WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Porto Sul’

É POR ESSAS E OUTRAS QUE O GREENPEACE PULOU FORA.

Copiado do Blog AGRAVO

O relato Escrito por Eriksson Bastos

Seg, 01 de Fevereiro de 2010 00:00

Eriksson Bastos

Realizada no auditório do Ilhéus Hotel entre os dias 29 e trinta deste mês de janeiro, a IV Conferência Municipal das Cidades reuniu cerca 150 (cento e cinquenta) delegados e fora iniciada pelo prefeito do município, Newton Lima.

O evento contou com a participação de pessoas de várias áreas da sociedade, como líderes comunitários, agentes de saúde e alguns representantes políticos.

Dentre tais pessoas encontrava-se a presidente da ONG Associação Ação Ilhéus, a distinta senhora Maria do Socorro Mendonça. Para quem não sabe, o movimento prega o crescimento sustentável, colocando sempre o meio-ambiente em primeiro lugar. Assim, é de se depreender que a ONG e seus integrantes opõem-se à construção do novo sistema intermodal no norte de Ilhéus, o chamado Porto Sul.

E opõem-se, até certo ponto, com razão, visto que tal obra pode sim trazer impactos irreversíveis à natureza.

Findado, então, o primeiro dia da Conferência, começaram a deixar o auditório os delegados. Na recepção do hotel, sobre uma penteadeira, havia várias cópias de um artigo do radialista Elias Reis com o título “O Porto Sul é nosso!”, em que defende a execução do projeto, expondo vários problemas sociais que, segundo o autor, seriam resolvidos com o novo empreendimento.

A citada presidente da ONG foi uma das últimas a deixar o auditório e, ao passar pela recepção, vendo as cópias do artigo sobre a pequena mesa, gritou alguém que já havia saído do hotel e exclamou: “Oh, ‘Fulano’, o Porto Sul é nosso!”, utilizando-se de um sarcasmo incrível. Em seguida, pegou todas as cópias do artigo, amassou e as colocou dentro da bolsa, saindo do hotel. Nodia seguinte (sábado, dia 30), foram colocadas outras cópias do artigo no mesmo lugar. Mais uma vez, terminada a Conferência, a senhora Socorro saiu do auditório, passara pela recepção e, ao deparar-se novamente com as cópias do artigo, pegou todas novamente.

Ao verificar que a mesma pessoa tentava mais uma vez furtar dos demais o direito de ler o artigo, o recepcionista do hotel, Eriksson Vinicius Moraes Bastos, colocou-se à sua frente informando que os artigos estavam ali para que cada pessoa retirasse apenas um e que, no dia anterior, ela mesma já havia retirado todos e escondido em sua bolsa.

Entretanto, a senhora Maria do Socorro Mendonça não os devolveu, e os entregaras aos “colegas” que estavam ao seu lado.

O engraçado é que uma pessoa, em tese, politizada tentou, ao que parece, cercear a liberdade de expressão e sequer respeitou a opinião do autor Elias Reis e muito menos as demais pessoas que por ali passavam e tinham o direito apreciar a exposição feita pelo radialista.

Assim, verificamos uma tentativa desesperada de imposição de suas ideias aos demais. Isso é típico de quem não consegue construir argumentos sólidos e reais para um debate limpo, sério e justo.

Curioso também é observar uma pessoa que tanto defende o meio ambiente desperdiçar aquela quantidade de papel. Creio que a ambientalista consciente Socorro Mendonça não lance mão de certos recursos, como o uso de celular, computador ou de transportes automotores, visto que todos esses recursos são possíveis graças a degradação, e em uma escala muito maior que a da construção do Porto Sul, do meio ambiente. Em vez disso, creio que ande de bicicleta e, em vez de celular e emails, utilize lápis e papel reciclado para se comunicar.

Ao sair definitivamente do hotel, do meio da rua gritou: “meu nome é Maria do Socorro Mendonça, pode anotar!”. Nesse momento eu refleti: “a famosa quem?”, e percebi que deve ser apenas mais uma dessas pessoas demagogas e hipócritas que falam em preservação do meio ambiente e a cada mês trocam de celular, usam casacos de couro de animais silvestres, inutilizam quilos e quilos de papéis todos os dias, usam carros movidos a diesel e usam desodorante aerossol!

E agora eu pergunto: para que anotar o nome de uma pessoa dessas? Seu nome nada representa para mim e, creio, para a sociedade ilheense. Afinal, “quem és tu, coriolano?”!

Eriksson Vinicius Moraes Bastos

erikbastos_@hotmail.com

VALEU, MAS NEM TANTO.

As explicações dadas no post abaixo, valem como uma pequena prestação de contas.

A Superintendência de Desenvolvimento Industrial e Comercial de um Estado da grandiosidade da Bahia, poderia ser mais ousada e menos escorregadia em suas ações.

O que não tem perdão, é fazer um stand em Itabuna quando o Porto Sul é em Ilhéus, sem bairrismo, a nossa querida cidade sente o desprestígio e o abandono, e a população fica sem conhecer a exposição do PORTO SUL.

MAIS UMA REUNIÃO DO PORTO SUL.

reuniãoportosul

Parabéns ao Secretário de Desenvolvimento Alisson Mendonça, interessado em um assunto palpitante que diz respeito a sua secretaria.

Leia matéria completa clicando aqui.

MATÉRIA REQUENTADA DO SITE PORTOGENTE, AGORA COM NOVA PERSONAGEM.

  • Ilhéus
    ONG critica posição do Governo da Bahia sobre o Porto Sul
    Texto atualizado em 12 de Janeiro de 2010 – 02h28
  •  

     
    Bruno Rios
    reportagem
     
    A presidente da ONG Ação Ilhéus, Maria do Socorro Mendonça, entrou em contato com a reportagem do PortoGente na semana passada. Indignada com a resposta que o Governo da Bahia enviou ao site defendendo a instalação do Porto Sul na cidade baiana de Ilhéus, a 462 km de distância da capital Salvador, ela rebateu um a um os pontos destacados pela assessoria de imprensa da Secretaria de Estado da Indústria Naval e Portuária. E reafirmou que o projeto espantou investidores do ramo turístico e trouxe dois sentimentos ao Sul da Bahia: preocupação e incertezas.* Veja em vídeo 3D como será o Porto Sul no litoral da Bahia

    Conheça em detalhes a área que pode receber o Porto Sul

    Bahia comemora novos planos da SEP para o Porto Sul

    Impactos ambientais podem atrapalhar construção na Bahia

    Manifestantes vão às ruas contra o Porto Sul em Ilhéus

    “O que disse o Luigi [Massa, presidente da Associação de Turismo de Ilhéus] é verdade, pois antes do anúncio de instalação do Porto Sul havia pelo menos cinco empreendimentos turísticos. Estes hotéis e condomínios de luxo somavam mais de R$ 623 milhões em investimentos e gerariam três mil empregos diretos na fase de operação. De acordo com o próprio Governo da Bahia, cada emprego direto do turismo gera cerca de três vagas indiretas. Portanto, desse modo nós teríamos nove mil novos empregos formais. E eles se perderam. O Governo mentiu de novo”.

    Maria do Socorro explica que, em Ilhéus, a necessidade de empregos que existe é exatamente para mão de obra não qualificada ou para pouca especialização, pois a comunidade não teve acesso, nos últimos anos, a diversos cursos de qualificação disponíveis no mercado de trabalho. Questionada sobre a possibilidade de o Porto Sul mudar a realidade local e trazer esperança de dias melhores ao povo de Ilhéus, a presidente da ONG Ação Ilhéus se baseou em mais números oficiais para refutar a tese.

    “A Bahia Mineração (Bamin) gerará na operação do Porto Sul 300 empregos diretos e os indiretos nesse tipo de atividade são de 1,3 para cada emprego direto, além de não gerar vagas para a mão de obra disponível que temos que não é qualificada. Para piorar, segundo o representante do Governo Antonio Carlos Mathias nos disse em 2008 e 2009, o que de fato existe é o empreendimento da Bamin. Tudo o mais é de livre pensar, já que pode ou não acontecer. Como podemos confiar em uma história dessa?”

    O argumento do Governo que deixou a presidente da ONG mais irritada foi o de que as atividades portuária e turística podem conviver em harmonia. Foram citados como exemplos os portos de Suape, em Pernambuco, localizado a apenas 3 km do Eco Resort Cabo de Santo Agostinho, e Itajaí, em Santa Catarina, que fica a 6 km do Balneário Camboriú. “Os portos que eles dizem que vivem em harmonia com o turismo não exportam minério de ferro. Queremos saber como é o turismo convivendo com o Porto do Itaqui (MA) e com o Porto da Vale no Espírito Santo”.

    Maria do Socorro discorda, também, da escolha da Ponta do Tulha para a instalação do Porto Sul. Para ela, o Governo do Estado tem de provar que não existe outro local na Bahia para receber o porto e, só depois disso, vir a público dizer que a Ponta é a área ideal. “Isso eles não fizeram. Das sete alternativas, cinco estão no mesmo bioma (conjunto de diferentes ecossistemas) na Estrada Ilhéus-Itacaré, em 30 km. A escolha da Ponta da Tulha foi apresentada numa planilha que pode ser alterada de acordo com as conveniências. Mentem e depois esbarram nas próprias mentiras”.

    NOVIDADES PORTO SUL.

    RESUMO DO CONTRATO DE CONSULTORIA DERBA CC001–CT012/10

    PROCESSO N.º 008880/09. CONCORRÊNCIA Nº. 005/09 CONTRATANTE: DEPARTAMENTO DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES DA BAHIA – DERBA. CONTRATADO: CONSÓRCIO HYDROS ENGENHARIA E PLANEJAMENTO LTDA / ORIENTA CONSULTORIA ENGENHARIA E NEGÓCIOS LTDA. OBJETO: Execução dos serviços de Consultoria de Engenharia para Elaboração de Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e Relatório de Impacto Ambiental (RIMA) para implantação do Porto Sul em Ilhéus. VALOR: 1.620.000,00. PRAZO: 240 dias. ATIVIDADE: 26.784.274.3311. ELEMENTO: 44.90.51. FONTES: 15 e 17. DATA DA ASSINATURA: 07/01/10. Luiz Souza Cunha – Procurador Chefe do DERBA.

    UM PRESENTE PARA ILHÉUS.

    SEPLAN-BA COMPLEXO LOGÍSTICO PORTO SUL from Cacomotion on Vimeo.

    INFOMAIL-EXTERNO

    ALEGRIA MEU POVO. A REDENÇÃO ESTÁ CHEGANDO.

    Com o começo da construção da Ferrovia Oeste-Leste em maio de 2010, e a liberação das licenças do Porto Sul, vamos começar a enxergar uma luz no fim do túnel.

    Clique aqui e confira.

    PROJETO TRANSFORMAR.

    Oficina alimentosOficina alimentos 03

    Projeto Transformar promove oficinas de manipulação e processamento de alimentos na comunidade do Retiro

    Dando continuidade as ações do Projeto Transformar, os pequenos produtores da comunidade do Retiro, participaram de uma oficina de manipulação e processamento de alimentos, ministrada por instrutores do SENAI. As aulas ocorreram nos dias 04,05 e 06 de dezembro.

    :: LEIA MAIS »

    anuncie aqui

    Carregando...

    Tabela do Brasileirão

    contador free

    nao basta

    Webtiva.com // webdesign da Bahia
    outubro 2019
    D S T Q Q S S
    « set    
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    2728293031  


    WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia