WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Petrobrás’

DEFINIDAS NO EIA-RIMA, AS PLATAFORMAS QUE SERÃO ATENDIDAS POR ILHÉUS.

plataformas

PREVENÇÃO AMBIENTAL NAS PERFURAÇÕES DE PETRÓLEO. (Atualização)

clclogo

Todos sabem que podem haver vazamentos de óleo nas perfurações e ou em desastres ambientais mais complexos.

A Petrobras mantem em perfeito estado de alerta, bases em localidades estratégicas para conter os avanços ou prevenir desastres ambientais.

Em Camamu, Itacaré e Ilhéus,  em 12 localidades ao todo, elas estão funcionando perfeitamente, sob manutenção e treinamento de simulados com equipes locais.

Esse serviço já é prestado, monitorado e aprovado pela Petrobras e Ibama, pela CLC – Agencia  Marítima, empresa genuinamente ilheense.

Atendendo a pedidos segue a relação até agora, das localidades cobertas pela CLC Ag. Maritima e Serviços.

Segue relação das comunidades: Cacha Pregos (Itaparica). Guaibim(Valença). Garapuá (Cairú). Boipeba( Cairú) Cova de Onça (Cairú) Campinhos (Maraú) Barra Grande (Maraú) Itacaré, Ilhéus, Olivença, Pedra De Una, Canavieiras.

 

Equipes, CLC, Ibama, Petrobras em treinamento simulado.

Equipes, CLC, Ibama, Petrobras em treinamento simulado.

 

BREVE – MOVIMENTAÇÕES POSITIVAS E PRODUTIVAS EM ILHÉUS.

portoaeroportoPetrobras

Página extraída do Eia-Rima, em processo final de liberação no IBAMA.

REVELAÇÕES DE EX-DIRETOR PODEM ‘INCENDIAR’ O PAÍS.

HOMEM-BOMBA

REVELAÇÕES DE EX-DIRETOR PODEM ‘INCENDIAR’ O PAÍS

PAULO ROBERTO COSTA PODE USAR DELAÇÃO PREMIADA E CONTAR AS NEGOCIATAS

Publicado: 6 de maio de 2014 às 0:01 – Atualizado às 19:35
Por: 

 

paulo roberto costa 03

Pessoas ligadas ao ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, preso na Operação Lava Jato, garantem: ele não repetirá Marcos Valério, que aguentou firme, não entregou ninguém, preservou o ex-presidente Lula e foi condenado a 37 anos de prisão. Costa pode “incendiar” o País, recorrendo a delação premiada, e contar tudo sobre negociatas, não só na Petrobras, e o envolvimento de autoridades federais e estaduais.

A delação premiada de Paulo Roberto Costa poderá reduzir sua pena e livrar familiares, que correm risco de cadeia por obstruírem a Justiça.

São tão graves as esperadas revelações do ex-diretor que sua defesa poderá solicitar sua inclusão no Programa de Proteção a Testemunhas.

Paulo Roberto Costa foi levado de volta à carceragem da PF para sua segurança. No presídio comum, poderia ser alvo de queima de arquivo.

Fornecedores ou parceiros de grande e médio portes da Petrobras, estão insones, rezando para que Paulo Roberto Costa fique calado. Leia mais na Coluna Cláudio Humberto

PEQUENO HISTÓRICO PROFISSIONAL DE GRAÇA FOSTER.

Graça Foster - Presidente da Petrobras.

Graça Foster – Presidente da Petrobras.

Esta mulher que vocês estão vendo, é o cão chupando manga, mesmo.

Assim dizem os lulopetistas encastelados na Petrobras, sob o manto do Gabrielismo.

Funcionária de carreira, tentaram envolve-la nos escândalos da empresa e não conseguiram.

O máximo que pode acontecer com ela é perder a Presidência da empresa, onde chegou por indicação política é claro, mas pela sua competência é logico.

Segundo os incomodados, ela estabelece metas e cobra resultados, parecendo presidente de empresa privada. Se queixam os preguiçosos.

Se fosse assim desde o começo a Petrobras não teria chegado a esse estado lastimável. Sei do que estou falando….

Dirigentes da Petrobras e Dilma serão alvo de ações criminais individuais em NY por causa do “Pasadenagate”

Por Jorge Serrãopasadenagate

Quem levou uma comissão de pelo menos US$ 20 milhões na temerária compra da refinaria Pasadena pela Petrobras? Os nomes dos beneficiados surgem em uma investigação particular promovida por investidores da Petrobras – que preparam uma ação judicial individualizada, na Justiça de Nova York, contra os diretores e conselheiros da empresa que avalizaram a negociata que gerou um prejuízo de US$ 1 bilhão 180 milhões à petroleira estatal de economia mista – um dos símbolos do capimunismo tupiniquim.

A “novidade” das ações criminais individualizadas contra os gestores e conselheiros apavora o governo – acostumado a contar com a costumeira impunidade em ações judiciais genéricas, cujo o alvo impreciso era a União, controladora da Petrobras. Agora, a individualização criminal, principalmente na Justiça norte-americana, que costuma pegar mais pesado em casos de corrupção, se transforma em um problema concreto para a petralhada e seus aliados. Dilma Rousseff, reeleita ou não, pode ser um dos alvos. Lá fora, ela é apenas uma ex-presidente do “Conselhão” da Petrobras…

A ação judicial de responsabilização individual tem respaldo no próprio Estatuto da Petrobras – :: LEIA MAIS »

Petrobras conclui plataformas na China.

por Sabrina Valle/Agência Estado

Petrobras conclui plataformas na China

Para não atrasar seu cronograma de produção, a Petrobras vai concluir quase integralmente na China a conversão de duas plataformas e metade de outro equipamento para o pré-sal da Bacia de Santos, contratados em 2012 para serem feitos no Brasil de forma a estimular a retomada da indústria naval. O acordo com o estaleiro chinês Cosco foi fechado em fevereiro. As unidades fazem parte de um pacote de quatro conversões (transformação de casco de navio em plataformas), contratadas por US$ 1,7 bilhão. Quando entrarem em operação, entre 2016 e 2017, as plataformas P-74, P-75, P-76 e P-77 serão responsáveis pelo equivalente a 30% da atual produção da Petrobrás. 

O movimento não é isolado e mostra a limitação da indústria local de acompanhar o ritmo que a Petrobras precisa para aumentar sua produção de petróleo, estagnada há quatro anos em torno de 2 milhões de barris por dia. O governo decidiu, na década passada, usar as encomendas da Petrobrás para resgatar estaleiros obsoletos e justificar a criação de novos.

O objetivo era fortalecer a cadeia de fornecedores, que depois poderia exportar produtos e serviços. Mas, com os prazos vencendo e cronogramas atrasados, a decisão é garantir a produção dentro do prazo, mesmo que os estaleiros nacionais percam empregos e parte dos contratos.

“A mensagem da presidente Graça Foster tem sido clara, doa a quem doer ela quer cumprir cronograma”, disse o advogado Marcelo Pereira, do escritório Gaia Silva Gaede, após debate na Bolsa do Rio sobre conteúdo local no setor de óleo e gás. O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do Rio de Janeiro, Alex Santos, diz que a P-75 será integralmente convertida no Cosco, a P-76, 95%, e a P-77, cerca da metade. Do pacote de quatro conversões contratadas há dois anos, apenas a P-74 está no Brasil, no estaleiro Inhaúma.

 

IBAMA PETROBRAS – AUDIÊNCIA PÚBLICA EM ILHÉUS.

digitalizar0011

A Audiência Pública, ocorre durante todo o dia no Hotel Praia do Sol, e conta com toda a assistência dos Órgãos envolvidos, desde recepção até atendimento médico.

DSC04105

DSC04107

DSC04114

ILHÉUS, A PETROBRAS E AS PERFURAÇÕES !

Os problemas e escândalos que envolvem a Petrobrás, não influem na sua prioridade e necessidade de prospectar petróleo e gás, seja no mar ou na terra.

Em vista disso, ela vai ter quer explorar os seus campos, e voltar a produzir seus poços maduros.

O que Ilhéus tem a ver com isso? Explico, na medida do possível:

A Petrobras tem 72 campos entre Camamu e Alcobaça. Estão previstas 26 perfurações inicialmente.

Agora mesmo já estão sendo finalizadas as providencias para 8 perfurações em dois campos. E Ilhéus será a base de apoio para todo o sistema. Porto e aeroporto (clique aqui).

Para se ter uma ideia do que isso representa em termos de empregos, vou mostrar lá abaixo, a Prefeitura vai deixar de ser a maior empregadora da cidade, e os vereadores assistencialistas que vivem de pedir emprego, vão morrer a míngua. E os politiqueiros chinfrins também.

Guardadas as devidas proporções, vejam quantas empresas chegaram a Macaé, e quantos empregos estão disponíveis hoje:

macae

 

 

Jaques Wagner, Sérgio Gabrielli e a presidente Dilma estão embaraçados com o caso Petrobrás.

A informação de que presidente Dilma Rousseff, quando era ministra chefe da Casa Civil, aprovou a compra de uma refinaria de petróleo no estado americano.
Por: Fonte G1 – Data: 20/03/2014 – 14:05:43

A informação de que presidente Dilma Rousseff, quando era ministra chefe da Casa Civil, aprovou a compra de uma refinaria de petróleo no estado americano do Texas repercutiu nesta quarta-feira (19) no Congresso Nacional. O negócio é alvo de investigações.

A informação foi publicada na edição desta quarta do jornal O Estado de São Paulo. Em 2006, quando era ministra da Casa Civil e presidia o Conselho de Administração da Petrobras, a presidente Dilma Rousseff votou a favor da compra de 50% da refinaria de Pasadena, no estado americano do Texas.

Um negócio em que a Petrobras teve um grande prejuízo e que hoje está sendo investigado pelo Tribunal de Contas da União, pela Polícia Federal e pelo Ministério Público.

Segundo o jornal, a decisão de apoiar a compra da refinaria está na ata do Conselho de Administração da Petrobras de fevereiro de 2006, com aprovação unânime. O ex-ministro Antonio Palocci e o atual governador da Bahia, Jacques Wagner, também participavam do conselho.  :: LEIA MAIS »

ESTÁ NO RIMA – ILHÉUS SERÁ A BASE DE APOIO DAS PLATAFORMAS DA PETROBRÁS.

portoaeroportoPetrobras

RIMA – PERFURAÇÕES NA BACIA CAMAMU-ALMADA.

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
agosto 2020
D S T Q Q S S
« jul    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia