WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Convicções’

O PT e sua Crise (Luiz Uaquim)

Luiz Henrique Uaquim 

A crise na Bahia é uma mistura de corrupção, mentira e incompetência.
A lambança que perdura 13 anos na Bahia, é oriunda da implantação da incompetência no ato de governar. Falam que tudo se deve a uma ou outra crise, e ninguém sabe que crise é. É a crise , na verdade da mão boba, que acaba sempre em enriquecimentos inimagináveis.
Governar delirando vem sendo a única coisa que se sabe fazer, com cinismo e insultos a inteligência popular .
Praticam-se populismo e protecionismo inconsequentes , que levaram o país a ter a economia fechada e obsoletista, promovendo uma involução mental com a compra de consciências.
Que Deus tenha pena dessas almas.
Estas são as minhas convicções
Luiz Uaquim

A Bahia precisa separar o joio do trigo!

Luiz Henrique Uaquim – Foto: Google

A Bahia, que hoje já não conta mais com a EBDA, tem a CEPLAc e a ADAB completamente sucateada e vive exclusivamente do passado, está mergulhada numa crise, instalada pela incompetência administrativa, assim, exige habilidade e conhecimentos técnicos, para buscar soluções que possam reduzir os índices de desemprego e gerar renda. A lavoura cacaueira, que já bateu 70% do PIB, gerou mais de 1.200.000 empregos e já produziu mais de 400.000 toneladas do produto chocolateiro, ultrapassando cifras acima de R$ 3.5 bilhões, está abandonada pelo governo da Bahia.
Comunismo não tem nada a ver com Ruralismo. E a Bahia, com mais de 33% da sua população envolvida com o agronegócio, e tendo mais de 24% do seu PIB oriundo deste, vê seu governo desprezar o óbvio, não demonstrando a vontade de enfrentar crises. Crises estas que, em 1936, nos deram o INSTITUTO DE CACAU DA BAHIA, e, em 1957, nos deram a CEPLAC. Com essa última crise, instalada há mais de 12 anos, o que se registra é o abandono, as invasões de terras e a destruição das instituições.
Que nada se espere desse Governo baiano, é sabido, mas, que a região por inteira busque uma reação com as forças que nos restam, isso é imprescindível.
Estas são as minhas convicções
Luiz Uaquim

Vila Galé pode não sair do papel

Luiz Henrique Uaquim – Foto: Google

Fora do cenário nacional, a Bahia perde as suas oportunidades de crescimento sócio-econômico, registrando péssimos índices de educação, segurança, saúde, geração de emprego e tudo o mais de ruim e o governo baiano vende, em seus meios de comunicação, a ideia de que somos exemplo de administração para o Brasil. No mínimo, é um deboche, um escárnio.

Sem saber como gerar emprego, esse governo perdeu o poder de investir, face a corrupção generalizada em sua administração. Empreendimentos hoteleiros a serem implantados no sul da Bahia, estão ameaçados de não saírem do papel.

A pretensa demarcação de terras indígenas no sul da Bahia, criada pelo governo petista, promoveu o desequilíbrio sócio-econômico da região, frustrando toda e qualquer pretensão de investimento privado, ou até mesmo público. Assim, mais um grande empreendimento hoteleiro pode nos deixar a ver navios. Trata-se do grupo hoteleiro Vila Galé, que iria investir R$150 milhões na construção de mais um resort, o “Vila Galé Costa do Cacau”, que se somaria aos 32 hotéis do grupo, sendo 23 em Portugal e 9 no Brasil, registrando um faturamento anual de R$787 milhões, onde o Brasil é responsável por mais de 40%. O grupo assinou um documento de intenções junto com governo da Bahia, que escondeu que a área ou parte dela, está encravada numa pretensa área indígena, ou seja, mais uma vez, sob a marca da mentira, frustra investidores hoteleiros e impede a geração de emprego e renda na Bahia.

Os dois últimos governos municipais de Ilhéus, imiscuídos na mesma lama do governo estadual, foram coniventes com tudo isso. Assim, caberá à população a análise crítica dos fatos, e ao governador, uma resposta a esse imbróglio por ele mesmo criado.
Estas são as minhas convicções

Luiz Uaquim

A Bahia fora do cenário nacional

Luiz Henrique Uaquim – Foto: Google

O PT na Bahia vivi o seu período de decomposição. Estado gigante, com mais de 564 mil Km2, população acima de 15 milhões, uma costa com mais de 900 km e 417 municípios, com tudo isso, tem uma das piores rendas percaptas da federação, mal distribuída face à miséria que ocupa quase todo estado. O seu IDH é um dos piores do mundo.
Legados como o Pólo Petroquímico de Camaçari (o maior da América Latina), expansão do agronegócio, apogeu da cacauicultura, incremento da indústria automobilística (Ford), ampliação das atividades turísticas, criação das universidades (UESC e outras), etc., agonizam em face de uma crise sem precedentes, implantada pelo despreparo técnico, pela incompetência administrativa e pela pilhagem ensandecida do patrimônio público. Um governo trapalhão, um gerador de lambanças com a coisa pública.
Usando a mentira como sua marca nacional, certamente registrada, tem levado o nosso Estado ao caos socio-economico
A passagem dessa facção criminosa pela Bahia está com os dias contados. Sua administração fétida, de tão corrupta, será enterrada para o alívio de todos os baianos e brasileiros, que amam a Bahia.
Estas são as minhas convicções
Luiz Uaquim

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia