WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Cidadania’

Letalidade do coronavírus no Brasil despenca nos últimos 30 dias

Aumento da testagem revelou alta de 39% no número diário de casos entre 9 de junho e 9 de julho enquanto óbitos variaram 0,5%

Dados do Ministério da Saúde revelam que a letalidade do coronavírus diminuiu em 30 dias no Brasil, e o total de pessoas curadas disparou. De acordo com a média móvel de sete dias, entre 9 de junho e 9 de julho, os casos diários aumentaram 39%, enquanto a média móvel dos óbitos no mesmo período aumentou apenas 0,5%. Isso é resultado do aumento da testagem e também mostra que o país atingiu o “platô”. Agora a expectativa é de queda no número que realmente importa: o de mortes. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Entre junho e julho, a média de casos diários confirmados no Brasil foi de 26,5 mil para 36,8 mil e os óbitos passaram de 1.032 para 1.038.

O total de casos confirmados no Brasil passou de 1,8 milhão, mas 1,2 milhão já estão curados e 98% dos ainda enfermos não correm riscos.

Notícias Relacionadas

No período, a média de casos diários no mundo foi de 122,7 mil a 200,7 mil, alta de 63,5%. Os óbitos foram de 4,4 mil para 4,7 mil, alta de 7,1%.

Bolsonaro anuncia Milton Ribeiro como novo ministro da Educação

Nomeação já foi publicada no Diário Oficial da União

Prédio do Ministério da Educação

O presidente Jair Bolsonaro anunciou, nesta sexta-feira (10), a indicação do professor Milton Ribeiro para ministro da Educação. Ribeiro é doutor em educação pela Universidade de São Paulo (USP), mestre em direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e graduado em direito e teologia. Desde maio do ano passado, integra a Comissão de Ética da Presidência da Republica. O decreto de nomeação foi publicado em edição extra do Diário Oficial da União

O cargo estava vago desde a semana passada, quando a nomeação de Carlos Alberto Decotelli foi revogada, sem que ele tivesse tomado posse, depois de uma série de inconsistências curriculares terem vindo à tona. 

Ribeiro é o quarto ministro da Educação do governo Bolsonaro. Em declarações recentes, o presidente disse que estava buscando um nome de perfil “conciliador” para a função

Milton Ribeiro tem uma trajetória ligada à Universidade Presbiteriana Mackenzie, onde foi reitor em exercício, vice-reitor e superintendente da pós-graduação lato sensu. Ele também fez parte do conselho deliberativo do Instituto Presbiteriano Mackenzie e da Comissão de Ética e Compliance da mesma instituição. 

O currículo de Ribeiro informa que ele já atuou como representante da Universidade Mackenzie na Conferência New Frontiers in the Figth Against Corruption in Brazil at Columbia Law School, no Estados Unidos, e como diretor administrativo da Luz Para o Caminho, agência de produção de mídias da Igreja Presbiteriana do Brasil.

Edição: Fernando Fraga

Empresários ligados ao MBL são presos em investigação de lavagem de dinheiro

Movimento nega qualquer relação com os acusados

Dois empresários foram presos hoje (10) por suspeita de integrarem um esquema lavagem de dinheiro ligado ao Movimento Brasil Livre (MBL). Além das prisões temporárias por cinco dias, a Operação Juno Moneta cumpre mandados de busca e apreensão em seis endereços na capital paulsita e em Bragança Paulista. Segundo o Ministério Público de São Paulo (MPSP), foram recolhidos telefones celulares, computadores, pendrives, documentos impressos e dinheiros. 

De acordo com nota do Ministério Público, os empresários “mantêm estreitas ligações” com o movimento e usavam várias empresas de fachada pra ocultar recursos e receber dinheiro para o MBL sem que as doções fossem feitas diretamente ao movimento político. “As evidências já obtidas indicam que estes envolvidos, entre outros, construíram efetiva blindagem patrimonial composta por um número significativo de pessoas jurídicas, tornando o fluxo de recursos extremamente difícil de ser rastreado”, diz a nota da promotoria.

O Movimento Brasil Livre negou ligação com os acusados. “Alessander Monaco Ferreira e Carlos Augusto de Moraes Afonso não são integrantes e sequer fazem parte dos quadros do MBL. Ambos nunca foram membros do movimento”, diz a nota divulgada pelo movimento.

Notícias Relacionadas

Confusão jurídica

Existe, de acordo com o MPSP, uma “confusão jurídica” entre os negócios do MBL e empresas controladas pela família Ferreira dos Santos, apontada como “criadora” do movimento. Segundo as investigações, a família adquiriu ou criou diversas empresas, atualmente sem atividades, que acumulam dívidas fiscais de R$ 400 milhões. Um dos presos, Alessander Monaco Ferreira, é acusado de ter criado duas empresas de fachada.

O outro preso, Carlos Augusto de Moraes Afonso, que teria o apelido de Luciano Ayan, é apontado como sócio de ao menos quatro empresas de fachada e teria movimentado dinheiro com origem incompatível com seus negócios. Ele também é apontado como disseminador de fake news e acusado de fazer a ameças a pessoas que questionam as finanças do MBL. (ABr)

O QUE ESTAVA PREVISTO ACONTECER, ACONTECEU

O Centro de Convenções de Ilhéus, está definitivamente inutilizado.

http://www.osarrafo.com.br/v1/2020/04/23/o-centro-de-convencoes-definitivamente-vai-ficar-contaminado/

http://www.blogdogusmao.com.br/2020/07/09/ilheus-comida-com-cabelo-salarios-atrasados-e-aids-denuncia-revela-condicoes-de-trabalho-no-centro-de-triagem-para-covid19/

 

Centro de Convenções.

TCU identifica 565.351 que receberam auxílio emergencial irregularmente

Do total, apenas 72.599 pessoas (12% do total) devolveram o dinheiro recebido mediante fraude

O Tribunal de Contas da União (TCU) identificou que 565.351 pessoas receberam irregularmente a primeira parcela do auxílio emergencial de R$600, destinado pelo governo federal a pessoas pobre e trabalhadores informais que passam por situação aflitiva em razão da pandemia de novo coronavírus.

Com a constatação das irregularidades pelo TCU, as parcelas seguintes do auxílio emergencial foram suspensas.

Essas pessoas deveriam ter devolvido de imediato o que receberam indevidamente , mas só 72.599 (12% do total) o fizeram, segundo informou o ministro Bruno Dantas, que tem atuado com rigor na fiscalização desses pagamento.

Notícias Relacionadas
Foi proposta de Dantas, acatada pelo plenário do TCU, a medida determinando o governo a tornar pública a lista de beneficiados pelo auxílio emergencial.

DIÁRIO OFICIAL – EDIÇÕES 142 E 143 DOS DIAS 8, 9 DE JULHO DE 2020.

Registros

Registros encontrados: 1376

  • Edição Nº 143

    09/Julho/2020

    Diário Oficial

    Data: 09/07/2020Hora: 21:40

    Portaria n. 196/2020 do Município de Ilhéus/BA: Designa gestor, fiscal de contratos e fiscal substituto no âmbito da Secretaria de Saúde do município e dá outras providências

    Portaria n. 197/2020 do Município de Ilhéus/BA: Designa gestor, fiscal de contratos e fiscal substituto no âmbito da Secretaria de Saúde do município e dá outras providências

    Portaria n. 198/2020 do Município de Ilhéus/BA: Designa gestor, fiscal de contratos e fiscal substituto no âmbito da Secretaria de Saúde do município e dá outras providências

    Portaria n. 199/2020 do Município de Ilhéus/BA: Designa gestor, fiscal de contratos e fiscal substituto no âmbito da Secretaria de Saúde do município e dá outras providências

    Portaria n. 200/2020 do Município de Ilhéus/BA: Designa gestor, fiscal de contratos e fiscal substituto no âmbito da Secretaria de Saúde do município e dá outras providências

    Retificação à Portaria SUTRAM n. 019/2020, publicada no Diário Oficial Eletrônico em 07 de julho de 2020, Edição n. 141, Caderno 1

    Boletim Informativo n. 005/2020 – COMISSÃO DE ANALISE DE DEFESA PRÉVIA – CADEP

    Errata do extrato do contrato n. 0118-2020-S Do Fundo Municipal De Saúde De Ilhéus publicado em 08 de julho de 2020 – Diário Oficial Eletrônico | Edição n. 142, Caderno I

    Extrato ao 2º termo de apostilamento ao contrato n. 011/2020 do Município de Ilhéus/BA

    Extrato  do 2º Termo de Prorrogação ao Contrato n. 036/2018-S do Fundo Municipal de Saúde de Ilhéus/BA

    Extrato do 3º Termo de Renovação ao Contrato n. 050/2017-S do Fundo Municipal de Saúde de Ilhéus/BA

    Tamanho: 2.744MB

    Visualizar arquivo

  • Edição Nº 142

    08/Julho/2020

    Diário Oficial

    Data: 08/07/2020Hora: 20:22

    Extrato do Contrato 118/2020S do Fundo Municipal de Saúde de Ilhéus/BA

    Termo de apostilamento ao contrato n. 052/2020 do Município de Ilhéus/BA

    Ratificação, Adjudicação e Homologação do Processo de Dispensa n. 038/2020 do Fundo Municipal de Saúde de Ilhéus/BA

     

    Tamanho: 2.332MB

    Visualizar arquivo

PRAÇAS ABANDONADAS, E A CIDADE SE DEGRADANDO! ===>>> 12-04-2018 (Cidade Sustentável)

Na praça Castro Alves, em frente a agora caquética Biblioteca Pública Municipal, o abandono é completo.

Arvores velhas e cheias de pragas e parasitas, um galho caiu sobre o veículo de um vereador, quebrando o para-brisas, ele preferiu “entubar o prejuízo” a chatear o parceiro alcaide. 

Canteiros carecas, alguns com despejo de óleo de frituras, vejam as fotos:

 

DIÁRIO OFICIAL – EDIÇÃO 141 DE 07 DE JULHO DE 2020

Registros

Registros encontrados: 1374

  • Edição Nº 141

    07/Julho/2020

    Diário Oficial

    Data: 07/07/2020Hora: 22:27

    Portaria n. 002/2020 da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Município de Ilhéus: Dispõe sobre a nomeação dos membros da Junta Ambiental de Impugnação Fiscal (JAIF) e dá outras providências

    Portaria SUTRAM n. 018 de 07 de julho de 2020: Estabelece o prazo e requisitos para prestação de conta da aquisição do uniforme e EPI´S, comprados através do Auxilio Fardamento 2020

    Portaria SUTRAM n. 019 de 07 de julho de 2020: Designa Chefe de Recursos Humanos da SUTRAM para apurar em sindicância, denúncia contra servidor

    Aviso de Remarcação nos autos  do Processo Administrativo n. 014037/2017 – Concorrência Pública n. 005/2018 do Município de Ilhéus/BA

    Tamanho: 2.335MB

    Visualizar arquivo

DIÁRIO OFICIAL – EDIÇÕES 139 E 140 DE 06 DE JULHO DE 2020

Registros

Registros encontrados: 1373

  • Edição Nº 140

    06/Julho/2020

    Diário Oficial

    Data: 06/07/2020Hora: 20:49

    Edição especial – Transparência Ilhéus COVID-19

    Portaria n. 002/2020 da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Município de Ilhéus: Convoca para retorno imediato ao trabalho todos os servidores e empregados públicos integrantes no âmbito da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, que se encontram em isolamento social, que tinham como causa a suspensão temporária do transporte coletivo urbano, tendo em vista o Decreto n. 047 de 30 de junho de 2020, que dispõe sobre o retorno da circulação do transporte coletivo urbano no âmbito do município de Ilhéus

    Tamanho: 2.376MB

    Visualizar arquivo

  • Edição Nº 139

    06/Julho/2020

    Diário Oficial

    Data: 06/07/2020Hora: 20:12

    Decreto(s) s/n de exoneração/nomeação de servidor(es) público(s) do Município de Ilhéus/BA

    Errata a Portaria n. 204/2020, publicado no Diário Oficial Eletrônico do Município em 02 de julho de 2020 –– edição n. 137

    Extrato do 2º Termo de Prorrogação – Contrato n. 042/2018-S do Fundo Municipal de Saúde de Ilhéus/Ba

    Tamanho: 2.393MB

    Visualizar arquivo

Governo atualiza programa habitacional e deve mudar para ‘Casa Verde Amarela’

Programa que hoje é denominado ‘Minha Casa, Minha Vida’ já tem 16 anos e será reformulado, diz ministro

O governo vai reformular o “Minha Casa, Minha Vida” e deve dar outro nome ao programa – “Casa Verde Amarela”. A expectativa é que o lançamento ocorra ainda este mês, segundo o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho. Mas ele ressalvou que a nova denominação ainda precisa ser aprovada pela área de Comunicação do governo.

Em entrevista à Rádio Bandeirantes, Marinho disse que as bases da nova política habitacional estão definidas. Explicou que, primeiro, será lançado um programa para apoiar os municípios na regularização fundiária.

A ideia é dar escritura pública a pessoas que moram em áreas irregulares não reclamadas há pelo menos 5 anos, desde que não sejam encostas, margens de rios ou pântanos.

Notícias Relacionadas

Quanto ao novo “Minha Casa, Minha Vida”, o ministro justificou que o programa já tem 16 anos e precisa ser reformulado.

Um dos equívocos é, na avaliação dele, a construção de mais de 500 mil moradias em locais sem transporte e infraestrutura básica, como creche e hospital. “Foram tomadas pelo tráfico. Isso não queremos repetir”.

Também segundo o ministro do Desenvolvimento Regional, é necessário ainda retomar a construção das milhares de unidades que estão paradas. “Deixar obra paralisada é desrespeitar o contribuinte brasileiro”.

“Especialmente no Norte e Nordeste para famílias com até R$ 3 mil de renda familiar e nas outras regiões até R$ 2 mil”, adiantou à Rádio Bandeirantes o ministro do Desenvolvimento Regional.

Rogério Marinho foi entrevistado por Thays Freitas, Claudio Humberto e Pedro Campos, no Jornal Gente.

Retomada do transporte privado: Startup registra crescimento de 47% na média de quilômetros

Kovi oferece descontos agressivos para motoristas de aplicativo alugarem carros

Entre abril e junho, a Kovi, a maior startup de aluguel de veículos para motoristas de aplicativo registrou aumento na procura de aluguel de carros nos pedidos de cadastro no site, contatos em seus canais de atendimento e em suas redes sociais. A startup atua em duas cidades: São Paulo e Porto Alegre, que tiveram respectivamente 47% e 68% de crescimento na procura. Com a abertura gradual da economia, a Kovi pratica o menor preço do mercado, e registrou aumento no Km rodado, refletindo no aumento de pedidos de aluguel pelos motoristas de aplicativos de transporte. A aposta na retomada já é uma realidade. “Estamos vendo a busca por cadastros subir e também o aumento de quilometragem rodada”, diz Adhemar Milani Neto, CEO da Kovi.

 

Os pacotes promocionais valem não só para novos motoristas como para os que já são da base. “Não faz sentido criar promoção somente para quem entra agora, uma vez que o momento representa um sério recomeço para nossos motoristas da base que se mantiveram conosco durante o isolamento social”, completa.

Hoje em São Paulo mais de 30% da base de motoristas está já rodando mais do que 700 km por semana, esse número dobrou desde o início do isolamento social. Em Porto Alegre esse aumento foi ainda maior, e 45% dos motoristas estão rodando mais de 700 km.

O cenário atual aponta que o transporte privado por aplicativos e individual deve aumentar nos próximos meses. “A Kovi acredita que a mobilidade urbana está em constante evolução, acompanhando outros países, entendemos que por questões sanitárias, as pessoas vão optar por se locomover através de serviços de transporte privado via aplicativo, bem como o uso de bicicletas e patinetes,.” diz Adhemar.

Os preços da Kovi são os menores do mercado e os descontos levam em conta a quilometragem rodada pelo motorista na semana: Para rodar de 0 a 300km por semana, o motorista paga apenas R?150 por semana. De 301km a 700km, o pacote custa R?220. De 700km a 1.250km, motorista paga R?269,00 e pacote de km ilimitado sai por R?329. Esses novos preços do Desconto por KM Rodado entram no dia 4 de julho e são válidos até 10 de agosto. Para alugar um carro da startup, o processo é simples e 100% online. O motorista precisa se cadastrar no site da Kovi, www.kovi.com.br, a startup analisará os documentos após essa etapa, deve-se escolher o plano que melhor atende as necessidades, efetuar pagamento, e agendar o horário de retirada do veículo do pátio.

Médica italiana alerta para os malefícios do uso da mascherina

Em postagem na sua página do Facebook, a médica italiana Patrizia Gentilini, oncologista e hematologista, fez um alerta sobre os malefícios do uso da mascherina pelo público em geral, de forma generalizada, em áreas abertas, na contenção de infecções por Covid-19.

Patrizia Gentilini nasceu em Faenza (Emilia-Romagna), em 1949; formou-se em medicina e cirurgia, em Bolonha em 1975, especializando-se em oncologia em Gênova, em 1980, e em hematologia, em Ferrara, em 1988.

Ela trabalhou como oncologista, por 30 anos, no hospital Morgagni Pierantoni di Forlì, considerado um dos melhores do mundo, ocupando-se com a prevenção e o diagnóstico precoce e a terapia de tumores. Por três anos, principalmente, voltou seu atendimento a pacientes com problemas onco-hematológicos. No final de 2007, retirou-se do exercício ativo da profissão. Atualmente, faz parte da Associação contra Leucemias, Linfomas, Mieloma (AIL), seção Forlì-Cesena, com o papel de vice-presidente; também, integra a ISDE Itália (Associação de Médicos para o Meio Ambiente) .

Segundo ela: “O que é contestado é a obrigação de usá-las mesmo quando estamos sozinhos e ao ar livre, o que em algumas regiões se pretende impor! Se alguém está infectado, a cada expiração ele lança vírus. Os vírus podem permanecer ativos no ambiente, por exemplo superfícies, por um certo período de tempo. Depois disso, graças à secura do ambiente, eles não são mais infecciosos. Por outro lado, os vírus adoram ambientes úmidos, onde podem permanecer ativos por mais tempo. Portanto, se você continuar expelindo vírus da boca e tiver uma máscara, eles contaminam a mesma e permanecem ativos por um longo tempo, enquanto desfrutam do vapor de água expirado continuamente. Portanto, a carga viral é adicionada a cada ato respiratório. A máscara, assim contaminada, torna-se uma bomba atômica de vírus. Isso faz mal a você, porque você os respira em quantidades industriais e os faz entrar em seus pulmões, e isso faz mal aos outros porque, por exemplo, com uma tosse, você expele mais deles para o meio ambiente”.

Na postagem, ela cita o médico Antonio Lazzarino, epidemiologista do Departamento de Epidemiologia e Saúde Pública da University College London (UCL), segundo o qual, no que se refere ao Covid-19, “os efeitos negativos do uso de máscaras superam os positivos”.

Acompanhe, a seguir, a íntegra do conteúdo da postagem, originalmente publicada em italiano.

“Ainda a propósito de MASCHERINE, aqui estão os 6 pontos cruciais da questão, de acordo com o Dr. ANTONIO LAZZARINO, médico epidemiologista que trabalha na Inglaterra e consultor do governo inglês. Os pontos abaixo são o resumo deste artigo:

‘Muitos me pediram mais informações sobre os motivos pelos quais a mascherina pode causar mais mal do que bem aos cidadãos normais para sua proteção diária contra o coronavírus, seja para quem a usa pensando em proteger o próximo, seja para quem a usa pensando em proteger a si mesmo. Aqui estão alguns aprofundamentos:

(1) Com a mascherina, você se sente mais protegido e aplica menos distanciamento social e lavagem das mãos. Não há nada que você possa fazer sobre isso; é um efeito inconsciente. Coloca você e os outros em risco.

(2) O volume e a qualidade da voz das pessoas que falam com a mascherina são consideravelmente reduzidos e as pessoas, espontânea e inconscientemente, se aproximam mais para ouvir melhor, ficando infectadas com mais facilidade (lembre-se de que a máscara não filtra o vírus).

(3) A mascherina faz com que o ar quente e úmido que você exala entre em seus olhos. Em muitas pessoas isso gera dor de cabeça. Em quase todas elas, gera um desconforto nos olhos que as inclina a tocá-los. Não há nada que você possa fazer sobre isso; é um reflexo instintivo. O olho é um caminho preferencial para o vírus. Se você tiver as mãos contaminadas, irá infectar-se.

(4) Respirar com a mascherina é mais cansativo e requer mais trabalho para os músculos respiratórios (tanto que é intolerável o uso para pessoas com certas doenças pulmonares). Além disso, com a máscara, você respira uma porção de dióxido de carbono previamente exalada. Estes dois fenômenos causam um aumento na frequência e na profundidade da sua respiração: você está facilitando a entrada do vírus nos pulmões.

(5) Para fazer o teste “tampone” é usado o cotonete. Este último serve para “pegar” o vírus, mantendo-o “hidratado” e, portanto, “vivo”. De que são feitas as máscaras? Algodão! Se você está infectado e usa uma máscara, carrega bilhões de vírus felizes e bem alimentados pelo vapor d’água que exala continuamente, uma espécie de nuvem de Fantozzi ao redor da cabeça por um raio de cerca de meio metro. Não sabemos com que frequência a mascherina deve ser trocada para limitar esse efeito ao mínimo, mas certamente não pode ser completamente eliminado, a menos que a máscara seja eliminada. Uma pessoa com uma mascherina é mais infecciosa do que uma pessoa sem o artefato. Além disso, tenha cuidado para não tocar nela com as mãos ou jogá-la de maneira inadequada! Em suma, a mascherina é um verdadeiro veículo para a infecção.

(6) O sistema imunológico frequentemente referido é uma segunda linha de defesa. Nossa primeira linha de defesa consiste no sistema imunológico inato. Esta é a primeira resposta rápida a um ataque, não depende do tipo de ataque, não tem memória, é ativa contra todos os vírus e bactérias, novas ou antigas, portanto também funciona contra o COVID19. O sistema inato basicamente mata micróbios imediatamente graças a algumas reações químicas. Ele dá um tapa em qualquer um que se aproxima, perseguindo-o. No entanto, esta super-arma super rápida tem uma desvantagem: se houver muitos ataques, não poderá lidar com todos eles. Se tiver sorte, entra em contato com uma quantidade mínima de vírus e o destrói imediatamente com seu sistema inato. O jogo termina. Se você usar a máscara, o vírus ainda respira, mas a pequena quantidade que você inalou permanece nas proximidades, a poucos passos de suas células epiteliais, o vírus insiste em você e provavelmente irá exigir o melhor do seu sistema inato. Nesse ponto, a defesa do sistema imunológico começa: você está oficialmente infectado. Uma vez infectado, continua usando a máscara e continua causando um aumento na carga viral, resultando em maior carga de trabalho para o seu sistema imunológico. Seria bom poder estudar quantas infecções assintomáticas se tornaram sintomáticas e severamente sintomáticas por causa da máscara. Se você acha que esses efeitos são irrelevantes, você deve elaborar e conduzir um estudo epidemiológico válido que comprove sua tese. De fato, pelo princípio da precaução, não podemos aconselhar nem obrigar os cidadãos a usar mascherine, até que esses efeitos sejam bem quantificados; seria como comercializar um medicamento sem antes experimentá-lo.

Diante dessas desvantagens, a mascherina tem apenas uma vantagem: interrompe as gotas de saliva (que absorve) e permite tossir e espirrar sem ter que fazer um grande esforço para colocar um lenço ou cotovelo na frente da boca. No entanto, os vírus também são,  acima de tudo, transmitidos através de pequenas gotículas que a mascherina não filtra. Além disso, se você tosse e espirra, precisa ficar em casa em estrito isolamento, nem pode sair para fazer compras ou ir à farmácia. Em resumo, para combater essa epidemia, a mascherina nem serve para realizar a única tarefa para a qual poderia ser útil.

As diretrizes da OMS de 6 de abril são claras: o uso de máscaras é desaconselhado para os cidadãos porque provavelmente é contraproducente, seja para proteger a si mesmo ou aos outros.

Em algumas regiões italianas, existe a obrigação de usar uma máscara.

Se eu fosse parente de uma vítima que foi infectada após o estabelecimento dessa obrigação, não hesitaria em denunciar criminalmente a pessoa que a instituiu.’”

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
julho 2020
D S T Q Q S S
« jun    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia