WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Ilhéus’

VAI TER FESTA NA INAUGURAÇÃO DO ‘PUXADINHO’?

Continua a todo vapor, a obra que dizem foi embargada.

O ilheense é um inocente contumaz…

Foto enviada via WhatsApp

PANDEMIA E A ECONOMIA DE ILHÉUS.

Ilhéus sobrevive de repasses constitucionais, convênios quando está adimplente no CAUC, e agora verbas ‘doadas’ pelo Governo Federal para o combate ao novo coronavírus.

O dinheiro vivo circulante, vem dos salários dos funcionários públicos, e aposentados das três esferas de governo, e um reforço do Bolsa Família. Durante a pandemia abonos governamentais.

E depois? Quando a pandemia acabar?

O que vai impulsionar a economia de Ilhéus?

 

COMEMORANDO COMO UM GOL DE PLACA. ===>>> 07/04/2020

A cada confirmação de infecção pelo coronavírus, a Prefeitura de Ilhéus vibra, anunciando e quase comemorando.

Não obstante a sua incompetência, ainda coloca carros de som tocando mais terror na população.

Vamos coroa-lo…

Marinha vai levar 16 mil cestas básicas para a Ilha de Marajó

Marinha vai levar 16 mil cestas básicas para a Ilha de Marajó

Algumas cidades estão entre aquelas com os piores IDHs do país

Foto: Marcelo Camargo/Agencia Brasil

Banhado pelo Oceano Atlântico e pelos rios Amazonas e Tocantins, o arquipélago de Marajó (PA) tem quase 50 mil quilômetros quadrados, uma extensão territorial maior que a Bélgica, por exemplo. São 16 municípios e problemas imensos, como a pobreza, a falta de emprego e renda, gravidez precoce de adolescentes e a exploração sexual infantil.

“É uma localidade onde há carência de tudo. Os moradores vivem sem cidadania. E, por isso, delitos contra a infância e a juventude são comuns. Não há justiça”, diz a paraense Marisa Romão, assessora da Secretaria de Igualdade Racial, com a propriedade de quem conhece bem a região. 

Foi pensando em olhar com mais atenção para a população isolada do arquipélago que o programa Abrace o Marajó foi criado e incorporado ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. Nesta sexta-feira (12), o Navio Auxiliar Pará, da Marinha Brasileira, partiu da Base Naval de Val de Cães, em Belém, levando mais de 15 mil cestas básicas para serem distribuídas para famílias que estão cadastradas nos programas sociais do governo (CadÚnico) nas cidadezinhas de Afuá (38 mil habitantes) e Chaves.

As cestas foram montadas em São Paulo, numa parceria do ministério com a rede Carrefour e a Associação Paulista de Atacadistas e Supermercadistas (Apas).

“Marajó não será só uma ilha cercada de água por todos os lados, quando o navio auxiliar chegar até lá, ela será uma ilha cercada de solidariedade por todos os lados”, disse o comandante Robledo de Lemos Costa e Sá, do Grupamento de Patrulha Naval do Norte.

Navio da Esperança

Domingo, quando o velho catamarã – construído em 1982 – chegar até as cidadezinhas, ele será visto como o “Navio da Esperança” para milhares de famílias.

“São pessoas humildes, mas muito amigas. Elas aguardam a chegada do navio, até porque se nessa missão estamos levando cestas básicas, em outras, houve atendimento médico e odontológico dentro do navio. Aqui se faz mamografia, exames e há até farmácia para retirada dos medicamentos prescritos”, disse o comandante do Navio Auxiliar Pará, Ribeiro Costa, que já foi quatro vezes à cidade de Afuá.

Cestas básicas que serão entregues a comunidades do arquipélago de Marajó
Cestas básicas que serão entregues a comunidades do arquipélago de Marajó – Marcelo Camargo/Agência Brasil

Municípios esquecidos

Para quem mora nos municípios da parte oriental da Ilha de Marajó, mais próxima de Belém, a viagem é, relativamente rápida. Há duas empresas que fazem a operação do terminal hidroviário da capital paraense até a Ilha de Marajó via balsas, em três horas e meia. Para quem tem mais condições, é possível embarcar num catamarã expresso, que faz a mesma viagem em duas horas.
 
Porém, há vários municípios ribeirinhos, mais distantes de Belém, que acabam ficando  mais esquecidos. Estão longe do movimento de turistas e longe dos recursos que essa atividade econômica propicia.

É o caso de Melgaço, cidade de 26 mil habitantes às margens do Rio Tajapuru, que tem o pior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) entre os mais de 5,6 mil municípios do país. “São oito cidades da Ilha de Marajó que estão entre os 50 piores IDHs do Brasil”, disse Marisa Romão. 

Em outros municípios, como Chaves, de 23 mil habitantes – um vilarejo cercado por uma praia de areia amarela e água doce -, sequer há uma agência lotérica para os moradores sacarem o dinheiro do Bolsa Família ou do auxílio emergencial do governo. 

Visita da primeira-dama

Na segunda-feira (15), a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, e a primeira-dama Michelle Bolsonaro chegarão a Marajó, onde participarão da entrega das cestas básicas em Afuá e na zona rural do Rio São Cosmo. 

Depois, a ministra e a primeira-dama irão até o município de Muaná (40 mil habitantes), onde dois navios – um do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e outro da Caixa Econômica Federal – estarão atracados, participando de ações de pagamento de benefícios sociais à população insular.

 *O repórter viajou a convite do Ministério da Defesa 

Edição: Fábio Massalli

PONTE NOVA – ACESSO AO AEROPORTO JORGE AMADO NO PONTAL.

A ACADEMIA FITNESS E O PROCESSO ELEITORAL EM ILHÉUS. ===>>> 27/09/2019

Faltando mais de um ano, vários pre-candidatos começam a se movimentar.

Alguns querendo ganhar folego, outros musculatura.

Outros preferem feijoadas, caldo de mocotó, para acumular gorduras.

Enquanto isso, o rio que passa embaixo da ponte, ainda é um riacho.

Só observando, fica a dica!

Atualização em 16/12/2019:

Tem também os que esperam um ‘suplemento nutricional’, aceitando até ‘bomba’.

 

DIÁRIO OFICIAL – EDIÇÃO 121 DE 10 DE JUNHO DE 2020

Registros

Registros encontrados: 1354

  • Edição Nº 121

    10/Junho/2020

    Diário Oficial

    Data: 10/06/2020Hora: 21:49

    Decreto n. 043/2020 do Município de Ilhéus/BA: Determina a requisição administrativa de bem imóvel, em razão da necessidade de enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus

    Decreto(s) s/n tornando sem efeito exoneração(ões) de servidor(es) público(s) do Município de Ilhéus/BA

    Decreto(s) s/n de exoneração(ões)/nomeação(ões) de servidor(es) público(s) do Município de Ilhéus/BA

    Portaria n. 136/2020 do Município de Ilhéus/BA: Designa gestor, fiscal de contratos e fiscal substituto no âmbito da Secretaria de Saúde do município e dá outras providências

    Portaria n. 149/2020 do Município de Ilhéus/BA: Designa gestor, fiscal de contratos e fiscal substituto no âmbito da Secretaria de Saúde do município e dá outras providências

    Portaria n. 157/2020 do Município de Ilhéus/BA: Designa gestor, fiscal de contratos e fiscal substituto no âmbito da Secretaria de Saúde do município e dá outras providências

    Portaria n. 176/2020 do Município de Ilhéus/BA: Nomeia comissão para apurar as possíveis irregularidades na execução do contrato n. 237/2018.

    Portaria(s) s/n de designação(ões) de função gratificada a servidor(es) público(s) do Município de Ilhéus/BA

    Portaria CGM n. 013/2020: Constitui o Núcleo de Controle Interno COVID-19 Ilhéus no âmbito do Sistema de Controle Interno Municipal, e dá outras providências

    Portaria CGM n. 014/2020: Atualiza o Quadro de Pessoal da Controladoria-Geral do Município de Ilhéus (CGM) e das Unidades Seccionais de Controle Interno (USCIs), e dá outras providências

    Extrato ao Termo Aditivo ao Contrato n. 174/2019 do Município de Ilhéus/BA

    Extrato do Contrato n. 109/2020S do Fundo Municipal de Ilhéus/BA

    Notificação administrativa nos autos do Processo administrativo n. 07003/2020: EDZA – PLANEJAMENTO, CONSULTORIA E INFORMÁTICA EIRELI. Assunto: Apuração de Responsabilidade

    PLANO DE CONTINGÊNCIA DA REDE PRÓPRIA PARA ENFRENTAMENTO DO NOVO CORONAVIRUS / SARS – COV 2

    Tamanho: 3.622MB

    Visualizar arquivo

ISTO É CAMPANHA ELEITORAL ANTECIPADA?

MARLIN AZUL GIGANTE, PESCADO NA COSTA ILHEENSE. ===>>> 25-03-2015

Naquela época, há cerca de 15 anos, não existia esta profusão de câmeras digitais, Smartfones, etc….

Foi difícil documentar fotograficamente tal feito, mas de qualquer forma a imagem está aí, recuperada.

Na foto um legítimo e cobiçado Marlin Azul, capturado em águas ilheenses. Meio dia a lancha captora estava de volta com o troféu. Deu muito trabalho para  pesar o peixe, só sendo possível na balança do Porto, com a ajuda do pessoal da Colonia Z34. Enquanto isso o peixe desidratava, devia pesar mais de 400 kilos apurados.

Na foto, no Ilhéus Iate Clube, promotor do 2º Campeonato Ilheense de Pesca Oceânica vemos, Tenysson Nabuco, Comodoro do Iate, a equipe de suporte do Iate, Claudemar, Reinaldo, Zeca e Carobeira. O Comandante da Lancha DODO IV, Roberto Costa e Guy Valério, Gerente Geral do Iate  na época.

Marlin Azul de 400 kg.

Marlin Azul de 400 kg.

Agora é lei: o governo pode oferecer desconto para vender imóvel

Com a medida, o governo espera arrecadar cerca de R$ 30 bilhões nos próximos três anos

O presidente Jair Bolsonaro sancionou nesta quarta-feira (10) a lei que permite descontos em imóveis de propriedade da União, caso não haja compradores na primeira tentativa de leilão. Com a medida, o governo espera arrecadar cerca de R$ 30 bilhões nos próximos três anos.

Segundo o texto aprovado, o valor dos imóveis poderá ser reduzido em até 25% do valor inicial de oferta se houver necessidade de um segundo leilão. A medida deve afetar a negociação de 1.970 propriedades pertencentes ao governo federal. A lei vale também para leilões eletrônicos. O desconto poderá ser aplicado sobre vendas diretas de templos para organizações ou para ocupantes.

Em leilões eletrônicos, a Secretaria de Coordenação e Governança do Patrimônio da União (SPU) poderá aplicar descontos sucessivos até o limite de 25%. Tais descontos também poderão ser aplicados na venda direta de templos para seus ocupantes.

O imóvel que já tiver sido ofertado duas vezes em leilões poderá ser vendido diretamente, com intermediação de corretores de imóveis. O desconto de 25%, neste caso, ainda será aplicado.

Para interessados em adquirir imóveis da União, o governo manterá um canal de comunicação pelo site www.imoveis.economia.gov.br.

Ministério Público volta a defender eleições na data prevista

Disputas municipais estão marcadas para 4 e 25 de outubro

Em ofício enviado hoje (9) à cúpula do Congresso Nacional, o vice-procurador-geral eleitoral, Renato Brill de Góes, voltou a defender a realização das eleições municipais nas datas previstas, em 4 e 25 de outubro, mesmo no contexto da pandemia do novo coronavírus.

A manifestação foi enviada aos presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), que se reuniram ontem (8) com o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, para discutir questões de saúde e a possibilidade de adiamento do pleito.

No novo ofício, Brill de Góes afirmou que “estão em jogo elementos fundantes da República”. Como fiscal do processo eleitoral, ele disse que é necessário ressaltar aos líderes do Congresso pontos que já haviam sido levantados por ele em um parecer enviado ao TSE em maio.

Em ambos os documentos, Brill de Góes cita estudos de universidades no Brasil, nos Estados Unidos e em países europeus e asiáticos que preveem a estabilização do número de registros de novos casos de covid-19 até o fim de julho, ainda antes do início das campanhas, que devem começar em agosto.

“Nesse contexto, entende-se que a curva preditiva de tais pesquisas permite sejam mantidas as datas estabelecidas no Art. 29, II, da Constituição Federal para a realização das eleições, afastando-se a hipótese de seu adiamento”, escreveu o vice-procurador-geral eleitoral.

Brill de Góes citou ainda as eleições realizadas pela Coreia do Sul em 15 de abril e mencionou nove países que devem realizar eleições até o fim do ano, como Estados Unidos, Espanha e Chile.

Para que haja qualquer mudança no calendário eleitoral, o Congresso precisa aprovar uma proposta de emenda à Constituição (PEC). Empossado no mês passado na presidência do TSE, o ministro Luís Roberto Barroso tem dito que o adiamento, ou não, das eleições é uma “decisão política”, embora pregue que o Congresso tenha como prioridade a saúde do eleitor.

Edição: Nádia Franco

DIÁRIO OFICIAL – EDIÇÃO 120 DE 08 DE JUNHO DE 2020

Registros

Registros encontrados: 1353

  • Edição Nº 120

    08/Junho/2020

    Diário Oficial

    Data: 08/06/2020Hora: 20:22

    Retificação à Lei n. 4.062 do Município de Ilhéus, publicada no Diário Oficial Eletrônico do Município em 08 de junho de 2020, edição 116

    Portaria n. 185/2020 do Município de Ilhéus/BA: Designa Gestores, Fiscais de Contratos, e Fiscais de Contratos Substitutos no âmbito da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social dá outras providênci3as

    Portaria n. 186/2020 do Município de Ilhéus/BA: Designa servidor para responder pela Coordenação de Enfermagem do SAMU

    Recomendação n. 001, de junho de 2020 do CMSI – Conselho de Saúde do Município de Ilhéus/BA:  Dispõe sobre aprovação plenária do colegiado do CMS, da proposta de revogação da Portaria 182/2020 nos itens “XI” A), B), D).

    Recomendação n. 002, de junho de 2020 do CMSI – Conselho de Saúde do Município de Ilhéus/BA: Dispõe sobre aprovação plenária do colegiado do CMS, da proposta de adequação do Município de Ilhéus sobre a concessão de insalubridade a trabalhadores da secretaria de saúde que fazem jus e não recebem

    Tamanho: 2.353MB

    Visualizar arquivo

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
julho 2020
D S T Q Q S S
« jun    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia