WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Itabuna’

Grupo CeimBra quer trazer um megacomplexo comercial e residencial para Itabuna

07/08/2019 | Assessoria de Comunicação

Foto da reunião.

Com a proposta de implantar em Itabuna um megacomplexo comercial e residencial que trará para cidade um novo conceito em Shopping Center, o Diretor de Novos Negócios do Grupo paulista CeimBra, Cel. PM Sodré Francisco Santos, apresentou o projeto na manhã desta quarta-feira (07) ao vice-prefeito Fernando Vita. A reunião foi acompanhada pelo Procurador do Município, Luiz Fernando Guarnieri, e pelos Secretários Jorge Vasconcelos (Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente), e Dinailson Oliveira (Administração).

O Grupo CeimBra tem como proposta administrar os maiores e melhores centros comerciais através de franquias, indústrias e prestação e serviços, usando tecnologia e práticas sustentáveis. De acordo com o representante do Grupo CeimBra, a proposta é implantar em uma área de 160 hectares, com características rurais – já escolhida nas imediações da BR-101, sentido Itabuna/Itajuípe -, um amplo complexo que abrigará múltiplos shoppings centers através de gestão própria e permanente.

Ao receber a notícia de que o empreendimento irá gerar cerca de 4.650 empregos diretos, o vice-prefeito Fernando Vita se mostrou muito satisfeito com a proposta para o município de Itabuna. “O entusiasmo é tão grande deste empreendedor que contagia. A Prefeitura de Itabuna está de braços abertos para empreendedores visionários. O que pudermos ajudar, iremos fazer”, destacou.

De acordo com o Cel. PM Sodré Santos, a proposta é proporcionar o desenvolvimento econômico local e regional através de vários complexos em uma área de 270 mil metros de área construída e um investimento de cerca de R$ 900 milhões. “O primeiro será o Aguiashop que ocupará uma área de 150 mil metros, com 600 lojas. O Segundo será o Agroshop, um novo conceito de Polo de Agronegócio”, anuncia o Diretor do Grupo CeimBra.

O outro complexo a ser implantado é o Construcenter, que contará com hospital, escola, conjunto residencial, centro de convenções, hotel, cinema, entre outros atrativos. “Foram quatro anos de planejamento para chegarmos até aqui. Itabuna é uma das 150 cidades selecionadas através de pesquisa para receber este empreendimento. Em São Paulo, por exemplo, Votorantim, Americana e Piracicaba já estão numa fase mais adiantada”, informa Cel. PM Sodré Santos.

https://www.ceimbra.com.br/

O GUETO DO ATRASO NÃO MORREU, ESTAVA ADORMECIDO

Mas já começou o ‘diversionismo’ contra o Porto Sul.

Consequentemente, contra o desenvolvimento de Ilhéus, Itabuna, e toda a Região.

Instituto (ONG) Arapyaú

Rede de ONGs.

Grupo Afya faz doação de respirador para a Santa Casa

A Santa Casa de Misericórdia de Itabuna recebeu ontem, 09/07, a doação de um respirador para a UTI Neonatal do Hospital Manoel Novaes. A doação foi uma iniciativa da FASA – Faculdade Santo Agostinho, que integra o Grupo Afyia Educacional e foi entregue pelo diretor geral, Dr. Lácio César Gomes da Silva e pela Dra. Mércia Margotto, coordenadora do curso de Medicina.

Para a diretora técnica do Novaes, Dra. Fabiane Chávez, a vinda de mais um aparelho respirador vai contribuir muito para os bebês, em especial, os prematuros, que possuem dificuldade para respirar sozinhos. “Esse é um aparelho que não temos em quantidade suficiente pra atender todas as crianças. Com certeza, vai ajudar bastante o nosso trabalho”, diz. 

Segundo ela, os bebês que nascem com peso abaixo de 1000 gramas dependem do aparelho para respirar durante muito tempo. “Temos 21 leitos de alto risco em funcionamento e 10 respiradores. É uma quantidade insuficiente para o número de pacientes”, conta.

O diretor da FASA de Itabuna, Lácio Silva disse que esse é um compromisso assumido pelos antigos donos da faculdade e agora pelo grupo Afya. “Uma faculdade de medicina tão importante para a Bahia e para essa região tem que ter a possibilidade de retorno à comunidade através de equipamentos, projetos sociais e ações. O equipamento vai contribuir de forma significativa para a saúde das crianças de Itabuna”, comenta.

Dra. Mércia falou que o Grupo Afya cumpre mais uma vez o seu papel social e o seu compromisso com a comunidade. “Esse aparelho representa a salvação de muitas vidas de crianças”, pontua.

O provedor da Santa Casa, Eric Júnior, expressou sua gratidão pela doação do Grupo Afya e da Faculdade Santo Agostinho. “Quero agradecer ao Dr. Lácio e Dra. Mércia, pois, esse equipamento vai servir para a nossa UTI Neonatal, que é a única da região que atende crianças recém-nascidas que precisam de um suporte intensivo de vida”, destaca.

Eric comentou ainda, que o respirador chegou em boa hora para fazer um tratamento de excelência em crianças que não conseguem respirar sozinhas e precisam de um equipamento para esse auxílio. “A gente fica muito feliz com essa parceria. A Santa Casa está contente e de portas abertas para a Faculdade Santo Agostinho”, conclui.

Chegada do respirador neo-natal.

Manutenção Predial da Santa Casa avança nas ações para se adequar aos requisitos da ONA

Equipe de manutenção da Santa Casa de Itabuna.

O setor de manutenção predial e infraestrutura da Santa Casa de Itabuna tem buscado se adequar aos padrões requiridos para a acreditação hospitalar através da Organização Nacional de Acreditação (ONA).

De acordo com Jeneci Oliveira, gestor de manutenção predial e infraestrutura da Santa Casa, o setor está no momento atual organizando a parte de protocolos e documentação pertinentes à ONA, realizando as manutenções corretivas, implementando as normas técnicas, atualizando as manutenções preventivas, remodelando e requalificando o setor, ajudando no processo de acreditação, otimizando os recursos e realizando os projetos para todas a áreas envolvidas no processo.

Considerado como um dos setores primordiais para a preservação das instalações físicas dentro da instituição, a manutenção é um serviço que não é tão visto, mas que é essencial para toda a instituição. “Todas as áreas que necessitam de alterações em suas infraestruturas para se adequarem à acreditação solicitam os serviços de manutenção, seja para fazer a análise e o levantamento do que necessitará, seja para solicitar projetos e orçamentos”, diz.

No momento, o foco do trabalho no setor atualmente está nas questões vitais da instituição, como água, usinas de oxigênio, geradores de energia, ar-condicionado, sistema de vácuo, entre outros. “Estamos investindo na troca dos aparelhos antigos de ar condicionado por aparelhos modernos, do tipo split de 18.000 BTUS, dos pavilhões Corbiniano Freire e Carlos Maron, que aos poucos, estão sendo substituídos, garantindo um maior conforto térmico aos nossos clientes”, destaca.

Vale destacar que o setor de manutenção da Santa Casa atende a uma grande demanda que envolve ações preventivas e execução de alguns serviços corretivos, que chega a média de 420 chamadas por mês. “Nosso setor executa desde os serviços mais simples, como a troca de uma lâmpada, até os mais complexo, como manter a geração própria de oxigênio e os demais itens que compõem a infraestrutura predial da instituição”, cita.

Pelo levantamento feito sobre as atividades do setor e avaliação do serviço, Jeneci comenta que o índice de atendimento de solicitações já esteve em torno de 25% e pelas normas do setor e de acordo com as literaturas de manutenção, o ideal é que as demandas sejam atendidas em torno de 65%. “No início de nossa gestão, por diversos motivos, os números não eram favoráveis, mas com o apoio da instituição e a implementação de novas rotinas já superamos esse número e hoje estamos com cerca de 80% de atendimento, buscando diariamente atender às necessidades da instituição”, destaca.

Esse é um dos passos que a nossa instituição vem dando em busca da acreditação hospitalar e atingir a excelência e a qualidade no atendimento.

EM ITABUNA, PARCERIA VIABILIZA REALIZAÇÃO DO CAMPEONATO INTERBAIRROS

O lançamento do Campeonato Interbairros, uma das maiores competições esportivas do país e que esse ano terá a participação de 60 equipes, com a mobilização de mais de 1,2 mil atletas, revelando novos valores para o esporte amador e promovendo negócios, além da integração das  torcidas dos diversos bairros, foi realizado na Usemi, na quarta-feira(19), numa solenidade que contou com a participação do presidente da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC), Daniel Leão e do secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Davidson Magalhães. O evento teve ainda a participação de representantes do 15º Batalhão da Polícia Militar, que vão cuidar da segurança dos jogos, bem como lideranças comunitárias e desportistas itabunenses.

Para Daniel Leão o lançamento do Interbairros é resultado de uma grande parceria entre a Prefeitura de Itabuna e o governo do Estado, através da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte.  Os jogos começam dia 27 de julho, durante os festejos do 109º aniversário de emancipação politica e administrativa de Itabuna, com a realização da partida  de abertura no Estádio Luiz Viana Filho.

O dirigente da FICC  elogiou ao governador Rui Costa, que vem realizando obras e obras e ações importantes em Itabuna e na região, contribuindo inclusive com a conclusão do teatro Municipal Candinha Dórea e indicando um itabunense, Deividson Magalhães para a secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte.  Anunciou ainda, que a taça em disputa levará este ano o nome do governador Rui Costa, como reconhecimento do seu trabalho.

O  secretário Davidson  Magalhães sinalizou para a parceria  com a FICC, destacando que deverá liberar inicialmente  através de convênio, no valor de R$ 70 mil para a realização do Campeonato Interbairros, que conhece desde quando ocupou a secretaria municipal de Indústria, Comércio e Turismo, considerada uma das maiores competições esportivas  do Estado. Anunciou ainda, que no próximo ano poderá ampliar esta parceria com a inclusão de uma competição dedicada ao futebol feminino, uma modalidade desportiva que vem ganhando uma dimensão global, o que se complementa este ano com a realização de uma Copa do Mundo, na França.

Ele também anunciou  investimentos do governo do Estado de R$ 1,8 milhão  na Vila Olímpica de Itabuna, com recuperação de duas quadras, piscina, ginásio de esportes e construção de duas quadras de areia e a realização de estudos através de técnicas da Superintendência de Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), e da do Corpo de Bombeiros para investimentos no Estádio Luiz Viana Filho, que deverá sediar os jogos de duas equipes itabunenses, o Itabuna e o Grapiúna, os quais devem  disputar a 2ª Divisão do Campeonato Baiano no próximo ano.

A CÂMARA DE VEREADORES DE ITABUNA CONVIDA

Em nome da Mesa Diretoria da Câmara de Vereadores de Itabuna, o presidente Ricardo Xavier formula um Convite Especial – que encaminhamos em anexo – para que você participe, na próxima terça-feira, dia 18 de junho, às nove da manhã, no plenário Raymundo Lima, da quinta edição do Projeto “Queremos Saber!”, que discutirá o tema “Redes Sociais, o Jornalismo Digital, o Fake News e os limites da informação na Internet”.
O Projeto “Queremos Saber!” é uma iniciativa do Legislativo itabunense. Tem o objetivo de promover, na última terça-feira de cada mês, palestras seguidas de debates e apresentação de sugestões, sobre temas de interesse geral, propostos por vereadores ou sugeridos pelos cidadãos, por meio da Ouvidoria da Casa. O evento é gratuito, aberto ao público, que poderá participar dos debates e apresentar sugestões.
Para proferir a palestra, a Câmara de Itabuna convidou a delegada da Polícia Civil de Itabuna e professora de Direito, Katiana Amorim. Para debater com ela, formulou o convite a jornalista e assessoria de Marketing da Prefeitura de Itabuna, Tayná Borges, e o webmaster e especialista em Marketing Digital, Alessandro Dantas. Convidou também a juíza Carla Rodrigues Araújo, da 28º Zona Eleitoral de Itabuna, para participar do evento, como convidada especial, representando o Tribunal Regional Eleitoral-TRE.
A Câmara de Itabuna ficaria honrada com a sua presença ao evento – que pretende reunir todos os segmentos da sociedade para discutir Jornalismo Digital, Redes Sociais e Fake News, um tema atual e de grande interesse geral – e é dirigido principalmente a jornalistas, radialistas, advogados, blogueiros, publicitários, assessores de Imprensa, empresários, universitários, aos representantes do Ministério Público e especialistas no assunto para contribuírem para o debate.

Sua presença é indispensável e contamos com ela!

Abraços!
 Mariana Benedito
Coordenadora do Projeto

_____________________________________________________________

CÂMARA DE VEREADORES DE ITABUNA – Poder Legislativo Municipal
Assessoria de Comunicação Social – www.cmvitabuna.ba.gov.br
Instragram: @camaradeitabuna  |   facebook.com/camaradeitabuna
Telefone: 73 2103-2123   –   E-mail: ascom@cmvitabuna.ba.gov.br

Santa Casa de Itabuna leva três prêmios no Benchmarking  2019 

Medalhas Benchmarking

A noite do IX Prêmio Benchmarking Saúde Bahia 2019, ocorrido no último dia (06) no Solar Cunha Guedes em Salvador, destacou  a Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, com três prêmios. Considerada a maior premiação do mercado de saúde do Nordeste, o evento elege quem foi mais inovador, competente em práticas de gestão e quem se dispôs a divulgar suas estratégias para o mercado – o verdadeiro benchmarking.

A nossa instituição levou o primeiro lugar na Categoria Santas Casas (Interior do Estado), primeiro lugar na categoria de melhor executivo do ano (Interior do Estado), André Wermann, e segundo lugar na Categoria Ação Social, especialmente pelo projeto Santa Casa nos Bairros, ficando atrás apenas da Santa Casa de Misericórdia da Bahia.

Representando a instituição, o 2º Tesoureiro, Peter Devires Lemos subiu ao palco para receber os prêmios de melhor Santa Casa (Interior do Estado) e o Diretor executivo José Saturnino Rodrigues para receber o prêmio de segundo lugar na Categoria Ação Social. O provedor Eric Júnior, que não pôde estar presente no evento declarou: “Estou muito feliz com todas as premiações. Quero parabenizar a André Wermann pelo trabalho que realiza em nossa instituição, e agradecer a todos que se empenham em fazer uma Santa Casa cada vez melhor”. 

Para Wermann, ter sido contemplado com o prêmio foi de suma importância. Satisfeito com a premiação, ele agradeceu em nome de todos os executivos do interior do estado. “Para nós é muito importante esse prêmio. Agradeço a todos vocês que se dedicaram à missão de ler os cases e dedicar o seu voto, isso faz uma grande diferença. Agradeço à minha família, que é o meu esteio e à Santa Casa de Itabuna onde a gente exerce nossa atividade. É uma casa acolhedora,  que me recebeu. Dedico a essa instituição toda minha gratidão, representada aqui por alguns de nossos colaboradores e ao nosso dinâmico e corajoso provedor, Eric Júnior, a quem tenho toda honra de prestar o melhor serviço. Se a gente consegue ser diferenciado de alguma maneira, é porque temos toda uma equipe e um conjunto de executivos que são tão merecedores e qualificados quanto eu. Por eles eu mantenho essa labuta e por eles quero dividir a alegria de estar aqui hoje”, declarou.

Santa Casa realiza mais um transplante de rim após o “Sim” de uma família

Raphael Abner o receptor.

O ‘Sim’ de mais uma família fez a diferença na vida de alguém. No dia 17/04, a Santa Casa de Misericórdia de Itabuna realizou um transplante renal. O receptor foi Raphael Abner, de 28 anos. Apesar de não ter conhecido a família do doador, o paciente ficou eternamente grato pelo ‘Sim’. “Para mim significa renascimento e esperança de viver mais com melhor qualidade de vida”, disse.

A Dona Selma, mãe do paciente, ficou muito feliz e agradecida, pois, já estava disposta a doar o rim para o filho, caso não surgisse um doador. “Agradeço a Deus e a essa família que doou. Através desse ato de amor eles conseguiram salvar a vida do meu filho, ainda mais no período de Páscoa”, falou. Raphael se recupera bem e daqui a dois dias deve receber alta para ir para casa.

A enfermeira do setor de transplantes da Santa Casa, Patrícia Betyar, reforçou a importância da doação que faz toda a diferença na vida de muitas pessoas. “Recebemos mais um ‘Sim’ de uma família. Isso para nós significa oferecer mais qualidade de vida para as pessoas que vivem na fila de espera da doação de órgãos”, concluiu.

Grupo desenvolve fungicida capaz de combater praga do cacau

Cientistas de quatro instituições obtêm molécula que pode agir contra a vassoura-de-bruxa

TEXTO

FOTOS

EDIÇÃO DE IMAGEM

O desenvolvimento de uma molécula fungicida contra a vassoura-de-bruxa reuniu, sob a coordenação do professor Gonçalo Amarante Guimarães Pereira, uma equipe interdisciplinar de cientistas dos Institutos de Biologia (IB) e Química (IQ) da Unicamp, do Centro de Energia Nuclear na Agricultura da USP, do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM) e da Universidade de Warwick, do Reino Unido.

O trabalho, parte da tese “Desenvolvimento direcionado de inibidores da enzima mitocondrial Oxidase Alternativa (AOX) com ação antifúngica contra Moniliophthora perniciosa, fungo causador da vassoura-de-bruxa do cacaueiro”, de Mario Ramos de Oliveira Barsottini, é considerado um marco no conceito e consolidação de uma equipe de cientistas brasileiros com know-how para produzir e avaliar novos químicos de interesse comercial. Os resultados, publicados na revista Pest Management Science, em outubro de 2018, prometem uma nova fase para a cacauicultura nacional.

A vassoura-de-bruxa causa prejuízos ao cacau nacional desde 1989 (leia mais no texto abaixo). Sem formas de erradicar a doença, os cacauais sentem, ainda hoje, os efeitos da vassoura-de-bruxa: são cada dia menos produtivos e competitivos frente às plantações da África e da Ásia.

“Os fungicidas mais usados contra fungos atacam geralmente a respiração ou a estabilidade da membrana celular. Os que atacam a respiração, não funcionam contra a vassoura-de-bruxa. Já os que atacam a membrana celular, funcionam em laboratório, mas não no campo, de acordo com os produtores”, explica Mario Barsottini, primeiro autor do artigo.

O alvo das novas moléculas é a inibição de uma enzima muito peculiar do fungo, a oxidase alternativa (AOX). “A AOX confere à vassoura-de-bruxa resistência a fungicidas na primeira fase da infecção”, conta Barsottini. “Nossa hipótese era de que, inibindo essa via, a gente conseguiria matar o fungo. Mas achar uma molécula capaz de inativar AOX é como montar um quebra-cabeça sem saber direito o formato das peças”, acrescenta.

O grupo descreveu essa enzima e seu papel na sobrevivência do fungo em artigo publicado na revista New Phytologist em 2012. “Observamos que, quando a respiração principal é bloqueada pela azoxistrobina, uma via alternativa da respiração mantém o fungo na fase biotrófica. Mas, quando combinamos essa droga com um inibidor da oxidase alternativa, o fungo cessa completamente seu crescimento”, explicou Pereira, na época, à Agência FAPESP.

Na primeira fase da infecção, chamada biotrófica, o sistema de defesa da planta consegue bloquear a respiração do fungo. A AOX cria um atalho, que permite ao fungo manter suas funções vitais e resistir ao ataque. Após meses de manipulação da distribuição de nutrientes entre os vários tecidos vegetais, o fungo consegue energia suficiente para sofrer metamorfose e entrar na fase necrotrófica, quando se multiplica rapidamente e mata o seu hospedeiro.

Folhas, ramos e frutos secos com cogumelos (basidiomata), facilitam a disseminação dos esporos pela plantação, que permanecem viáveis por meses antes que um novo ciclo de infecção recomece. Portanto, o controle químico do fungo deve ocorrer antes dessa transição.

O professor Gonçalo Amarante Guimarães Pereira (à esquerda), coordenador da pesquisa, e Mario Barsottini, primeiro autor do artigo, em estufa no Instituto de Biologia

Essa via alternativa da respiração não é exclusiva da vassoura-de-bruxa. O parasito humano Trypanosoma brucei, causador da doença do sono e transmitido pela mosca tsé-tsé, também utiliza essa artimanha.

“Fármacos usados para o controle dessa doença humana, como o ácido salicilhidroxâmico (SHAM) e galato de n-propila, são instáveis e pouco permeáveis às membranas do fungo”, comenta Silvana Rocco, pesquisadora do CNPEM, que participou do estudo.

Rocco desenvolveu novas moléculas a partir de derivados de N-fenilbenzamidas (NPD), uma droga mais fácil de sintetizar e alterar quimicamente. No artigo, Barsottini e colegas testaram 74 dessas moléculas e encontraram uma delas capaz de inibir a via alternativa da respiração e o crescimento do fungo modelo, Pichia pastoris. A molécula nomeada a NPD 7j-41 também foi eficiente contra a vassoura-de-bruxa; evitou a germinação dos esporos e o aparecimento dos sintomas em planta infectadas de tomate, em ensaios realizados em laboratório.

“A NPD 7j-41 nos ajuda a entender quais partes da molécula são mais importantes para estabilidade, permeabilidade na membrana e interação para inibição da AOX. Alterando a estrutura dela, nós podemos desenvolver um químico eficaz para matar o fungo, sem causar danos à planta ou ao meio ambiente”, explica Rocco. “Além das barreiras impostas pela célula do fungo, a nova molécula tem que vencer outros desafios até chegarmos a um fármaco com produção em escala industrial”, completa.

Foto
Silvana Rocco, pesquisadora do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), durante análise dos novos químicos em reator de ressonância magnética. Foto: Fellipe Mello | CNPEM

“A classe das ascofuranonas usada no combate do T. brucei é promissora, mas difícil de sintetizar. Esses compostos são mil vezes mais potentes que os nossos derivados da NPD”, relata Barsottini. “Nós pretendemos usar o conhecimento adquirido e partir para compostos mais potentes. Queremos trazer o conhecimento da área médica para a agricultura”, finaliza.

Multifatorial, doença chegou à Bahia em 1989

O fungo vassoura-de-bruxa (Moniliophthora perniciosa) chegou à Bahia em 1989, quando a produção de cacau estava no auge. Plantas deformadas com folhas secas e frutos enegrecidos, sem boas amêndoas, prejudicaram a região cacaueira. Fatores climáticos, estruturais e conjunturais da cadeia produtiva ajudaram na disseminação da doença, que levou ao abandono de fazendas, êxodo rural e miséria.

Hoje, plantas tolerantes e manejo adequado da cultura permitem a convivência entre praga e atividade produtiva, que marca a identidade e a cultura do povo imortalizado nas obras de Jorge Amado. Mesmo assim, a produção vem caindo: de 390 mil toneladas na década de 1980 para 83,9 mil toneladas de amêndoas em 2017.

Muitos especialistas já preveem o colapso na produção mundial de chocolate, caso a doença se espalhe para outras regiões produtoras na África e Ásia. Há ainda outra ameaça, a introdução do fungo patogênico aparentado, a Moniliophthora roreri, que pode causar estragos ainda maiores. Sem agroquímicos eficientes disponíveis para o seu controle, a vassoura-de-bruxa permanece o maior desafio da cacauicultura nacional.

O estudo de Barsottini e colegas é o primeiro passo para o desenvolvimento de um fungicida para garantir a viabilidade dos produtores de cacau e manutenção de economias locais e dos serviços ambientais do cultivo “cabruca”, feito na sombra da Mata Atlântica e da Floresta Amazônica.

 

O artigo:

Para ler o artigo “Synthesis and testing of novel alternative oxidase (AOX) inhibitors with antifungal activity against Moniliophthora perniciosa (Stahel), the causal agent of witches’ broom disease of cocoa, and other phytopathogens” (doi: 10.1002/ps.5243) de Mario R. O. Barsottini e colegas, acesse https://onlinelibrary.wiley.com/doi/full/10.1002/ps.5243

 

 

Imagem de capa JU-online

Audiodescrição: Em laboratório, imagem frontal e de busto, homem sentado em cadeira, com olhar para a esquerda na imagem, segura com a mão esquerda um pequeno tubo plástico, e com a mão direita uma haste específica para manipulação. Ele mantém parte dos braços apoiados sobre uma extensa bancada retangular branca, disposta à frente dele. Às costas dele, outras duas bancadas idênticas, e também com vários equipamentos específicos para uso em laboratório. Ele usa luvas azuis e jaleco branco. Imagem 1 de 1.

MALHA FINA DO JORNAL A REGIÃO

30.Março.2019

Fonte jorrando

O prefeito ficha suja Fernando Cuma está prestes a realizar seu sonho de consumo, vendendo a Emasa para a iniciativa privada. Cuma alimenta esse sonho desde seu primeiro governo. Só faltava ter a Câmara sob o coturno.

Armou o esquema…

Um dos negócios mais rentáveis na vida de Fernando Cuma foi criar a Emasa em 1989, faturando alto com o sistema de água e esgoto montado pela estadual Embasa sem investir um centavo em melhorias. Pegou pronta. Negoção…

…falta revender

Depois, quando o sistema se desintegrou e passou a gerar prejuízos, Cuma passou a ter a ideia fixa de vender a Emasa e amealhar uns trocos com o negócio. Tentou várias vezes, à toa. Agora, com Câmara no bolso, vai conseguir vender.

Vista inesperada

antonio de anizioO prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, pode não concluir o mandato. Processos por improbidade administrativa (passou a mão na grana) estão em fase de conclusão e é grande a chance de receber visita da PF em plena madrugada.

Esconde esconde

Temendo a visita desagradável dos federais, o prefeito não tem pernoitado no mesmo endereço. A cada noite dorme em uma cidade e casa diferentes. Os credores da prefeitura dizem que é impossível surpreender o prefeito há meses…

Mais um se rende

Dizem que o prefeiturável Antônio Mangabeira, que sempre resistiu a se aliar a políticos antigos, afinal cedeu aos encantos e anda procurando velhos e novos caciques da politica, os contumazes beneficiários do dinheiro público.

Não larga o osso

O governo do estado trabalha arduamente para convencer Vane a se candidatar a prefeito de Itabuna, mas depende de Geraldo Simões abrir mão do partido. Coisa que ele não faz. Como tudo tem um preço, quem sabe um carguinho?

Novo das antigas

Um grupo de empresários, a maioria ligados ao Movimento Sul da Bahia, ativou o diretório do Partido Novo em Itabuna. Figuras antigas, de outros carnavais, se filiaram ao partido se colocando como o Novo, que já nasce velho.

Quase cururu

Marcelo Augusto, que foi ressuscitado pelo PCdoB, foi assessor especial da Secretaria de Planejamento no governo Vane na cota dos cururus e deixou até filiados históricos e de peso a ver navios. Também se filiou ao partido “Novo”.

Cuspindo na mão

Marcelo alega que jamais foi do quadro comunista. Pirão comido, pirão esquecido. Ronaldo Abude, ex-filiado ao MDB dos Vieira Lima, também se filiou ao Novo e tenta pavimentar a candidatura a prefeito de Itabuna em 2020.

Megafone mudo

Quem se acostumou às bravatas do ex-vereador Cosme Araújo está curioso sobre seu silêncio em Ilhéus. Já tem gente especulando que se aliou ao prefeito Valdenewton Marão, que não critica. Ou que “não é mais o mesmo”.

Festa de relento

A taxa de homicídios na Bahia caiu em janeiro e o governador Rui Costa comemorou. Mas o estado continua tendo uma taxa de 2,90 por 100 mil habitantes contra apenas 0,7 de São Paulo, que possui uma população 3 vezes maior.

Bahia sem segurança

Basta perguntar a qualquer um em Itabuna se a cidade está segura. Ou a moradores de Ilhéus, Salvador, Camaçari, Lauro de Freitas, Eunápolis, qualquer uma. Hoje os tiroteios estão rolando no centro, acontecendo quase todo dia.

Alô, PM, é a moto!

assalto com moto“Um indivíduo em uma moto…” “Dois indivíduos em uma moto…” Todo dia tem assalto ou homicídio feito por bandidos usando moto. Já virou rotina, padrão. Quando é que a PM vai montar um esquema para combater isso?

Solução existe

O batalhão da PM em Itabuna tem 600 soldados. Podia muito bem escalar 100, em 33 grupos de 3, para ficar nos cruzamentos dos bairros mais criticos e do centro, parando todas as motos, cada uma, e revistando os ocupantes.

Enrolation de governo

O Governo da Bahia divulgou que saiu o vencedor para fazer os “projetos básico e executivo de engenharia” da duplicação da BR-415. A notícia é boa, mas intrigante. O projeto não tinha sido feito e enviado ao TCU há 3 anos?

Mentirada cínica

Em 2016, durante a campanha eleitoral de prefeitos, Rui Costa veio a Itabuna e fez uma enorme festa para “assinar a ordem de seviço” da duplicação. É caso único na história uma ordem de serviço sair antes de sequer existir o projeto.

Virando a casaca

Está confirmada a revoada do ex-deputado Augusto Castro para se filiar a um partido da base do governador Rui Costa. Quase tudo está fechado, só faltando o anúncio, o que tem deixado aliados do governador em crise de ciúmes.

Quebraram a cara

Quando a gente alertou que o calote da Prefeitura de Ilhéus na Solar Ambiental era de propósito para que a empresa rompesse o contrato, muita gente acusou A Região de estar especulando e alegou que nada disso era verdade. Sei.

Tem comi$$ão aí?

Pois bem, assim que a Solar, por não aguentar calote de R$ 5 milhões, rompou o contrato, o prefeito Valdenewton Marão correu para fechar contrato imoral com a CTA por R$ 1.200.000 mensais, maior que o da Solar (R$ 979.000).

Faixas transitórias

O prefeito ficha suja Fernando Cuma vive se queixando da falta de dinheiro, mas para pintar faixas pelas ruas e avenidas parece não faltar verbas. Pelo menos duas vezes por mês a sinalização é refeita… e paga de novo, claro.

Buraco negro

O orçamento de Itabuna para este ano é de mais de R$ 628 milhões, cerca de R$ 53 milhões por mês. Todo mês. Não sei pra voce, mas parece muito dinheiro para gastar apenas mantendo a máquina e pintando faixa$. Cadê o restante?

Perdendo nada

Ninguém entendeu porque reclamam tanto da extinção da Secretaria de Turismo de Ilhéus. A pasta é inútil há mais de 40 anos, especialmente nas últimas gestões, e a cidade hoje não passa de local de veraneio, longe de ser destino.

Nulidade turística

Ilhéus ainda dá sorte que a Bahia só tem dois portos que podem receber cruzeiros e as operadoras não poderiam oferecer só Salvador. Se Itacaré tivesse um, os cruzeiros já teriam abandonado Ilhéus, túmulo até de Jorge Amado.

In-com-pe-tên-cia

Ilhéus não tem uma única atração formatada, recebe o turista com lixo, não participa de feiras de turismo, não tem plano no setor nem atendimento ao turista, não divulga a cidade fora do estado, não usa o Centro de Convenções.

Alô alô Anatel

Se é verdade que o prefeito Fernando Cuma fechou a empresa que tinha a concessão da Difusora AM, ela está cometendo um crime federal, se mantendo no ar sem concessão, que é cancelada quando a empresa fecha.

Mutirão da Mulher bate recorde de atendimentos em sua 2ª edição

Quando pessoas voluntárias se reúnem com o propósito de fazer o bem, o resultado consegue superar toda as expectativas: 1.200 atendimentos médicos realizados em um único dia. Assim, foi a 2ª edição do Mutirão da Mulher, ocorrido no último dia 23 na área do Plansul, no Hospital Manoel Novaes.

Ao todo, foram 30 médicos entre consultas médicas e exames de diversas especialidades, sem contar nos serviços oferecidos na feira de saúde, e mais de 300 voluntários envolvidos na organização. O evento movimentou a cidade e conseguiu reunir milhares de mulheres numa fila que dobrou o quarteirão.

Entre as especialidades médicas ofertadas estavam ginecologia, cardiologia, mastologia, neuroclínica, ortopedia, geriatria, clínica médica, pneumologista, nefrologia, gastroenterologia, dentista e fisioterapia para gestantes. Também foram realizados os exames de citologia, ultrassom obstetra, ultrassom transvaginal e de mama.

Durante o evento, as mulheres também puderam desfrutar de palestras sobre autoestima e disfunções urinárias, sorteio de brindes, maquiagem, pintura de unhas, orientações oncológicas com Dr. Garrick, serviços como teste de glicemia, banco de sangue, orientações sobre doação de órgãos, banco de leite e muita diversão para as crianças que puderam brincar e se divertir com no espaço Kids.Com um saldo positivo de atendimentos realizados, o provedor das Santa Casa Eric Júnior agradeceu a toda equipe de voluntários que fez desse mutirão, um grande evento voltado para a saúde da população feminina de Itabuna. “Fizemos a nossa parte com muito amor, serenidade e paciência. Demos o nosso melhor para que esse evento fosse um sucesso e acredito que conseguimos mais uma vez atingir o nosso objetivo: levar saúde para quem precisa. Sem os voluntários eu não teria conseguido. Se o primeiro ano foi bom, o segundo foi ainda melhor”, concluiu. 

EM 2020 O PT VEM QUENTE EM ILHÉUS E EM ITABUNA.

Em Ilhéus, Nilton Cruz tenta seu primeiro mandato como Prefeito.

Já em Itabuna, Geraldo Simões articula seu 3º mandato.

Geraldo Simões e Nilton Cruz.

anuncie aqui

Carregando...

Tabela do Brasileirão

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
outubro 2019
D S T Q Q S S
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia