WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Internet’

Pontes diz que governo vai aperfeiçoar Inpe

Ministro diz que ações vão ajudar o governo a reduzir o desmatamento

Publicado em 12/08/2019 – 22:01

Por Elaine Patricia Cruz – Repórter da Agência Brasil  Florianópolis *

O ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, disse na noite de hoje (12), em Florianópolis, que o governo vai trabalhar para o aperfeiçoamento do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

“Toda essa conversa acabou resultando em um novo produto. O que nós vamos fazer, junto com o Ministério do Meio Ambiente, é trabalhar para o aperfeiçoamento, tanto para a captura de imagens, ampliando o número de satélites, quanto para o tratamento dessas imagens, junto com o Ibama [Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis], para que a entrega seja feita na forma e na velocidade que o Ibama precisa para atuar”, disse.

Segundo o ministro, essas ações vão ajudar o governo a reduzir o desmatamento. “No final de tudo isso, o objetivo é reduzir o desmatamento, ajudando o governo a reduzir o desmatamento para que o Ibama possa cumprir sua função. Não vamos discutir só os números. Temos que discutir as ações para a frente”, disse a jornalistas, após discursar no Innovation Summit, na capital catarinense.

Abertura do evento

O ministro participou nesta segunda-feira da cerimônia de abertura do Innovation Summit, que começou hoje e termina na quarta-feira (14). Segundo o ministro, o evento, do qual o ministério participa, é importante “não só para o desenvolvimento e compartilhamento de ideias, mas também para cada um daqueles que sonham em ter sua empresa, observar onde pode conseguir financiamento, quais as ferramentas que existem para ajudar e qual a legislação que existe e vem aí para a frente”. O Innovation Summit, disse, é importante também para o país, como um todo, poder utilizar ideias daqui como exemplos para o desenvolvimento de outras regiões.

Pontes disse que, até o final deste ano, o governo pretende bater a meta de 10 mil pontos de internet banda larga por meio do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações (SGDC). Desde janeiro, o ministério, em parceria com a Telebras, fez a instalação de conexão em 8 mil pontos. 

“Até o final do ano, a gente pretendia chegar a 10 mil [pontos], mas acho que vamos passar essa meta, pelo que estou vendo. O que é muito bom”.  O ministro disse que há negociação com outros ministérios para a ampliação do número de pontos instalados. Ele citou negociações com os ministérios da Cidadania, da Justiça e da Saúde.

“Tenho muito carinho a esse respeito porque quando você vai no meio da Amazônia ou em lugares distantes, nas zonas rurais, as pessoas podem morrer porque é difícil o transporte e o acesso. Mas se tiver um exame antecipado, você pode salvar a vida dessas pessoas. O meu objetivo, por meio desses sistemas, é interligar esses lugares com internet rápida, de forma que você tenha equipes do Ministério da Saúde que possam trabalhar com equipamentos cedidos também pelo ministério, fazer exames e determinar com antecedência necessária para salvar essas vidas”.

* A repórter viajou a convite da organização do evento Innovation Summit

Edição: Fábio Massalli

ROLANDO EM TODA A INTERNET

ILHÉUS DESPROVIDA DE PROVEDORES DE INTERNET

Parece bizarro, mas em pleno  Século XXI, provedores de internet tipo vaga-lume, pisca-pisca.

Todos eles, nenhum melhor ou pior do que o outro. Melhor voltar para a internet discada.

Sem paciência…

MALHA FINA DO JORNAL ‘A REGIÃO’!

Horta esportiva

A gestão do prefeito de Ilhéus, Valdenewton Marão, inova até no esporte. Como o Colo Colo não vai disputar nada, depois de dispensar quem ajudava, o estádio Mário Pessoa virou horta, com plantação de melancia e quiabo. 

A gente avisou

Nós bem que avisamos que contratar Geraldo ‘Mazela’ para a secretaria de saúde de Ilhéus era uma furada. Ele tem fama de destruir a pasta por onde passa. Ser convocado para explicar diabices é coisa normal para ‘Mazela”. 

Irregular de carreira

Quem lembra da atuação-vexame de Geraldo Majela em Itabuna e Teixeira de Freitas, de triste memória, não se surpreende em ele ser convocado pela Câmara de Ilhéus para explicar “irregularidades graves e farra com diárias”. 

Desvio de 2 milhões

Magela foi acusado de desviar R$ 2 milhões em Itabuna, dinheiro que deveria ter sido usado na reforma de postos de saúde fechados. O professor de história foi indicado para secretário de Saúde pelo deputado Augusto Castro. 

Só malvadezas

A (indi)gestão de Magela em Itabuna (com Azevedo prefeito) teve protesto de servidores, atrasos de salário, corte de repasses para o Cemepi, boicote a mutirão do estado, recorde de mortalidade infantil, revolta no HBLem. 

Bens bloqueados

Em Teixeira de Freitas, o nômade da saúde teve os bens bloqueados pela Justiça, por irregularidades na licitação de construção do Centro de Hemodiálise. Deixou rombo de R$ 8 milhões e saiu debaixo de acusações do prefeito. 

Curinga do Estado

Magela passa de prefeitura em prefeitura, sempre imposto pelo Estado a prefeitos aliados e anunciado como profissional “com 30 anos de experiência em prefeituras”. O que não contam é seu fracasso em cada uma delas. 

Como cachorro em…

Como antecipamos, foi publicada a exoneração de Juvenal Maynart da diretoria da Ceplac. Dizem que o homem está sem destino e já anda falando sozinho. Não tem mais Geddel para ouvir choro ou arrumar cargo de enfeite. 

…dia de mudança

Os ceplaquanos até pensaram em fazer uma festa de arromba para comemorar a saída de Juvenal, com fogos e banda tocando “arruma a malaê”. Só não fizeram por falta de dinheiro e em respeito ao velório do departamento. 

Distopia blogueira

Maynart, logo depois de exonerado da Ceplac, acionou sua assessoria para espalhar um texto onde só falta dizer que ele transformou o órgão numa “Embrapa”. O fato é que a Ceplac antes e depois dele é o mesmo defunto. 

Caixão e vela

A única diferença é que foi rebaixada a departamento (e continua departamento). Como desde o governo Lula, continua sem orçamento, sem concurso público, sem fazer extensão, com uma sede ociosa e candidata à extinção. 

Ação entre amigos

A eleição da Amurc foi um acerto de compadres, articulada pelo deputado da facção PT Rosemberg Pinto. Com baixo comparecimento de prefeitos, que se sentiram pressionados por Rosemberg, que diz exercer influencia na Amurc. 

Muita sede ao pote

Ele indicou Lero Cunha (Firmino Alves) e luta vorazmente para abocanhar a maioria dos cargos do estado no sul da Bahia. Isso tem incomodado sua própria facção PT e a base aliada. A gulodice vai dar problemas para o governador. 

Acabou a farra

Não existem cargos suficientes para alojar a imensa quantidade de ‘coordenadores’ e ‘apoiadores’ da campanha do deputado da facção PT, mesmo porque o governo está falido, sem dinheiro nem para o cafezinho com brioches. 

Bajulando corrupto

Josias Gomes, Rosemberg Pinto, Everaldo Anunciação, Geraldo Simões, Lenildo Santana, Adroaldo Almeida e o Teatro Popular de Ilhéus defendem a corrupção e os corruptos. Fizeram festa para um dos maiores no dia 18. 

Condenado festivo

O TPI esculhambou a imagem de Ilhéus ao fazer o lançamento do livro de José Dirceu, corrupto condenado a 30 anos de cadeia por roubar o dinheiro que falta na saúde, educação, segurança, estrutura. O próximo é Beira-Mar? 

“A gente somos inútil”

Ninguém sabe para que servem os funcionários da Câmara de Ilhéus que lidam com contabilidade, tesouraria, licitação, compra e contrato. A Câmara contratou, por R$ 208 mil e R$ 96 mil, duas empresas para fazer a mesma coisa. 

Incompetência

As duas vão ganhar pela “assessoria e consultoria”, maneira bem subjetiva e nebulosa de justificar os contratos gordos. Se os servidores precisam de duas empresas para aprender a trabalhar, seria melhor demitir todos eles.

BOMBA! Jornalista Regina Villela descobre o real motivo da renúncia…


Orkut volta com Hello – ISTOÉ

COMPORTAMENTO

Orkut volta com Hello

Já disponível no Brasil, nova rede social do pioneiro Orkut Büyükkökten é lançada na Índia com a ambição de ser uma alternativa à hegemonia do Facebook

 

HERÓI O pioneiro Orkut Büyükkökten vestido de Super-homem: ídolo geek no Brasil e na Índia (Crédito: Divulgação)

André Sollitto

Com 1,35 bilhão de habitantes, a Índia é um dos mercados mais atraentes para redes sociais. É também o novo alvo do engenheiro de software turco Orkut Büyükkökten, conhecido como o criador da hoje nostálgica rede que levava seu nome. Há duas semanas, ele inaugurou no país asiático o serviço Hello, sua mais recente criação. Já disponível no Brasil, é uma espécie de herdeira do antigo Orkut.com, responsável por apresentar o potencial das redes sociais para muita gente, especialmente brasileiros e indianos. Enquanto esteve online, entre 2004 e 2014, a rede social chegou a 300 milhões de usuários. Começou como um projeto paralelo de Orkut quando o engenheiro trabalhava no Google — e logo se tornou sua principal ocupação. Para entrar era preciso receber um convite de outro usuário mais antigo, o que só aumentava seu apelo. Sua principal característica era reunir pessoas em comunidades nas quais podiam compartilhar gostos semelhantes. Havia milhares de grupos, para tudo: amantes de chocolate, de música alta, acordar tarde… Era uma experiência voltada para os computadores que ficou perdida com a popularização dos smartphones.

Quando a rede social encerrou suas atividades, o público acabou migrando para outras opções, principalmente o Facebook. Demorou até que o antes visionário Orkut conseguisse encontrar seu espaço. Com o Hello, ele finalmente pretende retomar a graça das comunidades. Feita especificamente para aparelhos portáteis, a rede resgata os grupos de interesse e introduz uma nova modalidade, chamada Persona, que é utilizada para definir os principais gostos de uma pessoa, do amor por gatos e cachorros até seu esporte preferido. Esses interesses, declarados pelos usuários, serão utilizados na oferta de publicidade. “As comunidades ofereciam às pessoas um espaço seguro para que elas se reunissem e dividissem seus interesses, sentimentos e paixões genuínas. Criamos toda a experiência de Hello em torno das comunidades”, disse Orkut à ISTOÉ. Com interface de apelo visual, favorece a divulgação de fotos e remete ao Instagram e ao Pinterest. Há cerca de um ano e meio no Brasil, já tem mais de um milhão de usuários. Para a campanha de lançamento na Índia, Orkut se fantasiou de Super-homem e vestiu parte da equipe com trajes de super-heróis. A mensagem é clara: recuperar o lado “cult” de sua antiga rede social.

Ambiente seguro

Um dos motivos que faz com que a maioria dos antigos usuários do Orkut lembrem dele com carinho é que a rede oferecia um ambiente praticamente livre de mensagens de ódio, ao mesmo tempo em que tinha um clima divertido de descoberta de pessoas com gostos parecidos. Ela enfrentou alguns problemas legais ao longo dos anos, mas a situação não chega nem perto do que é visto hoje no Facebook. “As companhias que cuidam das redes sociais priorizam os anunciantes, as marcas e os acionistas. Elas possuem algoritmos muito sofisticados que incorporam inteligência artificial para otimizar o tempo gasto, os cliques em anúncios e o retorno financeiro. A felicidade do usuário e as conexões entre as pessoas não são a prioridade”, afirma Orkut. Segundo ele, o resultado disso é uma falta de intimidade e espontaneidade. “Vemos nossos feeds e encontramos momentos perfeitamente coreografados, aparências e situações falsas. As redes estão nos trazendo ansiedade e depressão”.

O recente escândalo envolvendo a utilização de dados de usuários do Facebook pela Cambridge Analytica só piorou a situação da rede que dominou o mundo. Informações retiradas ilegalmente de milhões de contas foram utilizadas para influenciar eleições nos Estados Unidos e na Inglaterra. A Cambridge anunciou o fim de suas atividades (leia mais sobre o caso no quadro abaixo), mas o estrago já estava feito. Mark Zuckerberg, criador do Facebook, foi obrigado a dar satisfações ao Congresso Americano. E sua rede social está sofrendo com um êxodo inédito. “As redes sociais deveriam ser transparentes sobre o que fazem com os dados dos usuários e com quem eles compartilham essas informações. Muitos se escondem atrás de termos de serviço. Sabemos que nem todos leem esses termos. É moralmente errado enganar usuários ao esconder suas intenções em letras miúdas”, afirma Orkut. :: LEIA MAIS »

O WHATSAPP É BASTANTE POPULAR, PORÉM EXISTEM OUTRAS REDES SOCIAIS.

PARA ENTENDER O GOOGLE

Guy,

Fizemos um post simples que permite entender melhor os tais algoritmos do Google.
https://www.tracto.com.br/algoritmos-do-google/

No começo, o Google era um buscador que seguia uma lógica simples. Mas, à medida que foi se tornando o centro nervoso da internet, teve de lidar com sites que tentam trapacear e com a própria evolução da tecnologia. De forma resumida, contamos a história da evolução do maior mecanismo de busca do mundo.

Espero que o conteúdo seja útil!

Att,

Ricardo Mendes
ricardo.mendes@tracto.com.br

OUTRAS REDES SOCIAIS ESTÃO DISPONÍVEIS E ACCESSÍVEIS

Se você acha que sua rede preferida esta monitorando, censurando e manipulando as suas postagens.

Existem outra redes que podem ser usadas.

Garimpe, convide seus amigos, construa uma rede mais exclusiva, ou faça um blog ou site.

Telegram sai na frente com sete recursos que o WhatsApp fica devendo

Máscaras em fotos e imagens autodestrutivas são algumas das funções presentes no mensageiro.

Clique na foto.

Provedores ameaçam suspender internet na Bahia por 24h devido a problema com Coelba

por Renata Farias – Fonte: Bahia Notícias

Foto: Hugo Arce / Fotos Públicas

Um imbróglio entre as empresas provedoras de internet e a Coelba, que compartilha os postes com as prestadoras do serviço, pode deixar os baianos sem acesso à rede por 24 horas. De acordo com o Sindicato das Empresas de Internet do Estado da Bahia (Seinesba), a companhia de energia estabeleceu novos critérios para o cabeamento nos postes da cidade, que deve ser seguido pelos provedores. No entanto, o prazo para adaptação foi apenas de 30 dias. “Para as empresas de internet se adaptarem a esta norma da Coelba há a necessidade de operações complexas que envolvem tempo e altos investimentos”, pontuou o presidente do Seinesba, André Costa. O sindicato informou ainda que a empresa já tem realizado cortes dos cabos, principalmente em locais que contam com provedores de menor porte. Na tentativa de solucionar o problema sem danos para a população, será realizada na próxima segunda-feira (12) uma reunião na sede da Coelba, com representantes da empresa, além de Costa, do presidente da Associação Brasileira das Empresas de Internet (Abranet), Eduardo Parajo, do gerente Regional da Anatel nos Estados da Bahia e Sergipe, Hermano Barros Tercius, e do vice-presidente da Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações (Abrint), Jakson Almeida. No mesmo dia, uma assembleia geral do Seinesba discutirá a possibilidade de realizar uma paralisação de 24 horas dos serviços de internet em toda a Bahia. O objetivo da entidade é chamar a atenção da sociedade para os prejuízos causados pela decisão da Coelba e dos cortes sistemático dos cabos dos provedores.

Adeus, Facebook: 73% dos brasileiros querem excluir perfil, diz pesquisa

04/12/2016 08h00 – Atualizado em 04/12/2016 11h35

João Kurtz

por JOÃO KURTZ
Para o TechTudo

Brasil é o quarto no ranking global com mais PCs que comandam botnets

facebook82

Facebook seria perda de tempo para usuários, diz Kaspersky (Foto: Melissa Cruz/TechTudo)

Aplicativo do TechTudo: receba as melhores dicas e últimas notícias no seu celular

Os usuários estariam cientes da situação, com 328 (37%) deles respondendo acreditar que estão perdendo tempo nas redes sociais, enquanto 647 (73%) admitiram já ter considerado apagar suas contas.

saiba mais

A preocupação de perder amigos é o motivo mais indicado para a permanência, sendo respondido por 603 (68%) deles. Para outros 186 (21%), entretanto, a maior preocupação são os arquivos – como fotos – guardados em suas contas.

Qual é o melhor antivírus grátis? Veja no Fórum do TechTudo.

Uma das soluções propostas pela Kaspersky Lab é o FFForget, um aplicativo capaz de fazer o backup de dados de redes sociais e mantê-las em um local seguro e criptografado. O objetivo, segundo a desenvolvedora, é fornecer uma forma para que as pessoas tenham a liberdade de “sair das mídias sociais quando quiserem”.

“Queremos que o FFForget seja uma solução para eliminar o medo das pessoas de perderem suas recordações por problemas com a conta ou ataques de hackers”, explica a chefe de mídias sociais da Kaspersky Lab, Evgeny Chereshnev.

Muitas redes sociais, como o Facebook (backup) e o Twitter (download),  entretanto, já possuem recursos específicos que deixam os usuários fazerem backups de seus dados na rede, permitindo que as contas sejam apagadas normalmente sem o medo de perder conteúdo já publicado.

anuncie aqui

Carregando...

Tabela do Brasileirão

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia