WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Segurança’

REFLETOR DO ESTÁDIO MÁRIO PESSOA AMEAÇA CAIR.

Foto enviada pelo WhatsApp

Secretário de Segurança Pública garante ações enérgicas no combate ao roubo em propriedades rurais da Bahia

Reunião de trabalho

Após reunião realizada no final do mês de setembro, o deputado estadual e presidente da Comissão de Agricultura da Assembleia Legislativa da Bahia, Eduardo Salles, voltou a se reunir com o vice-governador e secretário de Planejamento, João Leão, o secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa, e representantes dos produtores, nesta segunda-feira (16), para discutir a ação de criminosos em propriedades rurais no estado.  Mais uma vez, o roubo de gado e insumos agrícolas foram os principais assuntos abordados.

Este novo encontro ocorre cerca de quinze dias após a Comissão de Agricultura ter se reunido com todos os envolvidos em busca de ações junto à Secretaria de Segurança Pública. Naquela ocasião, o secretário garantiu que voltariam a conversar sobre o assunto  para explicar quais medidas seriam adotadas.

“Hoje nos reunimos novamente com o nosso vice-governador, Maurício Barbosa e representantes dos produtores para saber quais são os próximos passos e também agradecer o empenho do governo do estado em buscar soluções para este problema que tem apavorado os produtores baianos”, sinaliza Eduardo Salles.

O chefe da Segurança Pública explicou que após a primeira reunião foram traçadas estratégias e definidas ações integradas que serão implementadas. Ele revelou que há maior intensidade desse tipo de crime nas regiões leste, sul e extremo sul do estado. “Fizemos um trabalho de coleta de informações para que possamos ter um desenho de como estão distribuídos os furtos no estado. A partir daí, iremos definir estratégias de operações policiais”, explicou Maurício Barbosa.

Maurício também afirmou que é essencial o registro dos boletins de ocorrência por parte dos produtores sempre que houver algum crime,  com o intuito de melhorar a comunicação com a polícia. Ainda de acordo com o secretário, em julho deste ano foram registradas 56 ocorrências e janeiro, mês com maior concentração desse tipo de crime, 92 casos foram registrados.  Também foi pontuado que nos dias 10 e 11 de outubro já foram realizadas operações integradas com a ADAB (Agência de Defesa Agropecuária da Bahia) e já há inquéritos instaurados.

Segundo o pecuarista Carlos Kruschewsky, da região de Feira de Santana, após a  primeira reunião do grupo, os produtores afirmam que já houve mudanças. “Aproveitei para agradecer ao secretário, pois já foram realizadas algumas operações da polícia na região e pudemos constatar o impacto desse trabalho”, ressalta. :: LEIA MAIS »

Ações de combate a roubo em propriedades rurais baianas são articuladas com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia

Audiência SSP.

Após aprovação na Comissão de Agricultura da Assembleia Legislativa da Bahia, foi realizada nesta terça-feira (26), uma reunião para discutir a ação de criminosos em propriedades rurais do estado. No encontro, estavam presentes o presidente da Comissão, o deputado estadual Eduardo Salles, o vice-governador e secretário estadual de Planejamento, João Leão, o secretário estadual de Segurança Público, Maurício Barbosa, o delegado-geral da Polícia Civil, Bernadino Brito Filho, o subcomandante da Polícia Militar da Bahia, Coronel Reis, parlamentares que integram o colegiado da comissão e produtores baianos.

Eduardo Salles pontuou que produtores do estado relatam haver registros de aumento no roubo de gados, insumos agrícolas e às fazendas. O parlamentar explicou que o apelo dos produtores motivou o debate do assunto entre os deputados membros da Comissão de Agricultura e a proposta de levar o para ser discutido com secretário de Segurança Pública.

“Fomos provocados por produtores baianos que estão preocupados com o crescimento desse índice que também tem registros de roubo de utensílios, dinheiro e da produção estocada. Por isso, o nosso objetivo é encontrar soluções efetivas que possam combater essa situação no estado”, esclarece.

:: LEIA MAIS »

IBAMETRO E ÓRGÃOS PÚBLICOS ALERTAM SOBRE RISCOS DE ESTRANGULAMENTO DE CRIANÇAS EM CORTINAS E PERSIANAS

Imagem ilustrativa

Imagem ilustrativa

A adesão à campanha mundial sobre riscos de estrangulamentos de crianças, inclusive fatais, causados por cordões de persianas e cortinas, deflagrada pelo Inmetro e parceiros ligados aos direitos do consumidor, na segunda quinzena de junho, foi o ponto alto do encontro da Rede Consumo Seguro e Saúde-BA (RCSS-BA), sediado no Instituto Baiano de Metrologia e Qualidade (Ibametro) nesta quinta-feira, dia 30. O evento trouxe a Salvador representantes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que vieram conhecer as estratégias locais e nacional de enfrentamento aos acidentes de consumo. O tema do sufocamento causado por estes cordões foi um dos assuntos debatidos. Apesar da falta de estatísticas no Brasil, os Estados Unidos, por exemplo, registram cerca de 12 crianças mortas, a cada ano, por esse tipo de ocorrência. De acordo com levantamento do Inmetro, as crianças mais vulneráveis têm entre 0 a 6 anos.

Dentre as deliberações tomadas no encontro, os vinte e seis órgãos públicos e entidades civis, que compõem a RCSS-BA decidiram aderir à campanha global “#CortinaSegura”, com o objetivo de sensibilizar a sociedade sobre os riscos desse tipo de acidente.

:: LEIA MAIS »

SEGURANÇA PESSOAL – SÓ PREVENÇÃO, SEM VALENTIAS INÚTEIS!

CÂMERAS DE SEGURANÇA NAS ESCOLAS, É MAIS COMUM DO QUE SE PENSA.



A MARINHA DO BRASIL E A OPERAÇÃO LEGAL NO MAR.

Continua bastante exitosa a operação Legal no Mar em Ilhéus.

As equipes da Marinha, estão atentas e operantes para que nada aconteça nas nossas águas, tanto preventivamente, quanto fiscalizando pescadores amadores não habilitados, usando embarcação fora de padrão, fazendo o chamado ‘boca de noite’.

Esse blogueiro, no lançamento do Legal no Mar, junto com o Delegado da Capitania dos Portos em Ilhéus, Capitão de Corveta Claudio Sanches.

Esse blogueiro, no lançamento do Legal no Mar, junto com o Delegado da Capitania dos Portos em Ilhéus, Capitão de Corveta Claudio Sanches.

 

 

 

ENTIDADES DISCUTEM SEGURANÇA NO COMÉRCIO

SSP DISPONIBILIZA 100 HOMENS PARA BUERAREMA.

IMG_0110

DICAS DE SEGURANÇA – (UTILIDADE PÚBLICA)

PERGUNTAR NÃO OFENDE.

Balsa de Aritaguá.

A balsa que é mostrada na fotografia, teve a sua construção observando as normas da Capitania dos Portos, para transporte de passageiros em águas abrigadas?

JABES JÁ TRABALHA PELA SEGURANÇA EM ILHÉUS.

Jabes quer Bases Comunitárias de Segurança nos bairros de Ilhéus

 “Não sou candidato para chegar à prefeitura e aprender a governar”. 

O candidato a prefeito Jabes Ribeiro (PP) e o vice Cacá (PMDB) reuniram-se com lideranças de diversos segmentos da segurança, na noite de quarta-feira, 22. Representantes da guarda-municipal, salva-vidas, segurança privada, policiais civis e militares, agentes de trânsito e agentes penitenciários mostraram aos candidatos da Coligação Por amor a Ilhéus que os índices de violência na cidade são alarmantes.

A reimplantação da Prefeitura Cidadã, que levava democracia aos bairros e criava um conselho de segurança em cada um deles, e a solicitação ao Governo Estadual para a inclusão de Ilhéus no programa Base Comunitária de Segurança são algumas propostas de Jabes para o setor. Esse programa já reduziu acentuadamente os índices de criminalidade em vários municípios da Bahia.

As bases de segurança promovem o policiamento comunitário e a convivência pacífica em localidades identificadas como críticas. Além de combater o crime e o tráfico de drogas, essas bases atuam na prevenção da violência e na prática de ações sociais, oferecendo cursos de capacitação e mutirões de saúde e cidadania.

Serviços essenciais como a coleta de lixo, melhoria das estradas vicinais e principalmente a segurança são criticados pelos moradores de todas as partes de Ilhéus. O problema da segurança está sempre permeando a cidade e a população teme novas ondas de brutalidade.

Para Jabes, a sociedade tem que agir em parceria com os poderes Executivo e Legislativo, e o governo municipal deve manter uma boa articulação política com as esferas estaduais e federais para que garantir  investimentos na cidade. No âmbito da segurança, a proposta de integração dos diversos segmentos da segurança pública é uma das suas metas, englobando o resgate do Conselho Municipal de Segurança.

As demandas de Ilhéus aumentam à medida que a população cresce e a falta de segurança não é um problema exclusivo da cidade.  “Segurança é uma necessidade do ser humano. É preciso ter articulação, coordenação para que todos os setores se aglutinem e interajam de forma democrática, visando o melhor para Ilhéus”, enfatiza Jabes.

O vice Cacá preocupa-se com as crianças e jovens vitimas da violência, estupro e drogas. Investimentos na capacitação profissional e no esporte são prioridades para Jabes e Cacá. As ações incluem a criação de casas de reabilitação para mulheres e jovens vítimas da violência ou das drogas.

Jabes recebeu com muita atenção o segmento da segurança pública, exaltando a democracia para que cada ilheense faça a melhor escolha em 7 de outubro, enfatizando seu compromisso com a cidade e reforçando toda a sua experiência: “Não sou candidato para chegar à prefeitura e aprender a governar”. 

anuncie aqui

Carregando...

Tabela do Brasileirão

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia