WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Eleições’

MUDANÇAS NOS ESTÁBULOS DAS ‘MULAS’ ELEITORAIS ===>>> 05/06/2019

Sem coligações partidárias nas eleições para mandatos proporcionais.

Sem fundo partidário para partidecos (Clausula de barreira).

Ficou impossível armar com aquelas mulinhas de 30 a 50 votos, para completar o quociente da vaga.

Agora as ‘mulas’ tem que ser de dentro do próprio partido.

Paciência…

Tropeiro ajeitando suas mulas.

A ACADEMIA FITNESS E O PROCESSO ELEITORAL EM ILHÉUS. ===>>> 27/09/2019

Faltando mais de um ano, vários pre-candidatos começam a se movimentar.

Alguns querendo ganhar folego, outros musculatura.

Outros preferem feijoadas, caldo de mocotó, para acumular gorduras.

Enquanto isso, o rio que passa embaixo da ponte, ainda é um riacho.

Só observando, fica a dica!

O PT QUER CHEGAR FORTE NAS ELEIÇÕES MUNICIPAIS EM ILHÉUS.

Antes de ser preso novamente, José Dirceu esteve em Ilhéus, junto com seus correligionários, traçando estratégias e ditando as coordenadas.

O lançamento do livro foi só um álibi.

José Dirceu (PT) e correligionários.

Projeto que altera Fundo Eleitoral é aprovado na Câmara

Matéria segue para sanção presidencial

Publicado em 18/09/2019 – 23:56

Por Da Agência Brasil *  Brasília

O plenário da Câmara votou na noite desta quarta-feira (18) o projeto de lei que altera regras sobre o Fundo Partidário e o fundo eleitoral. O PL havia sido aprovado anteriormente pelos deputados mas sofreu modificações no Senado. Os senadores mantiveram apenas a destinação de recursos ao fundo eleitoral, rejeitando todas as outras alterações feitas pela Câmara. 

O texto aprovado hoje segue agora para a sanção presidencial, com a redação da Câmara dos Deputados, trazendo algumas exclusões propostas pelos senadores.

O relator do texto, deputado Wilson Santiago (PTB-PB),  deu parecer favorável para a exclusão proposta pelos senadores de quatro pontos do PL original. 

Os deputados aprovaram a exclusão dos quatro pontos e mantiveram no projeto a obrigatoriedade de uso do sistema eletrônico do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para a prestação de contas, rejeitaram o trecho que previa a aplicação de multa de 20% sobre montante considerado irregular no julgamento da prestação de contas apenas no caso de dolo, manteve os prazos atuais de prestação de contas por parte dos partidos e excluiu do texto o item que permitia aos partidos corrigirem erros formais e materiais, omissões ou atrasos em sua prestação de contas até o seu julgamento para evitar a rejeição das mesmas.

O projeto aprovado manteve novas situações em que será permitido o uso de recursos do Fundo Partidário. Pelo texto aprovado pelos deputados, o fundo poderá ser usado para serviços de consultoria contábil e advocatícia; pagar juros, multas, débitos eleitorais e demais sanções relacionadas à legislação eleitoral ou partidária; compra ou locação de bens móveis e imóveis, construção de sedes, realização de reformas; e pagamento pelo impulsionamento de conteúdos na internet, incluindo a priorização em resultados de sites de pesquisa.

* Com informações da Agência Câmara

Edição: Fábio Massalli

DÊ SUA OPINIÃO SOBRE A QUALIDADE DO CONTEÚDO QUE VOCÊ ACESSOU.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o “Fale com a Ouvidoria” da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

CARLOS FREITAS LANÇA SUA PRÉ-CANDIDATURA A PREFEITO DE ILHÉUS.

Assista no Youtube, clicando no link: https://youtu.be/nZTZoWnLMbI 

Fim das coligações partidárias é tema se simpósio na Assembleia Legislativa  nesta terça

O  fim das coligações partidárias para a eleição de vereadores, que deve exigir uma identificação ainda mais consistente dos partidos políticos e candidatos durante a campanha, será tema principal de simpósio  na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), nesta terça-feira (4), ás 9h, no Auditório Jornalista Jorge Calmon.

O evento, idealizado pelo deputado estadual Alan Sanches (DEM), terá como palestrante  o especialista em Direito Eleitoral e Direito Processual Civil, Sávio Mahmed  Qasem Menin.  

A emenda que pôs um fim nas coligações partidárias em eleições proporcionais, ou seja, para os cargos de vereador, deputado estadual e deputado federal, foi aprovada pelo Senado no final de 2017, mas entrará em vigor nas eleições de 2020. À época também ficou decidido que a medida entraria em vigor em eleições municipais, no caso as de 2020.

A mudança fez parte da reforma política que também criou a cláusula de barreira, ou cláusula de desempenho, que já vigorou nas eleições majoritárias do ano passado e estabeleceu regras mais duras para que os partidos tenham acesso ao fundo eleitoral e ao tempo de propaganda política no rádio e na TV.  

“E nosso intuito é reunir não apenas nós deputados, mas vereadores, prefeitos e a sociedade civil como um todo, de forma a esclarecer as novas regras a cerca de tema tão importante e que ainda traz tanta dúvida. A tendência, por exemplo, é diminuir o número de partidos, como forma de fortalecer a nossa democracia, mas como funcionará na prática”, frisou Alan Sanches.    

Ele questiona ainda se as novas regras continuarão favorecendo os famosos “puxadores”. “enfim, a busca é por esclarecimentos”.  

O SONHO DO SENADOR OTTO ALENCAR (PSD) É GOVERNAR A BAHIA.

As movimentações já podem ser notadas, na liderança do Senado, nas votações, e nas queridas lembranças.

 

Resultado no Senado da votação do Projeto de Lei de Conversão 10/2019 que reorganiza órgãos da Presidência da República e ministérios.

ESPECULAÇÕES ELEITORAIS

Começaram a aparecer especulações , mais consistentes e menos folclóricas.

Sendo uma indicação pessoal do Governador Rui Costa, juntando-se a isso a espera obsequiosa para sua assunção à pomposa Secretaria (SECTI).

Observadores do cenário político eleitoral que vai se desenhando para a Prefeitura de Ilhéus, especulam que a Ex-Reitora da UESC, Adélia Pinheiro é forte candidata à preferencia do Governador.

Adélia Pinheiro, ex-reitora da UESC

 

COMENDO O MINGAU PELAS BEIRADAS

Enquanto em Ilhéus, ficam discutindo o sexo dos anjos.

Junior Reis, como dizia o caudilho Leonel Brizola, vai comendo o mingau pelas beiradas.

Fazendo movimentações pragmáticas pelo interior do município.

 

E QUANDO CHEGAR A HORA DA ONÇA BEBER ÁGUA?

Vão ser eletrizantes as eleições municipais de 2020.

Sem as coligações partidárias nas eleições de vereadores, vão acabar com as ‘mulinhas’ de 30 ou 40 votos, de partidecos inexpressivos, que completam os votos de vereador de 600 votos.

Assim o voto camarão sem cabeça vai chegar com toda força.

‘Vote em mim, e para Prefeito vote em quem quiser’.

Apostem agora, pois a banca já vai fechar…

REELEIÇÕES JÁ NO CARDÁPIO POLÍTICO DE ILHÉUS

Prefeito, vereadores, e simpatizantes, traçam planos, rumos e metas para as futuras reeleições, respectivamente.

Foto enviada pelo aplicativo de rede WhatsApp.

UMA ALTERNATIVA PARA A SUCESSÃO DE MARÃO

O Vice-Prefeito José Nasal, agora rompido politicamente com o Prefeito Marão, pode ser uma alternativa de sucessão.

Resta saber se no arrastão da REDE, virão baiacus, polvos ou caranguejos?

Nos bons tempos do ‘Cuida de mim dotô’.

anuncie aqui

Carregando...

Tabela do Brasileirão

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
outubro 2019
D S T Q Q S S
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia