WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Homenagem’

SÃO JORGE – LIDER DOS TEMPLÁRIOS. Vídeo

Hoje é Dia: semana recorda o adeus às cantoras Elis Regina e Maysa

Hoje é Dia: semana recorda o adeus às cantoras Elis Regina e Maysa

Publicado em 16/01/2022 – 07:37 Por Thiago Guimarães* – Estagiário da Agência Brasil – Brasília

Acervo/ Arquivo Nacional

Duas das maiores cantoras da música brasileira serão lembradas na semana que começa hoje: no dia 19, completam-se 40 anos sem Elis Regina. Já no dia 22, serão 45 anos desde a morte de Maysa.

Elis Regina, nascida em 1945, revolucionou a música e deixou a sua belíssima voz marcada na bossa nova, na MPB e em tantos outros gêneros musicais. Sempre muito política, Elis é intérprete de inúmeros sucessos, entre eles Águas de março, com Tom Jobim, Como nossos pais O bêbado e o equilibrista.

Elis se inspirou bastante nos cantores de rádio da sua época e começou sua carreira ainda na adolescência. No entanto, foi nos grandes festivais de música dos anos 1960, transmitidos pela televisão, que ela apresentou a extensão de sua voz e a sua dramaticidade enquanto cantava. O seu gestual, enquanto se apresentava, é um traço marcante de suas performances (assista trechos de uma apresentação de Elis Regina no palco do Canecão, da série Antologia MPB, produzida pela TVE em 1988 e recuperado pelo Recordar é TV, da TV Brasil):

Apelidada de Pimentinha, Elis chegou a ter uma projeção internacional: foi comparada a Ella Fitzgerald, a cantora que ficou eternizada pela potência de sua voz. Foram quatro milhões de discos vendidos em 18 anos de carreira. Elis Regina faleceu no auge de sua carreira, no ano de 1982, aos 36 anos, vítima de uma parada cardíaca após consumo de álcool, drogas e medicamentos. Ela deixou três filhos e uma legião de admiradores.

Elis Regina - Arquivo Nacional
Elis Regina – Arquivo Nacional – Foto: Acervo/Arquivo Nacional

Elis e sua obra estão presentes em vários programas e conteúdos da Empresa Brasil de Comunicação. A começar por esta lista de 17 curiosidades sobre a cantora, elaborada em 2014, quando ela completaria 70 anos. Entre elas, o fato de que “Elis foi reprovada por Tom Jobim, em 1964, durante as audições para o disco Pobre Menina Rica, sob a alegação de que ela ainda era muito provinciana. Exatamente dez anos depois, gravaram juntos o disco Elis & Tom, histórico registro da MPB” (confira a lista completa).

E direto dos arquivos da Rádio Nacional, ouça novamente uma rara entrevista concedida por Elis à emissora, em julho de 1979, comentando faixa a faixa do seu disco Essa mulher. A conversa, com mais de uma hora, foi resgatada do acervo da emissora e publicada em 2013:

Clique aqui, e veja a matéria completa.

          *com supervisão de Nathália Mendes

Edição: Nathália Mendes

DIA 06 DE OUTUBRO – DIA DO PREFEITO

INSTITUTO PIEDADE – 104 ANOS

A FELICIDADE DE QUALQUER PREFEITO!

É contar com uma plêiade de advogados total flex.

Pós graduados em TUDO….

UMA HOMENAGEM AOS PAIS.

A Mãe é um ser sublime e adorado.

Porém o Pai é a nossa referência de vida.

A letra dessa música explica muito bem isso.

Ame, cuide, dê atenção e carinho, ele já fez tudo isso por nós.

 

Pense num absurdo, na Bahia tem precedente!

Em Ilhéus, acontece dobrado.

Depois do Legislativo distribuir Titulo de Cidadão Ilheense em barraca de quermesse.

O Executivo para não ficar muito atrás, transforma a Comenda do mérito de São Jorge dos Ilhéus, em medalhinhas de Zé Arigó.

SALVE SÃO JORGE – PROTETOR DO SARRAFO.

OKÊ ODÉ OKÊ ARÔ SARAVÁ OXOSSI  


sarrafo

A DEFESA CIVIL ‘SOLITÁRIA’ DE ILHÉUS

Este rapaz, carrega e toca o piano.

E ainda dá as notícias da orquestra desafinada. Parabéns.

Joandre Neres, Coordenador da Defesa Civil de Ilhéus. Imagem da TV.

Festa em honra da padroeira de Ilhéus Nossa Senhora das Vitórias

O DIA DAS MÃES SE APROXIMA!

Homenagem de Cacá Colchões

LEMBREI DE EVALDO TABAJARA – ESQUEMA 4

Lembrei-me do colega de ginásio, e amigo de longas datas, Evaldo Tabajara, hoje habitando outro astral.

Sempre atento aos fatos, os relatava com muita picardia no seu programa radiofônico, líder de audiência em qualquer horário ou emissora em que estivesse.

Usava um recurso muito inteligente para alavancar ainda mais a audiência. Era a famosa ‘carta da velhinha’, onde a mesma fazia elogios ou não, às autoridades de plantão.

O recurso é usado até hoje…

Abaixo uma foto e a música do programa, uma homenagem ao amigo!

Tabajara, sentado ao fundo, braços cruzados atento aos discursos no CDL.

contador free


Webtiva.com // webdesign da Bahia

maio 2022
D S T Q Q S S
« abr    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia