WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Desfaçatez’

PARA BEBÊ BONITO , NÃO FALTAM PADRINHOS

É o caso dos antes esquecidos PORTO SUL e a  FIOL.

Agora não. Pipocam padrinhos de todos os cantos da política oportunista.

 

SATÉLITE REMO – MAIS ALGUNS ENGANADOS POR MALÃO

Estava dando tudo certo, pensávamos que a parceria iria contemplar os anseios do Esporte e Turismo Náutico em nossa Baia do Pontal, chegamos a Apresentar 03 projetos maravilhosos para elevar Ilhéus ao Topo das Competições e liderar na Bahia nestas modalidades, mas por não serem cumpridas as promessas, já se vão quase 04 anos perdidos, e a nossa cidade sempre deixando a desejar. Essa semana ouvi do Prefeito numa Live “Não Sou Mais Candidato”. Daí agora é que nem a conversa que tivemos com o Governador não vai dar em nada. “TRISTE ILHÉUS”.

Com informações e fotos de Jorge Lango

Identificação de fraudes em benefício gera economia de R$ 4,5 bilhões

CGU rastreia 2,7 bilhões de irregularidades no auxílio emergencial

Publicado em 05/02/2021 – 15:13 Por Claudia Felczak – Repórter da Agência Brasil – Brasília

Saque do auxílio emergencial

O cruzamento de dados dos beneficiários do auxílio emergencial permitiu que a Controladoria-Geral da União (CGU) rastreasse 2,7 bilhões de cadastros que não tinham direito ao recurso. O cancelamento de benefícios indevidos trouxe uma economia de R$ 4,5 bi aos cofres públicos.

Os dados foram repassados pelo ministro da CGU, Wagner Rosário, em entrevista ao programa Brasil em Pauta.

Esta não foi a única ação realizada pela CGU para combater a corrupção durante a pandemia. Foram quase 50 operações destinadas à verificação de desvios de recursos no combate à covid-19 , além da criação de um painel para verificação de preços dos insumos usados no combate ao coronavírus.

Na entrevista, Wagner Rosário mostrará ainda o que a CGU está fazendo para combater a corrupção no serviço público.

A íntegra da entrevista pode ser acompanhada no próximo domingo (7), às 22h, na TV Brasil.

Edição: Nádia Franco

DO MENSALÃO AO MENSALINHO – VIVA A CORRUPÇÃO! ===>>> 29/07/2020

Do mensalão, alguns já foram extirpados da vida pública.

Do mensalinho? Operadores, beneficiários e cúmplices, continuam saltitantes e serelepes na ativa!

Mensalinho é uma atividade política?!…

MARÃO, O MELINDROSO.

Indefeso a qualquer crítica, ele quer responder mesmo sem conteúdo.

É uma brecha para os opositores, menino mimado.

Na foto abaixo, ele propaga que está visitando a obra da Fiol, usando o capacete da Bamin, foto antiga de uma ‘pongada’.

É ou não é um prefeitinho ‘fake news’?

OS IGUAIS SE ATRAEM

PESQUISA MAMBEMBE PRA VENDER JORNAL, E BABAR O OVO DE PREFEITINHOS.

O antes conceituado jornal A Tarde, manda avisar a determinados candidatos, que faz uma pesquisa, e marca a data da publicação.

Aparentemente tudo bem.

Especificamente em Ilhéus, num universo de 100 mil eleitores, pesquisa 600 no centro e 100 nos distritos.

Piada né!

Nem o ‘estatístico’ do instituto acreditou.

Faça-me uma garapa…

Pelegada tenta criação de um novo penduricalho, o ‘auxílio-solidão’

Sindicato quis garantir o benefício para maquinistas ferroviários por meio da justiça do trabalho

A ideia da pelegada era garantir o pagamento de adicional de 18% do salário para maquinistas ferroviários. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

O “auxílio-solidão” foi invenção de um sindicato que atua em empresas ferroviárias. A ideia era criar precedente a ser adotado em todo o País.

Notícias Relacionadas

Se a moda pega, o “auxílio-solidão” tornaria mais caro empregar sentinelas, vigilantes, motoristas profissionais, porteiros etc.

A ação foi movida contra a Vale, empresa que deveria ser obrigada a indenizar decentemente suas vítimas, e não penduricalhos malandros.

AS POPULAÇÕES DO SÃO MIGUEL E SÃO DOMINGOS, EM ALERTA PARA AS MENTIRAS DO PREFEITO DE ILHÉUS – VÍDEO

Cansados de tantas mentiras e enrolação, os moradores estão se defendendo como podem.

Governo vai dar um ‘basta’ em jogar dinheiro fora para bancar estatais deficitárias

Salários acima do teto e da iniciativa privada consomem 88% das receitas de 697 empresas estatais

O governo vai mesmo decretar um “basta!” no vazamento interminável de recursos do Tesouro Nacional para bancar 697 empresas estatais, quase todas imprestáveis. Dados oficiais aos quais teve acesso o líder do governo na Câmara, deputado Ricardo Barros (PP-PR), mostram que 88% das receitas das estatais são consumidos em salários, vantagens e penduricalhos que beneficiam funcionários e diretores. Do total, “sobram” só 12% para custeio, despesas e investimentos essenciais às empresas. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Espantoso, segundo Ricardo Barros, é também o fato de os salários pagos nas estatais serem bem maiores que os de mercado.

Outra característica que explica a decadência de quase todas as estatais é que nenhuma delas se submete e todas extrapolam o teto do servidor.

Notícias Relacionadas

Interpretação malandra da Lei considera que salários nas estatais são pagos com “receita própria”, por isso não se sujeitam às regras do teto.

A malandragem para driblar o teto consagra uma apropriação indébita: a estatal e suas receitas são dos donos, o povo, e não dos empregados.

NAZAL BOTA O BOCA NO TROMBONE. – ÁUDIO

Nazal, Vice-Prefeito de Ilhéus; alertou a muito tempo; que MARÃO terceirizou o mandado que lhe fora confiado por 36.019 eleitores ilheenses; passando-o para o secretário forasteiro, Bento Lima.

Você quer ver Bento continuar governando Ilhéus, por mais 04 (quatro) anos, sem ter recebido um único voto sequer?!

 

 

A TREITA CONTINUA!

Ilhéus não tem Defesa Civil.

 

Defesa Civil, de leve…

A treita.

contador free
nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia

marmita mensal
setembro 2021
D S T Q Q S S
« ago    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia