WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Publicações’

Brasil tem recorde de praias candidatas a certificação ambiental

Júri nacional aprova 14 praias que agora terão avaliação internacional

Publicado em 19/07/2019 – 16:58

Por Vinícius Lisboa – Repórter da Agência Brasil  Rio de Janeiro

O Brasil pode ter no próximo verão um número recorde de praias com a certificação internacional Bandeira Azul, que leva em conta a qualidade da água e a gestão e educação ambiental. O júri nacional do programa aprovou 14 candidaturas, que agora passarão pelo crivo do júri internacional, em setembro. No ano passado, todas as candidatas aprovadas no Brasil foram confirmadas na etapa global.Inicialmente, apenas 13 candidaturas haviam sido aprovadas pelo júri nacional, mas uma praia conseguiu entrar na lista após apresentar recursos. Entre as 14 candidatas, há duas praias que já tiveram o título e foram desclassificadas e oito já estão certificadas. Quatro praias buscam obter a candidatura pela primeira vez, incluindo a primeira praia cearense da lista. O Instituto Ambientes em Rede, que organiza a seleção no Brasil, prefere não revelar o nome das praias candidatas antes da decisão do júri internacional. Coordenadora do programa, Leana Bernardi diz que o objetivo principal é promover mudanças de comportamento na população, por meio de ações de educação ambiental.  “Os candidatos têm que promover ações de educação e de informação, com sinalização na praia e atividades com os usuários e as comunidades”, explica  Leana. “Muitos municípios colocam tendas na praia, reúnem as crianças e promovem atividades lúdicas. E fazem abordagem direta aos banhistas.” 

Os critérios são divididos em quatro temas principais: a qualidade da água; a segurança e os serviços, como a presença de guarda-vida, policiamento, passarelas; a gestão ambiental, como o manejo sustentável de resíduos; e a educação ambiental. Se aprovadas, as praias devem hastear a bandeira azul do programa a partir de novembro, e manter informações educativas à disposição dos banhistas.

CertificadasO Brasil chegou a ter nove praias certificadas no início do verão passado, mas a Praia de Palmas, em Governador Celso Ramos, Santa Catarina, não conseguiu manter o nível de excelência da qualidade da água e perdeu o título ao longo deste ano. Outra praia que tinha sido certificada e ficou de fora da lista foi a Prainha, na zona oeste do Rio de Janeiro, que não enviou toda a documentação necessária para manter a certificação.Estão na lista atualmente a Praia Grande de Caravelas, em Governador Celso Ramos, a Praia do Estaleirinho e a Praia do Estaleiro, em Balneário Camboriú, a Praia de Piçarras, em Balneário Piçarras, e a Praia da Lagoa do Peri, em Florianópolis, em Santa Catarina; a Praia do Tombo, no Guarujá. e,m São Paulo; a Praia de Ponta Nossa Senhora, em Salvador; e a Praia do Peró, em Cabo Frio, Rio de Janeiro. 

A predominância das praias de Santa Catarina na lista pode ser explicada pelo maior contato entre os gestores dos municípios catarinenses e o Instituto Ambientes em Rede, que organiza a certificação no Brasil. A organização não governamental (ONG) é sediada em Santa Catarina, onde tem mais possibilidades de divulgar o programa e convidar as cidades a inscreverem suas praias.

O certificado Bandeira Azul começou na França na década de 1980, criado pela Foundation for Environmental Education (Fundação pela Educação Ambiental, em tradução livre) e somente a partir de 2001 passou a certificar praias e marinas de fora da Europa. Atualmente, 4,5 mil praias, marinas e barcos de turismo de 45 países estão certificados. No Brasil, além das oito praias, há cinco marinas certificadas em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, Guarujá e Ubatuba, em São Paulo, e Florianópolis e Balneário Camboriú, em Santa Catarina. 

Além da certificação internacional, o programa promove uma fase piloto, em que as praias e marinas iniciam sua caminhada para se adaptar aos critérios. Entre elas estão a Praia da Reserva, no Rio de Janeiro, e a Praia de Guarajuba, em Camaçari, na Bahia.

O júri internacional é formato por representantes de instituições de peso, como a Organização Mundial da Saúde, a Organização Mundial de Turismo e o Programa da Organização das Nações Unidas para o Meio Ambiente. No Brasil, os Ministérios do Meio Ambiente e do Turismo participam do júri nacional, além da Secretaria de Patrimônio da União, da Associação Nacional de Órgãos Municipais de Meio Ambiente e outras entidades e ONGs que tratam de sustentabilidade e segurança nas praias.

Edição: Nádia Franco

DIÁRIO OFICIAL DO MUNICÍPIO DE ILHÉUS – EDIÇÃO 162 DE 18/07/2019

Registros encontrados: 1009

  • Edição Nº 162

    Clique no link abaixo

    18/Julho/2019

    Diário Oficial

    Data: 18/07/2019Hora: 16:49

    Decreto(s) s/n de nomeação(ões) de servidor(es) público(s) do Município de Ilhéus/BA: ELISIO FRANÇA DIAS NETO

    Portaria n. 292/2019 do Município de Ilhéus/BA: Designa Gestores, Fiscais de Contratos, e Fiscais de Contratos Substitutos no âmbito da Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Lazer do Município, e dá outras providências

    Portaria SDS n. 004/2019: Dispõe sobre a divulgação da relação definitiva das entidades aptas a votar e serem votadas no Processo de Eleição do CMDM, mandato para o próximo biênio

    Resolução n. 022/2019 do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA): Dispõe sobre a divulgação do Gabarito e Lista Final da Prova Objetiva e prazo para documentação no processo de escolha de conselheiros tutelares (2020-2023) e dá outras providências

    Extrato ao Contrato n. 127/2019 – Inexigibilidade de Licitação n. 032/2019 do Município de Ilhéus/BA

    Tamanho: 0.974MB

    Visualizar arquivo

DIÁRIO OFICIAL DO MUNICÍPIO DE ILHÉUS – EDIÇÕES 159,160 E 161 DE 17-18/07/2019

Registros

Registros encontrados: 1008

Clique no link abaixo

  • Edição Nº 161

    18/Julho/2019

    Diário Oficial

    Data: 18/07/2019Hora: 14:34

    Portaria n. 290/2019 do Município de Ilhéus/BA: Designa Gestor, Fiscal de Contratos, e Fiscal Substituto no âmbito da Secretaria de Cultura e Turismo do Município, e dá outras providências

    Tamanho: 0.092MB

    Visualizar arquivo

  • Edição Nº 160

    18/Julho/2019

    Diário Oficial

    Data: 18/07/2019Hora: 10:15

    Ratificação, Homologação e Adjudicação da inexigibilidade de licitação n. 032/2019 do Município de Ilhéus/BA

    Tamanho: 0.091MB

    Visualizar arquivo

Registros encontrados: 1

  • Edição Nº 159

    17/Julho/2019

    Diário Oficial

    Data: 17/07/2019Hora: 19:27

    Portaria SUTRAM – 018/2019: Designar agentes de trânsito do município de Ilhéus para comporem a Comissão de Avaliação de Uniformes, objetivando a análise dos fardamentos e EPI objeto de Credenciamento Público

    Errata ao extrato publicado no dia 15 de julho de 2019 – Diário Oficial Eletrônico – Edição n. 157, Caderno I

    Extrato ao 2° Termo Aditivo ao Contrato n° 096 / 2017 do Município de Ilhéus

    Tamanho: 0.143MB

    Visualizar arquivo

Governo quer reduzir alíquota do IR para máximo de 25%, diz Bolsonaro

Política

Presidente falou também sobre novas regras para saques do FGTS

Publicado em 17/07/2019 – 18:11

Por Pedro Rafael Vilela – Repórter da Agência Brasil  Brasília

O presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje (17) que o governo vai trabalhar por uma reforma tributária mexendo apenas em impostos federais, com perspectiva de redução da carga tributária ao longo dos anos. Uma das mudanças seria a redução da alíquota máxima do imposto de renda (IR) para 25%. Atualmente, pessoas físicas pagam até 27,5% e pessoas jurídicas, como empresas, pagam até 34% de IR. Outra ideia do governo é unificar impostos e contribuições federais, como PIS, Cofins, IPI e IOF, em um imposto único.    

“O que nós queremos fazer, conforme explanação do Marcos Cintra, no dia de ontem, na reunião de ministros, é mexer só com os tributos federais. Uma tabela de imposto de renda de, no máximo, 25%, e dar uma adequada. E nós queremos, segundo o próprio Onyx Lorenzoni falou, no dia de ontem, na reunião, nós queremos, ano a ano, ir reduzindo nossa carga tributária”, afirmou o presidente em entrevista a jornalistas logo após participar da cúpula do Mercosul, em Santa Fé, na Argentina. 

O Brasil assumiu a presidência pro-tempore do bloco pelos próximos seis meses. Durante seu discurso na cúpula, Bolsonaro afirmou que pretende trabalhar pela redução de tarifas e ampliação de acordos comerciais. O presidente retorna ainda na tarde desta quarta-feira para Brasília.

Ainda na entrevista, Bolsonaro disse que esta semana devem ser anunciadas novas regras para saques de contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). “É uma pequena injeção na economia e é bem-vindo isso daí, porque começa a economia, segundo os especialistas, a dar sinais de recuperação”, disse.

Perguntado sobre a possibilidade do Senado reincluir estados e municípios na reforma da Previdência, o presidente ponderou que isso deveria ser feito em um projeto paralelo, para evitar que o texto tenha retornar à Câmara dos Deputados.

“Eu acho que não é o caso de mexer nessa proposta, porque ela voltaria para a Câmara. Pode ser uma PEC paralela, é outra história para ser discutida”, disse 

Embaixador nos EUA

Bolsonaro voltou a comentar sobre a eventual indicação de seu filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), para o cargo de embaixador do Brasil nos Estados Unidos. Segundo ele, consultas preliminares serão feitas ao governo norte-americano e o presidente Donald Trump deve dar o seu aval. “Tenho certeza que ele dará o sinal positivo”, disse. 

Na coletiva com chanceleres do Mercosul, o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, elogiou Eduardo Bolsonaro e disse que ele pode ajudar a alavancar projetos entre o Brasil e Estados Unidos. 

“É uma pessoa com grande capacidade de articulação política, ajudaria muito os projetos que temos com Estados Unidos. A perspectiva agora dependeria, sobretudo, claro, da aprovação pelo Senado, mas me parece que seria um excelente nome”, disse.

Saiba mais

Edição: Narjara Carvalho

Cade investigará suposta formação de cartel em obras da Copa de 2014

Publicado em 17/07/2019 – 19:59

Por Luciano Nascimento – Repórter da Agência Brasil  Brasília

A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) informou hoje (17) que abriu processo para investigar um suposto cartel em obras de construção e reforma de instalações esportivas destinadas à Copa do Mundo de Futebol de 2014. O Cade também abriu processo administrativo para apurar suposto cartel em licitações realizadas pela Petrobras para contratação de serviços de engenharia e construção civil de Edificações de Grande Porte com Características Especiais.

Os dois casos tiveram início com a celebração de acordos de leniência e fazem parte de investigações conduzidas pelo Cade, desde 2014, no âmbito da Operação Lava Jato. De acordo com o Cade, a investigação relacionada às obra da Copa do Mundo teve início com acordo de leniência firmado com a construtora Andrade Gutierrez, que também incluiu executivos e ex-executivos da empreiteira.

A empresa informou, no acordo, que oito procedimentos licitatórios envolvendo obras em estádios de futebol podem ter sido objeto da prática anticompetitiva. As investigações se concentram nas obras do Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília; das arenas Amazônia, em Manaus, e Pernambuco, em Recife; dos estádios Maracanã, no Rio de Janeiro, e Mineirão, em Belo Horizonte; e das arenas Castelão, em Fortaleza, das Dunas, em Natal, e Fonte Nova, em Salvador.

“Até o momento, há indícios de que os contatos entre concorrentes teriam se iniciado com a definição do Brasil como sede do Mundial pela Fifa, em outubro de 2007, tendo se intensificado no segundo semestre de 2008. O cartel teria atuado, pelo menos, até meados de 2011, quando foram assinados os contratos referentes às obras públicas dos estádios de futebol para a Copa do Mundo”, informou o Cade.

O Cade também investiga licitações complementares aos certames principais, que podem ter sido afetadas pelos acordos ilícitos. As empresas investigadas por suposta participação no cartel em licitações de estádios da Copa de 2014 são: Andrade Gutierrez, Carioca Engenharia, Camargo Corrêa, OAS, Queiroz Galvão, Delta, Grupo Odebrecht e Via Engenharia. A investigação inclui ainda 36 pessoas físicas relacionadas a essas empresas.

Petrobras

Já a investigação para apurar a existência de um cartel em obras de edificações especiais da Petrobras teve início após a assinatura de acordo de leniência com a Carioca Engenharia e pessoas físicas relacionadas à empresa.

Segundo o Cade, os contatos ilícitos entre as concorrentes teriam começado em 2006 e continuado até 2008. Pelo menos três grandes obras da Petrobras teriam sido afetadas pelo cartel: a construção do Centro de Pesquisas Leopoldo Américo Miguez de Mello (Novo Cenpes), do Centro Integrado de Processamento de Dados da Tecnologia da Informação (CIPD), ambos localizados no Rio de Janeiro, e da Sede da Petrobras em Vitória, no Espírito Santo.

A investigação recai sobre as empresas Carioca Engenharia; Construbase; Construcap; Camargo Corrêa; Andrade Gutierrez; Odebrecht; OAS; Queiroz Galvão; Hochtief do Brasil; Mendes Júnior; Racional; Schahin Engenharia e WTorre, além de 23 pessoas físicas ligadas às companhias.

“A Superintendência também identificou evidências de que as empresas envolvidas trocavam informações sensíveis durante reuniões bilaterais e, ocasionalmente, multilaterais. Além disso, teria havido distribuição das obras entre os supostos participantes do cartel, bem como a organização de uma estrutura para apresentação de propostas de cobertura e supressão de propostas nos procedimentos licitatórios”, disse o Cade.

Outro lado

Em nota, a Carioca Engenharia disse que não vai comentar a abertura de investigação pelo Cade.

A Andrade Gutierrez disse, por meio de nota, que apoia toda iniciativa de combate à corrupção e que os processos abertos agora são fruto da colaboração da empresa. “A companhia assumiu esse compromisso público em um manifesto veiculado nos principais jornais do país e segue colaborando com as investigações em curso dentro dos acordos de leniência firmados com o Ministério Público Federal (MPF), com a Controladoria-Geral da União (CGU), com a Advocacia-Geral da União (AGU) e com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), disse a empresa

A Odebrecht também disse que os processos abertos pelo Cade integram a colaboração da empresa com a Justiça e os órgãos de fiscalização e controle no Brasil. “Para esses temas em questão, a empresa já firmou com o Cade termos de cessação de conduta. A Odebrecht já usa as mais recomendadas normas de conformidade em seus processos internos, inclusive relativos à defesa da concorrência, e segue comprometida com uma atuação ética, íntegra e transparente.”

Procurada, a Construcap afirmou que a investigação mostrará que a empresa não cometeu nenhuma irregularidade. “A Construcap informa que tem convicção de que as apurações a serem realizadas pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), no âmbito do processo instaurado sobre as obras realizadas para a Petrobras, mostrarão que a Construcap não cometeu, nem compactou com nenhuma irregularidade.”

Em nota, a Construtora Camargo Corrêa destaca que foi a primeira grande empresa a firmar acordo de leniência com o Cade no âmbito da Lava Jato. A Camargo Corrêa reafirmou o “compromisso de colaboração permanente com as autoridades” e esclareceu que “não participou de contratos de construção de obras da Copa do Mundo de 2014.”

A reportagem da Agência Brasil tentou contato com as demais empresas, mas ainda não obteve retorno.

Edição: Nádia Franco

DIÁRIO OFICIAL DO MUNICÍPIO DE ILHÉUS – EDIÇÃO 158 DE 16/07/2019

Registros

Registros encontrados: 1005

Clique no link abaixo

  • Edição Nº 158

    16/Julho/2019

    Diário Oficial

    Data: 16/07/2019Hora: 21:34

    Decreto n. 060/2019 do Município de Ilhéus/BA: Delega poderes para o Secretário de Gestão e Tecnologia para firmar Escrituras de Concessão de Uso e dá outras providências

    Decreto n. 062/2019 do Município de Ilhéus/BA: Nomeia Conselheiro Tutelar suplente em substituição ao titular em gozo de férias do Conselho Tutelar dos Direitos da Criança e do Adolescente

    Portaria n. 271//2019 do Município de Ilhéus/BA: Autoriza a cessão da servidora pública municipal Maria de Lourdes dos Santos Lima, para a Câmara Municipal de Ilhéus/BA.

    Portaria n. 283/2019 do Município de Ilhéus/BA: Designa Gestores, Fiscais de Contratos, e Fiscais de Contratos Substitutos no âmbito da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos do Município, e dá outras providências

    Portaria n. 284/2019 do Município de Ilhéus/BA: Designa Gestores, Fiscais de Contratos, e Fiscais de Contratos Substitutos no âmbito da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos do Município, e dá outras providências.

    Portaria n. 285/2019 do Município de Ilhéus/BA: Designa Gestores, Fiscais de Contratos, e Fiscais de Contratos Substitutos no âmbito da Secretaria Municipal de Gestão e Tecnologia, Secretaria de Fazenda e Gabinete da Prefeitura e dá outras providências

    Portaria n. 286/2019 do Município de Ilhéus/BA: Designa Gestores, Fiscais de Contratos, e Fiscais de Contratos Substitutos no âmbito da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos do Município, e dá outras providências

    Portaria s/n de designação de função gratificada à servidor do Município de Ilhéus/BA: ANTONIO CARLOS DANTAS SANTOS

    Portaria n. 033/2019 da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Meio Ambiente e Urbanismo: Fica DEFERIDA a solicitação de RENOVAÇÃO DE LICENÇA AMBIENTAL SIMPLIFICADA a J S FREITAS COMERCIO DE DERIVADOS LTDA denominado Posto Universitário, inscrita no CNPJ sob o nº 13.479.764/0001-53, para a atividade de comércio varejista de combustíveis para veículos automotores, localizada na Rodovia Ilhéus/Itabuna, bairro Salobrinho, Ilhéus/BAPortaria n. 034/2019 da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Meio Ambiente e Urbanismo: Fica DEFERIDA a solicitação de RENOVAÇÃO DE LICENÇA AMBIENTAL SIMPLIFICADA a J S FREITAS COMERCIO DE DERIVADOS LTDA denominado Posto Caminho do Sol, inscrita no CNPJ sob o nº 13.479.764/0002-34, para a atividade de comércio varejista de combustíveis para veículos automotores, localizada na Avenida Proclamação, s/n, Savóia, Ilhéus/BA

    Portaria n. 035/2019 da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Meio Ambiente e Urbanismo: Fica DEFERIDA a solicitação de RENOVAÇÃO DE LICENÇA AMBIENTAL SIMPLIFICADA ONDA COMERCIO COMBUSTIVEIS LTDA denominado Posto Sinal, inscrita no CNPJ sob o nº 10.220.108/0001-43, para a atividade de comércio varejista de combustíveis para veículos automotores, na Av. Itabuna, nº 1426, Bairro: Conquista, Ilhéus/BA

    Portaria n. 036/2019 da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Meio Ambiente e Urbanismo: Fica DEFERIDA a solicitação de RENOVAÇÃO DE LICENÇA AMBIENTAL SIMPLIFICADA ONDA COMERCIO COMBUSTIVEIS LTDA denominado Posto Roma, inscrita no CNPJ sob o nº 10.220.108/0002-24, para a atividade de comércio varejista de combustíveis para veículos automotores, Avenida Lomanto Júnior nº 90, Bairro Pontal, Ilhéus/BA

    Extrato ao Contrato n° 105/2019 – Pregão Eletrônico n. 001/2019 do Município de Ilhéus/BA

    Extrato ao 1° Termo Aditivo ao Contrato n. 058/2018 do Município de Ilhéus/BA

    Extrato ao 2° Termo Aditivo ao Contrato n. 175/2017 do Município de Ilhéus/BA

    Segundo Termo de Apostilamento aos Contratos n. 177/2018 do Município de Ilhéus/BA

    Segundo Termo de Apostilamento aos Contratos n. 266/2018 do Município de Ilhéus/BA

    Resultado do Pregão Eletrônico n. 011/2019 do Fundo Municipal de Saúde de Ilhéus/BA

    Relatório amostras referente ao Pregão Eletrônico n. 006/2018 do Município de Ilhéus/BA

    Tamanho: 3.132MB

    Visualizar arquivo

Ministério da Saúde suspende parcerias para produção de medicamentos

Governo garante que a população não será afetada

Publicado em 16/07/2019 – 17:09

Por Mariana Tokarnia – Repórter da Agência Brasil  Brasília

O Ministério da Saúde informou hoje (16) que 19 parcerias de Desenvolvimento Produtivo (PDPs) estão em fase de suspensão. As parcerias foram firmadas para a produção de medicamentos como insulina, usada para diabetes, e pramipexol, usado no tratamento de doença de Parkinson. A etapa atual permite que os laboratórios públicos apresentem medidas para reestruturar o cronograma de ações e atividades.

Segundo a pasta, as parcerias estão em fase de suspensão, entre outros motivos, por falta de avanços esperados; por falta de investimento na estrutura; por desacordo com o cronograma; por solicitação de saída do parceiro privado; pelo não enquadramento de um projeto como PDP; por decisão judicial; e, por recomendação do Tribunal de Contas da União (TCU) e Controladoria-Geral da União (CGU).

Esse tipo de parceria tem quatro fases. A primeira é a proposta para avaliação; a segunda é o desenvolvimento do projeto, com elaboração dos contratos entre parceiros, treinamento, desenvolvimento da estrutura e qualificação dos processos de trabalho; a terceira é a transferência efetiva de tecnologia e início da aquisição do Ministério da Saúde; e, a quarta, a verificação da internalização da tecnologia.

De acordo com a lista divulgada pelo ministério, cinco parcerias estavam na terceira fase. As demais estavam na segunda fase ou anterior.

O Ministério da Saúde garante, em nota, que a população não será afetada. “Para garantir o abastecimento da rede, o Ministério da Saúde vem realizando compras desses produtos por outros meios previstos na legislação. A medida, portanto, não afeta o atendimento à população. A maior parcela das PDPs em fase de suspensão sequer chegou a fase de fornecimento do produto”, diz a nota.

A PDP é uma parceria que prevê transferência de tecnologia de um laboratório privado para um público, com o objetivo de fabricar um determinado produto em território nacional. O Ministério da Saúde coordena o processo e utiliza seu poder de compra para apoiar a produção nacional de produtos considerados estratégicos para o Sistema Único de Saúde (SUS). Atualmente, segundo o Ministério da Saúde, 87 parcerias estão vigentes.

Segundo o presidente da Associação dos Laboratórios Farmacêuticos Oficiais do Brasil, Ronaldo Ferreira Dias, os laboratórios irão recorrer da medida tanto administrativamente quanto judicialmente. “A decisão foi tomada de forma unilateral, mesmo havendo diversos canais para estabelecer diálogo ou se fazer possíveis ponderações. Não houve diálogos prévios”, disse, acrescentando que “é quebra de contrato, quebra da confiança que o Brasil tem, inclusive no exterior”.

De acordo com Dias, as empresas já realizaram investimentos, inclusive em infraestrutura para produzir esses medicamentos. Parte desses recursos, segundo ele, vêm de fontes públicas. “Tranquilamente chega na casa dos bilhões”, disse.

Veja a lista divulgada pelo Ministério da Saúde: :: LEIA MAIS »

Brasil concorre a título de Cidade Criativa com quatro municípios

Prêmio da Unesco destaca práticas com foco no desenvolvimento social

Publicado em 16/07/2019 – 17:18

Por Letycia Bond – Repórter da Agência Brasil  Brasília

Quatro municípios brasileiros concorrem, este ano, ao título de Cidade Criativa, da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). A certificação é uma forma de reconhecer práticas que coloquem as indústrias criativas e culturais a serviço do desenvolvimento social local. Três capitais – Belo Horizonte, Fortaleza e Aracaju – disputam nas categorias gastronomia, design e música, respectivamente, e o município interiorano de Cataguases, em Minas Gerais, na de cinema.

Abertura oficial do 20º Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental.

Uma das categorias do prêmio é cinema, na qual concorre o município mineiro de Cataguases – Arquivo/Agência Brasil

Além das quatro categorias,a disputa inclui as categorias artesanato, artes folclóricas, literatura e artes midiáticas. De acordo com a Unesco, a relação dos vencedores será anunciado no final do ano.

Com 15 anos de existência, a Rede de Cidades Criativas congrega 180 cidades de 72 países, das quais oito estão no Brasil. Belém e Florianópolis, por exemplo, ganharam destaque na área da gastronomia, ao passo que Brasília e Curitiba entraram para a lista da Unesco devido à sua produção no campo do design.

Fábrica do Futuro

:: LEIA MAIS »

EXEMPLO DE AUTORIZAÇÃO DA ANTAQ – AGÊNCIA NACIONAL DE TRANSPORTES AQUAVIÁRIO.

Modelo de lanchas modernas.

DIÁRIO OFICIAL DO MUNICÍPIO DE ILHÉUS – EDIÇÃO 157

Registros

Registros encontrados: 1004

Clique no link abaixo

  • Edição Nº 157

    15/Julho/2019

    Diário Oficial

    Data: 15/07/2019Hora: 21:53

    Portaria n. 277/2019 do Município de Ilhéus/BA: Designa Gestores, Fiscais de Contratos, e Fiscais de Contratos Substitutos no âmbito da Secretaria Municipal de Educação e Esporte do Município, e dá outras providências

    Portaria n. 278/2019 do Município de Ilhéus/BA: Designa Gestor, Fiscal de Contratos, e Fiscal Substituto no âmbito da Secretaria de Cultura e Turismo do Município, e dá outras providências

    Portaria n. 279/2019 do Município de Ilhéus/BA: Designa Gestores, Fiscais de Contratos, e Fiscais de Contratos Substitutos no âmbito da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social do Município, e dá outras providências

    Portaria n. 280/2019 do Município de Ilhéus/BA: Concede Prorrogação de Licença Sem Vencimentos

    Portaria n. 282/2019 do Município de Ilhéus/BA: Designa Gestores, Fiscais de Contratos, e Fiscais de Contratos Substitutos no âmbito da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social do Município, e dá outras providências

    Resolução n. 021/2019 Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA): Dispõe sobre a divulgação do Gabarito Preliminar da Prova Objetiva de conhecimentos específicos no processo de escolha de conselheiros tutelares (2020-2023) e dá outras providências

    Certidão e Convocação nos autos do Processo Administrativo n. 010467/2018 – Tomada De Preços n. 011/2018 do Município de Ilhéus/BA

    Extrato ao Contrato n° 112/2019 – Inexigibilidade de Licitação n° 016/2019 do Município de Ilhéus/BA

    Extrato ao Contrato n° 115/2019 – Inexigibilidade de Licitação n°021/2019 do Município de Ilhéus/BA

    Extrato do Contrato nº 082/2019-S do Fundo Municipal de Saúde de Ilhéus/BA

    Extrato do Contrato nº 077/2019-S do Fundo Municipal de Saúde de Ilhéus/BA

    Extrato do Contrato nº 083/2019-S do Fundo Municipal de Saúde de Ilhéus/BA

    Extrato do Contrato nº 085/2019-S do Fundo Municipal de Saúde de Ilhéus/BA

    Extrato do Contrato nº 084/2019-S do Fundo Municipal de Saúde de Ilhéus/BA

    Extrato do Contrato nº 078/2019-S do Fundo Municipal de Saúde de Ilhéus/BA

    Extrato do Contrato nº 081/2019-S do Fundo Municipal de Saúde de Ilhéus/BA

    Extrato do Contrato nº 074/2019-S do Fundo Municipal de Saúde de Ilhéus/BA

    Extrato do Contrato nº 080/2019-S do Fundo Municipal de Saúde de Ilhéus/BA

    Extrato do Contrato nº 088/2019-S do Fundo Municipal de Saúde de Ilhéus/BA

    Extrato do Contrato nº 087/2019-S do Fundo Municipal de Saúde de Ilhéus/BA

    Extrato do Contrato nº 086/2019-S do Fundo Municipal de Saúde de Ilhéus/BA

    Tamanho: 1.044MB

    Visualizar arquivo

A COISA ESTÁ FEIA NO HOSPITAL COSTA DO CACAU

Reclamações chegadas ao blog, dão conta que é péssimo o relacionamento entre a gestão hospitalar e os profissionais de saúde.

A coisa chega a um ponto de um médico comentar que:

  • Estava com saudades do cheirinho de mijo do Régis. (HGLVF)

  • Platéia amestrada para a comédia…

Avenida Beira Rio, no Iguape, ganhou nova pavimentação ===>>> 17/08/2016

Fotos: Gidelzo Silva

Fotos: Gidelzo Silva

A comunidade da Avenida Beira Rio e adjacências, localizada no bairro Iguape, zona norte da cidade, está utilizando a nova pavimentação asfáltica daquela artéria, executada pela Secretaria de Infraestrutura, Transporte e Trânsito (Seintra) do Município de Ilhéus. No último mês de julho, as condições de tráfego na Avenida ficaram bastante danificadas com as fortes chuvas que caíram sobre a cidade, o que motivou a manifestação dos moradores do local.

O prefeito em exercício, Carlos Machado (Cacá), reuniu-se com representantes da comunidade que reivindicaram a recuperação da avenida para facilitar a mobilidade urbana, além de ser o principal eixo de ligação com mais de dez comunidades da zona rural do município. Na oportunidade, o prefeito autorizou às secretarias de Relações Institucionais (Serin) e de Infraestrutura, Transportes e Trânsito (Seintra) a adoção de providências para a realização da obra.

O Bairro do Iguape é um dos mais estratégicos para a cidade. Além de sediar o Distrito Industrial de Ilhéus, serve como rota para localidades da zona rural e de acesso à BA 262, que liga a zona urbana a outros distritos e à BR-101. O serviço de pavimentação asfáltica foi iniciado pela Seintra, na semana passada, com o trabalho de terraplanagem. Segundo o secretário de Infraestrutura, Derneval Furtunato, a artéria se encontrava sem vestígios de asfalto. Após a preparação da Avenida, os trabalhadores aplicaram a primeira camada de asfalto até a finalização do serviço.

Secretaria de Comunicação Social – Secom. – Ilhéus, 17.08.16 

anuncie aqui

Carregando...

Tabela do Brasileirão

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia