WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Saúde’

DIZEM ESTAR POR UM FIO ESTE ATENDIMENTO

Fala-se na boca miúda, e na graúda também…

Convênio espetaculoso

 

ESPAÇO DO LEITOR – CUIDA DE MIM DOUTOR!

A população sofre a míngua com os descasos na saúde de Ilhéus . A Farmácia Popular que costuma abrir 13hs deixa idosos e gestantes em filas em pé a maior parte são pessoas que fazem uso de medicação controlada e remédios de hipertensão e precisam muitas vezes usar os banheiros! População revoltada com Dr. MARÃO o Médico do Povão!

 

PERIGO DE AUMENTAR NÚMERO DE MORTES POR AIDS EM ILHÉUS.

COPIADO DOS GRUPOS DE WHATSAPP

Faltando medicamentos retrovirais

 Programa de DST e AIDS de Ilhéus está sem estoque de medicamentos retrovirais para realizar a distribuição gratuita das vezes pessoas que vivem com HIV e AIDS cadastrados no CTA da cidade. Os pacientes estão preocupados com a falta dos retrovirais segundo relatos dos pacientes é que não tem previsão de abastecimento dos retrovirais para o programa AIDS do município é preocupante a falta destes medicamentos para a sobrevida das pessoas soropositivas.
 Quero ver se o prefeito e o vice prefeito vão resolver essa situação grave da falta de medicamentos retrovirais do programa AIDS de Ilhéus. Os pacientes estão em pânico pois sem o medicamento podem acarretar mortes essa é a triste realidade.

MAIS UM HOSPITAL PARA MELHORAR A SAÚDE PÚBLICA EM ILHÉUS.

Em frente ao terminal urbano.

O HOSPITAL REGIONAL VAI FECHAR! ===>>> 22-10-2017

Se o Hospital Geral Luiz Viana Filho for entregue a essa administração municipal, com certeza vai fechar.

Podem anotar…

HGLVF

 

QUEM IMPLANTOU O CAOS NA SAÚDE DE ILHÉUS?

Será que foi esta secretária forasteira, que nunca foi vista mais magra em Ilhéus?

A secretária forasteira falando abobrinhas!

Samu 192 completa dez anos de funcionamento em Ilhéus. ===>>> 21-12-2015

A data foi comemorada durante solenidade realizada na sede do Samu, situada na Avenida Luis Eduardo Magalhães (Avenida Litorânea Norte), no Malhado.

Dez anos do Samu em Ilhéus foi comemorado com café da manhã - foto Gidelzo Silva Secom Ilhéus (1)

Dez anos do Samu em Ilhéus foi comemorado com café da manhã – foto Gidelzo Silva Secom Ilhéus

Dez anos do Samu em Ilhéus foi comemorado com café da manhã - foto Gidelzo Silva Secom Ilhéus (2) Dez anos do Samu em Ilhéus foi comemorado com café da manhã - foto Gidelzo Silva Secom Ilhéus (3) Dez anos do Samu em Ilhéus foi comemorado com café da manhã - foto Gidelzo Silva Secom Ilhéus (4)

Com uma média de 1.800 atendimentos mensais, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192)completou,neste mês de dezembro, dez anos de funcionamento em Ilhéus.Os dez anos do Serviço no município, iniciados em 12 de dezembro de 2005, foram comemorados durante solenidade na sede da entidade,situada na Avenida Luis Eduardo Magalhães, no Malhado.

Além do vice-prefeito Carlos Machado (Cacá) e de servidores do Samu, o ato público também contou com a presença do presidente da Câmara Municipal, Tarcísio Paixão, dos secretários de Saúde, Antônio Ocké, e de Relações Institucionais, Frederico Vésper, do vereador Luiz Carlos dos Santos (Escuta) e do coordenador geral do Samu, Marcus Vinícius Gonçalves Pinto.

Durante seu pronunciamento, o secretário de Saúde, Antônio Ocké, lembrou que, mesmo com algumas dificuldades, o aniversário de dez anos do Samu em Ilhéus foi marcado por boas notícias. “No último dia 16, recebemos, em Salvador, do governador Rui Costa, uma nova unidade avançada, equipamento que permitirá o transporte de pacientes com quadros clínicos de maior complexidade. Além disso, a Prefeitura de Ilhéus já fez a doação de um terreno ao Samu na Avenida Roberto Santos, na Esperança, para construirmos, em 2016, por meio de recursos captados junto ao Ministério da Saúde, a nossa sede própria”, disse.

Ocké lembrou que, para a alta estação, o governo municipal trabalha com a proposta de criar dois postos do Samu: um na zona sul e outro na zona norte de Ilhéus. “Com o aumento considerável da chamada população flutuante nesta época do ano, as operações de atendimento ficam ainda mais difíceis. A ideia é termos unidades estacionadas no sul e no norte da cidade visando agilizar e tornar mais efetivas as operações do Serviço”, explica o secretário de Saúde.

Após parabenizar toda a equipe ilheense do Samu 192, o vice-prefeito Carlos Machado (Cacá) destacou a importância do Serviço para o bem estar das pessoas. “Nestes dez anos, a população e os nossos visitantes puderam observar, no dia a dia, o esforço, a dedicação e o comprometimento de todos que fazem ou que já fizeram parte dessa valorosa equipe”, comentou.

Regional – O coordenador geral do Samu, Marcus Vinícius Gonçalves Pinto, reitera que o Município de Ilhéus faz a regulação médica de sete bases descentralizadas: Uruçuca, Itacaré, Una, Valença, Gandu, Teolândia e Arataca, o que, segundo ele, beneficia um universo de cerca de 310 mil pessoas.

:: LEIA MAIS »

COITADA DA POPULAÇÃO DE ILHÉUS, A SAÚDE PÚBLICA JÁ ERA!

Saúde 8761 – Custeio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – Samu 192 SAMU 1.438.500,00

2017

Saúde 8761 – Custeio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – Samu 192 SAMU 119.875,00

2018

 

Biomedicina da FMT leva projeto às escolas e comunidades

O Projeto Parasitologia em Ação é um projeto de extensão criado na Faculdade Madre Thais (FMT) sob a responsabilidade da coordenação do Curso de Biomedicina e da professora Dra. Flamélia Carla Oliveira. O objetivo é levar a educação, prevenção e promoção da saúde aos alunos de escolas públicas e comunidades carentes. A cada semestre um Bairro do município de Ilhéus é escolhido para a realização das ações.

Entre os serviços prestados pelo Projeto incluem palestras, lanches, apresentação de peça, distribuição de kits de higiene, coleta de amostras, realização de exames parasitológicos e posterior entrega de resultados. Esse semestre, as ações estão concentradas no Centro de Convivência Pastor Severino Soares situado no bairro da Esperança, zona norte da cidade.

A realização de palestras, entrega dos kits e brinquedos, apresentações de peças e brincadeiras com os alunos aconteceram nesta quarta-feira (2). Os alunos do 4º semestre de biomedicina ofereceram às crianças brinquedos, kit higiene, lanche e doces, arrecadados pelos próprios alunos e com ajuda de professores da instituição e coordenação do curso.

O próximo passo, nessa etapa do Projeto é a realização dos exames parasitológicos pelos alunos. No dia 16 de maio os alunos do 3º semestre do Curso de Enfermagem irão entregar os laudos dos exames junto com as cestas básicas para famílias das crianças.

A professora Dra. Flamélia Carla, ressalta que o projeto “Parasitologia em Ação” tem frequência semestral e essa já é a 10ª edição do projeto, tendo caráter educativo de prevenção e às parasitoses intestinais. Dessa forma levamos conhecimento e informação sobre prevenção e cuidados aos pais e crianças das escolas públicas de Ilhéus, sem falar na excelente oportunidade que oferecemos aos nossos discentes a oportunidade de exercitarem a cidadania e realizar de forma prática, exames parasitológicos sob nossa supervisão. :: LEIA MAIS »

SECRETÁRIO PREVÊ MUDANÇAS NO OLHAR DO BRASIL E DA BAHIA SOBRE A SAÚDE DE ITABUNA

Foto: Eric Tadheu

Após encerrar com grande expectativa a viagem que fez à capital federal e à capital baiana no período entre 23 e 26 de abril, quando esteve, inclusive, acompanhado pelo prefeito Fernando Gomes, o secretário de Saúde de Itabuna, Deivis Guimarães disse que “a viagem foi importante não somente para garantir recursos financeiros, mas para reafirmar no cenário nacional a importância que Itabuna tem como polo gestor da Saúde no Sul da Bahia”, explicou o secretário. 

Para Guimarães, os estudos que vem realizando desde a primeira semana de trabalho, as ações mais incisivas de diagnósticos sobre os problemas mais urgentes e o desenvolvimento de projetos assertivos de democratização de acesso aos serviços, determinam que Itabuna precisa e será mais valorizada como eixo maior de acesso à Saúde para o próprio povo da cidade e também para os municípios pactuados. 

Em reunião com o secretário de Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-boas, na quinta-feira (26), em Salvador, Guimarães falou sobre os déficits existentes no município, sobre o fechamento do Pronto-Socorro do Hospital São Lucas e as pactuações das redes de referência dentro da região. Na audiência, secretários do estado e do município articularam uma agenda de propostas que visa, sobretudo, a melhoria organizacional da rede em Itabuna, o aumento no repasse de verbas e a inclusão da Maternidade Ester Gomes na Rede Cegonha, cujo processo atualmente está sendo analisado pela Procuradoria Jurídica do Estado. 

Na próxima quarta-feira (3 de maio), o secretário Deivis Guimarães estará reunido com representantes de todas as secretarias de Saúde dos municípios pactuados, quando será oficialmente apresentado aos representantes e elaborará, em conjunto, novas estratégias de melhorias no atendimento, dinamização e maximização dos recursos. A ideia, indica o secretário, “é solidificar ainda mais as referências de Itabuna para a região, não somente pactuando, mas garantindo o acesso”. 

Foto: Eric Tadheu

30.04.2018

ILHÉUS – Defensoria Pública instaura Procedimento para Apuração de Dano Coletivo na saúde

03/04/2018 17:05 | Por Amanda Santana – DRT/BA – 5666

Ação ocorreu devido aos usuários do SUS passarem dificuldades por desorganização nos serviços de saúde

Defensoria Pública

Os usuários do Sistema Único de Saúde – SUS, em Ilhéus, estão tendo o direito ao acesso ordenado e organizado dos serviços de saúde violado, seja por falta de informações claras sobre os serviços de saúde disponíveis ou por ineficiência da estrutura disponível.  Para averiguar eventuais ilegalidades na prestação de serviços de saúde pelo Município e Estado da Bahia e, se for o caso, ajuizamento de medidas judiciais cabíveis, a Defensoria Pública do Estado da Bahia – DPE/BA instaurou Procedimento para Apuração de Dano Coletivo – PADAC nº 01/2018.

Além da coleta de informações, como providência imediata para acautelar direitos da população abrangida pela prestação dos serviços de saúde, a DPE/BA expediu recomendações ao diretor do Hospital Regional Costa do Cacau, Cláudio Augusto da Silva Moura Costa, e à secretária de Saúde do Município de Ilhéus, Elizângela Santos de Oliveira, para implementação de melhorias no acesso dos usuários aos serviços de saúde pública e estruturação das redes de atenção básica; média e alta complexidade; e atenção hospitalar. Também requereu comunicação clara e objetiva à população sobre a rede de atendimento e o tipo de serviço prestado em cada unidade.

Subcoordenadora da 3ª Regional da DPE/BA, sediada em Ilhéus, a defensora pública Cristiane Barreto informa que a Defensoria Pública, como Instituição que tem a função de promover políticas públicas, instaura o procedimento de apuração do dano coletivo à saúde pública com vistas à postulação da estruturação do serviço de atendimento adequado que a população tem direito.

Ao Hospital Regional Costa do Cacau, a Defensoria Pública recomenda o atendimento do fluxo de clientes estabelecido para a unidade no Cadastro Nacional dos Estabelecimentos de Saúde – CNES, qual seja, atendimento de demanda espontânea e referenciada, de urgência, emergência ou ambulatorial, procedendo o encaminhamento do paciente à outras unidades de saúde somente quando necessário e propiciando o diagnóstico e tratamentos corretos, no momento adequado, garantindo o melhor desfecho e retorno às atividades com tempo e custo otimizados.

De acordo com a defensora pública Fabianne de Oliveira Souza, a atuação da DPE/BA é resposta aos vários pedidos de auxílio formulados à Instituição que ultrapassam a esfera individual e acabam se revestindo do caráter de socorro à saúde no Município. “Ilhéus e o Estado da Bahia precisam estruturar seus serviços de forma que a população tenha garantido o acesso àquele direito fundamental nos moldes estabelecidos pela legislação brasileira, sendo a prestação de serviços de saúde de forma universal, integrada e eficiente o principal objetivo buscado pela Defensoria Pública”, concluiu.

A Secretaria de Saúde do Município de Ilhéus e o Hospital Regional Costa do Cacau têm o prazo de 15 (quinze) dias para resposta à Defensoria Pública sobre as medidas adotadas.

ENTENDA O CASO :: LEIA MAIS »

UNA: Mutirão de cirurgias com novos procedimentos vai zerar fila de espera mais uma vez

 

A Prefeitura de Una, em parceria com o Governo do Estado, vai realizar mais um mutirão de cirurgias para zerar mais uma vez a fila de espera por procedimentos cirúrgicos no município. Para participar é necessário que o paciente procure a Central de Regulação do município (Secretaria da Saúde – Avenida Getúlio Vargas) com a requisição médica em mãos e agende sua intervenção cirúrgica.

Os procedimentos realizados através do mutirão foram ampliados e serão realizadas cirurgias em adultos de tireoidectomia total, histerectomia total, vesícula (colecistectomia) e hernioplastias (inguinal, umbilical e epigástrica) e os procedimentos pediátricos de amigdalotomia com adenoide, retossigmoidectomia (retirado da bolsa de colostomia) para crianças de 4 a 13 anos e 11 meses e hernioplastias (inguinal, umbilical e epigástrica).

Mais de 5500 pessoas devem se vacinar contra a gripe em Una

Mais de 5500 pessoas devem se vacinar contra a gripe no município de Una. A expectativa da Secretaria Municipal da Saúde é imunizar pelo menos 90% do público-alvo da campanha de vacinação contra a gripe, iniciada na última segunda-feira (23) e que está mobilizando todos os profissionais das unidades de saúde da cidade e também as equipes móveis que estão percorrendo a zona rural do município. A campanha segue até o dia 1º de junho e a previsão é que mais de 54,4 milhões de pessoas que integram os grupos prioritários sejam vacinadas em todo o país.

Devem se vacinar pessoas a partir de 60 anos, crianças de seis meses aos menores de cinco anos, trabalhadores de saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade – o que inclui adolescentes e jovens de 12 a 21 anos em medidas socioeducativas – e os funcionários do sistema prisional.

Pessoas com doenças crônicas (como o diabetes) e outras condições clínicas especiais também devem receber a vacina. Neste caso, é preciso apresentar uma prescrição médica no posto de saúde. Pacientes cadastrados em programas de controle das doenças crônicas do Sistema Único de Saúde (SUS)devem procurar os postos de saúde em que estão registrados para ganhar a dose, sem a necessidade de receita. A escolha dos grupos prioritários segue recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS). 

O Ministério da Saúde alerta para que as pessoas se vacinem dentro do prazo da campanha para evitar gripe e seus possíveis agravamentos. É preciso que todos estejam devidamente protegidos antes do inverno chegar, já que a vacina precisa de 15 dias para garantir a proteção. No dia 12 de maio será realizada a mobilização nacional Dia D contra a gripe.

A vacina contra gripe é segura e reduz as complicações que podem produzir casos graves da doença, internações ou, até mesmo, óbitos. Ela protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no último ano no Hemisfério Sul, conforme determinação da Organização Mundial da Saúde (OMS), incluindo o H1N1 e o H3N2.

A REFORMA DA COTI VAI DE VENTO EM POPA!

Graças a Deus, mais uma clínica ortopédica na cidade…

Clínica Coti, no centro de Ilhéus. Tava toda armengada.

CIRURGIÕES SE NEGAM A FAZER PLANTÃO DE HOSPITAL E DESISTEM DE LICITAÇÃO, DIZ SESAB

Sexta, 13 de Abril de 2018 – 20:40 Fonte: Bahia Notícias

Cirurgiões se negam a fazer plantão de hospital e desistem de licitação, diz Sesab   

Foto: Camila Souza/GOVBA

A Núcleo de Cirurgiões Pediátricos da Bahia Sociedade Simples ganhou uma licitação de R$ 4,1 milhões com o governo do estado, mas se recusa a assinar o contrato (veja mais). De acordo com a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), o motivo para a desistência seria a obrigação dos plantões médicos serem presenciais. A empresa estaria cobrando que os plantonistas possam ficar em regime de sobreaviso, mesmo com o contrato prevendo que todos os escalados para os plantões devem estar presentes nos hospitais. O Núcleo de Cirurgiões Pediátricos da Bahia reúne quase todos os médicos dessa especialidade no estado e venceu uma concorrência para prestar atendimento de urgência e emergência aos pacientes que necessitam de cirurgia pediátrica e neonatal. O contrato com a Sesab chegou a ser publicado no Diário Oficial do Estado no último dia 4 de abril. A empresa é composta por 20 sócios, que receberiam o valor de R$ 4,1 milhões por 180 dias de trabalho, o equivalente a R$ 205 mil para cada médico. Cada um deles precisaria trabalhar apenas quatro plantões de 12 horas por semana. “Infelizmente, o modelo de contratação pretendido pelo Núcleo de Cirurgiões Pediátricos da Bahia foi considerado inaceitável, visto que garantiria privilégios que não são fornecidos a nenhuma outra especialidade médica contratada pelo estado. Lamentamos que a empresa queira vantajosidades em decorrência do fato de existirem poucos profissionais dessa especialidade na Bahia e assim, pressionar o poder público”, criticou a Sesab, em nota.



anuncie aqui

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
Carregando...

Brasileirão

junho 2018
D S T Q Q S S
« maio    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia