WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Depoimentos’

LULA PROIBINDO OS PETISTAS DE FALAREM EM DEMOCRACIA.

Palocci gravou este vídeo sem Lula saber. Crocodilagem aqui é seu lugar…

Ricardo Amorim explicando a importância da PEC 241/55

ricardo

SEGUINDO O RASTRO DO PETROLÃO JORNALISTAS DESCOBREM QUE SE A EMPREITEIRA ODEBRECHT CAIR, LULA TAMBÉM CAIRÁ.

Blog do Aluizio Amorim

Lula com os Odebrecht
Lula com os Odebrecht

Lula inaugurando obra com os Odebrecht. Na extrema direita, o atual manda chuva da empresa, Marcelo Odebrecht que em passado recente escreveu artigo na Folha de S. Paulo defendendo as viagens de Lula ao exterior para facilitar contatos de empreiteiros.

O que segue está no site O Antagonista, escrito e dirigido por Diogo Mainardi (Manhattan Conection e ex-Veja) e Mario Sabino, ex-Chefe de Redação de Veja. No âmbito da grande mídia nacional são dois profissionais muito bem informados. 

Enquanto os jornalões e grandes redes de TV fingem que estão revelando tudo o que acontece nos bastidores do petrolão, a mega roubalheira na Petrobras, O Antagonista foi atrás a partir de informações fragmentadas e que, a rigor, constituem apenas tiros n’água. O jornalismo de verdade exige o árduo trabalho investigativo e fontes altamente qualificadas. 

Vejam o que descobriram:

César Mata Pires, fundador da OAS, é um homem desesperado. A sua empreiteira está afundando depois de deflagração da Operação Lava Jato. Desesperado e amargurado com a Odebrecht, com quem mantinha, digamos, acordos bastante lucrativos. Ele foi aconselhado a ameaçar Lula, como contaremos a seguir.

No dia 20 de fevereiro, reproduzimos aqui que César Mata Pires procurou Marcelo Odebrecht, diretor-presidente da dita-cuja, para saber como era possível que a empreiteira comandada pelo menino não tivesse ninguém preso. Na mesma conversa, ele disse que não estava preocupado em salvar a própria pele, mas que não deixaria os seus herdeiros pagarem por “erros cometidos em equipe” — menção a lambanças cometidas pela OAS com a cumplicidade da Odebrecht, que até agora vem se safando. A informação foi tirada de uma reportagem publicada pelo Estadão, cujo tema principal eram os encontros de Lula e Paulo Okamotto com empreiteiros à beira de um ataque de nervos. Ao jornal, a Odebrecht negou o encontro e a OAS saiu-se com uma evasiva.

O Antagonista resolveu apurar os desdobramentos dessa história e descobriu que César Mata Pires procurou também Emílio Odebrecht, pai de Marcelo e presidente do Conselho de Administração da empresa. O encontro foi na ilha de Kieppe, na baía de Camamu, no sul da Bahia, de propriedade dos Odebrecht. O dono da OAS formulou a mesma pergunta a Emílio: como era possível que a empreiteira dele não tivesse ninguém preso, ao passo que a sua estava com toda a diretoria em cana. E acrescentou: o que eu posso fazer para salvar a OAS?

A resposta de Emilio Odebrecht foi: “Procure Lula”.

Emílio contou-lhe então que, temendo pela prisão de Marcelo, foi direto ao ponto com o petista. Emílio Odebrecht disse a Lula o seguinte: “Se for preso, o Marcelo não aguentará a pressão: ele vai abrir a boca e contará tudo o que sabe sobre as suas relações com a Odebrecht.”

O Antagonista revelou que Lula interferiu para que Renato Duque fosse solto, depois de ser ameaçado pela mulher do ex-diretor da Petrobras, operador do PT na estatal. Não se sabe se Lula moveu um dos seus tentáculos para manter, até o momento, graúdos da Odebrecht fora da prisão. Não se está insinuando, aqui, nada contra a Justiça. O empenho dos procuradores da Lava Jato em incriminar a empreiteira é grande, assim como o do juiz Sergio Moro. A nossa impressão é de que a Odebrecht será pega no momento certo pelos bravos paranaenses.

O único fato da nossa apuração — e fato assombroso, por mais que conheçamos as relações promíscuas entre a Odebrecht e Lula — é que Emilio Odebrecht ameaçou Lula e recomendou a César Mata Pires que fizesse o mesmo com o petista se quisesse salvar a sua empresa.

A única certeza da nossa apuração é que, se a Odebrecht cair, Lula também cairá. Do site O Antagonista

MINHA CONCLUSÃO: Mais vale dois Antagonistas na mão do que uma penca de jornalistas da grande mídia brasileira.

Exame pelo SUS demora quatro anos para ser marcado na Bahia.

do UOL

Mário Bittencourt

Do UOL, em Vitória da Conquista


Exame pelo SUS demora quatro anos para ser marcado na Bahia8 fotos

1 / 8

O aposentado Flávio Borges de Brito, 77, mostra os documentos que mostram um exame marcado pelo SUS há quatro anos em Vitória da Conquista (BA) Leia mais Mário Bittencourt/UOL

Um aposentado da Bahia que sofria com dores na bexiga e incômodo no momento de urinar teve marcado somente para às 10h desta quinta-feira um exame cujo pedido foi feito em 6 de janeiro de 2010 e seria realizado pelo SUS (Sistema único de Saúde).

O caso ocorreu em Vitória da Conquista, a 509 km de Salvador, no sudoeste do Estado. O exame era de urofluxometria – para medir a força do jato urinário.

“Uma agente de saúde veio aqui em casa entregar o papel da marcação do exame e eu tomei como surpresa, pois nem lembrava mais”, contou Flávio Borges de Brito, 77.

Segundo ele, a agente ainda queria levar o papel de volta porque ele disse que já tinha tirado do próprio bolso para fazer o exame, pois cansou de esperar – ficou um mês no aguardo.

“Peguei o papel da marcação do exame [para esta quinta] só como documento”, contou o aposentado, que diz ter gasto mais de R$ 2.000 com o exame e medicamentos, durante esse tempo.

Revoltado com a situação, ele desabafa: “as coisas que funcionam no Brasil são somente mentira, roubo, impostos e gasto do dinheiro público, como bem [faz] a mulher [a presidente Dilma Rousseff, do PT], que gastou bilhões para fazer estádios. A saúde está aí caindo aos pedaços e a violência fazendo com que a gente fique dentro de casa”.

Sem atrito

:: LEIA MAIS »

Inscrições abertas para as rodas de conversa com Mãe Ilza Mukalê.

Projeto visa difusão de histórias e saberes da líder religiosa.

Mãe Ilza de Mukalê.

 O projeto “Mãe Ilza Mukalê” vai promover oito rodas de conversa para registrar e difundir a tradição oral do Candomblé Angola-Congo, a partir das histórias contadas pela líder religiosa do Terreiro de Matamba Tombenci Neto, localizado no Alto da Conquista. Até o dia próximo dia 12, estão abertas as inscrições para o preenchimento de 40 vagas para os interessados em participar dos encontros. Para isso, basta enviar e-mail para:maeilzamukale@gmail.com

Além de Mãe Ilza Mukalê, estarão presentes nas rodas de conversa alguns palestrantes que participarão dos encontros em momentos pontuais. Serão trabalhados, oralmente, diversos elementos da tradição da nação angola do candomblé, como:Histórias e lendas dos inkices; as danças; os ritmos; as músicas; a culinária; a indumentária e os adereços adotados nessa religião; conhecimentos sobre a natureza, plantas e medicina tradicional; história e atuação do Terreiro de Matamba Tombenci Neto; dentre outros temas.  :: LEIA MAIS »

OBRAS E SERVIÇOS DE JABES – CARMELITA JÁ FEZ O QUE?

Colaboração de José Rezende Mendonça.

LULA FALA AOS BLOGUEIROS PROGRESSISTAS – BLOG O RECÔNCAVO

JOSIAS GOMES FALA SOBRE REFORMA POLÍTICA.

RAIO-X DO FLAMENGO, FEITO POR ZICO.

Zico lamenta escassez de talentos na base do Fla: ‘Abaixo do que é preciso’

Ex-diretor executivo de futebol rubro-negro diz que nível não é compatível com a tradição do clube

Por Clícia Oliveira e Richard Souza Rio de Janeiro

A gestão de Patricia Amorim se propõe a reconduzir o Flamengo à condição de formador de craques. Há seis meses, o diretor administrativo, Carlos Brazil, e o diretor geral da base, Carlos Noval, designados pela mandatária, arregaçaram as mangas e tocam projetos inéditos para evitar o desperdício de promessas. Pouco mudou estruturalmente. A iniciativa esbarra em obstáculos financeiros e até políticos. Na ausência de recursos, a criatividade é a válvula de escape para tentar deixar um legado de profissionalismo, reorganização e bons frutos.

No período em que foi diretor executivo de futebol do Fla, Zico aprovou a iniciativa da dupla e prontificou-se a ajudar no que fosse preciso. O Galinho, no entanto, faz um diagnóstico negativo das futuras gerações de jogadores rubro-negros.

Zico com proteção no braçoCom o braço direito imbobilizado, Zico sorri em entrevista (Foto: Clícia Oliveira / GLOBOESPORTE.COM)

– O Flamengo precisa de renovação. Infelizmente na categoria de base não tem tantos jogadores para se renovar. A única categoria que pode dar frutos é o juvenil. Os juniores deixaram muito a desejar. Só o Galhardo e o Diego Maurício (hoje entre os profissionais). No mais, os outros estão muito abaixo do que é preciso para ser jogador do Flamengo. Espero que o Vanderlei (Luxemburgo) possa aproveitar esses jogadores do juvenil – disse.

Infelizmente na categoria de base não tem tantos jogadores para se renovar. A única categoria que pode dar frutos é o juvenil. Os juniores deixaram muito a desejar.”
Zico

:: LEIA MAIS »

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
setembro 2020
D S T Q Q S S
« ago    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia