WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Mobilização’

NOTÍCIAS SOBRE O PROTESTO DOS CACAUICULTORES.

Cacauicultores baianos propõem fechar o comércio em protesto

Os produtores de cacau do Sul da Bahia estão lutando contra as importações de amêndoas e organizaram um manifesto para esta terça-feira, 05, à partir das 9h, no Porto do Malhado em Ilhéus, no momento em que um nova carga oriunda de Gana chegará ao Estado.

Sacos de cacau serão queimados como parte do movimento que pretende parar as atividades do Porto. Os produtores também estão solicitando que todo o comércio dos 93 municípios que integram a região cacaueira, parem suas atividades por duas horas em apoio à cacauicultura baiana.

De acordo com o Presidente do Instituto Pensar Cacau, Águido Muniz, todas as classes estão sendo afetadas com o preço baixo pago no mercado interno. Fonte: Mercado do Cacau 

Sacos de cacau serão queimados em protesto

Lutando contra as importações de cacau e melhoria do preço pago no mercado interno, os cacauicultores baianos organizaram um protesto para esta terça-feira, 05, à partir das 9h, no Porto do Malhado em Ilhéus. O intuito é parar com as atividades do Porto e impedir que uma carga com cinco mil toneladas de amêndoas, oriundas de Gana desembarque no estado.

Os municípios vizinhos que integram a região cacaueira enviarão caravanas para participar garantido força ao movimento. Cidades como Itajuípe, Santa Luiza, Itabuna, Ibicaraí, Camacan, Ibirataia e Ilhéus já confirmaram presença durante o manifesto.

De acordo com o Diretor da Biofábrica de Cacau, Henrique Almeida, a região vive um momento de crescimento e união: “Esse é um momento em que a região demostra maturidade, onde a união de diversas correntes para o bem comum está sendo efetivada”, destacou. Fonte: Mercado do Cacau 

Sacos de cacau serão queimados em protesto

O preço pago ao produtor de cacau no mercado interno está baixo, girando em torno de R$ 58,00 a R$60,00 a arroba no eixo Ilhéus – Itabuna. Valor que, de acordo com os produtores, está abaixo do custo de produção e por isso inviabilizado a permanência da cultura.

Além disto, as indústrias não estão comprando amêndoas no mercado interno, deixando os produtores baianos com a carga estocada. Diante do atual cenário, os cacauicultores farão um manifesto no Porto do Malhado de Ilhéus, nesta terça-feira, 05, à partir das 9h, onde pretendem parar as atividades do Porto, queimando sacos de cacau.

O intuito é mobilizar o governo em favor da cacauicultura baiana. “Esperamos que o governo cumpra com sua missão de mediador entre produtores e indústria, estabelecendo dispositivos para dar equilíbrio à relação entre produção e demanda”, afirmou o Presidente do Instituto Pensar Cacau (IPC), Águido Muniz. Fonte: Mercado do Cacau 

URGENTE! Querem domesticar a internet!

URGENTE!
Querem domesticar a internet!

Salve Maria!
Precisamos de sua ajuda urgente.
Amanhã (terça-feira, dia 13/11/2012) será votado na Câmara dos Deputados, em Brasília, o Projeto de Lei a respeito do uso da Internet (PL 2126/2011).

Trata-se de uma lei aparentemente inocente, mas que deixa margens para a instalação de uma FUTURA censura e possível controle ditatorial da internet. Leia abaixo um artigo publicado ontem na Folha de São Paulo. Nele, o comentarista compara a atual situação com a instituição do AI-5, da ditadura militar.

Por isto, convoco todos os amigos para a AÇÃO!

Telefonem ou escrevam um fax para os líderes dos Partidos na Câmara dos Deputados e peça que A BANCADA DO PARTIDO VOTE CONTRA O PL 2126 DE 2011. Os endereços estão logo abaixo.

É importante porém que você demonstre que está informado do projeto. Se isolado, ele pode parecer inocente. Mas este foi este o caminho usado pelaVenezuela para controlar “democraticamente” a Internet. É um projeto em si mesmo inocente, mas ele aplaina o caminho para o FUTURO CONTROLE da rede.

Ligue já! A votação é amanhã à tarde.
Deus lhe pague por sua disponibilidade!

Padre Paulo Ricardo

Querem domesticar a internetElio Gasparri (Folha de São Paulo)
11/11/2012 – 03h00

Com mão de gato, puseram pelo menos dois cascalhos no projeto do marco :: LEIA MAIS »

A SOCIEDADE PRECISA VOLTAR A SE MOBILIZAR PELO COMPLEXO INTERMODAL E O PORTO SUL.

Veja álbum completo da caminhada, clicando aqui.

Defendendo os limites de Ilhéus

Na próxima quarta-feira (25) a Câmara Municipal de Ilhéus realizará Sessão Especial para tratar do problema criado por Itabuna na revisão dos limites municipais.

Digo problema, em razão do fato de que eles (os governantes e o deputado Santana) estão querendo muito mais do que é razoável e de direito.

Provocaram um fato político para levar a decisão á Assembleia.

Vamos todos à Câmara de Vereadores de Ilhéus.

O Kocó é um dos artistas que incentiva a doação de recursos para a campanha do GACC

Gacc intensifica campanha de doações

Dirigentes da instituição destacam a colaboração da sociedade, mas alertam que ainda falta muito para atingir a meta

         Mobilizar a sociedade para a doação de recursos que serão destinados à construção de 24 unidades de hospedagem na Casa de Apoio Clara Kauark . Esse é objetivo do Grupo de Apoio à Criança com Câncer (GACC), que tem intensificado a campanha “Entre na Casa pela Causa” a fim de sensibilizar um número maior de colaboradores. Apesar de algumas doações já efetuadas, é preciso uma maior colaboração para que a meta de arrecadação de R$ 1 milhão seja alcançada em menos de um mês.

         Lançada oficialmente em Itabuna, no dia 13 de março, e em Ilhéus, na última terça-feira (27), a campanha segue até o dia 28 de abril. Para incentivar a doação de recursos, integrantes do GACC também apresentaram o projeto na quinta-feira (29), em Eunápolis, e hoje (30) em Porto Seguro, Arraial e Coroa Vermelha, onde estão sendo feitas visitas aos principais veículos de comunicação com o objetivo de ampliar a divulgação.

A coordenadora de projetos do GACC, Cecília Limoeiro, destaca a importância do engajamento da sociedade e de empresas na adesão da causa. “Agradecemos muito as pessoas que já contribuíram, mas precisamos de uma maior colaboração, pois ainda estamos longe de atingirmos a meta, e isso tem nos preocupado com relação ao resultado da campanha. Por isso, fazemos um apelo geral para que todos se sensibilizem quanto à importância desta obra, uma causa de grande relevância”.

As doações são recursos fundamentais para a construção da área destinada à hospedagem de crianças e adolescentes com câncer, bem como de seus acompanhantes assistidos gratuitamente pela instituição. A campanha via telefone oferece a possibilidade de destinar ao projeto R$ 15, R$ 30 e R$ 50. Mas, quem estiver de fora da região da Nordeste também podem colaborar efetuando depósito direto na conta do GACC Sul Bahia (Banco: Caixa Econômica Federal / Conta: 4602-3 / Agência: 0070 / Operação 003).

:: LEIA MAIS »

MOVIMENTO PORTO SUL.

QUEREMOS ‘URSO’ NA FACUL !!!!

As mina pira, com o queridinho da galera.

Precisamos colocar Jorge Otávio na Faculdade.

TAMBÉM QUERO VER O PONTAL MOBILIZADO PELA UPA DA ZONA SUL.

Evento no Pontal mobilizou grande número de moradores

Um abraço simbólico foi o fechamento do evento domingo, 26/9, na Praça São João Batista, no Pontal, em Ilhéus. De mãos dadas, crianças, adultos, autoridades, gritaram, orgulhosos “A Praça São João é nossa!”, o nome do evento. Das 9:00 às 12:00h quem esteve presente acompanhou diversas atividades. Professores e estudantes da Faculdade de Ilhéus ofereceram serviços gratuitos, como assessoria jurídica, aferição de pressão arterial e de glicemia, orientação nutricional a partir de medidas como altura e peso. Crianças receberam aplicação de flúor nos dentes e puderam participar de brincadeiras com bonecos gigantes. Uma aula aberta de alongamento oferecida pela Tonus mobilizou pessoas de todas as idades. Foram sorteados brindes como um DVD, uma bola de futsal, um relógio, uma mensalidade de musculação na Tonus, um almoço no Fredesko, um rodízio no Recanto Gaúcho, camisas, sorvetes… 

:: LEIA MAIS »

Vereadora Carmelita Participa da I Conferência da Juventude.

A vereadora falou da importância da juventude estar unida, e não esperar apenas pelo poder público, pois os jovens devem ser protagonistas de seu ideais.

No seu discurso também citou sobre o Conselho Municipal da Juventude que já existe, porém nunca saiu do papel,  a vereadora já está com a lei que criou o conselho em mãos e ressaltou que para ele se tornar ativo é preciso que haja algumas alterações, e que a mesma já está sendo discutida com os vereadores, e finalizou citando sobre a ampliação e criação dos diversos projetos do Governo Federal para  a juventude entre eles a Secretaria Nacional da Juventude, Pró-Uni, Pró-jovem, 1º emprego e outros.

CARTA ABERTA À SOCIEDADE ILHEENSE

CONSELHO MUNICIPAL DE CULTURA DE ILHÉUS

Lei nº 3.539

 CARTA ABERTA À SOCIEDADE ILHEENSE

O Conselho Municipal de Cultura vem informar a toda a sociedade ilheense, que está desde o mês de maio deste ano desenvolvendo inúmeras ações para que seja cumprida a Lei 3.454 de 14 de novembro de 2009, regulamentada pelo Decreto 090/2010, que criou o Fundo Municipal de Cultura, reservando no mínimo 5% (Cinco Por Cento) dos impostos municipais: ISSQN e IPTU para o financiamento de projetos em diversas áreas culturais. Com o Fundo, será dado o primeiro passo para tornar possível a realidade de uma economia da cultura em nossa cidade, gerando oportunidades para artistas locais, de diversas linguagens, e um maior número de atividades artístico-cultural para os ilheenses.

Após reunião da comissão do Conselho Municipal com o Prefeito Newton Lima e com os representantes da secretaria de Finanças, Planejamento, e da Fundação Cultural, realizada em junho passado, foi negociado um repasse no valor de R$ 100.000,00 (Cem Mil Reais) até o final do exercício de 2011. Valor que, apesar de estar bem abaixo do previsto por lei, foi aceito como forma de iniciar o processo de editais e visando uma nova negociação para o exercício de 2012. Para nossa surpresa a Secretaria de Finanças Jorge Bahia não atendeu ao deliberado e reduziu a proposta do repasse em 75% (Setenta e Cinco Por Cento) do valor acordado, inviabilizando o processo de abertura dos editais, previsto para ser divulgado na Conferência Municipal de Cultura entre os dias 24 e 25 deste mês.

Apesar das inúmeras tentativas de nova negociação do percentual a ser repassada pela prefeitura, não foi concedida pauta à comissão do Conselho deliberada para este fim na agenda do prefeito e nem do secretário de Finanças. Sabe-se do imenso potencial de Ilhéus, mundialmente conhecida justamente pela sua cultura, portanto não podemos deixar de mencionar o descaso do Poder Público, mediante o ato da Secretaria de Finança, diante desse importante passo a ser dado. Os representantes do Conselho Municipal de Cultura sentem-se na obrigação de socializar esta questão de vital importância para o interesse público, que conta com o decisivo apoio dos artistas, gestores, produtores, instituições culturais e todas as pessoas da sociedade civil que entendem a cultura como um fator primordial para o desenvolvimento humano.

Dessa forma, exigimos por parte do Poder Público, a execução da lei, assim como o cumprimento do repasse inicialmente acordado entre o Conselho de Cultura e o Executivo Municipal.

Comissão de Mobilização e Acompanhamento da Execução da Lei do Fundo Municipal de Cultura

COMUNIDADE DO PONTAL SE MOBILIZA, E ISTO É MUITO BOM !

“A PRAÇA SÃO JOÃO É NOSSA”

 

MOVIMENTO DO PONTAL DEFINE PARCERIAS.

 

Definida a data de 25 de setembro próximo, um domingo, para a realização do evento  A PRAÇA SÃO JOÃO É NOSSA. Alusivo à chegada da Primavera, o Movimento Pontalense de Cidadania já está organizando as parcerias com empresas, colégios, cursos universitários, igrejas e movimentos organizados que desejem oferecer colaboração e participação  para o bom êxito do evento.

É idéia do movimento,  permitir a participação de pessoas que desejem comercializar artesanatos, acessórios e alimentação, até como incentivo a uma futura feira de artesanato a ser instalada na praça, para geração de emprego e renda aos moradores.

Com o projeto já elaborado, o Movimento Pontalense de Cidadania,  pretende chamar a atenção da população para a Praça São João, aumentando com isso a consciência da comunidade  sobre o espaço público, conhecendo a opinião da população sobre a praça e buscando o início de um processo de definição da “PRAÇA QUE QUEREMOS”, estando prevista a criação de um site e espaços em rede social.

Para o evento estão previstas as seguintes etapas: atividades recreativas e artísticas para crianças e adultos com sorteios de brindes, aferição de pressão e glicemia, plantio de árvores e mutirão de limpeza, feira de cacarecos e brechó, desenho coletivo demonstrando como é e como pode ser a PRAÇA SÃO JOÃO, aplicação de questionário, abraço simbólico na praça com divulgação na mídia.

O movimento está conclamando empresários do Pontal e Zona Sul a fazerem doações de brindes a serem sorteados no evento, assim como contar com a participação dos colégios CPM (colégio militar), Pe. Luiz Palmeiras e Barão de Macaubas, autoridades e quem mais possa colaborar. (Favor confirmar participação no email : fredesko@hotmail.com).

Próxima reunião, aberta a interessados na segunda feira 05/09 às 19 hs, no Fredesko Botequim, situado na Rua D. Pedro II, nº 17, Pontal.

PORTO SUL E O IMOBILISMO DO MUNICÍPIO DE ILHÉUS.

anuncie aqui

Carregando...

Tabela do Brasileirão

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
outubro 2019
D S T Q Q S S
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia