fraldas para Abrigo São Vicente de Paulo

 

Arrecadação de fraldas geriátricas para o Abrigo São Vicente

 

            Independente de datas comemorativas, a Escola & Brinquedoteca A Casa Amarela incentiva o olhar atencioso ao próximo nas mais variadas relações cotidianas. E, nesta Páscoa, a instituição ilheense resolveu se solidarizar às necessidades do Abrigo São Vicente de Paulo, arrecadando fraldas geriátricas dos tamanhos M e G. A entidade filantrópica centenária é a única que cuida de idosos na cidade, recebendo, inclusive, vítimas de maus tratos e abandono familiar. As doações serão aceitas até a próxima segunda-feira (26) e podem ser deixadas na secretaria da Casa Amarela, em horário comercial.

            Para incentivar as doações entre as famílias dos estudantes, foi montado um painel na entrada da Casa Amarela com o tema da Páscoa e alguns itens já arrecadados. Esta não é a primeira vez que a instituição de ensino se engaja em atos solidários a entidades assistenciais. Na última Páscoa, foram arrecadados chocolates para crianças do Abrigo Renascer. “Acreditamos que a solidariedade, a percepção do outro e a valorização da vida são elementos essenciais para um mundo melhor. Por isso, semeamos diariamente o apreço e o respeito ao ser humano”, afirma a diretora Sandra Catharina Santos.

Doações para Mochila Solidária devem ser feitas até esta sexta

Mochila Solidária, doe…

Com o objetivo de arrecadar materiais escolares novos ou usados para estudantes de baixa renda, a campanha Mochila Solidária aceita doações até esta sexta-feira (09). Idealizada pelo mesmo grupo de voluntários que realizou a Ceia Natalina Solidária, a ação busca arrecadar não só mochilas, mas também pastas, lancheiras, estojos ou materiais de uso geral em boas condições e, preferencialmente, higienizados. O intuito é que tudo seja distribuído até o início das aulas.

A campanha Mochila Solidária não possui qualquer tipo de vínculo político, religioso ou institucional. E, assim como os doadores, os estabelecimentos que se disponibilizaram a funcionar como ponto de coleta colaboram na condição de voluntários. Inclusive, parte dos materiais arrecadados desde 15 de janeiro já foi encaminhada para crianças e adolescentes matriculados em escolas públicas de Ilhéus.

Para se tornar um elo desta corrente do bem, basta se dirigir ao ponto de coleta mais próximo. A Fisk está localizada na Rua General Câmara, número 102, Centro. A Casa Amarela fica na Rua 7, número 114, Jardim Pontal. A Escola Comecinho de Vida é na Rua Tobias Barreto, 91, Cidade Nova. O CAUA funciona na Praça São João Batista, 222, Pontal. A Academia VIP está situada na Avenida Litorânea Norte, Malhado. E o endereço da Cardoso Calçados é Avenida Lótus, 72, bairro Nelson Costa. Interessados podem entrar em contato com Sara Lemos, através do telefone e WhatsApp (73) 98822-1151.

VOLUNTÁRIOS ARRECADAM DOAÇÕES DE MATERIAIS ESCOLARES EM ILHÉUS

 

Banner da campanha.

Faltando pouco mais de um mês para o início das aulas, está aberta a temporada da corrida por materiais escolares nas livrarias e papelarias. Porém, muitos pais e responsáveis não têm condições financeiras para adquirir mochilas, estojos, lancheiras e demais itens básicos para a rotina de um estudante. Pensando nisso, um grupo de voluntários de Ilhéus lançou a campanha Mochila Solidária. Até o dia 09 de fevereiro, os interessados podem doar itens novos ou usados na unidade da Fisk do Centro e na Escola & Brinquedoteca A Casa Amarela, no Jardim Pontal, zona sul da cidade.

O grupo de voluntários que idealizou a campanha Mochila Solidária é o mesmo que organizou a Ceia Natalina para pessoas em situação de rua, no último dia 21 de dezembro. A ideia para arrecadação de materiais escolares surgiu no grupo de WhatsApp, quando uma das integrantes compartilhou a iniciativa realizada em outras cidades, inspirando os demais a aderir à nova missão.

A campanha Mochila Solidária não possui vínculos políticos, religiosos ou institucionais. Todos os itens arrecadados serão destinados a crianças e adolescentes de baixa renda de Ilhéus. Solicita-se que os materiais usados estejam em boas condições e, preferencialmente, higienizados. A intenção é distribuir tudo antes do início das aulas. Para abraçar a causa, basta ir ao ponto de coleta mais próximo. A Fisk está localizada na Rua General Câmara, número 102, Centro. Já a Casa Amarela fica na Rua 7, número 114, Jardim Pontal.

Atualização: Para reforçar esta corrente do bem, basta se dirigir ao ponto de coleta mais próximo. A Fisk está localizada na Rua General Câmara, número 102, Centro. A Casa Amarela fica na Rua 7, número 114, Jardim Pontal. A Escola Comecinho de Vida é na Rua Tobias Barreto, 91, Cidade Nova. O CAUA funciona na Praça São João Batista, 222, Pontal. Já a Academia VIP está situada na Avenida Litorânea Norte, Malhado. Interessados em disponibilizar comércio ou instituição como local de arrecadação podem entrar em contato com Sara Lemos, através do telefone e WhatsApp (73) 98822-1151. 

SANGUE É VIDA, DOE VIDA!

CAUA promove Roda de Conversa sobre Autismo e Déficit Intelectual

I RODA DE CONVERSA SOBRE AUTISMO E DÉFICIT INTELECUTAL

I RODA DE CONVERSA SOBRE AUTISMO E DÉFICIT INTELECTUAL

    

            O Centro de Apoio Universo do Aprender (CAUA), em Ilhéus, vai promover a primeira Roda de Conversa sobre Autismo e Déficit Intelectual. A iniciativa é gratuita e voltada para familiares, responsáveis ou cuidadores de crianças e adolescentes que tenham alguma dessas condições. O encontro será nesta quinta-feira (16), às 19 horas, na sede da instituição, que fica na Praça São João Batista, número 222, bairro Pontal. Estão disponíveis 20 vagas e as reservas podem ser feitas antecipadamente no local ou pelos telefones (73) 3231-2653/ 99100-2063/ 98871-6877.

            A Roda de Conversa será um espaço para troca de experiências entre os participantes, com mediação das profissionais do CAUA. A intenção é que os encontros aconteçam com regularidade, formando um grupo de ajuda mútua. “A terapia de crianças e adolescentes com autismo ou déficit intelectual vai além dos consultórios. Por isso é tão importante um espaço para que as pessoas compartilhem suas vivências e ajudem quem passa por situações semelhantes”, explica a psicopedagoga Cláudia Patrícia.

                

O que é o CAUA

            O Centro de Apoio Universo do Aprender surgiu em dezembro de 2015, oferecendo atendimento a crianças, jovens e adultos com dificuldades de aprendizado, apoio às famílias e suporte pedagógico a instituições de ensino. Com uma equipe multidisciplinar, o CAUA evita o abandono dos acompanhamentos pela dificuldade em passar por diferentes profissionais em locais variados. São disponibilizados serviços em psicopedagogia, psicologia, educação física, nutrição, fisioterapia, fonoaudiologia e arteterapia.

FUTEBOL FEMININO – O ATLÂNTICO FEMININO PRECISA DE TODO APOIO DOS ILHEENSES, É UM TIME CAMPEÃO.

ATLÂNTICO FEMININO TIME CAMPEÃO.

ATLÂNTICO FEMININO TIME CAMPEÃO.

Associação faz manifestação contra o fechamento dos Hospitais Psiquiátricos

Fotos

Fotos : Divulgação

Ocorreu pela manhã deste domingo (05), no Farol da Barra a primeira manifestação pública da Associação de Apoio a familiares, amigos e pessoas portadoras de transtornos mentais da Bahia (AFATOM-BA) contra o fechamento dos hospitais psiquiátricos da Bahia. O evento contou com a participação de alguns psiquiatras da rede pública; que atende diretamente os pacientes com transtornos mentais do SUS, além de familiares, amigos, profissionais da área de saúde e voluntários que estão sensibilizados com a causa. Para Rejane de Oliveira, presidente da associação, entende que há uma necessidade de uma rede de serviço que atenda com qualidade esses pacientes e também a implantação dos serviços dos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS III), porém não é o que de fato ocorre na Bahia. “Infelizmente a reforma psiquiátrica na Bahia e no Brasil não ocorre de forma responsável. A desassistência é grande frente à extinção dos leitos dos Hospitais Psiquiátricos como Sanatório Bahia, Santa Mônica, São Paulo”, afirma.

Ela explica que existem portarias que vão de encontro a Lei 10216/2001 quando se aborda sobre as internações voluntárias, involuntária e compulsória. A nível nacional os hospitais psiquiátricos não existem mais para o Ministério da Saúde devido a existência dessas portarias. “Queremos que a verdadeira lei da Reforma Psiquiátrica seja implantada, pois as portarias negam a Constituição Federal e a Lei 10216 /2001 no que tange o acesso às internações com dignidade no momento dos surtos. As portarias vão causar desassistência ainda maior para população baiana. O que está acontecendo atualmente é o fechamento na capital dos principais hospitais que atendem a crescente demanda emergencial de portadores de transtornos mentais como o Mário Leal, Juliano Moreira e o Afrânio Peixoto no interior do estado além da não oferta dos CAPS III que é uma das exigências da reforma e a ausência de um serviço de qualidade em toda rede. Somos a favor de toda a rede de estrutura funcionando como Hospitais Dia, leitos em Hospitais Gerais, todos os CAPS com equipe multidisciplinar completar”, informa a presidente e complementa “é importante lembrar que os CAPS não substituem os hospitais psiquiátricos especializados nos momentos de surtos dos doentes”.

PRESIDENTE DA APAE DE ILHÉUS É REELEITO PARA O TRIÊNIO 2017/2019

Membros da nova diretoria unidos no propósito APAE DE ILHÉUS

Membros da nova diretoria unidos no propósito APAE DE ILHÉUS

Foi realizada a cerimônia de posse da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Ilhéus, no último dia 31 de janeiro, na sede da instituição, no bairro Hernane Sá. O Presidente do triênio 2014-2016, o Coronel Albervan Neves de Almeida foi reeleito para 2017-2019, e a chapa da diretoria eleita conta também com mais um novo comandante, o Major Vasco Luiz Santos de Oliveira, assumindo a vice-presidência.

O evento, que contou com a presença da comunidade apaeana, como pais, amigos, voluntários, profissionais e a Secretaria de Educação do Município, Eliane Oliveira representada por Mariângela Bahia, foi realizado também com a prestação de contas da gestão, feita pela Diretora Geral e Pedagógica, Vitória Penalva.

O fundador, Sr. José Ribeiro Carneiro, que também foi representando a sua esposa e fundadora da Apae de Ilhéus e Itabuna, a Sra. Maria Pina Leite Carneiro, em sua fala, parabenizou o Presidente Albervan Almeida pela reeleição e elogiou o trabalho da Diretora Vitória Penalva. “Sabemos da importância que é compor a diretoria de uma instituição como essa. A Apae não morrerá. Está passando por grandes dificuldades, mas está saindo dessa situação crítica que se encontrava, graças ao grande trabalho que está sendo empreendido”.

:: LEIA MAIS »

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
março 2020
D S T Q Q S S
« fev    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia