WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Saliencias e indecencias’

‘A balbúrdia vai continuar’, diz núcleo de pesquisa em cultura e sexualidade da Ufba

'A balbúrdia vai continuar', diz núcleo de pesquisa em cultura e sexualidade da Ufba

Foto: Divulgação / Ufba

O Núcleo de Pesquisa e Extensão em Culturas, Gêneros e Sexualidades da Universidade Federal da Bahia (Ufba) rebateu o Ministério da Educação (MEC) e afirmou ao jornal Folha de S.Paulo que “a balbúrdia vai continuar”. 

A resposta faz referência ao motivo dado pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, para contingenciar 30% do orçamento da universidade. Após repercussão negativa, o governo decidiu ampliar o corte para todas as instituições de ensino superior do Brasil (veja aqui). 

“Somos um dos grupos pioneiros em pesquisas no campo das culturas e sexualidades, fomos inclusive responsáveis por trazer a filósofa americana Judith Butler pela primeira vez ao Brasil em 2015”, diz Marcelo de Troi, assessor do núcleo. 

De acordo com a reportagem, mais de 40 pessoas fazem parte do grupo, entre mestres, doutores e ativistas. Neste mês também será realizado 3º Encontro do Núcleo de Pesquisa e Extensão em Culturas, Gêneros e Sexualidades. Antes de ter esse nome, o núcleo era chamado pela alcunha de “grupo de pesquisa em Cultura e Sexualidade” ou, para os íntimos, “CuS”.

SURUBA MICROFONICA E CALOTEIRA.

Ilhéus: Pastor sai com garotas de programa, não paga e acaba na delegacia     

Escrito por Jamesson Araújo  

Ter, 12 de Julho de 2011 20:43

Pastor das piriguetes, uuuuiii

Um conhecido Pastor evangélico de Ilhéus, famoso pela sua presença na mídia e pela forte influência no Palácio Paranaguá, teve um final de semana, no mínimo, controverso para com sua conduta cristã.

Segundo se informa, o conhecido Pastor teria contratado duas garotas de programa digamos para uma sessão de “descarrego sexual”.

O problema é que o Pastor, bom de cobrar o dízimo de seus fiéis, não é tão bom pra pagar serviço de outros. Resultado, as “prestadoras de serviço” não aceitaram o calote e partiram para a discussão ainda dentro do motel. O responsável pelo estabelecimento chamou a polícia, e todos foram para na delegacia.

Segundo relato de polícias, depois de muita conversa o pastor resolveu pagar as meninas, sendo solto e a queixa retirada.

Uma pergunta: Qual a origem do dinheiro foi usado pelo Pastor para pagar a diversão sexual ?

Tomara que tudo isso não afaste os fiéis…. reza ele !

anuncie aqui

Carregando...

Tabela do Brasileirão

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia