WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
embasa

:: ‘Itabuna’

ÓTIMA OPORTUNIDADE PARA PEQUENOS E MÉDIOS COMERCIANTES.



Com a inauguração do Atacadão-Carrefour, a expansão da Intercomercial e a futura entrada em operação do Makro.

Os  mercadinhos de bairros e mercearias, vão ter uma ótima oportunidade de suprirem os estoques de seus comércios, com produtos de qualidade e preços competitivos.

Acabando assim com o jugo de uma rede, que pensa em dominar a cidade de Ilhéus.

APESAR DE VOCÊ.

Apesar de vocês, o progresso e o desenvolvimento vão chegar a Ilhéus, Itabuna e toda Região Cacaueira.

Apesar da Rede Globo, Natura, dos especuladores do Litoral Norte, das aves de mau agouro, dos apatetados e oportunistas.

Apesar dos políticos do calibre de ACM Neto, Cesar Borges e Paulo Souto, vassalos da exploração da Região em beneficio da capital do Estado.

Falaê  Chico !


O POVO QUER O PORTO SUL, SIM.

85,9% APOIAM PORTO SUL EM ILHÉUS, DIZ PESQUISA

15/jun/2010 . 12:14 |  Autor: Seu Pimenta

Ilhéus receberá investimentos bilionários.

Uma pesquisa da Sócio-Estatística à qual o Pimentateve acesso aponta que 85,9% dos ilheenses apoiam a implantação do Complexo Intermodal Porto Sul e 13,2% se posicionam contra o projeto. O complexo prevê investimentos de até R$ 4 bilhões e dotará o município sul-baiano de novos porto e aeroporto e uma ferrovia na zona norte.

Apenas 1% não sabem ou não responderam à pergunta sobre o complexo intermodal. Os dados contrariam afirmação de que a cidade estaria “dividida” em relação ao complexo intermodal. O levantamento da Sócio-Estatística foi feito entre os dias 1º e 4 de maio e 963 pessoas foram ouvidas, contratado pelo município. A margem de erro é de 3%.

A pesquisa também aferiu o que, no entendimento do ilheense, o Complexo Porto Sul trará de positivo. 63,5% citaram “mais empregos” e 15,6% mais desenvolvimento para a cidade e para o sul da Bahia. 20,1% não responderam e 0,3% acreditam que favorece o turismo, percentual idêntico aos que acreditam em atração de mais recursos para a cidade.

A pesquisa ainda quis saber os aspectos negativos do Complexo Porto Sul. 28,7% citaram desmatamento, 4,9% a poluição e 55,4% não souberam responder.

PORTO SUL

A principal oposição ao projeto parte de um grupo de ambientalistas estrangeiros, além de investidores que possuem projetos hoteleiros na zona norte de Ilhéus, onde serão construídos porto, aeroporto e ferrovia, além de retroárea para escoar produção da Bahia Mineração. A empresa tenta obter licença ambiental para construir terminal portuário privado na zona norte, ao custo estimado de R$ 800 milhões.

A maior parte dos investimentos no complexo intermodal é da União, que prevê cerca de R$ 6 bilhões para construir ferrovia de 1,5 mil quilômetros, ligando o Centro-Oeste ao Nordeste do Brasil, aeroporto internacional e porto público.

GOVERNO DO ESTADO TRABALHANDO, SEM JOGAR CONVERSA FORA.

Secretário James Correia chega ao sul da Bahia para debater Complexo Intermodal

Secretário James Correia chega ao sul da Bahia para debater Complexo Intermodal.

No dia 17 de junho, em Itabuna, James Correia visita as fábricas da Trifil e da Nestlé, onde ambas devem sinalizar projetos de ampliação. A Nestlé é hoje a maior empresa de Itabuna, onde processa cerca de 25 mil toneladas de cacau/ano. Já a Trifil é uma das maiores empregadoras da região, com 2.500 trabalhadores. Ainda em Itabuna, no Tarik Hotel, à partir das 18h, o Secretário abre o XIV Fórum de Líderes Empresariais, promovido pela Associação Comercial de Itabuna e reúne-se com prefeitos da Associação do Municípios da Região Cacaueira (Amurc).

Em Ilhéus, no dia 18, pela manhã visita a Ponta da Tulha, local onde será implantado o Porto Sul. Na mesma ocasião, junto com a Prefeitura, lança o Plano de Desenvolvimento das Comunidades do Litoral Norte. À tarde, a partir das 14h, no Centro de Convenções de Ilhéus, James Correia participa da abertura do Seminário “Complexo Porto Sul – O novo ciclo de desenvolvimento sustentável da Região Cacaueira”, em conjunto com a Prefeitura de Ilhéus – Bamin – Valec – Infraero – DNIT – ZPE e Bahiagás. O ciclo de atividades se encerra no final da tarde com a inauguração do stand “Ilhéus de braços abertos”, na Avenida Soares Lopes, onde a Prefeitura de Ilhéus e o Governo da Bahia estarão divulgando os grandes projetos estrutantes planejados para a região, como o Porto Sul, o Aeroporto Internacional de Ilhéus, a Ferrovia Oeste-Leste, o Gasene e a duplicação da BR-415.

RESTAURANTE UNIVERSITÁRIO DA UESC

Bom dia GUY,
Desde que voltei de Itacaré, assumi o RU da UESC, ganhador que fui (minha empresa –
La In Com. de Prod. Alimenticios Ltda.) da licitação. Ficaria bastante satisfeito se aceitasse o convite de conhecer e almoçar em ¨nosso¨ restaurante. O tipo de serviço é SELF-SERVICE, ao preço de R$4,50 por pessoa independente da quantidade de comida servida.
O RU também é aberto ao público de segunda a sexta feira das 11:00 as 14:00 horas.
Não avise quando virá. Faça-nos uma surpresa. Será bom para testar nosso desempenho.
Forte abraço.
Márcio

*************************

Ave Maria, um convite desses não se dispensa. Vou sim, vou chegar a ‘treição’. Ainda mais sabendo da qualidade da comida que sempre foi servida por você.

DE PARABÉNS OS UNIVERSITÁRIOS DA UESC.

AINDA A VISITA DO GOVERNADOR

Regional

Governador recebe Manifesto Pró-Complexo Intermodal.

Movimentos e Entidades sociais entregam manifesto ao Governador Jaques Wagner.

Durante a coletiva à imprensa, Jaques Wagner recebeu um manifesto, documento assinado por entidades sociais que defendem a implantação do Complexo Intermodal Porto Sul. Hoje há uma união de Movimentos a exemplo do Pró-Ilhéus, Fórum Ilhéus, o Movimento das entidades Sociais Organizadas e Prefeitura Municipal de Ilhéus. Na oportunidade o Movimento fez um convite a J Wagner para participar no próximo dia 10.06, às 15h00min de uma grande manifestação Regional.  O Governador ficou de checar a sua agenda política para confirmar. Durante sua fala o Governador deixou bem claro que “o Porto Sul não é um porto industrial. É um porto para carga e descarga de minério de ferro e celulose com ZPE recuada, pensando no desenvolvimento da região sem prejuízo ambiental. Esse projeto foi trabalhado ao longo de 1 ano e 2 meses, cotados sete pontos na costa se chegou a um ponto com melhor custo benefício. Melhor posicionado com menor impacto ambiental”. Ainda, Segundo o governador, tanto o porto, quanto o aeroporto, a ferrovia e as ZPE vão se transformar em realidade. “A ordem de serviço da ferrovia já foi assinada. O novo aeroporto só não entrou no PAC-2, pois a Infraero está realizando um estudo dos aeroportos”.

O presidente do Sindicato dos Estivadores, Emerson Tavares, fez questão de frisar para o Governador que não esqueça a importância do atual porto, o Governador fez questão de frisar que este terá sua importância no quadro de desenvolvimento.

O Movimento Social, dentro de uma série de atividades Pro Complexo Intermodal, esta programando para o próximo dia 02.06, uma Sessão Especial em conjunto com todas as câmaras dos municípios do Território Sul.

Ed Ferreira

SAEB – SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO DO ESTADO DA BAHIA, VAI PASSAR OUTRO PENTE FINO.

Notícias chegadas de Salvador, dão conta de que a SAEB vai passar outro pente fino no funcionalismo estadual, vai fazer novo cruzamento de dados, e desta vez Ilhéus e Itabuna estarão incluídas.

Para quem não se recorda, reavive a memória aqui.

JOSIAS GOMES SEMPRE AJUDOU GERALDO SIMÕES.

COMPLEXO INTERMODAL, UMA PÁGINA DA HISTORIA DE ILHEUS E DA REGIÃO QUE SE INICIA COM OS SEGMENTOS SOCIAIS

Escrito por Mirinho
Qui, 20 de Maio de 2010 07:55

As dúvidas foram dissipadas nessa tarde noite. Na Mesa condutora dos trabalhos Representantes das Centrais Sindicais, das entidades Comunitárias, sindicatos dos Bancários, dos estivadores, dos Operadores Portuários, das entidades comunitárias, do Executivo e do Legislativo Municipal e da Bahia Mineração.

O Auditório da Justiça Federal estava repleto de lideranças que representam organismos da nossa sociedade civil organizada, todas atentas às brilhantes exposições de Gerson Marques, de Libério Menezes e Emmerson Tavares sobre a situação do empreendimento, as suas vantagens e desvantagens, sob todos os aspectos, bem assim, da necessidade de se revitalizar o Porto do Malhado.

Os representantes da Bahia Mineração foram firmes nas suas colocações. Merecem a nossa confiança.

A imprensa se fez representada pelos radialistas, pelas emissoras de televisão da vizinha cidade de Itabuna, por Guy Valério, Jamesson Araújo, Tuca do Rapazói e fotógrafos.

No comando dos trabalhos o sindicalista Rodrigo Cardoso do Sindicato dos Bancários,  no final leu o Manifesto assinado por uma centena de entidades sindicais, estudantis, culturais, comunitárias,  indígenas, cooperativas e associações de agricultores, todas com endereços conhecidos e com sedes em Ilhéus, cujo Manifesto será entregue a Ministra do Meio Ambiente, ainda esta semana.

Chico Xavier e Frederico Vesper representaram os Deputados Veloso e Ângela Sousa, respectivamente.

Os Vereadores Jailson Nascimento e Dinho Gás antes de se ausentarem para a instalação dos trabalhos na Câmara Municipal de Ilhéus, não só se posicionaram a favor do Movimento, como asseguraram que estariam nessa tarde convocando uma sessão especial para discutir o assunto não somente com a sociedade civil, mas com a comunidade política, com as presenças de alguns Deputados.

A Vereadora Carmelita Ângela encaminhou mensagem justificando a sua ausência e afirmando estar integrada ao Movimento.

O Vereador Wenceslau se confessou defensor do empreendimento e adiantou aos presentes que estará discutindo o complexo intermodal em uma sessão especial que convocará em sua base, Itabuna.

Vila Nova, no seu programa  dessa manhã de 19 de maio,  na Rádio FM Conquista, com o seu espírito irrequieto de intransigente defensor dos interesses do nosso Porto já existente, não se contentando e com força redobrada aliou-se aos seus dois entrevistados Emmerson Tavares e João do Sindhotel para darem o ponta pé inicial público – através de uma emissora de rádio – da deflagração do nosso Movimento Social em favor do Porto, do Aeroporto e da Ferrovia, que comporão o Complexo Intermodal.

Maltez de Athaíde, de descendência portuária, como assim sempre fez questão de frisar, também não se conteve apenas em abrir o espaço do seu programa do meio dia, na Rádio Cultura e foi lá, pediu a palavra, se posicionou como cidadão, questionou e por fim se declarou “olhos nos olhos” como mais um integrante do Movimento.

Foram inúmeros os questionamentos formulados aos expositores. Foram inúmeras as declarações de jovens e adultos em apoios justificados ao empreendimento. As comunidades do Litoral Norte – retiro, ponta do ramo, mamoan, tulha,  Val paraíso, jóia do atlântico – da Lagoa Encantada e até de Juerana através de CIPA estiveram presentes e as suas lideranças foram unânimes em afirmar que querem e vão lutar em favor do Complexo Intermodal.

Não esqueçamos que o Litoral Norte é o objeto do enfrentamento dos “ambientalistas”, contra o Porto Sul. Só que  as comunidades que ali vivem e sobrevivem, são reais, verdadeiras, de ocupações lícitas, residências fixas, defensoras de interesses claros e justificados e diferem da comunidade dos especuladores, milionários, fantasmas, defensores da mentira, que se aproveitam do meio ambiente para defender os seus interesses individuais e obscuros e auto denominam de “ambientalistas”.

Estamos anunciando e registrando que nessa tarde de 19 de maio de 2010, nasceu no Auditório da Justiça Federal, o Movimento Social em Defesa do Complexo Intermodal, que tem como pai o Desenvolvimento com Sustentabilidade e Mãe, a D. Vontade do Povo.

É mais uma página de luta que estamos escrevendo na história de Ilhéus e da Região.

TEM BRASILEIRO SAFADO METIDO NESSA BANDALHEIRA.

WWF quer “decapitar” ferrovia Oeste-Leste

No domingo 25 de abril, um grupo de ONGs capitaneadas pelo WWF promoveu um “abraço simbólico” em torno da Lagoa Encantada, em Ilhéus (BA), para protestar contra a criação de um porto privado da empresa Bahia Mineração na Ponta do Tulha, no mesmo município. A alegação dos “verdes” é que o empreendimento prevê o desmate de uma área de Mata Atlântica preservada equivalente a meio Parque do Ibirapuera, em São Paulo (SP), e que espécies endêmicas, como o macaco-prego-do-peito-amarelo, estariam ameaçadas de extinção (O Estado de S. Paulo, 26/04/2010).

Um dos argumentos utilizados pelo WWF como justificativa contra o empreendimento é que o Brasil, como signatário da Convenção sobre a Diversidade Biológica da Organização das Nações Unidas (ONU) e da ICRI (International Coral Reef Initiative – Iniciativa Internacional dos Recifes de Coral), firmou compromissos no âmbito internacional para a proteção e conservação da biodiversidade e que, além disso, a ONU declarou o ano de 2010 como o Ano Internacional da Biodiversidade, ano em que o Brasil se comprometeu oficialmente em eliminar o desmatamento na Mata Atlântica.

Dias antes do manifesto das ONGs, o Ministério Público Federal em Ilhéus (BA) já havia ajuizado uma ação civil pública pedindo a suspensão da audiência pública convocada pelo Ibama com vistas ao processo de licenciamento ambiental do empreendimento (Ecodebate, 14/04/2010).

Ora, porque será que o poderoso WWF se abalaria para organizar um protesto desses, para impedir o desmatamento de “meio Ibirapuera” – cerca de 80 hectares –, por causa da construção de um porto privado em Ilhéus? O que se pretende, de fato, é impedir a implantação do Complexo Portuário projetado para Ilhéus – o chamado Porto Sul –, que será a “cabeça” da estratégica ferrovia Oeste-Leste e sua continuação até Vilhena (RO), o que poderia viabilizar o projeto da ferrovia Transulamericana, ligando os oceanos Atlântico e Pacífico (Puerto Bayóvar, Peru), idealizado pelo engenheiro Vasco Azevedo Neto, professor Emérito da Universidade Federal da Bahia.

:: LEIA MAIS »

A SOCIEDADE REAGE EM DEFESA DO PORTO SUL.

Fonte: A Região on-line.

A construção do Complexo Porto Sul, em Ilhéus, ganhou novos aliados. Um grupo ligado a especuladores imobiliários, hoteleiros e ONGs ligadas a entidades do exterior têm feito campanha contra, mas a sociedade parece ter começado a reagir.

O projeto ganhou apoio de pelo menos 20 entidades empresariais e dos sindicatos ligados à Força Sindical, como os de hotéis, bares, funcionários públicos, frentistas, radialistas, portuários, trabalhadores da construção pesada e montagem industrial.

Os dirigentes empresariais lançaram um documento dirigido ao governo da Bahia e ao Ibama. Entre os que assinaram o documento estão da Federação das Indústrias, Associação Comercial da Bahia, Federação da Agricultura e CDL.

O documento aborda os principais argumentos em defesa da instalação do Porto Sul, como a atração de investimentos e a geração de empregos que vão promover a reestruturação e o desenvolvimento, de forma sustentada, no sul da Bahia.

Segundo o governo, com a implantação do Terminal Portuário da Ponta da Tulha, serão gerados R$ 50 milhões para Ilhéus, além de 2 mil empregos diretos nos 28 meses da construção mais 400 vagas quando o terminal entrar em operação.

A Força Sindical Bahia emitiu nota oficial apoiando o Complexo Intermodal, que inclui o Porto Sul, a Ferrovia Leste/Oeste, o novo aeropoto e uma Zona de Processamento de Exportação (ZPE).

“Assolada por uma crise econômica e social, decorrente da débâcle da monocultura do cacau, que extinguiu milhares de empregos, a região sentiu os impactos nos orçamentos municipais e, portanto, na vida social e econômica da região”.

A Força lembra o aumento da pobreza, exclusão social e favelização das cidades como resultado da migração do campo para as cidades. E diz que o novo investimento é uma “oportunidade para superação da crise e um novo ciclo de desenvolvimento”.

“Com a provável aprovação dos EIA-RIMA, os trabalhadores manifestam seu apoio aos empreendimentos, sobretudo ao Porto Sul, e aguardam o início das atividades para redenção econômica da região com alavancagem de emprego e renda”.

É ISTO AÍ. MENOS CONVERSA E MAIS TRABALHO.

Um exemplo a ser seguido.

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
outubro 2020
D S T Q Q S S
« set    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia