WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Sarrafo’

O VENENO DA NOITE!

O Governador Rui Costa, também vai mandar pintar as faixas de rolamento e de pedestres, no recapeamento asfáltico de Ilhéus, que ele mandou fazer?

CONVITE: Meeting Político de Intenções Santa Casa de Itabuna

A Provedoria da Santa Casa de Itabuna recebe amanhã os candidatos aos cargos de Deputado Estadual, Deputado Federal e Senador deste 2018, conforme convite. Na ocasião, será entregue aos mesmos uma Carta de Intenções da instituição visando o apoio necessário para melhorias no setor filantrópico pelos próximos anos.
Contamos com a presença de todos para a cobertura do ato.
Data: 25.09
Horário: 19h
Local: Auditório do HCMF
Atendimento à imprensa:

Manuela Berbert

Coordenadora de Comunicação da Santa Casa de Itabuna
Contato (73) 99196-5043

FERNANDO HADDAD NÃO É IGUAL A ARTHUR VIRGÍLIO

Foto Ricardo Stuckert/Divulgação PT

Encontrar políticos coerentes no Brasil é algo extremamente raro, a final ter coerência, personalidade, determinação, independência e confiar muito no seu taco, é muito difícil.

O presidenciável Fernando Addad(PT) é um exemplo de político incoerente e não difere muito da maioria dos políticos brasileiro. Quando foi prefeito de São Paulo (2012/2016) foi isolado e maltratado pela presidente, a época, Dilma Rousseff(PT) e por uma parte das lideranças do partido que, como Lula, não o tratavam com a importância que ele merecia, principalmente por governar a maior cidade do País da América Latina.

Fernando Haddad não era e não faz parte da corrente majoritária do partido, Construindo um Novo Brasil-CNB, da qual fazem parte Lula, Dilma e por isso ele não era tratado com muita deferência e os suas demandas não eram bem atendidas por Dilma Rousseff, Lula, pelo partido e seus caciques.

Na época que Haddad era prefeito de São Paulo, andou se queixando da falta de atenção do governo Dilma e da direção do partido com relação aos seus pedidos na alocação de recursos para a capital paulista e ouviu de Lula que “parasse de chorar e trabalhasse mais”. Ficou isolado e perdeu a eleição no primeiro turno para João Dória (PSDB).

Com a corrida presidencial de outubro de 2018 se aproximando, Lula vinha sendo ameaçado de prisão pela Lava Jato pelos mal feitos cometidos durante seus oito anos de governo, até que o fato foi consumado e sua prisão decretada. Diante disso outros nomes surgiram como alternativa para encabeçar a chapa petista e o nome de Haddad foi um dos nomes lembrados. De imediato seu nome foi descartado por Lula que não aceitava a possibilidade de não ser ele o candidato. Diante de tantas evidências de que sua candidatura seria barrado pele Lei da Ficha Limpa(que ele mesmo aprovara), outros nomes foram cogitados e o nome do ex-governador da Bahia Jaques Wagner tomou conta das páginas dos jornais que sinalizavam como o candidato natural  do partido e da preferência de Lula. Haddad parecia nocauteado.

Como política é um jogo jogado e nem sempre o escolhido é o que parece mais provável para ser o candidato foi que Jaques Wagner, que contava com total apoio do supremo cardeal do partido, que mesmo dentro da prisão era e é quem controla toda situação e dita às regras do jogo, recusou a oferta.  Wagner recusou o convite porque não acreditava na possibilidade de ganhar a presidência com seu padrinho atrás das grades, dai que fez a opção pela candidatura ao senado pela Bahia, por achar mais garantido este pleito e assim conseguir seu foro privilegiado, pois a Lava Jata também ameaça vir em sua cola pelas denuncias do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-), que julga o envolvimento dele na Operação Cartão Vermelho, envolvendo OAS e Odebrecht num esquema de superfaturamento e fraudes na licitação de contrato para construção da Arena Fonte Nova, em Salvador.

São por estes e outros mal feitos envolvendo petistas que a porta volta a se abrir para Haddad e finalmente ele foi o escolhido pelo cardeal do partido Luiz Inácio Lula da Silva. Agora, em campanha, Haddad não esquece o nome de Lula e até afirma aos quatro cantos que com ele na presidência Lula será seu guru e principal conselheiro, ou seja, quem vai efetivamente mandar em seu governo, esquecendo ele que na primeira oportunidade Lula o deixara de lado novamente, pois é exatamente isto que acontece com os fracos, bajuladores e chauvinistas, sem memória e sem personalidade.

Diferente de Haddad, o prefeito tucano de Manaus, Arthur Virgílio, numa total e inesperada atitude que esta deixando a direção do PSDB de cabelos em pé, declarou em ato público nesta última terça feira(18/09), que Geraldo Alckmin não é seu candidato. Três dias antes, em campanha na cidade de Rio Branco(SC), o presidenciável da PSDB havia telefonado para Virgílio dizendo que desejava incluir a capital amazonense na sua agenda de campanha. Ouviu do outro lado da linha, um sonoro “não venha não”.

O motivo deste retumbante não foi porque Alckmin, em fevereiro, não aceitou que ele participasse das prévias para escolha do candidato pelo partido. A época Alckmin fez tudo para isolá-lo e fugiu do debate como o diabo foge da cruz para evitar a disputa com Virgílio e Dória.

Outro fato que Virgílio usou para justificar sua posição foi porque Alckmin, quando governador ajuizou no Supremo Tribunal duas ações diretas de inconstitucionalidade prejudiciais aos interesses do pólo industrial de Manaus. “Ele não é a favor do meu Estado. Apoiá-lo seria como trair minha terra”, sentenciou.

Isto é coerência, personalidade e coragem de peitar um cacique do partido, mesmo sob o risco de Alckmin vir a ganhar a eleição e possivelmente boicotá-lo em seu Estado.

Estas são virtudes que Fernando Haddad não tem. Ele não é igual a Arthur Virgílio, e por causa de sua fraqueza e a dependência petista correrá o risco de pagar caro por isto.

Juarez Cruz

Escritor e cronista

Salvador-BA

juarez.cruz@uol.com.br 

LEMBRAM DESTA CAMPANHA?

Então, o gueto do atraso está dentro do Governo Municipal, direta ou indiretamente.

Com direito até as famosas Audiências Públicas.

Paciência…

Banco Central abraça candidatura de Cacá Colchões

Cacá Colchões em Banco Central

 

         A alegria foi o destaque do corpo a corpo realizado pelo candidato a deputado Estadual, Cacá Colchões, no último sábado, 22, em Banco Central,  mais um distrito de Ilhéus que abraçou o futuro deputado. A agenda intensa do último fim de semana teve, ainda, corpo a corpo realizado em Itabuna, em Vila Cachoeira, Teotônio Vilela e Salobrinho, sendo os três últimos em Ilhéus.

         Acompanhado por dezenas de moradores que aderiram à caminhada, a visita ao distrito de Banco Central se tornou uma grande festa e mais uma certeza de que Ilhéus já escolheu Cacá para representar a região na Assembleia Legislativa. Dona Maria Helena, que mora no distrito há mais de 30 anos, disse ter a certeza que Cacá irá olhar pelo povoado, tão esquecido pelo poder público municipal, e que ele é o candidato que fará a diferença.

         Ainda no sábado, Cacá visitou o comércio de Itabuna, acompanhado de Rosildo Ribeiro, forte liderança do município. O candidato conversou com a população e destacou suas propostas para a geração de emprego e renda. Durante a noite, Cacá participou de uma reunião no bairro Teotônio Vilela.

         Já no domingo, 23, Cacá retornou à Central de Abastecimento do Malhado e debateu com os feirantes as suas propostas. Sem perder o ritmo, o candidato participou de uma reunião com os moradores do Salobrinho, junto ao vereador Tarcísio Paixão, e marcou presença na 14ª parada do orgulho LGBTQ. Os organizadores do evento lamentaram a falta de apoio da prefeitura. Cacá destacou a tradição da festa e a importância de respeitar a diversidade.

O XADREZ (JOGO), VOLTA A TER RELEVÂNCIA EM ILHÉUS

Ocorreu neste sábado (22), o primeiro torneio da Liga Brasileira de Xadrez em Ilhéus.

O evento ocorreu no Batalhão da Polícia Militar na Barra,  partindo das 8h:30min.

O xadrez é uma atividade originária da Ásia e é conhecida por trazer benefícios para a mente e para o corpo. De fato, jogar xadrez estimula a competição e raciocínio lógico, além de promover melhorias na memória, nas tomadas de decisões, e na socialização.

O torneio contou com participantes de diversas cidades, dentre elas, Itabuna, Ilhéus, Valença, entre outros. Com a parceria da Loja Gardênia e Loja Ponto 10.

CLUBE ILHEENSE DE XADREZ

O VENENO DA NOITE!

O filho da deputada pirão perdido, já gastou 4 canetas BIC assinando autorizações.

Quantas tesouras ele vai gastar, cortando fitas de inaugurações?

A GALERA DE CACÁ COLCHÕES AJUSTA OS PONTEIROS PARA A RETA DE CHEGADA.

Sem iludidos e sem obrigados, todos aderem ao ficha limpa.

   Cacá Colchões participa do lançamento de comitê em Salvador

  

          Na noite da última quinta-feira, 20, o candidato a deputado estadual Cacá Colchões participou do lançamento do Comitê de Campanha da candidata a deputada Federal Érica Batista, em Salvador, o qual será também base de sua candidatura na capital. O lançamento aconteceu no Museu Eugênio Teixeira Leal, no Pelourinho, e contou com a presença do secretário geral do Partido Progressista, Jabes Ribeiro, o presidente do PP Salvador, Joca Salvador, e da liderança Mario Propaganda.

Com o auditório do Museu lotado, Cacá Colchões falou sobre a sua história de vida e também sobre a importância da participação da mulher na política. Na sequência, Cacá apresentou suas propostas para a educação, destacando a sua luta para implantação das Cotas Regionais nas Universidades do interior da Bahia, que prevê bônus de 20% sobre a nota do ENEM, para candidatos que cursaram o ensino médio em escolas com até 150km de distância das Instituições, sendo escola pública ou privada.

A professora Érica Batista destacou a sua parceria em Salvador com Cacá Colchões para deputado estadual e também falou da importância da educação, uma de suas principais bandeiras e defesas. “Vim de família humilde e meu pai sempre me incentivou a estudar, é uma das minhas lutas e acredito que a educação é o primeiro passo para a solução de muitos problemas na nossa Bahia”, afirmou Érica.

Funcionários da Prefeitura não trabalham para o Município

Manoel Ilheus manoel_ilheus2018@outlook.com

15:46 (Há 38 minutos)

para eu

Há tempos venho observando que a campanha da Deputada Mãe do Prefeito, vem mudando toda trajetória do funcionalismo Publico.Nas suas Carreatas, reuniões, sempre observo funcionários pagos pelo nosso dinheiro, presentes nestes locais.Acho um absurdo e uma falta de amor com a população que tanto sofre, pois são pagos para trabalhar Pela prefeitura e não para a Deputada.Hoje mais uma vez recebi no meu whatsapp, fotos de mais uma campanha, mais uma vez lá estavam funcionários da prefeitura, mais destaco aqui uma secretaria em especial, pois essa secretaria que atende a maior demanda da população, secretaria de assistência Social O senhor todo poderoso ( assim que esse senhor é conhecido em toda cidade)esse secretario , no minimo intimou seus subordinados para estarem fazendo campanha para Senhora Deputada segue abaixo algumas Fotos, com marcações de Alguns Funcionários, não sei o nome dos mesmos, mais como cidadão fico absolutamente indignado com essa situação.Deputada se queres ganhar a eleição, tudo bem, mais utilizar os funcionários pagos por nós, NÃO, isso não pode Sabemos que essa quantidade de pessoa que vão nos encontros são todos de Secretarias.

Vamos abrir o olho população   

Você sabe o que é fascismo? Entenda o termo

A palavra é cada vez mais usada nas conversas sobre política. Mas qual sua origem e o que ela significa? Veja a resposta

Em tempos de polarização política, é cada vez mais comum ouvir pessoas se chamando de “comuna” ou “coxinha”. Mas sempre aparece aquele mais entendido que resolve xingar o outro de “fascista”. Faz sentido? Ele realmente sabe o que a palavra significa? E você?

A palavra “fascismo” vem do italiano fascio, que significa “feixe”. Na Roma Antiga, o fascio (também conhecido como fascio littorio), era um machado revestido por varas de madeira. Ele geralmente era carregado pelos lictores, guarda-costas dos magistrados que detinham o poder. O fascio podia ser usado para punição corporal, e também era um símbolo de autoridade e união: um único bastão é facilmente quebrável, enquanto um feixe é difícil de arrebentar.

Veja também: Plínio  Salgado e os Galinhas Verdes.

Mas, o que exatamente foi o fascismo nem os maiores estudiosos sabem definir com precisão. Não existe nenhuma definição universalmente aceita do fenômeno, seja quanto sua abrangência, origens ideológicas ou formas de ação que o caracterizem. Algumas das principais características atribuídas ao fascismo  italiano -nacionalismo, corporativismo, racismo- não estão presentes em todos os regimes ditos fascistas.      George Orwell, no seu “O que é Fascismo?”, afirma que as definições populares do termo vão de “democracia pura” a “demonismo puro”. Ele mesmo afirma que é uma palavra “quase inteiramente sem sentido”. Isso se deve, principalmente, ao fato de o fascismo não possuir um arcabouço teórico forte, e ter sido determinado, na prática, pelas atitudes de Mussolini. Nas palavras do próprio: “Não temos uma doutrina pronta; nossa doutrina é a ação.” Outros movimentos são bem mais formalizados. O marxismo, por exemplo, antes de ser uma prática política, é uma doutrina com base teórica nos escritos de Marx e Engels. O nazismo, mais próximo do fascismo, teve no livro Mein Kampf (Minha Luta), escrito em 1925 por Adolf Hitler, seu manual de instruções. Mas as regras do regime de Mussolini foram basicamente definidas na hora, no calor do momento.

O fascismo propriamente dito ocorreu em um contexto bem específico da história, mas há quem considere que o regime de Franco, na Espanha, ou o de Salazar, em Portugal, também tenham sido fascistas. Talvez dessa indefinição surja a generalização. Hoje, a palavra virou sinônimo de “extrema direita”, mas é usada até para se referir a “totalitarismo” e “autoritarismo” – o que não faz sentido, já que o regime comunista de Stalin foi ainda mais autoritário que o de Mussolini.

Em suma: a própria definição de fascismo é relativa. E as pessoas vão continuar usando essa palavra cada uma à sua maneira. Mas, na próxima vez em que você escutar alguém usando o termo, saberá do que se trata: alusão a um antigo instrumento de poder romano, que virou símbolo de alguns dos piores momentos do século 20.

MUDANÇAS EM ZONAS ELEITORAIS DE ILHÉUS.

TODA ELEIÇÃO, MOTOTAXISTA VIRA ATRAÇÃO!

Este ano de mainha, a coisa foi mais elaborada, foto bem colorida, com texto de novela no release.

Serviço de mototaxistas em Ilhéus, me engana que eu gosto…

ILHÉUS, PERMISSIVIDADE E ESCULHAMBAÇÃO É O SEU DESTINO!

MUITO OBRIGADO GOVERNADOR RUI COSTA.

A população de Ilhéus está agradecida pelo trabalho de recapeamento asfáltico que o senhor mandou fazer na cidade.

Se ficássemos dependentes da Prefeitura, isso nunca seria feito.

Recapeamento asfáltico feito pelo Governo do Estado.



anuncie aqui

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
Carregando...

Brasileirão

setembro 2018
D S T Q Q S S
« ago    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia